Você está na página 1de 4

LISBONTALKS UNIVERSIDADE LUSÓFONA

Na 8ª edição do INDIELISBOA as LisbonTalks em parceria com


a Universidade Lusófona têm o prazer de apresentar um
programa consistente, informativo e pedagógico das
múltiplas práticas cinematográficas.

Queremos dar a conhecer novos autores, encontrar vias


renovadas às criações cinematográficas para públicos
diversos, debater os novos meios tecnológicos e as novas
realidades digitais, dar a conhecer modelos de formação
importantes e complementares, e trocar experiências e
testemunhos com profissionais reconhecidos, nacionais e
estrangeiros. Através de um workshop que é a novidade deste
ano, um seminário, conversas e debates, apresentamos o
programa geral dos conteúdos.

Domingo, 8/05 – 09.30 às 17.00 – HOTEL FLORIDA

SEMINÁRIO

PRODUÇÃO, DISTRIBUIÇÃO, EXIBIÇÃO E PROMOÇÃO

Seminário orientado para estudantes e profissionais do meio


cinematográfico e audiovisual, e para todos os que pretendam
assimilar conhecimentos e partilhar experiências com os múltiplos
convidados presentes.

Este ano a proposta centra-se num único dia de formação com 4


painéis temáticos. Estes vão desde a etapa inaugural do projecto
apresentado aos produtores, à prossecução dos meios para a sua
realização, até à etapa de distribuição e exibição. Fechamos o
seminário com um “Case Study – uma experiência relevante
portuguesa no panorama internacional”.

Pretendemos que esta aprendizagem, através do testemunho de


profissionais experientes, crie perspectivas úteis de aplicação prática
e seja um bom motor de arranque para projectos futuros. Ao mesmo
tempo este seminário vai ter um alcance formativo dinâmico e vai
ajudar a estimular ideias, a renovar conceitos, a aumentar o potencial
de execução e a obrigar-nos à reformulação de estratégias
adequadas e criativas à realização de obras cinematográficas.
INSCRIÇÃO

Para se inscrever enviar p.f. um email a talks@indielisboa.com com os


seus dados completos: Nome completo e morada completa, C.V.,
N.I.F., e B.I..

Preço: - 40€ (IVA incluído)

Descontos
Estudantes - 20%
Acreditados – 10%

CONVERSAS E DEBATES
Domingo, 8/05 – 17.30 - CINEMA SÃO JORGE – SALA 2

CONVERSA COM JÚLIO BRESSANE

Complementarmente à sua presença em Lisboa para apresentar


alguns dos seus filmes e responder às questões do público no final
das sessões, o realizador irá participar nesta mesa redonda sobre o
seu trabalho moderada por António Rodrigues (programador da
Cinemateca Portuguesa-Museu do Cinema), na qual estarão também
presentes Bruno Safadi (produtor dos seus últimos filmes e co-autor
do documentário “Belair”) e a actriz Alessandra Negrini (protagonista
de dois filmes incluídos na retrospectiva: “Cléopatra” e “A Erva do
Rato”).

2ª Feira, 9/05 – 17.30

CRIAÇÃO CINEMATOGRÁFICA E TELEVISIVA PARA CRIANÇAS E


JOVENS

O mundo da ficção para crianças e jovens é um lugar (e um mercado)


de enorme potencial criativo, pedagógico e económico, por toda a
Europa. Mas onde estão os argumentistas e os realizadores nacionais
para este público? Que tipo de criações alimentam este universo
cinematográfico? Queremos falar da importância destas produções e
dar a conhecer autores que escrevem, realizam e produzem para este
público. Dinamizar, em suma, esta linguagem que ocupa um espaço
essencial na programação cinematográfica e televisiva.

3ª Feira, 10/05 – 17.30

AS NOVAS CÂMARAS DIGITAIS REFLEX – UMA REVOLUÇÃO


TRANQUILA?
O aparecimento das câmaras digitais reflex vem abrir novas
possibilidades à criação cinematográfica. O futuro do cinema poderá
estar a ser posto à prova. Existem realizadores a comprovar o
potencial destas câmaras com sucesso e a aderirem a esta nova
forma de fazer cinema. E também há o inverso, fotógrafos que se
começam a dedicar ao cinema (ainda mais do que antes). Uma
osmose cinema-fotografia-video anuncia-se. Quais são as novas
posições face a este novo meio tecnológico? Quem são estes novos
‘autores’? Cinema pro vídeo, foto-cinema? Ou será apenas mais uma
questão de adaptação tecnológica com uma saudável contaminação?

4ª Feira, 11/05 – 17.30

A FUTURA LEI DO CINEMA - Ficção ou Realidade?

Espaço à discussão sobre a futura Lei do Cinema, o seu


enquadramento e as questões que levanta. O debate da proposta foi
longo e contou com o envolvimento de vários sectores da sociedade e
a participação de muitos agentes ligados ao cinema e ao audiovisual.
Com a aproximação de mais umas eleições, o que acontecerá à nova
lei? Vai para a gaveta? Ou os agentes têm interesse que ela seja
aprovada? O aumento de financiamentos mereceu destacada posição
e será um grande estímulo para o sector. Estarão todos de acordo
nessas atribuições? Vamos ouvir a opinião dos principais agentes e
saber o que podemos esperar.

5ª Feira, 12/05 – 17.30

A ERA DIGITAL NO CINEMA INDEPENDENTE – O 3D

O boom do cinema digital é uma realidade incontornável, a adaptação


veloz a novos formatos também e o 3D desenvolve-se, não apenas
para o cinema comercial, mas começa a haver uma janela de
oportunidade no cinema mais alternativo e independente. O filme a
estrear de Wim Wenders ‘Pina’ é um exemplo que deverá ser
analisado, porque poderá precisamente ser essa janela. Estaremos a
viver uma renovada afirmação deste ‘truque tecnológico’ para seduzir
os espectadores? Será o cinema independente incompatível com este
ambiente digital, ou haverá outra resposta a esta questão?

6ª Feira, 13/05 – 17.30


LE FRESNOY – MODELO DE FORMAÇÃO DE CRIAÇÃO ARTÍSTICA

A escola Le Fresnoy é um dos mais importantes centros de formação


artística e audiovisual em França. Funciona como um laboratório de
pesquisa e produção na área da imagem e do som, acolhendo jovens
artistas de todo o mundo. O objectivo é permitir que os alunos
realizem os seus projectos de forma profissional, dispondo de
acompanhamento técnico, todos os meios necessários e mantendo
um diálogo constante com críticos e autores de renome- Jean-Luc
Godard, Michael Snow, Tsai Ming Liang, Avi Mograbi, Bruno Dumont,
João Pedro Rodrigues, Chantal Akerman, entre outros.
Este modelo de formação multisdisciplinar não existe em Portugal,
por isso acreditamos ser uma forma de ensino importante e que se
enquadrada de forma perfeita nos conceitos e necessidades artísticas
contemporâneas.

Interesses relacionados