Você está na página 1de 1

Examinando o mapa da classificação atual, po-

Geografia demos observar que apresenta, conforme ordem


crescente de altitude, a seguinte divisão:
1. Planície do rio Amazonas:
Professor Paulo BRITO
Compreende uma estreita faixa de terras planas
que acompanha, principalmente, os rios Amazo-
nas, Solimões, Purus, Juruá, Javari e Madeira,
Aula 89
com altitudes inferiores a 100m e desníveis máxi-
Relevo e hidrografia da mos de 60m. Foi o que restou daquela que se
considerava uma planície gigantesca, reduzida
Amazônia cerca de vinte vezes do tamanho que se imagi-
Até pouco tempo atrás, quando se falava do nava.
relevo da Amazônia, logo se lembrava da grande 01. A mais ampla porção do relevo amazonen-
2. Depressão da Amazônia Ocidental:
Planície Amazônica. Aliás, essa denominação se é:
marcou, durante muitos anos, como principal É a mais ampla porção da região, apresentando
compartimento, o relevo da região. Dois fatores altitudes entre 100 a 200m. a) Depressão Marginal Norte-amazônica.
contribuíram para que essa idéia estivesse pre- 3. Depressão Marginal Norte-Amazônica: b) Depressão da Amazônia Ocidental.
sente. O primeiro corresponde à visão científica
As altitudes variam entre 200 e 300 metros. c) Planície do rio Amazonas e alguns afluentes.
do final do século XIX, uma vez que as expedi-
ções de reconhecimento limitavam-se aos tre- 4. Depressão Marginal Sul-Amazônica: d) Depressão Marginal Sul-Amazônica.
chos navegáveis dos rios, não percorrendo aque- Também apresenta uma variação de 200 a 300 e) Planalto da Amazônia Oriental.
les encachoeirados que banham terras mais altas metros de altitude.
ou acidentadas. O segundo diz respeito às clas- 02. As maiores altitudes do relevo amazônico
5. Planalto da Amazônia oriental:
sificações de Aroldo de Azevedo e Aziz Nacib Ab’
Recoberto por mata densa e com altitude entre encontram-se:
Saber.
Utilizando-se das tecnologias da época, eles 400 e 500 metros, abrange terras que vão de a) nos Planaltos Residuais Norte-Amazônicos.
configuraram a planície Amazônica como predo- Manaus até o Oceano Atlântico.
b) na Depressão da Amazônia Ocidental.
minante na Região, possuindo limites com o 6. Planaltos residuais Norte-Amazônicos: c) na Planície do rio Amazonas e alguns afluen-
Planalto das Guinas e o Planalto Sul-Amazônico. Possui as maiores altitudes da região, variando
Todavia, após se iniciarem os modernos estudos tes.
entre 800 e 1.200m, e os pontos culminantes do
fisiográficos da Região nos anos 70, essa antiga relevo brasileiro, que são o Pico da Neblina d) na Depressão Marginal Sul-Amazônica.
visão passou a ser discutida por não se basear (3.014m) e o pico 31de Março (2.992m), ambos e) Todas as anteriores estão erradas.
em cotas altimétricas. Além disso, ela vem caindo na serra do Imeri, fronteira do Amazonas com a
em desuso face à proposta feita, em 1995, pelo 03. “Este compartimento do relevo, recoberto
Venezuela. Nessas terras altas, as tempestades
professor Jurandyr Ross, do Departamento de
caem muito à noite, e o índice pluviométrico fica por mata densa e com altitude entre 400 e
Geografia da USP.
acima de 3.000mm por ano, criando uma intensa 500 metros, vai de Manaus até o oceano
Com base nessa nova fisiografia e na reavaliação nebulosidade que dificulta ou impede a obtenção
dos conceitos técnicos das formas de relevo en- de imagens de satélites ou fotos aéreas. Atlântico”. Trata-se do:
contrados no Brasil, podemos dizer que o núme-
a) Planalto da Amazônia Ocidental.
ro de porções do relevo amazônico praticamente
dobrou, como veremos adiante, representando b) Vale do rio Amazonas.
mais fielmente as diversas formas de topografia, c) Planalto da Amazônia Oriental.
mudando aquela idéia geral e equivocada de que d) Planalto das Guianas.
a Região apresentava uma única e grande planí-
cie e) Altiplano da Amazônia Central.

Perfil longitudinal do relevo amazônico 04. As serras do Padre, Curupira, Bela Adorme-
cida, Urucuzeiro, Kaburi, dos Porcos, do
Além dos pontos apresentados no quadro acima,
existem outros picos com menor altitude no Traíra, da Pedra, Unaiuxi e do Imeri, encon-
extremo-norte dos municípios de São Gabriel da tram-se nos municípios de:
Cachoeira, Santa Isabel do Rio Negro e Barcelos,
como o Aracá, Rondon, Tunuí, Macaco, entre a) Santa Izabel do Rio Negro e São Gabriel da
outros, e as serras Tapirapecó, Traíra, Daraá, do Cachoeira.
Padre, Curupira, Bela Adormecida, Urucuzeiro, b) Benjamin Constant e Tabatinga.
Kaburi, dos Porcos, da Pedra, Unaiuxi e Parima.
c) Japurá e Tefé.
O perfil topográfico apresentado acima representa d) Lábrea e Boca do Acre
um corte transversal de noroeste a sudeste, com
FORMAS DE RELEVO DA AMAZÔNIA cerca de 2.000km de comprimento, que vai das al- e) Manacapuru e Maués.
Segundo o dicionário técnico da nova classifica- tíssimas serras do norte da região, na fronteira com
a Venezuela, até o norte do Estado de Mato
05. As principais serras do Estado do Amazo-
ção para o Brasil, é possível dividir o relevo ama-
zônico em três principais formas: Grosso. nas estão situadas ao norte, mas encontra-
I. Depressão: Caracteriza-se por ser uma super- Podemos notar, claramente, as estreitas faixas de mos algumas no sul, como as serras:
fície entre.100~500m de atitude, com sua incli- planície situadas às margens do rio Amazonas, a
nação formada por processos prolongados de a) do Candomblé, do Machado e de Fortaleza.
partir das quais se seguem vastas extensões de
erosão. É mais plana do que o planalto. planaltos e depressões. b) do Padre, do Traíra e do Uaupés.
II. Planalto: O termo parece-nos sugestivo, porém c) de Tapirapecó, Urucuzeiro e Caparro.
nada tem a ver com plano alto. Trata-se de uma VISÃO GERAL DA BACIA HIDROGRÁFICA
superfície irregular com altitude acima de 300m. AMAZÔNICA d) da Bela Adormecida, do Kaburi e da Arara.
É o produto da erosão sobre as rochas cristali- e) do Jatapu, do Morro dos Seis Lagos e de Pa-
nas (metamórficas) ou sedimentares. Pode A bacia Amazônica possui 1/5 da água doce da
rintins.
apresentar morros, serras ou elevações íngre- Terra, numa área de cerca de 5,9 milhões de km2
mes, de topo plano (chapadas). em território brasileiro e 6,2 milhões de km2 na 06. Coloque “C” quando a informação estiver
III. Planície: É uma superfície muito plana, com o América do Sul, correspondendo a 5% das terras
máximo de l00m de altitude, formada pelo emersas. É a maior bacia fluvial do mundo correta e “F” quando for falsa:
acúmulo recente de sedimentos movimenta- (Molinier et al., 1995), com 10 dos 20 maiores rios ( ) O médio Amazonas tem regime de duas
dos pelas águas do mar, de rios ou de lagos. da Terra.
cheias anuais.
Ocupa porção modesta no conjunto do relevo Essa grande bacia estende-se desde 5° de
brasileiro. ( ) O rio Amazonas é navegável de Manaus até
latitude norte até 20° de latitude sul, apresentan-
Classificação atual do relevo do, a norte, o relevo do planalto das Guinas, a o seu estuário.
A recente classificação do professor Jurandyr oeste, a cadeia Andina, a sul, o planalto Brasileiro ( ) A bacia Amazônica é entulhada, em grande
Ross resultou de uma pesquisa baseada em le- e, a leste, a costa do Atlântico. Abrange terras de parte, por aluviões.
vantamentos feitos pelo RADAMBRASIL, que oito países (Brasil, Bolívia, Colômbia, Equador,
Guiana, Peru, Suriname e Venezuela), além de ( ) Rios de águas escuras carregam muitos
fotografou cada pedaço do País com equipamen-
tos especiais de radar – instalados em um avião um território (Guiana Francesa). A desemboca- materiais orgânicos e sedimentos.
– e imagens de satélites, no período de 1970 a dura do curso principal no Oceano Atlântico dá- ( ) O rio Juruá é o mais sinuoso da região.
1985. se nas proximidades da linha do Equador.

11