Você está na página 1de 4

Prefeitura Municipal de Rio Verde

Secretaria Municipal da Educação e Cultura


Secretaria das Comunicações
Departamento de Cultura
Adm. PAULO ROBERTO CUNHA

Festival de Música Popular Brasileira e


Religiosa, e de Literatura de Rio Verde Go.

Dias: 4, 5 e 6 de Agosto de 1989


Horário: 20 horas
Local: Clube D. Gemina
HILTON CALÇADOS E ROUPAS
SEMPRE NOVIDADES

Fone 621-0764
inscrições até o dia 25 de julho/89
Atendimento e entregas a domicilio
Informações: tel. 621-2019 - Cristina
Rua Afonso Ferreira, 118 - Rio Verde - GoiáS 621-0808 froene
s.3 >11'
a•4 O,
O

:ors5nzfinea
ruem

viloa °cinjo inoori


Data- Dias 4,5e 6 de Agosto de 1989
emeeel
=>

swaoll 00 0g
co

=3
c:a •

Q
=11
=0,
CO) C#13
‘,

a
ao * '

ASAS
Festival de Música Popular Brasileira e Religiosa, e de Literatura de Rio Verde-Go.
Nome Pseudônimo
Endereço:
Cidade UF CEP Fone

Categoria: Música Popular e Religiosa


Nome da Música
A utor(es) Letra
Música
Interprete(s)

Literatura: O Conto D Poesia


Titulo do(s) Trabalho(s)
O Hospedagem Obs.:

de 1989
Asa. L.
. , A avaliação será feita-de acordo com critérios FESTIVAL "ASAS" DE MÚSICA POPULAR BRASILEIRA E
estabelecidos previamente pela comissão julgadora. , que
será, cOn'stituida por 5 (cinco) membros. RELIGIOSA, E DE LITERATURA DE RIO VERDE,

VIII -ENSAIOS
MÚSICA POPULAR BRASILEIRA E RELIGIOSA. APRESENTAÇÃO:

" Cada participante terá 20 minutos diariamente pa-


A música popular brasileira passou por moinentos.d.e
ra ensaiar cada música inscrita, seguindo-si a ordem grande explendor proporcionado pelos grandes festivais
de chegada dos concorrentes.
realizados nas décadas de 60 e 70, vários nomes impor-
Os ensaios serão realizados nos dias 31/07 e 01, tantes foram lançados e continuam suas tragetórias com
02 e 03/08/89, no horário de 9:00 as 12:00, 14:00 às muito sucesso, em virtude da oportunidade que tiveram
17:00 e das 19 às 23 horas. ao levar a sua arte até o público.
Todos os ensaios serão realizados no Clube Dona A 'música popular brasileira vem conquistando'espa-
Gereina. ços em todos os rincões do planeta; abrindo fronteiras
OBS.: No dia 31/07/89. os ensaios começarão as 14:00. que pareciam intransponíveis.
Não haverá ensaios nos dias de apresentação.
Com a intenção de estabelecer um espaço aos novos
valores e . introduzi-los no mercado, proMoveremo-s o fes-
IX '.-. DISPOSIÇÕES GERAIS: tial ASAS, que alémde música popular brasileira más'-
A Comissão Organizadora eliminará o concorrente trará música religiosa, conto e poesia.
• •

que desolpedecer,qualquer cláusula deste regulamento,


ou proceder de forma irregular ou desrespeitosa durante Com a certeza do sucesso proporcionado pelo caris-
o festival. ma da arte, a SMEC antecipa votos de boas vindas a todos
os artistas.
A Comissão Organizadora oferecerá hospedagem e
alimentação aos concorrentes, desde que manifestem na
JUSTIFICATIVA DO NOME:
ficha de inscrição.
O candidato que Optar pela hospedagem oferecida A luta do homem pela liberdade já ultrapts,sou a bar-
pela comissãoorganizadora deverá trazer roupas de ca- reira dos milênios. No ano 3.000ac foi encontrada numa
ma. tumba egípcia a inscrição LIBERDADE SEM MEDO, exter-
A Comissão Julgadora será escolhida pela Comissão n-ando a necessidade de vencer todos os limites.
Organizadora entre pessoas ligadas a música e a lite-
ratura. - Este desejo foi conduzido através da história, de
geração por geração e chegou aos nossos dias, com as
A decisão da Comissão Julgadora será soberana e mesmas 'características; modificando apenas para ade-
irrevogável, não cabendo portanto, nenhuma espécie de quar-se à. realidade atual.
recursos.
No caso de inscrições feitas pelo Correio, os O projeto ASAS foi concedido sob o signo da liber-
trabalhos e a referida taxa deverão ser enviadas para dade, portanto podemos associá-lo à graça dos pássaros,
MÁRIO ALVES CAETANO, caixa postal 278, CEP 76200, Rio que conquistam a liberdade no espaço, utilizando-a
Verde-GO. (vale postal ou cheque nominal cruzado). simplicidade de um bater de ASAS.
Informações: Fone 621-2019 Cristina - 621-0797,
621-0439 Deirivane 621-1233 Mário
621-0808 I roene
Em Goiânia MÁRIO ALVES CAETANO
229-1365 Luiz Becke! ou Elza . Diretot do Dep. de Cultura
V - NORMAS: 1 la -Se al=nscrição 'for feita pelo correio, ó ma te,rial,
bem como ó valor da inscri ç ão (vale postal Ou che,que
.
nominal) deverão ser enviados para MÁRIO AL/ES CAETANO,
la. O 1.° Festival ASAS, será realizado sob o signo da caixa postal 278, CEP 76200, Rio Verde-Go.
liberdade portanto, será aberto a todos os artistas,
todavia, os trabalhos terão que ser inéditos e em idio- 12a. -O Festival ASAS, tõ rine c e'rã ab c'on'c'or'rette's a apa-
ma nacional. relhagem de som necessária para a interpretacão da me-
12, et éomo o pessoal •tkVcniCo pat'a
2,11. Ca4a c.ompositor pode.rá inscrever até três (03) entretanto, Ipod'erà.b oá 'co'n'corr'ehteè; usare'm eu -8
músicas, todavia, somente uma será ciassificad.a entre próprios instrumentos, desde 'élue sua* instalação não
as cinco (05) vencedoras. demande tempo superior ao destinado a cada música.
3a. - Não poderão concorrer músicas somente instrumen-
tais. VI - LITERATURA "CONTO E POESIA"
48.. - A$ letras deverão ser entregues em sete (.07) vias
4gti1ografa4as juntamente com a fita gravada em bom la. - Será livre, podendo participar qualquer jpesãbã,
nível de qualidade, no ato da inscrição. entretanto os trabalhos deverão ser apresentados em
idioma hacional.
58.. - O intérprete, só poderá ir ao palco uma vez por
cada música inscrita, ou se a Comissão Organizadora 2a. - Os trabalhos deverão ser apresentados em papel
julgar necessário o seu retorno fará prévia chamada. tamanho oficio, sem rasuras ou emendas com as página
devidamente numeradas, em 6 vias e totalmente inédito.
6a. - Quando a apresentação exigir mais de um intérpre-
te, será obrigatória a indicação do nome destes na fi- i, 3a. - Nos trabalhos, deverá ser escrito soráente o páetl-
cha de inscrição, entretanto não será obrigatória a dânimo do escritor.
presença dos artistas indicados.
4a. - Cada escritor poderá concorrer com 03 (três) con
toá.
7a. - Será feito uma eliminatória preliminar, por uma
Comissão Julgadora para a escolha das melhores quarenta Cada escritor poderá concorrer com 04 (quair )
(40) músicas, que serão apresentadas na semi-final, poesias.
sendo 20 músicas no dia quatro (04) e as outras vinte 5a.
(20) no dia cinco (05), onde serão classificadas as 20 O escritor não poderá ocupar itaiS de tuim coloca
músicas finalissimas, na categoria popular brasileira. ção entre (5S éincó pfiffleiros colocados dè cada modali-
dade.
Na categoria religiosa serão escolhidas doze (12) mú-
sicas, sendo que seis (06) serão apresentadas no dia 6a. - Os trabalhos fiãõ serão devolvidos ao autor, pas-
04 e seis (op) no dia 05, onde serão cle.ssificadas três sando a fazer parte dó acervo do Centro Municipal de
em cada dia, totalizando seis (06) para a finalissima. Cultura, ficandõ reservado ao Centro, o direito de di-
vulgá-los ou editá-los, cáso haja interesse
8a. - O concorrente que preferir usar o próprio con- , éntretan-
to o autor poderá fazê-lo.
junto, deverá mencionar os nomes dos integrantes na
ficha de inscrição.
VII - JULGAMENTO:
9a. - O resultado será divulgado no dia 27 de julho de
1,989, através da imprensa local, locais de inscrição e
para os candidatos que residirem em outras cidades. A Música "Poptilar e Religiosa"
Secretaria Mun. da Educação e Cultura fará o comunica-
do através de telex, telefonema e telegrama, Serão avaliados a- letra, a melodia, e a harmonia
da aillsica.
lOa. -Os trabalhos inscritos não serão devolvidos . e LITERATURA .
passarão a fazer parte.do acervo do Centro Municipal
de Cultura. CONTO E POESIA