Você está na página 1de 27

Indústria do Gás Natural

EPB 4061
Aula 2
Engenharia de Produção
Profa. Dra. Roberta Gaidzinski
2018
Petróleo e Gás Natural - composição
• Petróleo: grande diversidade de hidrocarbonetos.
• Gás Natural: mistura constituída predominantemente por hidrocarbonetos
parafínicos, além de outros, conhecidos como não hidrocarbonetos.
 Hidrocarbonetos constituídos por cadeias carbônicas com ligações simples.
 Normalmente com até 12 átomos de carbono.
Hidrocarbonetos do gás natural
Petróleo e Gás Natural - composição
• Hidrocarbonetos do gás natural: incolores, inodoros e inflamáveis.
• Metano:
 Apresenta estrutura molecular tetraédrica e apolar (CH4).
 Pouca solubilidade em água.
 Quando exposto ao ar se transforma em mistura de alto teor explosivo.
 O mais simples dos hidrocarbonetos, usado como combustível e na
fabricação de metanol e uréia.
Petróleo e Gás Natural - composição
• Etano:
 Composto de importância industrial por sua conversão em etileno, importante
nas indústrias petroquímicas para a fabricação de plásticos.
• Butano:
 Um dos componentes do GLP.
 Muito utilizado nas indústrias de borrachas sintéticas e plásticos.
Petróleo e Gás Natural - composição
• Propano:
 Vendido como combustível para fogões residenciais e industriais, sendo um
dos componentes do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP).
 Propulsor para sprays aerossóis (após a eliminação do uso dos CFCs).
 Refrigeração em processos industriais.
 Matéria-prima importante nas indústrias de plásticos e petroquímicas.
Petróleo e Gás Natural - composição

• Pentanos, hexanos, heptanos e octanos: encontrados na gasolina e na nafta.


 Octanos: apresentam como isômero mais importante 2,2,4-trimetilpentano
(isooctano). Ponto de referência 100 para a escala de octanagem.
N2 nitrogênio
CO2 Gás carbônico
Gás Natural - H2O água
composição H2S Gás sulfídrico
Não hidrocarbonetos COS Sulfeto de carbonila
CS2 Dissulfeto de carbono
R-SH mercaptans
Hg mercúrio
He hélio
Ar argônio
O2 oxigênio
H2 hidrogênio
Gás Natural – composição
Não hidrocarbonetos
• N2 (nitrogênio):
 gás inerte,
 Não possui reatividade química
 Não apresenta valor energético: quando presente em alto teor pode acarretar
redução significativa do poder calorífico da mistura gasosa.
Gás Natural – composição
Não hidrocarbonetos
• CO2:
 Gás ácido. Presença de água livre: forma solução ácida corrosiva, causando
danos em tubulações e equipamentos.
 Principal constituinte dos gases do efeito estufa,
 Não apresenta valor energético: quando presente em alto teor pode acarretar
redução significativa do poder calorífico da mistura gasosa.
Gás Natural – composição
Não hidrocarbonetos
• H2O:
 Grande preocupação na área de produção:
forma líquido corrosivo com gases ácidos (CO2 e H2S),
pode se transformar em hidratos: compostos sólidos cristalinos que podem
obstruir tubulações, impossibilitando o escoamento do gás.
 Sua presença (além do valor máximo especificado) pode prejudicar a
combustão do gás em equipamentos térmicos (fornos, caldeiras) e em
motores de veículos automotivos.
Gás Natural – composição
Não hidrocarbonetos
• H2S:
• Gás ácido: forma solução ácida corrosiva na presença de água.
• Alta toxicidade.
• Pode ter aplicação em processo de recuperação de enxofre, posteriormente
usado na fabricação de H2SO4.
Gás Natural – composição
Não hidrocarbonetos
• COS, CS2 e R-SH:
 Compostos de enxofre, que após a queima geram SO2 provocando poluição
ambiental.

• He e Ar:
 Gases nobres que, quando presentes, podem ser extraídos comercialmente.
Gás Natural – composição
Não hidrocarbonetos
• Hg:
 Quando presente pode formar amálgama de metais.
 Alta toxicidade.
 Responsável pela fragilização de materiais (alumínio, liga cobre-níquel, etc),
 Contaminação de catalisadores usados em processos no setor de refino.
Gás Natural - composição
 Para a caracterização do gás natural, torna-se necessário expressar a
participação individual de seus componentes.
 Definição da composição: descrição dos componentes com as respectivas
quantidades relativas.
 Exemplo: cálculo de composição de mistura expressa em fração mássica.
Gás Natural - composição
• Concentração: quantidade de soluto em determinada quantidade do material
expressa em volume.
 Concentração em massa (g/L)
Gás Natural - composição
 Concentração em volume

 Concentração em quantidade de matéria (mol/L)


Gás Natural - composição
• Forma de expressar teor para materiais diluídos:
 Partes por milhão ppm: (mg/Kg) ou (cm3/L).
 Partes por bilhão ppb: (g/Kg) ou (mm3/L).
Gás Natural - composição
• Mistura de hidrocarbonetos leves encontradas no subsolo, no qual metano
tem uma participação superior a 70% em volume.

• Composição pode variar bastante dependendo de fatores relativos ao campo


em que o gás é produzido, processo de produção, condicionamento e
transporte.
Composição Ceará e Sergipe Bahia Espírito Rio de São Amazonas
(%vol.) RN Santo Janeiro Paulo
C1 74,53 81,32 81,14 88,16 79,59 87,98 68,88
C2 10,40 8,94 11,15 4,80 9,89 6,27 12,20
C3 5,43 3,26 3,06 2,75 5,90 2,86 5,19
C4 2,81 1,84 1,39 1,55 2,13 1,16 1,80
C5 1,30 0,74 0,72 0,44 0,77 0,27 0,43
C6 1,40 0,42 0,30 0,44 0,44 0,07 0,18
N2 1,39 1,51 1,43 1,62 0,80 1,16 11,12
CO2 2,74 1,97 0,81 0,24 0,50 0,23 0,20
H2S (mg/m3) 1,50 7,50 7,60 7,50 6,70 traços -------
Análise do Gás Natural
• Cromatografia gasosa: técnica que se baseia no princípio da diferença de
velocidade da migração de componentes gasosos através de um meio poroso.
• Cromatógrafo
Análise do Gás Natural
• A amostra é vaporizada e introduzida em um fluxo de gás (Fase móvel). Gás
de arraste: hidrogênio, nitrogênio ou hélio.
• O fluxo gasosos passa por uma coluna separadora (Fase estacionária), onde
ocorre a separação da mistura.
• Os componentes da mistura gasosa já separados e dissolvidos no gás inerte
passam por um detector, que gera um sinal elétrico proporcional a
quantidade do componente presente.
• Emissão de um cromatograma.
Análise do Gás Natural
Análise do Gás Natural
• A análise cromatográfica não é utilizada para a determinação do teor de H2S
demais compostos sulfurados  análises específicas (ASTM).
• Representatividade da amostra  coleta de amostra  cilindros de
amostragem com pressão adequada as condições do fluxo no ponto da
coleta.
• Para assegurar uma boa condição de amostragem deve ser evitada a coleta
do gás em situações de instabilidade da planta ou em pontos em eu não há
continuidade de fluxo.
Análise do Gás Natural
• Determinação da composição fundamental:
 Controle da qualidade do gás comercializado,
 Análise de performance de compressores e de turbinas a gás,
 Atualização dos parâmetros de medidores de vazão de gás,
 Identificação ou controle da presença de contaminantes.