Você está na página 1de 4

FACULDADE DE HORTOLÂNDIA – FACH

Graduação em Engenharia de Produção


Ciência e Tecnologia dos Materiais

Prof. Luciano Wallace Gonçalves Barbosa – lucianowbarbosa@gmail.com

Lista de Exercícios P2

 Imperfeições nos sólidos e Difusão;  Materiais Cerâmicos;


 Propriedades Mecânicas e Aplicações de  Materiais Poliméricos;
Materiais Metálicos;  Materiais Compósitos.
 Diagrama de Fases;

1. O que é um defeito cristalino? Quais os tipos de defeitos cristalinos existentes nos materiais sólidos?
Eles são sempre prejudiciais?

2. Diferencie defeitos em formas de lacunas e defeitos intersticiais. Faça um esboço que exemplifique
ambos. Qual deles existe em maiores concentrações nos sólidos?

3. Em ligas de materiais metálicos existem a presença de vários átomos de impureza. Qual a principal
finalidade dessa adição?

4. Como os átomos de impureza se localizam na formação de uma solução sólida?

5. Diferencie solvente de soluto.

6. Defina e explique os quatro fatores que influenciam no grau de dissolução de soluto no solvente na
formação de soluções sólidas.

7. O que é uma discordância? Quais os tipos de discordâncias existentes nos sólidos? Explique-as.

8. Fale sobre os defeitos interfaciais.

9. Fale sobre os tipos de difusão que ocorrem nos sólidos.

10. Explique como a temperatura influencia na difusão.

11. Cite duas ligas que podem ser facilmente soldadas por difusão.

12. Fale sobre o ensaio de tração. Esboce a aplicação das forças nesse ensaio. Quais são os resultados
obtidos por este ensaio? O que significa dizer que o ensaio de tração é destrutivo?

13. Defina tensão e deformação, variáveis de entrada e saída, respectivamente, em ensaios de tração.

14. Fale sobre o ensaio de compressão. Esboce a aplicação das forças nesse ensaio.
15. Fale sobre o ensaio de cisalhamento. Esboce a aplicação das forças nesse ensaio.

16. Fale sobre o ensaio de torção. Esboce a aplicação das forças nesse ensaio.

17. O que é o módulo de elasticidade (Young)? Um material X apresenta o módulo igual a 207 GPa,
enquanto o Y apresenta 97 GPa. Qual deles é mais rígido?

18. Trace o gráfico de tesão-deformação de um material metálico comum. Expresse no desenho as áreas:
elástica, plástica, limite de escoamento, limite de resistência à tração, resiliência e tenacidade.
Explique o que significa cada uma delas.

19. Por que materiais perdem propriedades mecânicas quando submetidos a aumento de temperatura?

20. Diferencie um material frágil de um material dúctil. Associe esses materiais à sua dureza.

21. O que é dureza? Como se mede a dureza dos materiais?

22. As ligas metálicas são classificadas em ferrosas e não ferrosas. Entre as ferrosas, os grandes grupos
são o aço e ferro fundido. Diferencie-os e defina cada um deles. Dê exemplos de aplicações.

23. Escolha 3 ligas não metálicas, fale sobre cada uma e dê exemplos de aplicações.

24. O que é o limite de solubilidade, presente em diagramas de fases binários?

25. Observe o diagrama de fases abaixo. Utilize sempre a linha inferior (Composition wt % Pb) para
realizar o exercício:
a. Para o ponto A:

I. Quais as fases presentes no sistema?


II. Qual a composição da liga no ponto (A)?
III. Quais as fases presentes no ponto (A)?
IV. Quais as composições de cada fase da liga no ponto (A)?
V. Quais as proporções das fases de (A)?
b. Para o ponto B:

VI. Qual a composição da liga no ponto (B)?


VII. Quais as fases presentes no ponto (B)?
VIII. Quais as composições de cada fase da liga no ponto (B)?
IX. Quais as proporções das fases de (B)?

26. Fale sobre as estruturas cristalinas das cerâmicas dos tipos AX e AmXp.

27. O que são silicatos? Qual o silicato mais simples e qual sua composição química? Por que seu
ponto de fusão é tão elevado?

28. Por que introduzir TiO2 e Al2O3 na substituição do silício nos vidros à base de sílica?

29. Quais as duas formas alotrópicas em que existem o Carbono? Quais as principais características
de cada uma?

30. Por que não é comum a realização de ensaios de tração em cerâmicas? Qual ensaio é realizado
nesse tipo de material para mensurar suas propriedades mecânicas?

31. Como ocorre a fratura frágil nas cerâmicas?

32. Fale da influência da porosidade nas propriedades mecânicas das cerâmicas.

33. O que é um material refratário e por que as cerâmicas podem ser utilizadas para essa finalidade?

34. Fale sobre os 5 tipos de polímeros.

35. Diferencie hidrocarbonetos saturados dos insaturados.

36. Esboce a Unidade Repetida de um PE (polietileno).

37. Por que os materiais poliméricos, em sua maioria, possuem baixos pontos de fusão? Associe isso
às forças de suas ligações químicas primárias.

38. Existem diversos tipos de polímeros disponíveis no mercado. O que você, engenheiro de
produção, deve levar em consideração ao aplicar cada tipo desse material em um projeto de um
produto?
39. Fale das 4 estruturas moleculares dos polímeros.

40. Diferencie termoplásticos de termorrígidos. Quais tipos de fratura cada um deles geralmente
sofre?

41. Quais são os três tipos de comportamento tensão-deformação encontrados nos diversos tipos de
polímeros?

42. Por que a temperatura influencia no comportamento tensão-deformação dos polímeros?

43. Explique e exemplifique:

a. Plásticos,
b. Elastômeros (ou borrachas),
c. Fibras,
d. Revestimentos,
e. Adesivos,
f. Espumas,
g. Filmes.