Você está na página 1de 6

ESCOLA POLITÉCNICA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO

Departamento de Engenharia Mecânica

PME 3100 – MECÂNICA 1 – Reoferecimento – Primeira Prova – 29 de março de 2019 – Duração: 110 minutos
(Não é permitido o uso de celulares, tablets, calculadoras e dispositivos similares)

1ª Questão (3,0 pontos). O cubo homogêneo


z ABCD A ′B ′C ′D ′ , de lado 2a e peso P , está sujeito ao
C P
D sistema de forças indicado na rfigura ao lado.
r r
Utilizando a base de versores i , j , k , referentes aos
r
eixos x, y, z , respectivamente, pede-se:
D′ C′ g
(a) determinar a resultante do sistema de forças e o
momento resultante em D ;
G
2a
(b) determinar o momento resultante do sistema de
A B forças no eixo AD ;
y
P (c) determinar o momento resultante em A ;
(d) verificar se o sistema é redutível a uma única
x A′ B′ força.
P
2a 2a
4a
2a
2ª Questão (3,5 pontos). A estrutura da figura, composta pelas D B
barras articuladas AB , BC e AC , todas de peso desprezível, A
está em equilíbrio sob a ação do carregamento indicado. Pede-
P
se:
3a
(a) determinar as reações vinculares;
(b) construir os diagramas de corpo livre das barras;
(c) determinar as forças internas nas barras AB , BC e AC .
C

3ª Questão (3,5 pontos). A placa quadrada ABCD , de lado 2a e densidade superficial ρ , está soldada a uma
E a
segunda placa quadrada de lado a e densidade
4 superficial ρ ′ . O centro O conjunto é apoiado em
z
A e C e articulado às barras de peso
desprezível ED e BF , conforme indicado na
D C figura. Sabendo-se que o peso da peça única
D′ C′ constituída pelas duas placas homogêneas é P e
O G y que o seu centro de massa G se situa na posição
(0, a 4,0) , pede-se:
A′ B′
A
B (a) determinar ρ e ρ ′ em função de P e dos
a demais dados fornecidos;
x
a (b) desenhar os diagramas de corpo livre da
placa e das barras;
a F
a (c) determinar, em função de P , as reações nos
apoios A e C e as forças nas barras ED e
BF .
ESCOLA POLITÉCNICA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO
Departamento de Engenharia Mecânica

Resolução da 1ª Questão

A resultante do sistema de forças indicado, é:


r r r
r r r
R = Pj − Pk + P
( D − B ′) r r
= Pj − Pk + P
( D − D ′ ) + ( D ′ − A ′ ) + ( A′ − B ′ ) r r
= Pj − Pk + P
− 2ai + 2ak − 2aj
D − B′ 4a 2 + 4a 2 + 4a 2 2a 3
r 3 r 3− 3 r 3 −3 r
∴R = − Pi + Pj + Pk
3 3 3
O momento resultante em D , é:
r
(r
) (
r r r
) (
r r
) r
M D = (G − D ) ∧ − Pk = ai + aj − ak ∧ − Pk = aPj − aPi

Resposta (a): 1 ponto


O momento resultante no eixo AD , é:
( )
r r r r r
M AD = M D ⋅ k = aPj − aPi ⋅ k = 0

Resposta (b): ½ ponto


O momento resultante no pólo A , é:
r r r r r r  3 r 3− 3 r 3 − 3 r r r 3 r 3− 3 r
M A = M D + (D − A) ∧ R = aPj − aPi + 2ak ∧ − Pi + Pj + Pk  = aPj − aPi − 2aP j − 2aP i
 3 3 3  3 3

r  3  r  3 − 3  r 3−2 3 r 9−2 3 r
M A = aP1 − 2 j − aP1 + 2 i = aP j − aP i
 3    3   3 3
 

Resposta (c): ½ ponto


O invariante escalar do sistema é:
r  3 r 3− 3 r 3 − 3 r
( ) 3− 3
r r r 3
I = M D ⋅ R = aPj − aPi ⋅ − Pi + Pj + Pk  = aP 2 + aP 2 = aP 2 ≠ 0
 3 3 3  3 3
r r
Como R ≠ 0 e I ≠ 0 , concluímos que o sistema de forças não é redutível a uma única força, mas sim a ‘uma
força + um binário’.
Resposta (d): 1 ponto
ESCOLA POLITÉCNICA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO
Departamento de Engenharia Mecânica

Resolução da 2ª Questão

Tomando como referência o diagrama de corpo livre da YB


estrutura da figura ao lado, as equações de equilíbrio são:
D B XB
X B − X C= 0 A

YB = P P

M B = P ⋅ 2a − X C ⋅3a = 0

Logo, as reações externas, são:


XC
2 2
XB = P YB = P XC = P
3 3 C

Resposta (a): ½ ponto


VB
R AC
D
A B HB R BC
Os diagramas de corpo livre das barras são
P B apresentados na figura à esquerda.
R AC

C
R BC

R AC
C

Resposta (b): 1½ ponto


As equações de equilíbrio da barra AB são:
4
− R AC + HB = 0
5
3
R AC − P + VB = 0
5
3
M B = P ⋅ 2a − R AC ⋅ 4a = 0
5

Resolvendo-se o sistema de equações acima, obtêm-se: 5


P
5 2 P 6
RAC = P (compressão) HB = P VB = C
6 3 2 2
P
3
Considerando-se, finalmente, o diagrama de corpo livre do nó C ,
determina-se a força RCB : R BC
ESCOLA POLITÉCNICA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO
Departamento de Engenharia Mecânica

5 3 P
− RCB − P ⋅ = 0 ⇒ RCB = − (tração)
6 5 2

Na figura abaixo, apresentam-se os diagramas de corpo livre das barras após o cálculo das forças internas:

5 P
P
6 2
D 2
P
A B 3

P
P
2
B
5
P
6

C
P
2

5
P
6

Resposta (c): 1½ ponto


ESCOLA POLITÉCNICA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO
Departamento de Engenharia Mecânica

Resolução da 3ª Questão

De acordo com o enunciado do problema, tem-se:


(
P = ρ 4a 2 + ρ ′a 2 g ) (I)
a
ρ 4a 2 ⋅ 0 + ρ ′a 2 ⋅
a 2
= (II)
4 P g

Resolvendo-se o sistema de equações I-II acima, obtêm-se:


P P
ρ′ = 2
e ρ=
2a g 8a 2 g

Resposta (a): ½ ponto


Na figura abaixo, apresentam-se os diagramas de corpo livre das duas barras e da peça constituída pelas placas
soldadas:

FBF

F
FBF

Resposta (b): 1½ ponto


As equações de equilíbrio da placa são:
XC = 0 (1)
YC + Y A = 0 (2)
Z C + FBF + FDE − P = 0 (3)
a
FBF ⋅ a − FDE ⋅ a − P ⋅ + ZC ⋅ a = 0 (4)
4
− FBF ⋅ a + FDE ⋅ a + Z C ⋅ a = 0 (5)
Y A ⋅ a + X C ⋅ a − YC ⋅ a = 0 (6)
Resolvendo-se esse sistema de equações, obtêm-se:
P P 3
XC = 0 YC = 0 ZC = YA = 0 FBF = (compressão) FDE = P (tração)
8 2 8
ESCOLA POLITÉCNICA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO
Departamento de Engenharia Mecânica

O diagrama de corpo livre da placa, após o cálculo das forças, é apresentado na figura a seguir:

3 1
P P z
8 2 1
B 3 P
P 8
8 P
D C

y
F G
3 1 A
P P B
8 2
1
x P
2

Resposta (c): 1½ ponto