Você está na página 1de 2

Conceito Diagnóstico Motricidade

A Síndrome de Asperger é perturbação neurocomportamental de ordem 1º|Detectar sinais: utilização de uma escala de avaliação para pais, o Trabalhar a locomoção, marcha e corrida, diminuindo os movimentos
genética e do desenvolvimento, que se manifesta por alterações na professores e profissionais de saúde. desajeitados
interacção social na comunicação e no comportamento. É uma disfunção no 2º|Avaliação de diagnóstico: verificação das competências sociais, o Executar jogos de bola
funcionamento cerebral particular, mas onde não existe marcador biológico, linguísticas, cognitivas e motoras, e dos interesses das crianças; bateria o Estimular o equilíbrio
pelo que o diagnóstico se baseia num conjunto de critérios de testes; entrevistas aos pais para recolha do historial do o Encorajar a destreza manual
comportamentais, e que deverá ser o mais precoce possível. desenvolvimento da criança e do seu comportamento em situações o Desenvolver actividades estimulando a caligrafia
específicas; relatórios dos intervenientes educativos. o Ter em atenção a alteração do ritmo dos movimentos
Características o Estimular movimentos das articulações
Algumas estratégias de intervenção o Jogos com ritmo
Competências Sociais o Imitação de movimentos

o Referir outras crianças para demonstrar comportamentos a observar


DIFICULDADES NA NÃO SE MISTURA NÃO MANTÉM o Encorajar jogos e actividades cooperativas Cognição
INTERACÇÃO SOCIAL COM OUTRAS CONTACTO VISUAL
CRIANÇAS o Ensinar a criança a pedir ajuda o Estimular a compreensão das perspectivas e pensamentos dos outros,
o Modelar o relacionamento com a criança e encorajar as amizades recorrendo à representação de cenários e instruções
o Garantir a vigilância no recreio durante os intervalos o Encorajar a parar e a pensar antes de agir ou falar, como a pessoa se
o Controlar possíveis efeitos adversos da tensão relacional irá sentir
o Criar grupos de treino de competências sociais o Explorar a capacidade de memorização de informações factuais e
triviais, com jogos e labirintos
USA AS PESSOAS RESISTE AO
COMO AGE COMO SE CONTACTO FÍSICO Linguagem o Exercitar a pesquisa de estratégias e soluções alternativas
FOSSE SURDO
FERRAMENTAS o Ensinar a pedir ajuda, recorrendo se necessário, a um código secreto
o Aprender meios apropriados de iniciar uma conversa e a ter confiança
o Evitar as críticas e as manifestações depreciativas
para dizer que não sabe
o Encorajar a visualização, recorrendo a diagramas e a analogias visuais
o Ensinar a reconhecer os sinais indicativos do momento de responder,
interromper ou mudar de assunto
o Recorrer a actividades de oralidade e de dramatização em exercícios Sensibilidade Sensorial
MODO E
FALTA DE INTERESSE
COMPORTAMENTO
IMAGINAÇÃO E OBSESSIVO POR
RESISTE A do tipo “momentos do dia-a-dia” o Evitar determinados sons
INDIFERENTE E MUDANÇAS DE
ARREDIO CRIATIVIDADE UM OBJECTO OU
ASSUNTO ROTINA o Explicar o significado de metáforas ou figuras de retórica o Treinar a integração auditiva
o Ensinar a regular a entoação, ritmo, pausas, velocidade e volume da o Reduzir ao mínimo os ruídos de fundo, em especial o de várias pessoas
voz a falar em simultâneo
o Evitar abstracções e imprecisões o Considerar o uso de tampões ou auscultadores
RESISTE À GIRA OBJECTOS DE o Encorajar vocabulário idiossincrático o Comprar peças repetidas de vestuário que seja tolerado
A ALTERAÇÃO DE MANEIRA BIZARRA E
ROTINAS PODE
APRENDIZAGEM
PECULIAR o Verbalização de pensamentos o Recorrer a massagens
CAUSAR DISTÚRBIOS
o Encorajar a pedir a repetição, a simplificação, a passagem a escrito ou o Evitar regimes alimentares ou privação de alimentos forçados
a reformulação de instruções o Dar a provar novos alimentos, em vez de exigir que sejam mastigados e
o Ter em conta que a ansiedade pode inibir a oralidade engolidos
o Introduzir novos alimentos quando a criança está distraída ou
ACENTUADA ÀS VEZES É APEGO NÃO
Interesses e Rotinas descontraída
HIPERACTIVIDADE AGRESSIVO E APROPRIADO A
FÍSICA DESTRUTIVO OBJECTOS o Evitar a luz intensa
o Interesses especiais: facilitam o diálogo, denotam inteligência, ajudam a
o Usar óculos de sol
criar um sentimento de ordem e consistência, tornam-se uma fonte de
o Procurar indicadores comportamentais de dor
prazer e descontracção
o Encorajar a dizer quando sente dor
o Estratégias:
o Ter em atenção que a menor manifestação de incómodo pode indicar
o Proporcionar um acesso controlado, limitando o tempo de dedicação às
RISOS E
doença
NÃO DEMONSTRA tarefas favoritas
MOVIMENTOS NÃO o Explicar porque é importante falar sobre a dor que esteja,
MEDO DE PERIGOS APROPRIADOS o Aplicar as rotinas de forma construtiva
eventualmente, a sentir
o Tentar estabelecer compromissos
o Ensinar o conceito de tempo e criar horários de actividades
Bibliografia

Agrupamento de Escolas de Rio Tinto nº2 | Núcleo de Educação Especial


o Picoult, Jodi (2010) - No Seu Mundo, Civilização Editora.
“Vi quatro carros amarelos quando ia a caminho da escola, o que
o Attwood, Tony (2010) - A Síndrome de Asperger, 2ª Edição, fez com que o dia fosse um Dia Negro, por isso não comi nada ao
Verbo. almoço e fiquei todo o dia sentado no canto da sala a ler.

o Vidigal, Maria José (2003) - Eu Sinto Um Tormento com a Ideia


do Fim Definitivo, Trilhos Editora.
Síndrome de
o Faherty, Catherine (2007) - Asperger... O que significa para No dia seguinte voltei a ver quatro carros amarelos de seguida
mim?, Verbo.
(…) e por isso não falei a ninguém e fiquei sentado no canto da
Biblioteca a gemer, com a cabeça apoiada na junção entre as
Asp rg r
o Clercq, Hilde de (2005) - Mamã, aquilo é um ser humano ou um
animal?, Kungsängen : Intermedia Books. duas paredes, e isso fez-me sentir calmo e seguro.”
(Mark Haaddon in “O estranho caso do cão morto”)

o Tammet, Daniel (2007) - Nascido num Dia Azul, Estrela Polar.

o Posso explicar-te o que é a Síndrome de Asperger, Associação


Portuguesa de Síndrome de Asperger.

o Telmo, Isabel Cottineli (2002) - Brinca Comigo, Lisboa,


Associação Portuguesa para Protecção aos Deficientes
Autoria
Autistas.

o Haaddon, Mark (2003) - O estranho caso do cão morto, Editorial Núcleo de Educação
Presença.
Especial
Webgrafia
Agrupamento de Escolas de
o www.apsa.org.pt/
Rio Tinto Nº 2 Breve Abordagem
o saude.culturamix.com/doencas/a-sindrome-de-asperger

o www.lookfordiagnosis.com/mesh_info.php?term=S%C3%ADndro Dezembro de 2010


me+De+Asperger&lang=3

o http://psiadolescentes.wordpress.com/2010/11/25/sindrome-de-
asperger/