Você está na página 1de 2

“Verdadeira justiça vem Deus, pois apenas Ele é justo para

julgar”
Sonho:
Em um sábado eu tive um sonho. Nesse sonho estávamos no mar como se
agente fosse peixe e o mar representa-se a igreja. Então aconteceu uma
situação, todos nós estávamos juntos quando passou perto da gente um
tubarão e alguns de seus filhotes, quando as pessoas perceberam ficaram
assustadas, mas o tubarão e os filhotes não nos atacaram, porem teve um
irmão que teve a infeliz idéia de se aproximar dele, então foi quando o tubarão
o atacou mas não o machucou apenas o assustou e foi embora. Logo depois
desse evento as pessoas começaram a planejar a matar o tubarão porque ele
era perigoso e atacou o irmão, mas daí eu não concordei com a idéia disso por
que em minha opinião o tubarão atacou para se defender e defender os seus
filhotes, (maioria dos animais ataca ou para se defender ou para se alimentar
não por maldade) mas ninguém me escutou. Depois disso já não era mais o
mar, mas sim a igreja o templo e todos nós éramos pessoas inclusive o
tubarão, foi quando o pessoa que era tubarão estava andando na igreja
quando o irmão (que foi atacado) com o consentimento da maioria das
pessoas veio com uma faca para matar então eu estava próximo e me joguei
na frente e segurei a faca pois o irmão iria atacar pelas costa tinha muita
gente querendo ver morta da pessoa.
Depois que eu segurei a faca eu gritei para que todos escutassem
- Quem constituiu o homem para juiz? Quem somos nós para julgar e condenar
alguém.
Então o sonho parou e escutei uma voz:
- É isso que Eu quero que você fale na segunda-feira a igreja.
Daí depois eu acordei.
• Explica a igreja:

Rm. 14. 10-12


10. Mas tu, por que julgas teu irmão? Ou tu, também, por que desprezas teu irmão? Pois
todos havemos de comparecer ante o tribunal de Cristo.
11. Porque está escrito: Como eu vivo, diz o Senhor, que todo o joelho se dobrará a mim,
E toda a língua confessará a Deus.
12. De maneira que cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus.

• Agora eu pergunto a vocês constituiu o homem como juiz?


Gente Deus não nos criou para nós julgarmos uns aos outros.
1. Para julgar temos que ser puro (ler Rm 3. 9-18);
2. Para julgar temos ter o conhecimento pleno da lei;
3. Para julgar temos que conhecer todos os fatos.
(apenas Deus é justo e o julgamento Dele é reto Salmo 119. 137)

• Agora sem esse três requisitos com que direito nós julgamos e
condenamos o próximo? E muitas das vezes também nos julgamos.
Nós não temos o direito de julgar a nós mesmos quanto mais os outros.
• Mas o que nos leva a julgar: é simples o nosso ego ou inveja isso falta de
Jesus no coração. As pessoas muitas das vezes julgam o próximo para se
sentir superior e assim se valorizar (ler Lc 16. 15) ou apenas por inveja.

Vamos nos analisar quantas pessoas nós matamos através nosso ego,
julgando e assim falando mal. A língua é poderosa, mas ela é uma espada de
dois gumes dela sai benção ou maldição . Mas Tiago 3. 10 “De uma mesma
boca procede bênção e maldição. Meus irmãos, não convém que isto se faça
assim.”
E outra coisa da boca apenas sai do que esta cheio o coração. Temos que vigiar
dominar a nossa inveja nosso ego nossa língua, pois o que sai da nossa boca é o
que contamina (Mc 7. 18-23)

Irmãos temos que dominar os nossos sentimentos...

Para aqueles que sofrem julgamentos entreguem essa situação na mão


de Deus, mas não orem por justiça mas sim por misericórdia.

Busquem mais a Jesus pois somos justificados pela fé Nele

Rm 8. 1
PORTANTO, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo
Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito.

“Ao invés de julgar devemos cuidar dos nossos em especial, caso


ao contrario estaremos negando a nossa fé e pior do que ser
infiel” (I Tm 5. 8)

Irmão nos mostrou dois grandes mandamentos:


1.Em primeiro lugar amar e adorar a um único Deus o Deus de Abrão...
2.Em segundo lugar amar a teu próximo como a ti mesmo.
MT 22. 37- 40