Você está na página 1de 6

www.qconcursos.

com

1 Q809139 Hidrologia >


Ano: 2016 Banca: INSTITUTO AOCP Órgão: CASAN Prova: INSTITUTO AOCP - 2016 - CASAN - Engenheiro - Eng. Civil

Em uma estação de tratamento de esgoto, qual processo pode ser utilizado para a desinfecção do e uente tratado?

A Radiação ultravermelha.

B Reação com compostos à base de cloro.


C Desaguamento por leito de secagem.

D Digestão anaeróbia.
E Filtragem.

2 Q809138 Hidrologia >


Ano: 2016 Banca: INSTITUTO AOCP Órgão: CASAN Prova: INSTITUTO AOCP - 2016 - CASAN - Engenheiro - Eng. Civil

Para a remoção da areia em uma estação de tratamento de esgoto, o desarenador deve ter limpeza mecanizada
quando a vazão de dimensionamento for igual ou superior a

A 10 L/s.
B 50 L/s.
C 100 L/s.
D 500 L/s.
E 1000 L/s.

3 Q809137 Hidrologia >


Ano: 2016 Banca: INSTITUTO AOCP Órgão: CASAN Prova: INSTITUTO AOCP - 2016 - CASAN - Engenheiro - Eng. Civil

Para o dimensionamento de unidades de tratamento de esgotos e órgãos auxiliares, os parâmetros básicos do


a uente devem ser determinados através de investigação local. Na ausência ou impossibilidade dessa
determinação, segundo a ABNT NBR 12209, quais valores podem ser adotados para a demanda bioquímica de
oxigênio (DBO) e demanda química de oxigênio (DQO)?

A Na faixa de 30 a 45g DBO/hab.d ; 60 a 90g DQO/ hab.d.

B Na faixa de 15 a 30g DBO/hab.d ; 30 a 60g DQO/ hab.d.


C Na faixa de 60 a 75g DBO/hab.d ; 120 a 150g DQO/hab.d.
D Na faixa de 45 a 60g DBO/hab.d ; 90 a 120g DQO/hab.d.
E Na faixa de 75 a 90g DBO/hab.d ; 150 a 180g DQO/hab.d.

4 Q809136 Hidrologia >


Ano: 2016 Banca: INSTITUTO AOCP Órgão: CASAN Prova: INSTITUTO AOCP - 2016 - CASAN - Engenheiro - Eng. Civil

Em se tratando de tratamento de água para abastecimento público, qual é o tratamento mínimo necessário para
águas subterrâneas ou super ciais, provenientes de bacias sanitariamente protegidas?

A Desinfecção e correção do pH.


B Coagulação, seguida ou não de decantação, ltração em ltros rápidos, desinfecção e correção do pH.

C Desinfecção e correção do pH e decantação simples.


D Desinfecção e correção do pH e ltração, precedida de decantação.

E Desinfecção e correção do pH, decantação simples e ltração em ltros lentos.

5 Q809135 Hidrologia >


Ano: 2016 Banca: INSTITUTO AOCP Órgão: CASAN Prova: INSTITUTO AOCP - 2016 - CASAN - Engenheiro - Eng. Civil
Considerando a norma ABNT NBR 12216, que classi ca as águas naturais para abastecimento público, como se
classi cam as águas super ciais provenientes de bacias não protegidas que exijam coagulação para enquadrar-se
nos padrões de potabilidade?

A Tipo A.
B Tipo B.
C Tipo C.

D Tipo D.
E Tipo E.

6 Q809134 Hidrologia >


Ano: 2016 Banca: INSTITUTO AOCP Órgão: CASAN Prova: INSTITUTO AOCP - 2016 - CASAN - Engenheiro - Eng. Civil

Como é denominada a etapa de tratamento de água para abastecimento que envolve a adição de um produto químico,
como o sulfato de alumínio ou hidrocloreto de alumínio (HCA ou PAC), com o objetivo de aglomerar as partículas para que,
aderindo umas às outras, formem ocos?

A Desinfecção.
B Floculação.

C Decantação ou Flotação.
D Filtração.
E Coagulação.

7 Q809133 Hidrologia >


Ano: 2016 Banca: INSTITUTO AOCP Órgão: CASAN Prova: INSTITUTO AOCP - 2016 - CASAN - Engenheiro - Eng. Civil

O responsável pelo sistema de abastecimento de água de um município deve manter o pH da água tratada, no
sistema de distribuição, em que faixa?

A Entre 0,0 a 5,0.


B Entre 5,0 a 6,0.
C Entre 6,0 a 9,5.

D Entre 9,5 a 11,0.


E Entre 11,0 a 14,0.

8 Q809132 Hidrologia >


Ano: 2016 Banca: INSTITUTO AOCP Órgão: CASAN Prova: INSTITUTO AOCP - 2016 - CASAN - Engenheiro - Eng. Civil

O que pode ser de nido como “um conjunto de unidades destinado a adequar as características da água aos
padrões de potabilidade”?

A Sistema de abastecimento de água.

B Estação de tratamento de esgoto.

C Desaguamento.
D Sistemas de captação de água.

E Estação de tratamento de água.

9 Q809129 Hidrologia >


Ano: 2016 Banca: INSTITUTO AOCP Órgão: CASAN Prova: INSTITUTO AOCP - 2016 - CASAN - Engenheiro - Eng. Civil

Os reservatórios de água podem ter por objetivo acumular parte das águas disponíveis nos períodos chuvosos, a m
de compensar as de ciências nos períodos de estiagem, exercendo um efeito regularizador das vazões naturais. Em
um reservatório para abastecimento de água, como é de nido o volume morto?

A É a parcela do volume do reservatório que pode ser efetivamente utilizada para regularização de vazão
B É o volume do reservatório que se encontra abaixo da tomada de água de bombeamento.

C É a parcela do volume útil do reservatório destinada ao amortecimento das cheias


D É a parcela do volume útil do reservatório destinada ao amortecimento das estiagens
E É o volume do reservatório que pode ser utilizado para bombeamento.

10 Q809128 Hidrologia >


Ano: 2016 Banca: INSTITUTO AOCP Órgão: CASAN Prova: INSTITUTO AOCP - 2016 - CASAN - Engenheiro - Eng. Civil

Para um determinado local de uma bacia hidrográ ca do Estado de Santa Catarina, considere que a área da bacia
2
neste local é de 15.000 Km , que a precipitação média anual é P = 1000 mm/ano, que a evapotranspiração média
anual é E = 600 mm/ano e que o escoamento médio anual é Q=400 mm/ano. Qual é o coe ciente de escoamento de
longo prazo dessa bacia?

A 0,13.
B 0,20.

C 0,40.
D 0,60.

E 0,67.

11 Q809127 Hidrologia >


Ano: 2016 Banca: INSTITUTO AOCP Órgão: CASAN Prova: INSTITUTO AOCP - 2016 - CASAN - Engenheiro - Eng. Civil

O balanço entre entradas e saídas de água em uma bacia hidrográ ca é denominado balanço hídrico. Em intervalos
de tempo longos, como um ano ou mais, o balanço hídrico pode ser avaliado pela precipitação, evapotranspiração e
escoamento em unidades de “mm/ano”. Qual é o signi cado de uma lâmina de 1mm de chuva?

A Corresponde a um litro de água distribuído sobre uma área de 10 m2 , atingindo a altura de 1mm.
2
B Corresponde a dez litro de água distribuídos sobre uma área de 1 m , atingindo a altura de 1mm.

C Corresponde a dez litro de água distribuídos sobre uma área de 20 m2 , atingindo a altura de 1mm.

D Corresponde a um litro de água distribuído sobre uma área de 20 m2 , atingindo a altura de 1mm
E Corresponde a um litro de água distribuído sobre uma área de 1 m2 , atingindo a altura de 1mm.

12 Q809126 Hidrologia >


Ano: 2016 Banca: INSTITUTO AOCP Órgão: CASAN Prova: INSTITUTO AOCP - 2016 - CASAN - Engenheiro - Eng. Civil

Quais são as principais energias responsáveis pelo funcionamento do ciclo hidrológico?

A Energia eólica e potencial.

B Energia solar e gravitacional.


C Energia hidráulica e elétrica.

D Energia mecânica e térmica.


E Energia elétrica e eólica.

13 Q807330 Hidrologia >


Ano: 2017 Banca: CESPE Órgão: Prefeitura de São Luís - MA Prova: CESPE - 2017 - Prefeitura de São Luís - MA - Técnico Municipal

Nível Superior/Nível IX-A- Engenharia Civil

A respeito de saneamento urbano e rural, assinale a opção correta.

A No cálculo do volume útil de uma fossa séptica, deve-se levar em consideração a acumulação do lodo digerido.
B Em terrenos predominantemente argilosos, é indicada a construção de poços sumidouros.

C A principal desvantagem da fossa absorvente é a de requerer uma descarga de aproximadamente 20 litros.


A geração de odor e a proliferação de insetos são os principais problemas que ocorrem durante o uso de fossa
D
biodigestora.

E Na zona rural, a água que sai da fossa pode ser reaproveitada diretamente na horta.

14 Q807329 Hidrologia >


Ano: 2017 Banca: CESPE Órgão: Prefeitura de São Luís - MA Prova: CESPE - 2017 - Prefeitura de São Luís - MA - Técnico Municipal

Nível Superior/Nível IX-A- Engenharia Civil

Acerca dos projetos de redes de esgotos sanitários, assinale a opção correta.

Inexistindo dados pesquisados e comprovados, com validade estatística, recomenda-se considerar, para ns de
A
projeto, a vazão mínima, em qualquer trecho, de 1,5 L/s.
Os níveis do lençol freático em redes de esgotos de pequenas extensões (até 5 km) podem ser estimados por meio de
B
métodos empíricos.

C Nas caixas de passagem, é possível a introdução de equipamentos de limpeza na cabeceira dos coletores.
O escoamento dos esgotos ocorre pela pressão imposta à tubulação pela grande quantidade de matéria orgânica que
D
transporta.

Em cidades planas, é recomendável o uso de rede coletora do tipo em leque ou espinha de peixe, por ser composta de
E
diversos coletores troncos independentes.

15 Q807328 Hidrologia >


Ano: 2017 Banca: CESPE Órgão: Prefeitura de São Luís - MA Prova: CESPE - 2017 - Prefeitura de São Luís - MA - Técnico Municipal

Nível Superior/Nível IX-A- Engenharia Civil

Com relação ao processo de tratamento de água, assinale a opção correta.

Na ltração lenta, é usada grande quantidade de coagulantes, o que torna esse processo de tratamento de água mais
A
caro comparado à ltração rápida.

Em projetos de unidades de mistura rápida, as condições ideais em termos de gradiente de velocidade, tempo de
B mistura e concentração de coagulante devem ser determinadas, preferencialmente, por meio de ensaios de
laboratório.
Para propiciar a formação dos ocos no processo de oculação, a turbulência provocada deve ser semelhante àquela
C
empregada na calha Parshall.

Por meio da taxa de aplicação super cial, determina-se a dosagem mínima de coagulante a ser adicionada nos
D
tanques de preparo.
O uso do cloro no processo de desinfecção garante elevada e ciência na inativação de eventuais cistos de
E
protozoários presentes na água.

16 Q807327 Hidrologia >


Ano: 2017 Banca: CESPE Órgão: Prefeitura de São Luís - MA Prova: CESPE - 2017 - Prefeitura de São Luís - MA - Técnico Municipal

Nível Superior/Nível IX-A- Engenharia Civil

No que se refere à captação, que tem papel importante no abastecimento de água, assinale a opção correta.

As paredes de poços rasos não necessitam ser impermeabilizadas, sendo recomendada apenas a utilização de colchão
A
drenante abaixo do fundo do poço.
No caso de captação de água subterrânea de lençol con nado, a tubulação na saída do poço deve trabalhar livre de
B
válvulas e sob pressão atmosférica.

Para lidar com eventuais problemas de oração de algas na captação em lagos e em represas, recomenda-se captar
C
água em diferentes profundidades.
Para favorecer a captação de água de melhor qualidade em cursos d’água como córregos e rios, a tubulação de
D
tomada deve ser posicionada no fundo do curso d’água.

Para a captação de água subterrânea em poços rasos, a cobertura do poço deve ser instalada, preferencialmente, na
E
cota do terreno natural.

17 Q807326 Hidrologia >


Ano: 2017 Banca: CESPE Órgão: Prefeitura de São Luís - MA Prova: CESPE - 2017 - Prefeitura de São Luís - MA - Técnico Municipal

Nível Superior/Nível IX-A- Engenharia Civil

Com relação a escoamento em condutos forçados sob regime permanente, assinale a opção correta.

A O número de Mach exprime o grau de resistência do uido à força cisalhante.

A fórmula racional ou universal é empregada exclusivamente para o cálculo da perda de carga contínua de água sob o
B
regime laminar
A zona de transição, também denominada de zona crítica, é a região em que a perda de carga não é determinada com
C
segurança, uma vez que o regime de escoamento não é bem de nido.
O número de Reynolds é determinado a partir da relação existente entre a pressão imposta à tubulação e o seu
D
comprimento.

E A fórmula de Hazan-Willians é utilizada usualmente para o cálculo da velocidade média do escoamento de água.

18 Q807325 Hidrologia >


Ano: 2017 Banca: CESPE Órgão: Prefeitura de São Luís - MA Prova: CESPE - 2017 - Prefeitura de São Luís - MA - Técnico Municipal

Nível Superior/Nível IX-A- Engenharia Civil

Acerca de escoamento em canais sob regime permanente e uniforme, assinale a opção correta.

No dimensionamento de canais de seções de máxima e ciência, ou seja, de máxima vazão, a solução viável é o
A
aumento do raio hidráulico, mantendo-se constantes a área, a declividade de fundo e a rugosidade.

B A fórmula de Manning é utilizada usualmente para o cálculo da viscosidade do uido de escoamento.


No dimensionamento dos canais, a velocidade máxima permissível é determinada em função do material sólido em
C
suspensão transportado pela água.

D O raio hidráulico é obtido da relação entre a seção molhada das paredes do canal e a área molhada.
O escoamento ocorre em regime uniforme crítico quando a velocidade média do escoamento é maior que a
E
velocidade crítica.

19 Q807324 Hidrologia >


Ano: 2017 Banca: CESPE Órgão: Prefeitura de São Luís - MA Prova: CESPE - 2017 - Prefeitura de São Luís - MA - Técnico Municipal

Nível Superior/Nível IX-A- Engenharia Civil

A ocorrência de manancial está associada à circulação de água no planeta, ou seja, ao ciclo hidrológico, sendo ele a fonte da
água utilizada para o abastecimento. A esse respeito, assinale a opção correta

A A transpiração é um fenômeno que depende diretamente da temperatura e da umidade relativa do ar.

A água de chuva, por ser ácida, não pode ser usada como fonte de água para abastecimento, ou seja, como
B
manancial.

As bacias compactas tendem a concentrar o escoamento no canal principal que drena a bacia, aumentando-se, assim,
C
os riscos de inundação.
O lençol con nado, no qual a água se mantém à pressão atmosférica, é proveniente da água que se in ltra e se
D
movimenta no interior da crosta terrestre.

E Parte da água que participa do ciclo hidrológico perde-se por evaporação, devendo ser descontada do balanço hídrico.

20 Q807323 Hidrologia >


Ano: 2017 Banca: CESPE Órgão: Prefeitura de São Luís - MA Prova: CESPE - 2017 - Prefeitura de São Luís - MA - Técnico Municipal

Nível Superior/Nível IX-A- Engenharia Civil

Com relação à hidrologia aplicada, assinale a opção correta

A Os cursos d’água efêmeros escoam durante as estações de chuvas e secam na estiagem, de um modo geral.
O coe ciente de compacidade, que varia conforme o tipo de solo, fornece uma indicação da e ciência da drenagem da
B
bacia.

C A área de drenagem de uma bacia hidrográ ca é determinada normalmente por meio de levantamentos topográ cos.
Tempo de concentração designa o tempo, contado a partir do início da precipitação, necessário para que toda a bacia
D
contribua para o escoamento super cial na seção em estudo.

E O método das isoietas é o mais adequado para se de nir a elevação média de uma bacia hidrográ ca.

Respostas

1: B 2: C 3: D 4: A 5: C 6: E 7: C 8: E 9: B 10: C 11: E 12: B 13: A 14: A

15: B 16: C 17: C 18: A 19: A 20: D


www.qconcursos.com