Você está na página 1de 4

LIGA OESTE DE FUTEBOL SETE ▬ LOF-7

Filiada a Federação de Futebol Sete/Society do Estado de Santa Catarina

REGULAMENTO

COPA RIC RECORD DE FUTEBOL SETE 2011

CAPÍTULO ▬ I

DAS NORMAS GERAIS DA COMPETIÇÃO

Tendo em vista a realização da 5ª COPA RIC RECORD /AS BEBIDAS DE FUTEBOL SETE, Taça POSTO
ALFA Categoria Livre e master de acordo com os representantes das equipes participantes, em reunião
arbitral realizada no dia 30 de Julho de 2012, (segunda-feira) promulga o respectivo Regulamento, de acordo
com o que segue.

Art. 1º ▬ A competição será organizada pela Liga Oeste de Futebol Sete (LOF7) com apoio da Liga
Chapecoense de Futebol, Secretária Municipal de Esportes de Chapecó e terá arbitragem da Associação de
Árbitros do Oeste.

Art. 2º ▬ Para participação na competição à equipe deverá preencher a Ficha Modelo padrão fornecida pela
entidade organizadora, contendo nome completo, data de nascimento e número da Carteira de Identidade de
cada atleta, na categoria máster a classe será 1972. A equipe que comparecer na abertura ganhará um ponto
na classificação geral na primeira fase.

Art. 3º ▬ Cada equipe poderá fazer a inscrição de 18 (dezoito) atletas, técnico e massagista.

§ As inscrições de atletas encerram-se 72 (setenta e duas) horas antes do final da Primeira Fase.
§ Atletas inscritos por 02 (duas) ou mais equipes, poderão ser substituído, desde que o atleta declare por
escrito por qual equipe vai disputar a competição, sob pena de não poder atuar por nenhuma.

Art. 4º ▬ O atleta ou membro da Comissão Técnica somente terá condições de atuar no jogo após
apresentar ao mesário do jogo um documento original com foto recente, onde possa identificá-lo, ou com
registro de perda dos documentos com prazo máximo de 30 (trinta) dias.

Art. 5º ▬ Cada equipe poderá inscrever no mínimo 07 (sete) e no máximo 18 (dezoito) atletas para cada
jogo, com numeração a critério da respectiva Comissão Técnica.

Parágrafo Único ▬ Em caso de uniforme com as mesmas cores a equipe que estiver à direita da tabela
oficial de jogos terá que substituí-lo.

Art. 6º ▬ As equipes poderão relacionar para a partida os 18 (dezoito) atletas inscritos e em condições de
jogo. Para o jogo ser realizado a equipe terá que ter no mínimo 07 (sete) atletas em condições de jogo. Os
atletas denominados suplentes poderão substituir os que estão em campo de jogo quantas vezes forem
necessárias, sem interrupção do jogo, exceto o goleiro que dependerá de autorização da arbitragem. O atleta
que chegar atrasado poderá compor sua equipe a qualquer momento do jogo desde que esteja inscrito e
apresente sua documentação.

Parágrafo Único ▬ Se, por qualquer motivo, no decorrer da partida uma das equipes ficar com número de
atletas inferior a 05 (cinco), perderá os pontos em favor da equipe adversária, seja qual for o placar do jogo.
Se ambas as equipes incorrerem neste item não somarão nenhum ponto a seu favor. O atleta terá condições
de jogo a qualquer momento da partida, desde que ele esteja relacionado na ficha e que sua equipe tenha
iniciado o jogo com 07 (sete) atletas conforme o estabelecido no Caput deste artigo.

Art. 7º ▬ Cada equipe deverá colocar à disposição do jogo, no mínimo, 02 (duas) bolas em condições de
uso, ao delegado e árbitro do jogo, antes do início do jogo. Será obrigatório o uso de caneleiras
para os atletas.
Parágrafo Único ▬ A equipe que não cumprir com o estabelecido no Caput deste artigo, e for relatado o fato
pela arbitragem, será multado em 10 (dez) quilos de alimentos não perecível tributo este a ser recolhido até
48 (quarenta e oito) horas antes o início do próximo jogo, sob pena de ser eliminada da competição.

Art. 08 ▬ A Taxa de Inscrição será de R$ 500,00 (Quinhentos reais) por equipe inscrita e terá que ser
quitada no ato da inscrição da equipe.

Art. 09 ▬ As punições serão julgados pela Comissão Disciplinar da Liga Chapecoense de Futebol, quando
constatado relatório e sempre observando o CBJD - Código Brasileiro de Justiça Disciplinar.

Art. 10 ▬ A Comissão Disciplinar (CD) se reunirá sempre que houver necessidade ou tiver Julgamento em
pauta e deliberará com a presença de no mínimo 03 (três) de seus integrantes.

Parágrafo Único ▬ Para interposição de recurso contra a decisão da Comissão Disciplinar a equipe devera
recolher ao cofres da Liga Chapecoense de Futebol o valor de um salário mínimo vigente no país, não sendo
o valor ressarcido à equipe recorrente seja qual for o resultado do Julgamento.

Art. 11 ▬ O atleta ou dirigente suspenso iniciará o seu cumprimento a contar da data do Julgamento.

Art. 12 ▬ As sedes (campos) esportivas deverão ser colocadas à disposição da entidade promotora em
perfeitas condições de uso, a fim de garantir a qualidade da prática do esporte, bem como a segurança para
os atletas, árbitros, dirigentes e torcedores, conforme as normas legais, cabendo à própria equipe arcar com
as despesas de aluguel e outros custos. Fica terminantemente proibida a venda de bebidas
acondicionadas em vasilhames de vidro, em todas as dependências dos Estádios, nos dias de
jogos. A desobediência ao disposto neste parágrafo implicará à Associação/Clube mandante as
penas estabelecidas na legislação desportiva vigente.

Art. 13 ▬ Fica a critério da entidade organizadora da competição a definição do local dos jogos da 3ª Fase
da competição até as Finais.

Art. 14 ▬ A transferência ou antecipação de jogos será possível em comum acordo formalizado entre as
equipes envolvidas no confronto, com antecedência mínima de 48 (quarenta e oito) horas, desde que não
interfiram nos interesses de terceiros e mediante o pagamento de uma taxa de R$ 50,00 (cinqüenta reais).

Art. 15 ▬ A suspensão ou transferência de partida marcada pela tabela oficial de jogos será da
responsabilidade da entidade organizadora da competição se os motivos justificarem, até 03 (três) horas
antes do seu início e de responsabilidade da arbitragem se os motivos se justificarem após este horário.

§ Nas rodadas que ocorreram no período noturno, que necessitarem ser adiadas, as equipes serão informadas
até as 17h00min.
§ Nas rodadas de sábado à tarde, quando necessitarem ser canceladas em virtude de chuvas será informado
no espaço do Esporte do Jornal Meio dia, da TV RIC RECORD.

Art. 16 ▬ A equipe que não comparecer no local de jogo estabelecido pela tabela oficial de jogos, sem
motivo plenamente justificado, será eliminado da competição.

Art. 17 ▬ Em caso de interrupção de partida já iniciada por qualquer motivo, o árbitro aguardará o tempo
de 20 (vinte) minutos e, caso o motivo pelo qual foi interrompido não seja sanado, dará esta por encerrada e
constará em relatório o ocorrido.

Art. 18 ▬ Em caso de agressão consumada contra arbitragem, os atletas ou membros da comissão técnica,
serão automaticamente eliminados da competição e cumprirão suspensão de um ano (1 ano) independente do
Julgamento.
Art. 19 ▬ Cada equipe será responsável pela integridade física das pessoas envolvidas com a competição e
pela preservação de seus bens materiais, não cabendo nenhuma responsabilidade à entidade organizadora da
competição quanto a despesas decorrentes de acidentes ou incidentes.

Art. 20 ▬ A entidade organizadora fica responsável pela solicitação de segurança junto à Polícia Militar.

Art. 21 ▬ O atleta advertido com 03 (três) cartões amarelos (advertência cumulativa) deverá cumprir um
jogo de suspensão automática.

Art. 22 ▬ Os atletas e dirigentes expulsos de campo ou do banco de reservas (cartão vermelho), ficarão
automaticamente impedidos de participar da partida subseqüente deste campeonato, bem como de
permanecerem no banco de reservas.

Art. 23 ▬ O controle e o cumprimento das punições aplicadas conforme o artigo 21 e 22 cabe


exclusivamente às próprias equipes.

Art. 24 ▬ O tempo de jogo será de 50 (cinqüenta) minutos, divididos em 02 (dois) tempos de 25 (vinte
cinco) minutos, com intervalo de 05 (cinco) minutos. Cada equipe poderá solicitar tempo de um minuto em
cada etapa de jogo para orientação aos atletas.

Art. 25 ▬ Das regras:

 Após a sétima falta coletiva cometida pelas equipes em cada período, será penalizada com a
cobrança de tiro livre direto na marca dos 12 metros;
 O Atleta que cometer a 5ª falta durante o jogo deverá ser substituído e não pode mais retornar para
o mesmo;
 O escanteio será cobrado com o pé e valerá gol direto;
 O goleiro não poderá lançar a bola diretamente com as mãos ou pés, dentro da área adversária;
penalidade - arremesso lateral para a equipe adversária.

CAPÍTULO ▬ II

DOS CRITÉRIOS DE DESEMPATE

Art. 26 ▬ A competição será pelo sistema de pontos ganhos, onde a vitória dará direito a 03 (três) pontos, o
empate dará direito a 01 (um) ponto.

§ 1º ▬ Ocorrendo empate na classificação por número de pontos ganhos empregar-se-á para competição, os
critérios abaixo relacionados:

♦ ENTRE 02 (duas) EQUIPES:


1) confronto direto na fase;
2) maior número de vitórias na fase;
3) menor número de gols sofridos na fase em que ocorreu o empate;
4) maior número de gols marcados na fase em que ocorreu o empate;
5) melhor saldo de gols na fase em que ocorreu o empate;
6) sorteio.

♦ ENTRE 03 (três) OU MAIS EQUIPES:


1) maior número de vitórias nas partidas realizadas entre si;
2) menor número de gols sofridos nas partidas realizadas entre si;
3) maior número de gols marcados nas partidas realizadas entre si;
4) melhor saldo de gols na chave ou fase em todos os jogos em que ocorreu o empate;
5) menor número de cartão vermelho;
6) Sorteio.
§ 2º ▬ A partir da Terceira Fase até a Final (eliminatórias) ocorrendo empate nos jogos únicos (mata-mata),
a decisão será através de cobranças de penalidades máximas de acordo com as Regras da International Board
da FIFA.

Art. 27 ▬ Os casos omissos neste Regulamento serão julgados em primeira instância pela Comissão
Organizadora e em segunda instância pela Junta de Justiça Desportiva, com aplicação a cada caso do que
estabelece a lei maior do futebol brasileiro em vigor.

Chapecó, 29 de Julho de 2012

Sidinei Dal Piva


Presidente LOF7