Você está na página 1de 21

10 SACADAS INFALÍVEIS

PARA COMEÇAR A

GANHAR DINHEIRO NO

MERCADO DO TRADER

ESPORTIVO

MESMO QUE VOCÊ NÃO

SAIBA NADA

SOBRE ISTO!

CARLOS SAMPAIO
10 SACADAS INFALÍVEIS PARA COMEÇAR A GANHAR DINHEIRO
NO MERCADO DO TRADER ESPORTIVO MESMO QUE VOCÊ NÃO
SAIBA NADA SOBRE ISTO!

Oi, meu nome é Carlos Sampaio, sou uma papai apaixonado


pelos meus 3 preciosos e lindos filhos (Isabelly, Pietro e Lorenzo),
e com certeza, eles foram a grande inspiração para que eu
escrevesse este breve ebook que me ajudou tanto, e agora vai
ajudar você também.

Bem, faço parte de um dos maiores grupos esportivos do Brasil,


o grupo Fut Milionário. Ele foi desenvolvido por Ronald Lopes e
já ajudou milhares de pessoas com este projeto de trader
esportivo, através de um trabalho sério, consistente e diário,
trazendo mais liberdade financeira para todos.

Mas antes...

Me responda uma coisa, você passa por alguma destas situações


abaixo?

Não consegue pagar suas contas?


Não ganha o valor que gostaria?
Não consegue dar uma vida melhor à sua família?
Não sabe o que fazer para mudar essa situação?
Vive apertada com as contas?
Gostaria de ter mais tempo livre?

1
Gostaria de trabalhar mais próximo dos seus filhos?
Cansado de não ser valorizado no trabalho atual?

Se você respondeu sim a pelo menos 1 destas perguntas, este


ebook é para você, e eu sei disto pois passava não por uma das
situações acima, mas por TODAS!

Mas foi engraçado como eu passei por tudo isso...

Meu dia começava sempre as 06:00 onde preparava os meus


dois filhos mais velhos para escola, e eles já tinham que estar
nela as 07:00 em ponto, então eu tinha apenas uma hora para
fazer tudo, prepará-los para escola, deixar o menorzinho com
minha sogra, e ir trabalhar.

Rara eram as vezes que a minha esposa podia levá-los à escola,


pois muitas vezes, as 06:30 ele já estava saindo...

Depois desde pequeno sacrifício de uma hora logo ao levantar, o


que me aliviava era o fato que a escola era relativamente perto
de casa, cerca de uns 700 metros.

Então a caminhada era também relativamente pequena, mas


existia todos os dias, e como a casa de minha sogra era no meio
do caminho da escola, então já saia com os três e deixava o meu
menorzinho, com ela.

2
Após esta pequena caminhada que, não vou negar, mas me
cansava pacas (estou meio acima do peso, então...), corria para
pegar o metrô e chegar ao trabalho (fizesse sol ou chuva).

Moro na zona leste de São Paulo, linha vermelha do metrô,


então você já sabe como é “fácil” embarcar e ir trabalhar né? e
se você não conhece a linha vermelha do metrô de SP, nem
queira conhecer...

Você já viu sardinha enlatada? pois é, por mais clichê que pareça,
eu parecia uma quando pegava o metrô para ir pro trabalho aqui
em SP, só quem vive sabe o drama!

Fora as pessoas que logo de manhã parecem que não tomam


banho e já saem de casa cheirando a todo tipo de tempero que
você imaginar, mais precisamente a cebola e alho, terrível!!!

Mas enfim, chegava no centro de SP na Barão de Itapetininga e lá


permanecia das 08:00 as 18:00 correndo com os problemas do
trabalho sem poder se quer muitas vezes, ligar para os meus
pequenos e saber como estavam, pois sempre recebia as notícias
de minha esposa, mas como sou muito ligado em meus filhos, eu
sempre me cobrava isso.

Eu praticamente passava o dia inteiro no escritório, e só saía


para almoçar, e ainda as vezes, pois com a grana contada, eu
levava marmita a maioria dos dias.

3
As vezes esta correria do meu dia a dia era interrompida por uma
ligação da minha esposa ou sogra falando sobre o meu
menorzinho que estava tossindo, com coriza ou na pior das
hipóteses, com febre (neste caso, minha esposa tinha que sair
correndo do trabalho dela, ou eu do meu para resolver o
problema).

Ou pior ainda, alguma ligação da escola falando para eu ir para lá


pegar uns dos meus outros dois filhos, também pelo motivo de
uma queda, uma dor, uma mal estar ou coisas do tipo (a mesma
coisa ou eu ou ela tínhamos que sair correndo...).

Eu só conseguia me sentir impotente e muito mal diante de tudo


aquilo, pois precisava do emprego, lógico!

E muitas vezes, tinha que me sujeitar a pedir pro meu chefe para
sair mais cedo para resolver este tipo de problema, e você já
sabe a cara que ela fazia né?

Como se fosse minha culpa tal problema, e para ajudar, era um


lugar que apesar de todo o meu esforço, sentia e via que não era
valorizado pelos meus resultados, e não eram poucos!

Tentava ao máximo dar o melhor de mim e conseguia, pois todos


os meses nós batíamos metas de qualidade de atendimentos e
vendas, e o melhor, o feedback dos clientes era o que mais
reforçava esta minha opinião.

4
Somente o meu chefe não via isso!

Era grato pelo meu trabalho, mas por várias vezes fui chamado a
atenção por motivos fúteis que não agregavam em nada, e
outras pessoas que eram indicações deste tal “chefe”, podiam
pintar e bordar que estava tudo certo!

As poucas vezes que tive que sair do trabalho pelos meus filhos
(ou até para fazer meus próprios exames, afinal com esta rotina
eu não era de ferro né?), era olhado de lado, e não foram poucas
as situações que fui até ameaçado de ser mandada embora.

Algumas vezes pensei em até falar umas verdades para o meu


chefe, mas sabia que seria a última vez que eu falaria algo
naquela empresa.

Aquilo me consumia, me deixava louco, me deixava com raiva,


mas sabia que no final, os boletos não paravam de chegar e os
meus filhos e esposa precisavam de mim.

Depois de um dia extenuante desses, ainda tinha que voltar


correndo para casa no mesmo metrô que falei, mas agora era
pior, pois o “perfume” do povo que de manhã já estava vencido,
imagine agora...

Mas chegando na vila que eu morava, ainda tinha que pegar a


lotação para chegar mais rápido na escola, coisa que de manhã
eu não precisava fazer.

5
Tudo bem que à noite a minha esposa as vezes chegava um
pouco mais cedo e conseguia pegá-los na escola.

Mas as vezes acontecia pelo menos 1 vez por semana, de eu


chegar literalmente correndo na escola para pegá-los, e via as
suas caras de tristeza por já estarem lá a tempos me esperando,
e por serem os últimos para serem pegos por causa do horário.

Não tinha o que fazer, muitas vezes na hora do rush, da volta


para casa, o metrô atrasava, a lotação não vinha, a chuva caía e
etc.

Tudo isso contribuía para que quando eu chegasse em casa, já


com os três, inclusive o pequenininho no colo, eu estivesse
acabado.

Ainda tinha que levar trabalho para casa, pois não havia
terminado no horário, por que eu queria? Definitivamente não,
mas porque de “livre e espontânea pressão”, meu querido chefe
solicitava (quase todos os dias) que eu fizesse muito mais do que
era pago para fazer, e detalhe, sem pagamento de horas extras
ou até um banco de horas que fosse.

Enquanto minha esposa dava banho em todo mundo e


preparava o jantar já pondo a mesa para comermos, eu ainda
ficava embrenhado nos problemas da empresa e ia jantar muitas
vezes depois de todo mundo.

6
As vezes eu dormia em cima do prato de comida...

Muitas vezes o cansaço de ambos era tão grande que,


juntávamos o pouco que tínhamos do salário e comprávamos
uma pizza, uma não, duas, pois os dois mais velhos já estavam
com 10 e 3 anos respectivamente, ou seja, já comiam muito
bem.

O salário era outro capítulo desta novela que não conseguíamos


melhorar, apesar do passar dos anos, ainda dávamos um duro
danado para manter tudo, principalmente agora com mais um
bebê em casa.

Outras coisa que me incomodava era que eu não conseguia levar


todo o sustento para casa, ou seja, minha esposa tinha que
continuar trabalhando, e ela havia acabado de voltar de licença
maternidade, e esta situação também a marcava muito pois, o
bebê nem tinha desmamado direito ainda (já haviam passado os
6 meses), e ela chorava pois tinha que deixar ele com a mãe dela,
e sempre falava que era muito dolorida aquela situação pois ele
era tão pequeno, tão frágil e tão vulnerável.

Sabia que isto a deixava muito triste e eu por não poder fazer
nada, ficava pior do que ela.

7
Então, voltando a nossa rotina, após todos terem tomado banho,
jantado e feitos as devidas lições de casa, era hora de irmos para
cama e ficarmos nem que fosse um pouquinho juntos.

Um pouquinho mesmo, pois com todos cansados, não dava


tempo de nada e todos já estavam praticamente dormindo.

Sabe aquela frase que você vê os seus filhos crescendo na


horizontal?

Pois é, eu vivia isso, pois, os poucos momentos que restavam


para estarmos juntos, eu os via deitados em suas camas e podia
ver que cresciam e cresciam, mas nem eu e nem a minha esposa
podíamos aproveitar isso.

Sempre fui muito família e vivenciar isto era muito ruim, ao


mesmo tempo que as vezes eles me pediam um brinquedo, ou
um lanche, ou uma viagem e eu não podia dar.

Na realidade não podíamos aproveitar quase nada da fase de


bebês deles, como por exemplo as primeiras palavras, os
primeiros passos, as primeiras descobertas, e tudo isso pois eu e
ela estávamos sempre trabalhando! Sempre.

E estes momentos não voltam.

Nunca mais.

8
Tudo aquilo me destruía aos poucos. Era um suicídio em gotas
mesmo.

Por mais que eu me esforçasse, me matasse, mal dava para


pagar as contas, não conseguia mudar aquela situação, não tinha
tempo para nada e o mais importante, não conseguia ficar e
estar perto da minha esposa e meus filhos.

Minha esposa também por mais que fizesse, não conseguia.

Eu sentia que aconteceria novamente a mesma situação com o


meu bebê, as mesmas coisas que aconteceram com os meus dois
filhos mais velhos, e eu não estaria lá de novo!

“Meu Deus, o que eu não estou fazendo certo ?!?” eu


perguntava, pois não sabia mesmo como sair daquela situação.

Se eu não fizesse nada, mais um ano se passaria, mais uma vez


aquela história se repetiria...

...mas eu definitivamente não aceitaria isto de novo! NÃO MAIS!

Comecei a procurar formas de rendas extra na internet, no


Youtube, no Facebook e em tudo o que era lugar, mas quando eu
encontrava algo, normalmente era:

9
Caro demais, ou que precisava de tempo demais, ou que
precisava de experiência demais, e eu, não tinha nada disso!

Quando já estava desistindo de procurar algum tipo de renda


extra e aceitando a minha condição, conversei com um amigo de
infância, o Roberto (ele normalmente gostava desse tipo de
assunto e sabia bastante sobre, não só sobre futebol mas todos
os assuntos ligados aos times, jogadores, salários e etc), além de
viver as mesmas situações que eu.

Ele me disse que estava também quase enlouquecendo em sua


casa me falando do seu dia a dia (parecia eu falando, mas só que
com um filho apenas!), mas que em suas buscas na Internet, viu
um vídeo de um cara, um cara comum, fazendo muito sucesso e
falando na TV sobre trader esportivo.

Ele foi buscar mais a fundo e chegou neste rapaz o Ronald Lopes
que tem em seu portfólio justamente tem um método, um
treinamento, um plano passo a passo sobre como ganhar
dinheiro com este mercado de trade esportivo, chamado Fut
Milionário, feito para que não tem experiência nenhuma no
assunto, e ele já estava ganhando dinheiro de verdade apenas
por seguir este plano.

Então pensei, se ele consegue, eu também consigo!

Aquiri o plano e comecei a fazê-lo no meu tempo livre nos finais


de semana, pois eu tinha poucas horas por dia (mesmo aos finais
de semana), mas eu me dedicava bastante, pois sabia que nos

10
dias de semana era praticamente impossível devido ao meu
ritmo intenso.

Só te digo uma coisa, aprendi como lidar com conceitos de


gerenciamento de riscos, gerenciamento de banca, como operar
alavancado e muito mais, e posso dizer que com o aprendizado
adquirido e mantendo um trabalho sério, consistente e diário, os
lucros estão sendo consequências diárias!

O que me deixa mais feliz é o fato de agora eu poder estar


conquistando tudo aquilo que eu não conseguia naquelas
perguntas que fiz lá em cima no começo, se lembra?

E como eu havia pensado, se ele podia eu também poderia né? E


pois é, e aconteceu mesmo simples assim!

Bem, mas vamos ao que interessa com as 10 sacadas que


prometi:

No mundo das apostas você poderá iniciar do zero e descobrir


com os seus erros e perdas a melhor forma de se trabalhar, ou
você poderá encurtar esse caminho seguindo as 10 melhores
dicas de apostas esportivas. As dicas não irão garantir o sucesso,
mas poderão evitar muitos erros comuns e irreparáveis.

1ª Sacada: Conheça o básico antes de apostar:


Antes de iniciar as suas apostas esportivas, saiba pelo menos o
básico do mercado. Conheça os riscos do negócio, as diversas

11
modalidades de apostas, conheça os campeonatos e os times
que irá apostar, como sacar o dinheiro dos prêmios e muitas
outras informações importantes.

A melhor forma de se adquirir conhecimento em qualquer área é


através dos estudos. Nas apostas esportivas, temos vários cursos
disponíveis e diversos blogs especializados na internet. Estude
sempre, e aprimore os seus conhecimentos através da prática.

2º Sacada: Use os bônus das casas de apostas no início:


As casas de apostas oferecem bônus aos novos usuários.
Geralmente são dados como bônus de depósito ou bônus
freebet.

O bônus de depósito é oferecido pelas casas de apostas assim


que o novo usuário faz o primeiro depósito na casa. Neste caso
você terá um saldo adicional para apostar. Existem regras de
saque de acordo com cada casa de aposta referente ao valor do
bônus.

O bônus freebet é oferecido pelas casas de apostas também no


ato do 1º depósito. Neste bônus, quando o novo usuário fizer a
sua primeira aposta e se a perder, a casa de aposta devolve o
valor perdido.

12
3ª Sacada: Teste as estratégias com pouco dinheiro:
O fato é: se você não tiver lucro com pouco dinheiro, não terá
com muito também. Essa é a mais pura verdade nas apostas
esportivas, ganhar pouco dinheiro no início poderá gerar uma
desmotivação muito grande, mas tenho certeza que perder
muito dinheiro também será extremamente frustrante e o fará
desistir das apostas.

Comece a testar as estratégias com pouco dinheiro, faça pelo


menos 20 apostas e analise os resultados, se for positivo
aumente aos poucos o valor das suas apostas, se for negativo
corrija a estratégia antes de seguir em frente.

4ª Sacada: Faça uma boa gestão de banca e não aposte o que


não possa perder:
Uma estratégia eficiente combinada com uma boa gestão de
banca te levará ao sucesso nas apostas esportivas. Gerir o seu
capital, apostando sempre o que está disposto a perder o
ajudará a ter confiança e garantirá seu futuro dentro dessa
profissão.

5ª Sacada: Toda aposta é baseada em probabilidades:


Não existe aposta garantida, não é possível garantir certeza
absoluta nas apostas. A chance de um grande time perder para
um pequeno é mínima, mas não é impossível, tenha sempre em
conta que nas apostas, e principalmente no futebol, tudo pode
acontecer.

13
Ao identificar uma oportunidade de aposta, saiba sempre que ela
não é mais que o sinal de uma probabilidade maior de algo
acontecer. É preciso acreditar que tudo pode acontecer e ter
sempre em conta o inesperado.

6ª Sacada: Não aposte no time do coração:


Nas apostas esportivas devemos sempre agir com a razão e
deixar a emoção de lado. Uma dica importante é não apostar no
time do coração. Ao apostar no time que você torce será sempre
levado em consideração, mesmo que inconscientemente, o fator
emocional, sendo assim, devemos evitar apostar no time que
torcemos. O mesmo se aplica aos principais rivais do seu time,
evite apostar com emoção e terá sucesso na sua profissão.

7ª Sacada: Seja rígido nas regras e flexível nas expectativas:


Temos que ser rígidos nas nossas regras para adquirirmos uma
sensação de autoconfiança, e temos que ser flexíveis nas nossas
expectativas para podermos perceber, com o maior grau possível
de lucidez e objetividade, as boas oportunidades de aposta.

Se acontecer o contrário, quanto mais rígida for a expectativa,


mais teremos que nos adaptar, violar ou quebrar as nossas
regras para servir a relutância em desistir daquilo que queremos
em desfavor daquilo que realmente é. Se não observarmos essa
dica, o nosso fracasso será garantido.

8ª Sacada: Crie um diário e registre as suas apostas:


É muito importante registrar as nossas apostas, devemos sempre
guardar os dados que nos levaram a efetuar determinadas

14
apostas, isso nos ajudará corrigir os erros e melhorar nossas
estratégias.

Será de grande valia justificar todas as suas apostas, faça isso em


um diário, para que no futuro você possa determinar
exatamente o que fez de certo e continuar fazendo, e o que fez
de errado e corrigir.

9ª Sacada: Desenvolva as suas próprias estratégias:


Testar as estratégias desenvolvidas por profissionais do mercado
será muito importante para o seu aprendizado, porém o que te
levará ao sucesso será desenvolver as suas próprias estratégias e
adaptar sempre ao melhor método de trabalho.

10ª Sacada: Só aposte com valor esperado positivo:


Está é a última e mais importante dica, só aposte quando tiver
valor esperado positivo na sua aposta, assim você alcançará uma
curva de resultados a crescer regularmente mesmo que conheça
pequenas perdas de tempos em tempos.

Para você compreender melhor, segue abaixo um conceito de


valor esperado positivo nas apostas:

Analisemos: se o time 1 e 2 se confrontarem 10 vezes seguidas


nestas condições, quantas vezes é que o time 1 ganharia? Ou, se
preferir, pode pensar no número de jogos que o time 2
conseguiria não perder. Se julgar que o time 1, desses 10 jogos,
ganharia em 7 e o 2 aguentaria sem perder na casa do time 1

15
apenas 3 jogos, então temos uma probabilidade de vitória do
time 1 de 70%.

A probabilidade é o inverso da ODD, pelo que, para sabermos a


ODD que julgamos justa, só temos que calcular o inverso do valor
anterior (os 70%). Assim, obtemos o valor da ODD 1.43. Se na
casa de apostas nos oferecem um prêmio superior a 1.43, a
aposta, segundo a nossa análise, tem valor esperado positivo
para apostar a favor do time 1.

Agora, se na casa de aposta nos oferecem um prêmio inferior a


1.43 não devemos apostar a favor da vitória do time 1. Numa
bolsa de apostas, inclusive, devemos apostar contra a vitórias do
time 1 sempre que a ODD estiver abaixo de 1.43, mesmo se
acharmos que o mais provável é que a equipe 1 irá ganhar.

Se você seguir essa dica, e só fazer as suas apostas com valor


esperado positivo, com certeza terá sucesso. Será impossível
acertar todas as apostas, porém ao final de uma sequência de
apostas o seu saldo será sempre positivo.

Apenas seguir algumas das dicas de apostas esportivas acima


citadas não lhe garantirá o sucesso nessa profissão, porém
conhecê-las o ajudará a evitar os maiores erros cometido pelos
apostadores iniciantes.

Não devemos tentar inventar a roda, devemos apenas procurar


formas de fazê-la rodar mais rápido. Siga as 10 melhores dicas de

16
apostas esportivas mostradas nesse artigo, aprimore-as e tenha
sucesso!

Porém, por mais que você siga fielmente estas sacadas que citei
acima, você não vai ter tanto resultado igual teria se tivesse
também acesso ao plano Fut Milionário completo para mudar de
vida!

Para você ter uma ideia, o criador deste método, o Ronald Lopes,
que já falei, já ajudou milhares de pessoas assim como eu, a
terem mais liberdade financeira, a fazerem o que querem e
quando querem no seu dia a dia, se libertando desta corrida dos
ratos (que era a minha vida por exemplo).

Saiba que ele investiu muito tempo, conhecimento e mais de R$


50.000,00 para chegar neste plano e poder te passar tudo de
mão beijada aqui, minimizando os seus riscos neste mercado
incrível e promissor.

Veja abaixo um pouco do que você aprenderá:

- Como criar conta com segurança


- Como fazer depósitos da maneira mais rápida
- Como fazer seus saques caírem rápidos
- Estratégia de Escanteios Minutos
- Estratégia de Canto Limite
- Gerenciamento de Banca

17
- Erros dos Principiantes
- Como Operar Alavancado

Tem ainda mais 2 bônus, veja:

Bônus 1: MENTORIA, vamos operar juntos e você vai tirar todas


as suas dúvidas!
Bônus 2: COMUNIDADE com todos os alunos que já estão
lucrando.

Se cada um destes tópicos (mais os 2 bônus) fossem cobrados


separadamente com um valor de R$ 500,00, o que não chega
nem perto do que o Ronald gastou para criar e aprimorar estes
planos, você pagaria em torno de R$ 5000,00...

Certamente, estaria um valor bem pago pela quantidade e


qualidade das informações que estão lá dentro!

Mas o valor não será nem perto disto.

OK, mas deixe-me fazer outra pergunta a você...

Até quando você continuará nesta situação de impotência, sem


poder ajudar seus filhos da forma como eles merecem, sem
poder dar o que eles te pedem?

18
Até quando eles continuarão a crescer sem você por perto? Você
vai continuar a vê-los crescer pelos olhos de outras pessoas?

Até quando você continuará a trabalhar de sol a sol sem ter


dinheiro para nada? Muitas vezes mal pagando as contas e
sobrevivendo o resto do mês pedindo pelo amor de Deus para
chegar o dia do pagamento?

Imagine e responda para você mesmo, até quando?...

Você pode ter acesso agora ao seu plano por apenas:

12X R$ 34,84 ou R$347,00 à vista

Se você para pensar, é bem menos do que o preço de uma pizza


por mês!

Você estaria disposta a deixar de comer uma pizza por mês para
começar a mudar de vida agora mesmo?

Então, Clique Abaixo e garanta agora o seu plano:

CLIQUE AQUI

19
E pode ficar tranquilo tá, não se preocupe, pois se você não
gostar do conteúdo, você ainda terá 7 dias para pedir o seu
dinheiro de volta.

Bem, mas tudo que é bom as vezes pode durar pouco, pelo
menos no que diz respeito ao preço...

Comece hoje. Comece agora. Mude sua vida e lembre-se


sempre:

Você pode. Acredite e se transforme!

Só depende de você!

Espero de coração que você tenha gostado do conteúdo que eu


te passei ao longo desse Ebook, foi um prazer te ajudar.

20