Você está na página 1de 31

POVO LÍDER CIDADE(S) CARACTERÍSTICAS

Sumérios Patesi (rei) Ur, Uruk, Escrita cuneiforme;


Nippur, Lagash Zigurates

Acádios Sargão I Idem aos Unificação;


sumérios

Amoritas Hamurábi Babilônia Código de Hamurábi

Assírios Assurbanipal Assur, Nínive Violência

Caldeus Nabucodonossor Babilônia Conquistas territoriais;


construções (Jardins
Suspensos).
Correção das atividades pág 10
01- As enchentes do rio Tigre e Eufrates eram violentas e
provocavam, na maioria das vezes inundações devastadoras. As
catástrofes provocadas por essas cheias inspiravam poemas, como
a Epopeia de Gilgamesh.

02- A mesopotâmia situava-se em meio a diversos povos nômades e


seminômades que cobiçavam essa rica região agrícola entre dois
rios. Assim as causas das guerras estavam associadas, á posse de
terra e água.

03- Sustentavam-se no trabalho de escravos e camponeses,


explorados pelos níveis sociais mais elevados por meio de
impostos e trabalhos compulsórios em obras públicas. Em função
do importante papel do Estado, destacam-se os funcionários
públicos, os militares, sacerdotes, comerciantes e artesãos.
Correção das atividades pág 10, 11 e 12
04- A prática das atividades agropastoris só foi possível na
Mesopotâmia graças a ação coletiva dos trabalhadores, no
controle das enchentes, construções de canais e na irrigação.

01- C
02- B
03- B
04- B

05- b) Os principais aspectos desse código eram a superioridade da


lei escrita sobre a norma oral e o princípio do “olho por olho,
dente por dente” , a chamada lei de Talião. Este código
estabelecia que todo delito tinha que ser punido de forma
semelhante ao crime cometido.
06- D

Correção das atividades pág 13


07- C
08- A

09- a) A Mesopotâmia.

b) Nessa civilização, o direito variava de acordo com a posição


social do indivíduo, baseado na Lei de Talião, imputava penas
iguais aos delitos cometidos.

10- C
http://www.youtube.com/watch?v=anzc8x7LYt8
Correção das atividades pág 20 e 21
01- Os camponeses constituíam a maior parte da sociedade,
prestando serviços públicos, estavam numa camada acima dos
escravos (prisioneiros de guerra ou endividados). Os escribas
eram os escrivães profissionais e estavam entre os poucos da
sociedade que dominavam a escrita, exercendo funções
administrativas e fiscais. Os militares e os sacerdotes exerciam
funções de destaque, ocupando altos postos na hierarquia social.
Os comerciantes era uma grupo social à parte, cuja importância
cresceu ao longo da história egípcia.

02- Tanto a Mesopotâmia quanto o Egito se organizaram próximos


aos rios – devido a seu clima desértico e a possibilidade de
fertilização oferecidas pelas margens fluviais.
Correção das atividades pág 21
03- a) politeísta: crê em muitos deuses
Antropozomorfica: forma de homem e animal das divindades.
b) A crença na vida após a morte mobilizava grande quantidade
de recursos, como revelam as construções das pirâmides e a
existência de profissionais embalsamadores.

04- Antigo Império: período de unificação do Alto r Baixo Egito,


época de construção das grandes pirâmides.
Médio Império: hegemonia da cidade de Tebas, desenvolvimento
comercial e expansão, invasão dos hicsos e introdução da
metalurgia de ferro.
Novo Império: Tentativa de reforma religiosa(monoteísmo),
expansionismo , decadência devido as invasões.

Correção das atividades pág 22 e 23


01- C
02- B
03- B
04- C
05- O Rio Nilo foi um dos principais responsáveis pela
sedentarização dos grupos humanos numa região desértica e, mais
do que issopelo desenvolvimento das práticas agrícolas.

06- C
07- Todas as terras e o excedente pertenciam ao Estado e, sob o
regime de servidão coletiva os trabalhadores,além de trabalhar na
agricultura, no período de entressafra deveria trabalhar nas obras
públicas, construindo diques, canais, templos e túmulos.