Você está na página 1de 19

1

Do outro lado do mar


... E Pedrinho viu o que havia do outro lado do mar.

Ruth Rocha. Faz muito tempo. São Paulo: Ática, 1999. p. 14.
2

Dizem que Cabral descobriu o Brasil


por acaso.
Será verdade?
Tudo indica que os portugueses
sabiam da existência dessas terras, pois
outros navegadores teriam passado bem
perto daqui antes de Cabral, como o
português Duarte Pacheco, em 1498.
Outra pessoa foi Cristóvão Colombo,
que descobriu a América em 1492 e falava
da existência das novas terras ao sul.
Seis anos antes da viagem de Cabral, Portugal e Espanha assinaram o
Tratado de Tordesilhas.
Nesse documento, os dois países rivais que buscavam por novas terras,
chegaram a um acordo, traçaram uma linha imaginária que dividiria o Brasil em
duas partes, metade para Portugal e a outra metade para a Espanha.
As terras descobertas do lado esquerdo dessa linha ficariam com a
Espanha; as do lado direito ficariam com Portugal.
Ora, a melhor parte do Brasil ficava exatamente do lado português
justamente a parte que mais interessava: o enorme litoral brasileiro, o mais
importante caminho para cruzar o Cabo da Boa Esperança e chegar às Índias.
Portanto, faz sentido pensar que Cabral tinha uma missão secreta:
encontrar as novas terras, garantindo grandes riquezas para o Portugal.

Quinhentos anos depois, nos dias atuais ainda existe um mistério,


nenhum dos documentos originais da viagem do descobrimento, deixou
indicações sobre a verdadeira intenção de Cabral.
3

1º) Observe e pinte de azul o oceano que banha a costa brasileira.

Agora responda.
1ª) Depois de conhecer o tamanho da costa brasileira, você acredita que
Portugal ficou com a melhor parte do Tratado de Tordesilhas? Por quê?
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
2º) A costa brasileira é banhada pelo _________________________________.

3º) Antes de chegar ao Brasil, Pedrinho imaginava como seria a terra do outro
lado do mar.
O que você acha que ele sentiu quando chegou aqui e viu tudo de perto?
_______________________________________________________
Por que você deu essa resposta?
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
4º) E o que acha que os índios sentiram ao verem os portugueses chegando?
Por quê?
_______________________________________________________
______________________________________________________
4

Até alguns anos antes de 1500, e dos portugueses chegarem às terras do


Brasil, os europeus não se arriscavam a ir muito longe pelo Oceano Atlântico.
As embarcações eram pequenas e tinham poucos instrumentos de
navegação. Por isso, para atravessar grandes distâncias, pescadores e
comerciantes navegavam por rios e lagos.
Pelo que se sabe, o lugar mais distante que os europeus tinham
alcançado, viajando apenas pelo mar, era o norte da África.
Uns acreditavam que abaixo da
África o mundo acabava e poderiam cair
num enorme precipício; outros diziam que o
local era a morada de grandes monstros e
serpentes marinhas capazes de devorar
uma caravela com toda sua tripulação numa
bocada só.
Por causa dessas lendas batizaram
o lugar com o nome de Cabo das Tormentas,
que mais tarde foi rebatizado como
Cabo da Boa Esperança quando viram que
tudo não passava de histórias bobas.
Esta ilustração representa as caravelas portuguesas
contornando o continente africano.

Portugueses: os pioneiros das grandes viagens marítimas


Os navegadores portugueses saíram na frente nas grandes viagens
marítimas pelo Oceano Atlântico e chegaram a terras distantes, seguindo um
caminho completamente novo.
As viagens marítimas iniciadas pelos portugueses permitiram que
diferentes povos espalhados pelo mundo pudessem trocar produtos e
conhecimentos; culturas de fora da Europa se tornaram conhecidas, e outros
povos do mundo conheceram os europeus.

Movimento no porto de Lisboa, em Portugal, em pintura de cerca de 300 anos atrás.


5

No início do século 16, e já estamos no século 21,


a fama das viagens dos grandes descobrimentos
conquistadas pelo Infante Dom Henriques levou muita
gente a pensar que a Vila de Sagres, que ele mandou
construir, seria uma ótima saída para quem quisesse
aprender a navegar.
Lá funcionou como uma espécie de escola de
navegação onde os navegadores aprendiam a arte,
ensinados por mestres.
Dom Henriques, era um grande estudioso,
principalmente dos astros, para melhor exercitar as
artes da navegação.
A Escola de Sagres desenvolveu o estudo de
instrumentos para auxiliar os marujos em alto mar,
entre outros, os seguintes aparelhos provocaram
enorme evolução na navegação:

Balestilha
A balestilha foi bastante utilizada pelos portugueses na época dos
descobrimentos. Era usada para ajudar a determinar a posição do navio
através de observações da altura do Sol. A origem do seu nome vem do árabe
“balisti”, que significa altura.
Teria sido o primeiro instrumento desta época a utilizar o horizonte do
mar, isto é a linha que observamos ao olhar para frente e vemos bem ao longe
dando impressão que junta a terra e o céu ou quando estamos no mar, vemos
o mar e o céu.
6

Astrolábio
O astrolábio era um antigo instrumento muito utilizado pelos marinheiros
em 1500 para medir a altura dos astros acima do horizonte e para ajudar na
localização em alto mar.

O zênite localiza o ponto mais alto.

Astrolábio Náutico

Sextante
Também muito usado pelos navegadores
portugueses desde 1500, para medir alturas de
astros ajudar na localização em alto mar.

Esfera Armilar
É um instrumento de navegação que
parece um modelo pequeno da esfera
celeste desenvolvida ao longo dos tempos
por inúmeros povos.
O nome do instrumento vem do latim
armilla que quer dizer bracelete ou anel de
ferro, visto que tem um esqueleto feito de
anéis, ligados uns aos outros
Antes da invenção do telescópio, a
esfera armilar já era um instrumento
importante para todos os navegantes na
correção da posição aparente dos astros.
Através da invenção da Esfera Armilar,
as pessoas puderam saber que a terra era
redonda e que os astros se movimentavam.
7

← O local nas armilas, anéis onde eram marcados os números para os


cálculos dos marinheiros, era visto pela igreja católica, na época de 1500,
como sendo o lugar onde se encontravam as almas das crianças muito novas
que, embora não tivessem culpa alguma, morreram sem o batismo.
← Pode!!!

É uma figura que mostra a orientação das


direções cardeais num mapa ou carta náutica.

Os pontos cardeais

Para nos orientarmos em qualquer lugar


devemos conhecer os pontos cardeais. Eles são
quatro e são representados da seguinte forma:

norte (N); sul (S); leste (L); oeste (O).

O leste, também chamado oriente, está na


direção de onde o Sol aparece de manhã.

O oeste, também chamado ocidente, está na


direção onde o Sol se põe, à tarde.

Se nos colocarmos em um lugar com os


braços abertos e apontarmos a mão direita para o
leste, a mão esquerda indicará o oeste.

À frente estará o norte e atrás o sul.

Num mapa, o norte está sempre na parte de


cima.
8

Outro instrumento muito importante para a navegação foi a bússola.


Agora é com você.
Pesquise, escreva e ilustre.

1º) O que é bússola?


_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________

2º) Para que ela servia?


_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
3º) A bússola ainda é importante hoje em dia? Por quê?
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________

4º) Procure uma figura que mostre uma bússola e cole abaixo, se não
encontrar, desenhe e pinte.
9

O nobre que “descobriu” o Brasil


Nascido numa família de nobres, Pedro Álvares Cabral, era, sem dúvida,
valente navegador.
Portugal, nome de um pequeno país, quando sai ao mar a fim de fazer
crescer a fé católica e o seu império por um mundo até então desconhecido.
Nesse novo mundo, misterioso e fascinante para os Europeus da época,
encontrava-se o nosso Brasil.
Hoje, passados cinco séculos do descobrimento, permanecem
desconhecidos da grande maioria dos brasileiros a história da vida de Pedro
Álvares Cabral.
Quem, afinal, foi o homem que a história menciona como aquele que
descobriu o Brasil?
No ano de 1468, no Castelo de Belmonte, propriedade da família Cabral,
nascia um menino de nome Pedro, filho de Fernão Cabral e de Dona Isabel de
Gouveia.
Dizem que a família Cabral é muito antiga e por serem nobres, permitiram
a Pedro Álvares Cabral casar-se com Dona Isabel de Castro, dama
pertencente a mais alta nobreza.
Nessa época Portugal estava preparando as caravelas para irem às
Índias. Ficou decidido que o capitão dela seria Pedro Álvares Cabral, pelas
ótimas qualidades de sua pessoa.
No dia 9 de março de 1500, após a Santa Missa, rumaria para as Índias,
passando pelo Brasil.
Dessa expedição, participaram 13 navios, dos quais apenas quatro deles
conseguiram retornar a Portugal. Os demais se perderam todos, tragados pelo
mar, juntamente com sua tripulação.
No dia 23 de junho de 1501, retorna Pedro Álvares Cabral a Portugal.

Quadro que retrata Pedro Álvares Cabral


10

Será que o Brasil foi realmente “descoberto”?


Como ele estava coberto?
Será que existe uma coberta do tamanho do Brasil?

Conversa mole pra boi dormir...

Será que não se apossaram de terras que já sabiam que existiam?


Invadiram, pois os índios já moravam aqui?

Muito estranho...

Leia esse trecho do final do texto acima.

[...] Nessa época Portugal estava preparando as caravelas para irem às


Índias. Ficou decidido que o capitão dela seria Pedro Álvares Cabral, pelas
ótimas qualidades de sua pessoa.
No dia 9 de março de 1500, após a Santa Missa, rumaria para as
Índias, passando pelo Brasil.[...]

Esse texto mostra claramente que Portugal já sabia da existência do


Brasil?

Responda.

O que você pensa sobre o assunto que acabamos de ler? Explique direitinho.
_________________________________________________
_________________________________________________
_________________________________________________
_________________________________________________
_________________________________________________
_________________________________________________
_________________________________________________
_________________________________________________
_________________________________________________
11

_________________________________________________

As caravelas usadas nas grandes viagens marítimas eram de vários


tamanhos. Essas embarcações eram impulsionadas por velas feitas de tecido
de linho e eram governadas por um leme.
Os mastros sustentavam as velas.
As caravelas da frota de Cabral eram feitas de madeira, normalmente de
carvalho, muito resistente à água. Possuíam cascos de até 30 metros de
comprimento por seis de largura. Neles havia em média 30 bocas de fogo, que
eram os canhões por onde saíam as balas de ferro usadas contra os inimigos.

Antes de chegar ao Brasil, por volta de 500 anos atrás, os portugueses


começaram suas viagens oceânicas. O principal objetivo do rei português era
chegar às Índias, nessas terras eram produzidas as especiarias, nome dado a
temperos aromáticos como pimenta-do-reino, cravo-da-índia, canela, noz-
moscada, etc, que serviam para temperar os alimentos, especialmente as
carnes.
Nessa época não existia geladeira e era preciso conservar a comida, pois
era comum se alimentar de alimentos “passados” que era o nome dado para o
que estivesse podre.
Eeeca!!!
Por esse motivo essas mercadorias eram tão valiosas.
Os navegadores portugueses foram avançando pela costa da África, em
direção ao sul.
Além disso, na época dos grandes descobrimentos, era rico quem tivesse
mais terras, ouro e prata, pois o dinheiro como hoje conhecemos não existia.
Como os países europeus são muito pequenos e quase que sem
riquezas naturais, lançaram-se ao mar para se apossarem de outras terras a
12

fim de expandirem seus territórios e retirar riquezas, muitas riquezas!!!

Observe o mapa acima e veja as linhas saindo de Portugal, circulando a


África e indo na direção das Índias. Isso era o que os Portugueses queriam
fazer, no entanto o que fizeram foi sair de Portugal e chegar a Porto Seguro, na
Bahia, no Brasil, pois é claro que já sabiam as terras do Sul.
Depois de tomarem o Brasil para o rei de Portugal, num segundo
momento, fizeram o que pretendiam, saindo do Brasil, algumas das caravelas
de Cabral contornaram a costa da África e os portugueses finalmente
conseguiram provar que era possível chegar às índias seguindo em direção ao
sul pelo Oceano Atlântico.
Atravessaram o Cabo da Boa Esperança, o antigo Cabo das Tormentas,
e viram que o mundo não acabava num precipício e muito menos que existia
monstros morando por ali, e, finalmente, atingiram o Oceano Índico, a caminho
dos valiosos produtos e tesouros do Oriente.
Porém ao chegarem por lá não foram bem recebidos, deu até briga.
Cerca de 550 anos atrás, os portugueses fizeram os primeiros contatos
com os povos da costa africana de Cabo Verde, Guiné-Bissau, São Tomé e
Príncipe, entre outros. Eles permaneceram centenas de anos nessa região. É
por isso que, atualmente, na costa africana há países onde, ainda hoje, se fala
a língua portuguesa.
13

Ora pois! Ai Jesus!!!

Partindo de Portugal, os navegadores portugueses procuravam


chegar às Índias.

1º) Qual a primeira direção que tomaram?


_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________

2º) Qual o interesse dos portugueses em chegarem às Índias?


_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________

3º) Qual era o interesse dos portugueses nos produtos que vinham das Índias?
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________

4º) Qual a razão do medo dos portugueses ao dobrar o Cabo das Tormentas?
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________

5º) Depois de atravessarem o Cabo das Tormentas viram que todas as


histórias sobre o lugar não passavam de lendas então mudaram seu nome.
O Cabo das Tormentas recebeu o nome de _____________________
14

_____________________________________.

No dia 24 de abril toda a esquadra chegou mais perto da


terra. Para ancorar as embarcações, foi encontrado um porto
bom e seguro, por isso o local foi chamado Porto Seguro.
Alguns homens da terra vieram conhecer o nosso capitão
Pedro Álvares Cabral. Eles faziam gestos e falavam muito,
mas o nosso capitão não conseguia entender o que eles
diziam, falavam uma língua diferente. Andavam nus e com o
corpo pintado e enfeitado. Trouxemos alguns presentes
espelhos, apitos e panelas, eles gostaram muito.
No dia 26 de abril foi feito um altar numa pequena ilha
que havia por perto. Era domingo de Páscoa e Frei Henrique
de Coimbra rezou a primeira missa na nova terra e os índios
ficaram muito curiosos e acharam bonito.
No dia 28 de abril fizeram uma cruz com a madeira que
havia no lugar e a cortaram com o machado. Os moradores da
terra ficaram espantados pois eles não conheciam o machado
de ferro.
No dia 1º de maio Frei Henrique de Coimbra rezou a
segunda missa. Os habitantes da terra acompanharam a
cerimônia com muito respeito.
A cruz de madeira foi colocada para confirmar o
descobrimento da nova terra.
Até agora não pudemos saber se na terra há ouro, prata
ou ferro. Ela é grande e tem muitas árvores. A terra é bem
formosa.
Beijo as mãos de Vossa Majestade.
15

Pero Vaz de
Caminha

1º) Depois de tudo o que leu você acredita que os portugueses chegaram ao
Brasil por acaso? Por quê?
_________________________________________________
_________________________________________________
_________________________________________________
_________________________________________________

2º) O que havia no Brasil que provocou o interesse dos portugueses?


_________________________________________________
_________________________________________________
_________________________________________________
_________________________________________________

3º) Como foi o encontro dos portugueses com os índios?


_________________________________________________
_________________________________________________
_________________________________________________
_________________________________________________

4º) O que os portugueses deram aos índios em trocas das riquezas que
encontraram no Brasil?
_________________________________________________
_________________________________________________
_________________________________________________
_________________________________________________

5º) Você acha certo o que os portugueses fizeram? Por quê?


16

_________________________________________________
_________________________________________________
_________________________________________________
_________________________________________________

Tem gente que gosta mesmo de aventura...


Não é que alguns marinheiros portugueses ficaram no Brasil, enquanto o
resto da tripulação seguia viagem? Dois deles foram deixados de propósito
para servir como informantes do rei. Eram dois condenados por crimes em
Portugal, que abriram o maior berreiro quando foram deixados na praia.
Choraram tanto que até os nativos ficaram comovidos e caíram no choro
também.
Vinte meses depois, foram resgatados pela expedição de reconhecimento
comandada por Américo Vespúcio.
Os relatos de um dos chorões, Afonso Ribeiro, foram muito importantes
para Portugal. Os outros marinheiros que haviam ficado simplesmente
desertaram, cansados da vida sofrida a bordo das caravelas.
Em uma terra tão bonita, com fartura de comida e de índias sem roupa,
escapuliram do navio rapidinho e nunca mais foram vistos.
Ninguém nunca soube o que aconteceu com os marujos fujões.
Será que conseguiram viver entre os índios? Ou será que serviram de
jantar para os índios canibais, aqueles que comem carne humana?

Responda.
17

O que você acha que aconteceu com eles?


_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________

Uma outra curiosidade sobre os


primeiros dias da descoberta, quando
os portugueses aqui chegaram em
suas caravelas de madeira, foi o nome
dado ao Brasil.
Cabral batizou as novas terras
com o nome de Ilha de Vera Cruz, isto
é, da cruz verdadeira, devido à grande
cruz fincada no dia da segunda missa.
Mas os marinheiros não estavam
nem aí com o nome oficial. Eles
inventaram outro nome.
Sabe qual?
"Terra dos papagaios".
Araras e papagaios multicores
enfeitavam a paisagem, e durante mais de três anos, ninguém chamava o
Brasil pelo nome dado por Cabral.
Os portugueses trocaram quinquilharias e suas toucas vermelhas de
marujos por essas aves maravilhosas, que viajaram até Portugal e
deslumbraram seus compatriotas d'além mar.

Agora é com você.

Desenhe e pinte bem bonito como imagina que era o Brasil nessa época.
18

1º) Depois de tudo que estudou, se você fosse um marujo da expedição de


Cabral, que outro nome daria ao Brasil? Por quê?
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
2º) De que material eram feitas as caravelas de Cabral?
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
3º) Como se movimentavam as caravelas de Cabral?
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
4º) O que acontecia as caravelas se não ventasse?
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
5º) O que eram as bocas de fogo de uma caravela? Para que elas serviam?
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
19

6º) Qual a contribuição das grandes navegações para os mapas?


_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________