Você está na página 1de 4

Alguns segredos de sucesso em projetos de

Endomarketing
A+
A-
Tamanho do texto:
Por Regina DAmmbrosi

Compartilhar
Denunciar Spam
Imprimir
Muito se tem falado a respeito de como podemos melhorar a motivação das equipes de trabalho, mas
pouco se tem praticado no dia-a-dia das organizações. O que se percebe é um aumento importante no
stress organizacional, mas ainda muito pouco “cuidado com as pessoas”.

Mesmo aquelas empresas que possuem programas de endomarketing ativos estão correndo o risco de
não conseguirem alcançar resultados positivos, pois cometem alguns “erros de projeto” que mais
desestimulam do que efetivamente motivam suas equipes.

Dentre os erros mais comuns podemos destacar primeiro a falta de alinhamento dos programas de
endomarketing com as reais necessidades dos funcionários e segundo a pouca divulgação das políticas
de recursos humanos. O sucesso ou fracasso de um programa de endomarketing permeia principalmente
na falta de estratégias que aproximam os funcionários da empresa. (BRUM, 2003).

A pergunta que não quer calar: como criar programas mais atrativos? Pergunte diretamente ao
funcionário! Esse é o grande diferencial das empresas que conseguem bons retornos em percentual de
participação dos colaboradores nos programas de endomarketing.

Mas isso dá muito trabalho, requer tempo e dedicação, pois para implantar um projeto de endomarketing
a etapa mais importante é o diagnóstico e será necessário ir a campo, identificar as reais necessidades,
mas, sobretudo entender o “jeito de ser” daqueles que compartilham o dia-a-dia da organização.

Após os programas serem estabelecidos, o próximo passo é a divulgação. A própria informação que é
disseminada dentro da empresa pode ser meramente informativa ou bastante atrativa sob o ponto de
vista do colaborador. De acordo com Brum, (1994) uma das funções do endomarketing é aumentar a
visibilidade das informações lembrando sempre que em todo o processo de mudança é necessário um
acelerado processo de comunicação.

Mas lembrem, as pessoas compram somente aquilo em que elas acreditam ter valor para elas. Por isso
os programas internos que buscam atrair os funcionários e fidelizá-los precisam, além de planejados e
disseminados, estrategicamente traduzir credibilidade e benefício percebido. Isso sim é comunicação que
faz a diferença!

Um programa de endomarketing desenvolve-se a longo prazo e através de inúmeras ações. Por esse
motivo, o grande segredo de sucesso talvez seja a persistência. O profissional que irá atuar nessa área
precisa estar preparado para as resistências que ocorrerão. Mas acima de tudo, estar motivado e pronto
para encarar constantes desafios.

A Importância do
Endomarketing na
Melhoria da
Produtividade nas
Empresas

O endomarketing é uma das ferramentas mais utilizadas para a melhoria do clima


organizacional, facilitando as relações entre patrão e funcionário.
O marketing interno está diretamente ligado ao Departamento de Recursos
Humanos da empresa.
Os colaboradores fazem parte do processo de conquista, encantamento e fidelização
desses clientes externos. E tudo que é feito dentro da empresa, seja bom ou ruim,
reflete no cliente externo. Por isso é importante o endomarketing, afinal, se o
cliente interno está satisfeito, assim ele poderá fazer bem o seu trabalho e
encontrar o cliente externo, que é o que mantém a empresa de pé.

Você vende bem seu produto quando você o conhece e acredita nele, caso contrário
você não possui argumentos favoráveis à venda do mesmo. No entanto, se você
conhece e se sente satisfeito com o produto que vende, conseguirá com facilidade
transmitir essa nostalgia ao seu cliente, fazendo assim com que ele se entusiasme,
compre seu produto e seja feliz. Tudo isso graças ao endomarketing e a outras
ferramentas.
Antigamente os funcionários viviam em situações irrisórias. Basta relembrarmos as
situações da Revolução Industrial onde trabalhavam em locais úmidos e escuros
durante 16 horas e ainda os homens levavam suas esposas e filhos para
trabalharem juntos.
Hoje, fala-se em valorização do recurso humano dentro da empresa. É muito
discutida a questão da qualidade de vida no trabalho, afinal passam-se em torno de
8 horas diárias ou mais trabalhando. O fator humano tem sido estudado sob esse
ângulo.
As empresas estão procurando melhorar este tempo em que os funcionários
dedicam ao trabalho. Algumas empregam técnicas de ginástica elaboral e até salas
de recreação e de descanso; mas tudo isso é de acordo com o trabalho que cada um
realiza.
Os benefícios que as empresas fornecem aos seus funcionários também é uma
forma de endomarketing, e isso leva a satisfação desses clientes internos.
Dessa forma, pretendo estabelecer um projeto de endomarketing com a finalidade
de mostrar para as empresas a grande importância de implantação do marketing
para clientes internos e o rendimento através de resultados obtidos pela satisfação
do cliente interno.
Objetivos Gerais
Este trabalho tem como Objetivo geral, identificar a real necessidade da
implantação do sistema de Endomarketing nas pequenas empresas da cidade de Rio
Verde. Trazendo através de pesquisas realizadas, dados que comprovam o grau de
satisfação do cliente interno.
Justificativa
É importante a empresa valorizar seus colaboradores porque eles fazem parte do
processo de conquista, encantamento e fidelização de clientes externos. É quase
impossível levá-los a qualquer prática de marketing que não condiz à realidade
interna de sua organização. Tudo que é feito para os colaboradores, positivo ou não,
reflete diretamente no cliente externo. Uma empresa para alcançar êxito nas suas
estratégias de Mercado Externo, precisa "vitaminar" seu corpo interno.
As praticas de Endomarketing são bem-vindas em qualquer organização e em
qualquer momento. Reestruturar e qualificar a comunicação interna é o caminho
certo para satisfazer os clientes internos. É necessário reeducar os colaboradores
oferecendo-lhes conhecimento da visão, missão e valores da empresa, isto é,
compartilhar os objetivos da organização e fazê-los caminhar com as vitaminas
impulsionadoras de satisfação para atingir resultados. Desta forma, estaremos
gerenciando estratégias e atitudes. Depois, sugiro um coquetel de campanhas
motivacionais, porém focadas, que geralmente dão um resultado rápido além da
aplicação ser simples e de custo baixo. Porém, tudo deve ser realizado com um
planejamento prévio unindo metas a serem atingidas, e avaliação dos resultados
conquistados. É válido ressaltar que com a mesma facilidade que o cliente interno
fica desmotivado, com certeza ele poderá ficar motivado.

Atualmente, algumas organizações que não investem em clientes internos já estão


perdendo na qualidade dos serviços prestada ao cliente externo. Estamos na era da
competitividade onde ganha não quem sabe fazer, mas quem faz melhor.
Por observamos isso, devemos mudar a maneira de pensar e analisar novas idéias,
como a do marketing para clientes internos. E este é o grande objetivo de meu
projeto, implantar na mente dos empresários a nova concepção de trabalho, onde o
funcionário é o grande colaborador da empresa, sendo assim valorizado por seus
esforços e trabalhos através de diversos benefícios e programas de incentivo e
motivação.
Formulação do Problema
Um dos grandes patrimônios dentro de uma empresa são os funcionários, os
recursos humanos propriamente ditos. E atualmente, conforme comentamos,
surgem as preocupações com esses clientes internos com relação à sua satisfação
dentro da empresa. Daí surge o problema, por qual motivo as pequenas empresas
não costumam investir na satisfação do seu cliente interno?
Formulação da Hipótese
Em sua maioria, as pequenas empresas não têm como objetivo identificar o seu
público interno como prováveis clientes. E, muitas empresas não investem em seus
funcionários de maneira eficiente por falta de informação e não conhecimento dos
benefícios que esse tipo de marketing de relacionamento pode trazer para a
empresa.
Metodologia Utilizada
De modo a reduzir custo de implantação do projeto e otimizar a solução do
problema, delimitaremos a área de atuação da pesquisa de campo: para este
projeto, compreenderá as empresas em Rio Verde com a até 50 funcionários
registrados e, na região central ou industrial da cidade.
Deverá ser feito um levantamento através de um formulário que contém de forma
detalhada as informações que procuraremos obter.
Procuraremos entrar em contato com a Associação Comercial e Industrial de Rio
Verde (ACIRV), a fim de complementar as informações obtidas.
Serão feitas pesquisas de satisfação entre os funcionários e de desempenho com os
patrões.
Finalmente será feito a análise do projeto.
Cronograma
Primeira Fase: Compreenderá entre os meses de Agosto de 2003 à Dezembro de
2003.
Segunda Fase: Compreenderá entre os meses de Fevereiro de 2004 à Junho de
2003.
Terceira Fase: Compreenderá entre os meses de Agosto de 2004 à Dezembro de
2004.

Fases 1ª Fase 2ª Fase 3ª Fase


Revisão Bibliográfica

Contatos Diversos

Observações/Pesquisas

Analise do Projeto