Você está na página 1de 9

TEMA: Paquímetro

CURSO: Mecânica industrial

MODULO: AMIAPFCCMVMQ

ESTUDANTE
 Muapitão Bernardo Gonçalves

Código N°
 1024/0762

TURMA
 MI2

Formadora: Salomão Delane


Avaliação ( )

Matola, 26 de Maio de 2020


Indice

1. Página................... Introdução

2. Página................... Desenvolvimento (paquímetro)

3. Página...................

4. Página...................

5. Página...................
Introdução

Neste trabalho trarei informações e definições do paquímetro, desde a invenção ao uso


cotidiano, exemplos e também modo de uso.

Objetivo: Reconhecer o instrumento de medição, paquímetro, e aprender mais sobre o


mesmo. Características do instrumento:

O paquímetro é um instrumento bastante utilizado para a medição de pequenos objetos.


Trata-se de uma régua graduada, com encosto fixo, sobre a qual desliza um
cursor.Basicamente possui dois bicos de medição,sendo um ligado á escala e outro ao
cursor e a peça a ser medida vai no meio desses dois cursores.
O paquímetro

O paquímetro, nome de origem grega que significa medida grossa, foi desenvolvido a
partir da invenção do nônio ou vernier. Encontramos pela literatura que foi o Francês
Pierre Viernier (1580-1637) que inventou o método de subdividir em partes menores uma
determinada divisão. Este princípio é chamado de vernier ou nônio, sendo este último
nome dado em memória a Pedro Juan Nunes (1492-1577) que inventou um dispositivo
para medir frações de ângulos.

Como usar o paquímetro:


Para ser usado de forma correta, o paquímetro precisa:
 Ter seu cursor e encosto limpos e a peça a ser medida precisa estar bem posicionada
entre seus bicos;
 Não expor o instrumento a luz solar direta;
 Não desmontar o equipamento;
 Evitar choques ou movimentos bruscos;
 Evitar um aperto forte dos bicos sobre o objeto que seá medido

A graduação do nônio é feita com base da seguinte relação:

Sob uma escala com 10 graduações de 1 mm (A) foi colocada uma escala móvel com as
mesmas 10 graduações (B), porém ocupando o espaço de 9 graduações da escala fixa,
havendo portanto, uma diferença de 0,1 mm entre o primeiro traço da escala fixa e o
primeiro traço da escala móvel. A diferença é de 0,2 mm entre os segundos traços de
ambas escalas; 0,3 mm entre os terceiros traços, e assim sucessivamente.

Posteriormente a escala móvel; foi ampliada para 20 graduações ocupando o espaço de 19


graduações da escala fixa, havendo portanto, uma diferença de 0,05 mm entre o primeiro
traço da escala fixa e o primeiro traço da escala móvel.

Escala Móvel
Foi criada ainda uma escala móvel com 50 graduações ocupando o espaço de 49
graduações da escala fixa, havendo portanto uma diferença de 0,02 mm entre o primeiro
traço da escala fixa e o primeiro traço da escala móvel.

Escala Móvel
As diferenças acima mencionadas passaram a ser chamadas inicialmente de
aproximação, sendo posteriormente chamadas de leitura do instrumento e atualmente são
chamadas de resolução do instrumento.

O paquímetro foi construído baseado numa réqua temperada com graduação em milímetros e
polegadas, dotada de um bico fixo de medição e um conjunto de nônio, também chamado de
cursor, constando das escalas secundárias, do bico de medição móvel, um parafuso de fixação
e medições externas, internas, profundidades e ressaltos. Na figura abaixo, é apresentado
um paquímetro universal.

Analisando a figura acima temos:

1 Bicos para medição externa


2 Bicos para medição interna
3 Vareta para medição de profundidade
4 Superfície para medição de ressalto
5 Cursor
6 Escala principal
7 Nônios ou vernier
8 Parafuso de fixação
9 Superfície de referência para medição de ressalto.
Para se medir algum comprimento é preciso seguir os seguintes passos:

1- Colocar o objeto entre as mandibulas;


2- Ler na régua principal o numero inteiro da medida;
3- Procura qualquer traço do nônio com a régua principal;
4- Multiplicar o numero do traço com a precisão do nônio para encontra a parte quebrada da
medida.

Características do Instrumento

Os paquímetros apresentam larga aplicação na medição em geral devido a sua grande


versatilidade e precisão. Tais instrumentos são fabricados com altos padrões de qualidade a
fim de se obter as melhores características possíveis. No paquímetro, devemos identificar:

Faixa de Medição: É definida como a faixa de utilização do instrumento, dentro do qual


se admite que o erro do instrumento de medição mantém se, dentro dos limites
especificados.
Os paquímetros geralmente são fabricados com faixa de operação de 150 mm a 2000 mm
ou no sistema inglês de 6”a 80”.

Resolução: Menor diferença entre indicações de um dispositivo mostrador que pode ser
significativamente percebida, ou seja menor leitura do instrumento.

Tipos de Paquímetros

Existem diversos tipos de paquímetros. São paquímetros eletrônicos digitais, paquímetros


mecânicos com relógio e paquímetros simples com nônio. Além de paquímetros especiais
tais como, paquímetro de profundidade, paquímetro para dentes de engrenagem, entre outros
modelos e tipos. Para maiores informações consultar o catálogo do fabricante.

Paquímetro para Serviço Pesado


Paquímetro Eletrônico Digital
A resolução da escala do paquímetro é obtida por:

Resolução = valor da menor divisão da escala fixa


número de divisões da escala móvel
Vamos verificar os casos abaixo:
1º Estudo de Caso:
Se cada divisão da escala principal vale 1 milímetro e o nônio possui 10 divisões, então
temos:
valor da menor divisão da escala fixa 1 mm
número de divisões da escala móvel 10 divisões Logo,

1 = 0,1 mm
Resolução =
10

2º Estudo de Caso:
Se cada divisão da escala principal vale 1 milímetro e o nônio possui 20 divisões, então
temos:
valor da menor divisão da escala fixa 1 mm
número de divisões da escala móvel 20 divisões

1 = 0,05 mm
Resolução =
20

3º Estudo de Caso:
Se cada divisão da escala principal vale 1 milímetro e o nônio possui 50 divisões, então
temos:
valor da menor divisão da escala fixa 1 mm
número de divisões da escala móvel 50 divisões

1 = 0,02 mm
Resolução =
50

4º Estudo de Caso:
No sistema em polegada decimal, cada divisão da escala principal vale 0.025”, pois se
verificarmos, uma polegada está dividida em 40 partes, sendo assim, 1/40”= 0.025”, ou seja,
vinte e cinco milésimos de polegada e o nônio possui 25 divisões, então temos:

valor da menor divisão da escala fixa 0.025”


número de divisões da escala móvel 25

0.025
Resolução = = 0.001”
25
Leituras

PARA A LEITURA DEVEMOS:

Observar : a escala Escala principal


principal e o nônio
Escala do Nônio

Quanto vale cada divisão na escala principal?

Devemos analisar:

Qual a resolução do instrumento?

Após observar as escalas e analisar os valores, seguiremos a seguinte sequência:


Primeiro:

Observe a posição do zero do escala móvel.


O zero da escala móvel passou de uma determinada graduação na escala principal?
Qual é essa graduação?
Desta maneira temos a leitura na escala principal.
Segundo:

Percorra com os olhos em toda a extensão da escala móvel.


Identifique qual graduação da escala móvel coincide com uma graduação
qualquer na escala principal?
Qual é essa graduação?
Assim, temos a leitura no nônio.
Terceiro:

A leitura obtida na escala do nônio deve ser acrescida à leitura da escala principal.
Logo a medida será:
Medida = leitura da escala principal + leitura da escala móvel
I