Você está na página 1de 15

Índice

Introdução
0 A linguagem C utiliza o conceito de fluxo
(stream) de dados para manipular vários tipos de
dispositivos de armazenamento.

0 Dados podem ser manipulados em dois


diferentes tipos de fluxos: fluxos de texto e
fluxos binários.

0 Um fluxo de texto é composto por uma sequência


de caracteres, que pode ou não ser dividida em
linhas terminadas por um caracter de final de
linha.
O que são ficheiros?
0 Os ficheiros são utilizados para guardar dados
(normalmente em grandes
quantidades), mesmo depois de os programas
terem terminado
0 Estando associado a qualquer dispositivo de
entrada e saída, como por exemplo:
teclado, vídeo, impressora, disco rígido, etc…
Como se trabalha nos ficheiros
em C
0 Para trabalhar com os ficheiros em C, a primeira
necessidade é ter uma maneira de aceder aos
ficheiros.
0 Para isso temos que utilizar um apontador do
ficheiro, que irá deixar o programa acompanhar
o ficheiro que está sendo acedido.
0 Por exemplo:
0 FILE *fp
0 O processo de trabalhar com ficheiros
em C consiste em três etapas:

1. Abrir o ficheiro;
2. Ler e/ou gravar as informaçõeses
desejadas no ficheiro;
3. Fechar o ficheiro.
Abrir
0 Antes de qualquer operação ser executada
com o ficheiro, ele deve ser aberto. Esta
operação associa um fluxo de dados a um
ficheiro.

0 Um ficheiro pode ser aberto de diversas


maneiras:
leitura, escrita, leitura/escrita, adicão de
texto, etc. A função utilizada para abrir o
ficheiro é fopen()
Escrever
0 Para um programa ler e escrever em ficheiros de
texto, podemos utilizar as funções fscanf e fprintf.
0 A única diferença é que as funções têm um argumento
adicional que indica o ficheiro em que se pretende ler ou
escrever.
0 Exemplo:
0 fscanf( f, "%d", &n );

0 A função utilizada para escrever o ficheiro é fwrite()


Fechar
0Para fechar um arquivo previamente
aberto, a rotina fclose() pode ser usada.
0Ela recebe como argumento o
manipulador do ficheiro e não retorna
nenhum valor.
0Assim, após encerrada a operação com o
ficheiro a expressão fclose(); fecha-o.
Funções de entrada e saída
0 As funções mais usadas estão armazenadas na
biblioteca stdio.h
• fopen() - Abre um FICHEIRO
• fputc() - Escreve um caracter num FICHEIRO
• fgetc() - Lê um caracter dum FICHEIRO
• fputs() – escreve uma string numa FICHEIRO
• fgets() – lê uma linha de um FICHEIRO
• fprintf()- Equivalente a printf()
• fscanf() - Equivalente a scanf()
• rewind() - Posiciona o FICHEIRO no início
• feof() - Retorna verdadeiro se chegou ao fim do FICHEIRO
• fclose() – fecha
Modo de acesso a ficheiro
Webgrafia
0 http://cursonline.no.sapo.pt/p8.htm
0 paginas.fe.up.pt/~jjpf/programacao/ficheiros.pdf
0 www.di.ubi.pt/~cbarrico/.../Teorica_FicheirosBinarios_Mais.pdf
0 http://pgdocptbr.sourceforge.net/pg80/xfunc-c.html
0 http://translate.google.pt/translate?hl=pt-
PT&langpair=en%7Cpt&u=http://www.tutorialspoint.com/ansi_c/
c_working_with_files.htm
0 http://intranet.deei.fct.ualg.pt/PI_flobo/teorica20.html
0 www.inf.ufrgs.br/~alvares/INF01040/Arquivos.ppt
0 http://w3.ualg.pt/~flobo/ic/teorica22.html
0 http://www.samueldiasneto.com/c_int/arquivos.htm
0 http://www.dca.fee.unicamp.br/cursos/EA876/apostila/HTML/n
ode34.html