Você está na página 1de 6

Fenômenos de

Transporte
ROTEIRO DE AULA PRÁTICA

NOME DA DISCIPLINA: Fenômenos de Transporte

Unidade 1

Seção 1.3

OBJETIVOS

Definição dos objetivos da aula prática:


Os objetivos dessa aula prática são:
Medir a vazão utilizando um reservatório e visualizar os regimes de escoamento laminar, de
transição e turbulento.

INFRAESTRUTURA

Instalações:
Laboratório de Sistemas Hidráulicos, Pneumáticos e Térmicos.
Professor, lembre-se de agendar previamente a aula prática em sua instituição de ensino para
o uso do laboratório e preparar os equipamentos que serão utilizados.
Lembre-se também de comunicar os alunos quanto aos cuidados exigidos na utilização do
laboratório e da importância em utilizar os EPIs.

Materiais de consumo:
Quantidade de materiais por
Descrição
procedimento/atividade
Kit Mecânica dos Fluidos 01
Corante Alimentício (Anilina) 50 ml
Cronômetro Digital 03
Software:
Sim ( ) Não ( X )
Em caso afirmativo, qual? ________________________________________.
Pago ( ) Não Pago ( )
Tipo de Licença: ________________________.
Descrição do software:
NSA.

Equipamento de Proteção Individual (EPI):


É obrigatório o uso de EPI na aula prática, sendo no mínimo óculos de proteção.
Outras recomendações (alunos e alunas):
1 – Estar trajando calças compridas (não é permitido bermudas, saias, vestidos);
2 - Usar calçados fechados (não é permitido sandálias, chinelos, tênis);
3 – Estar de cabelos presos (alunas e alunos de cabelos longos).

PROCEDIMENTOS PRÁTICOS
Neste momento você deve ajudar o professor por meio da descrição de todas as etapas que deverão ser
realizadas para a execução dos procedimentos práticos. Considerando a carga horária da aula prática,
você pode replicar a caixa de procedimento/atividade quantas vezes for necessário.

Procedimento/Atividade n.1

Atividade proposta:
Medição de vazão utilizando um reservatório. Visualização dos regimes de escoamento
laminar, de transição e turbulento.

Procedimentos para a realização da atividade:


Professor, antes do início da aula, ir até o laboratório e verificar se todos os equipamentos, EPIs
e materiais de consumo estão preparados.
Antes de iniciar a primeira parte prática, relembre a parte teórica dos conceitos que serão
trabalhados e faça o aluno identificar cada um desses conceitos nas respectivas partes dos
equipamentos.
Entregue um roteiro da parte prática para cada grupo, o qual deverá conter as etapas, tabelas
a serem preenchidas e os dados e fórmulas que serão utilizados.
Medir a largura, profundidade e altura do reservatório.
Colocar a tampa no fundo do reservatório.
Posicionar o bico escamoteável para o reservatório de retorno direto para a bomba.
Ligar a bomba.
Posicionar o bico escamoteável para o reservatório tampado.
Cronometre o tempo de enchimento do reservatório.
Posicionar o bico escamoteável para o reservatório de retorno direto para a bomba.
Esvaziar o reservatório, abrindo a tampa.
Repita o procedimento 3 vezes e anote os dados.
Desligar a bomba, finalizando a primeira parte prática.
Antes de iniciar a segunda parte prática, relembre a parte teórica dos conceitos que serão
trabalhados e faça o aluno identificar cada um desses conceitos nas respectivas partes dos
equipamentos.
Entregue um roteiro da parte prática para cada grupo, o qual deverá conter as etapas, tabelas
a serem preenchidas e os dados e fórmulas que serão utilizados.
Abrir totalmente a válvula de entrada da linha do experimento de Reynolds.
Verificar se o reservatório possui um nível de água que proporcione o funcionamento do
conjunto sem risco de sucção de ar.
Ligar a bomba.
Ajustar a vazão na válvula de saída da linha, para termos um regime de escoamento laminar.
Aguarde a estabilização do escoamento e a possível retirada de ar presente na tubulação.
Injetar continuamente o corante alimentício, verificando que o mesmo segue uma linha de
corrente bem definida.
Anote a vazão do sistema, tomando duas medidas. Para tal, utilize o hidrômetro e o
cronômetro. Anote o volume de água registrado pelo hidrômetro em determinado espaço de
tempo (30 ou 60 segundos, por exemplo).
Se possível, tirar fotos (com auxílio de um celular pessoal) da visualização do escoamento
laminar.
Ajustar a vazão na válvula de saída da linha, para termos um regime de escoamento de
transição.
Aguarde a estabilização do escoamento e a possível retirada de ar presente na tubulação.
Injetar continuamente o corante alimentício, verificando que começam a ocorrer perturbações
no fio de corante, até que o mesmo se mistura completamente com a água.
Anote a vazão do sistema, tomando duas medidas.
Se possível, tirar fotos (com auxílio de um celular pessoal) da visualização do escoamento de
transição.
Ajustar a vazão na válvula de saída da linha, para termos um regime de escoamento turbulento.
Aguarde a estabilização do escoamento e a possível retirada de ar presente na tubulação.
Injetar continuamente o corante alimentício, verificando que ocorre uma mistura quase que
instantaneamente do corante com a água, caracterizando o regime turbulento.
Anote a vazão do sistema, tomando duas medidas.
Se possível, tirar fotos (com auxílio de um celular pessoal) da visualização do escoamento
turbulento.
Desligar a bomba.
Com base nos dados obtidos, calcular o número de Reynolds de cada situação verificada,
considerando os valores de massa específica e da viscosidade dinâmica da água estudados em
sala de aula.
Finalizar a segunda parte prática.

Checklist:
Relembrar a parte teórica dos conceitos que serão trabalhados no primeiro experimento.
Fazer o aluno identificar as partes dos equipamentos.
Entregar o roteiro da parte prática para cada grupo.
Medir as dimensões do reservatório.
Verificar se a bomba foi ligada corretamente.
Realizar as medições.
Finalizar o primeiro experimento.
Relembrar a parte teórica dos conceitos que serão trabalhados no segundo experimento.
Fazer o aluno identificar as partes dos equipamentos.
Entregar o roteiro da parte prática para cada grupo.
Abrir totalmente a válvula de entrada da linha do experimento.
Ligar a bomba e verificar se a mesma foi ligada corretamente.
Ajustar a vazão (o controle de vazão é muito sensível, portanto, deve ser feito com cuidado)
para os três tipos de escoamento: laminar, de transição e turbulento.
Injetar continuamente o corante alimentício (a injeção de corante também demanda acurácia
que quem for realizar esse procedimento).
Anote a vazão do sistema, tomando duas medidas para cada situação verificada.
Calcular o número de Reynolds de cada situação verificada.
Finalizar o segundo experimento.

RESULTADOS
Resultados da aula prática:
Caro professor, os alunos deverão elaborar após a realização da aula prática, fora do
laboratório, um relatório que deverá conter introdução, materiais e métodos, resultados,
discussão e conclusão sobre os dois experimentos realizados nessa aula: Medição de vazão
utilizando um reservatório e Visualização dos regimes de escoamento laminar, de transição e
turbulento.
Introdução: deve conceituar e contextualizar cada um dos temas abordados na prática,
relatando a inter-relação entre esses temas.
Materiais e métodos: neste tópico devem ser relatados todos os equipamentos e materiais
utilizados, além de todo o procedimento realizado em cada uma das práticas.
Resultados: deve conter todos medições realizadas, os cálculos e os resultados obtidos nas
práticas.
Discussão: deve conter uma explicação para os motivos que levaram aos resultados observados
e suas implicações, assim como a maneira como eles contribuem para a literatura acadêmica
na área.
Conclusão: neste tópico as observações verificadas nas práticas devem ser abordadas de forma
conclusiva