Você está na página 1de 18

SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL

Processo nº. E-14 / 000.547 /2009


Data: 14 / 01 / 2009 Fls. _______
Rubrica: ______________________

PROCURADORIA GERAL DO ESTADO

ANEXO 4

TERMO DE REFERÊNCIA

PREGÃO ELETRÔNICO PGE-RJ Nº 02 / 2009

1. DO OBJETO

Contratação de empresa especializada para prestação de serviços técnicos de


atualização tecnológica de instalações, equipamentos, componentes e dispositivos de
sistemas de ar condicionado da Procuradoria-Geral do Estado do Rio de Janeiro (PGE-
RJ); a manutenção preventiva e corretiva dos componentes internos e externos,
incluindo revisão geral inicial, com o fornecimento de mão-de-obra especializada,
insumos e material com cobertura total de peças originais.

2. DO LOCAL DA PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS E MANUTENÇÃO

Edifício Kosmocap
Lojas nº 27, 27-A, 27-B, e suplementar nº 31 pela Rua Sete de Setembro
Rua do Carmo, nº 27 – Centro
Rio de Janeiro/RJ
CEP 20011-020

3. DA JUSTIFICATIVA

Nos termos do Decreto Estadual nº 41.152/2008, foi declarado de utilidade pública, para
fins de desapropriação, o edifício situado na Rua do Carmo nº 27, Centro, Rio de
Janeiro/RJ.

Com a instituição da Procuradoria Previdenciária na estrutura básica da PGE-RJ, por


meio da Resolução PGE nº 2.515/2008, concomitante com a materialização dos
processos visando sua reforma faz-se necessário acomodar esse novo Órgão de Apoio
Técnico em face de nova demanda por estrutura física. Igualmente, todo o setor de
arquivo instalado provisoriamente no 8º andar do prédio da SEPLAG encontra-se com

1
SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL
Processo nº. E-14 / 000.547 /2009
Data: 14 / 01 / 2009 Fls. _______
Rubrica: ______________________

PROCURADORIA GERAL DO ESTADO

prazo expirado para desocupação do local, que será da mesma forma remanejado para
as lojas do edifício da Rua do Carmo.

Com o remanejamento de setores específicos para as lojas do edifício da Rua do Carmo


e para o atendimento das demandas de instalações requisitadas, a climatização do
ambiente faz-se necessária para melhorar a qualidade dos serviços laborais que serão
desenvolvidos naqueles espaços.

Assim, espera-se como resultado dar aos servidores da PGE-RJ que trabalharão
naquele local as condições satisfatórias de trabalho, em matéria de conforto, saúde e
segurança.

4. DA PRÁTICA GERAL DE MANUTENÇÃO

4.1 A presente contratação abrange a manutenção e serviços técnicos nos


equipamentos e sistemas de condicionamento de ar das instalações adiante descritas,
bem como todos os demais que vierem a serem instalados ou modernizados no período
de sua vigência. Na hipótese de acréscimos ou supressões nas instalações, verificar-se-
á o dimensionamento previsto neste Termo de Referência diante da nova carga de
trabalho imposta pelas novas instalações ou eliminações. Constatada a necessidade de
redimensionamento, a CONTRATADA deverá providenciar a complementação ou
diminuição dos serviços, após a assinatura de termo aditivo ao contrato, cabendo o
ressarcimento ou abatimento relativo ao custo real do acréscimo ou supressão.

4.2 Terminologia: Manutenção e Termos Afins

4.2.1 Manutenção: Conjunto de atividades técnicas e administrativas a serem


realizadas, de natureza preventiva e corretiva, para preservar ou recuperar a
capacidade funcional de sistemas e equipamentos, bem como suas partes constituintes,
com vistas à preservação da vida útil, sem perda das características, integridade física,
rendimento e ponto ótimo de operação dos equipamentos, instalações, sistemas ou
suas partes.

4.2.2 Manutenção Preventiva: Atividade de manutenção executada antes da ocorrência


de falha ou de desempenho insuficiente dos equipamentos e sistemas de
condicionamento de ar.

2
SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL
Processo nº. E-14 / 000.547 /2009
Data: 14 / 01 / 2009 Fls. _______
Rubrica: ______________________

PROCURADORIA GERAL DO ESTADO

4.2.3 Manutenção Corretiva: Atividade de manutenção executada após a ocorrência de


falha ou de desempenho insuficiente dos componentes do sistema de condicionamento
de ar, caracterizada por serviços planejados ou não. Estes serviços serão executados
de modo a não prejudicar o funcionamento normal das lojas, sendo prioritária a
realização daqueles que provoquem qualquer interferência na operação ou incômodo
aos usuários, fora do expediente normal, estando todos seus custos incluídos no preço
total mensal. Entende-se, também, como manutenção corretiva a correção de quaisquer
problemas ocorridos nos sistemas de refrigeração, não previstos nos manuais do
fabricante, como recomposição de isolamentos térmicos, de proteções mecânicas, de
vazamentos e infiltrações de redes de dutos e de rede hidráulica, substituição de
componentes defeituosos etc.

4.2.4 Plano de Manutenção: Conjunto de inspeções periódicas destinado a evitar a


ocorrência de falha ou de desempenho insuficiente dos componentes do sistema de
condicionamento de ar das lojas, definidas em função das características dos
componentes do próprio sistema e orientação técnica dos fabricantes.

4.2.5 Sistema de Manutenção: Conjunto de procedimentos organizado para gerenciar


os serviços de manutenção.

4.2.6 Plano de Manutenção: Conjunto de inspeções periódicas destinado a evitar a


ocorrência de falha ou de desempenho insuficiente dos componentes da edificação,
definidas em função das características dos componentes da edificação e orientação
técnica dos fabricantes ou fornecedores.

4.2.7 Vistoria: Constatação de um fato nos sistemas de condicionamento de ar,


mediante exame circunstanciado e descrição minuciosa dos elementos que o
constituem, objetivando sua avaliação.

4.3 Fiscalização

4.3.1 Por fiscalização entende-se a atividade exercida de modo sistemático pela PGE-
RJ e seus prepostos, objetivando a verificação do cumprimento das disposições
contratuais, técnicas e administrativas, em todos os seus aspectos.

4.3.2 A PGE-RJ manterá desde o início dos serviços, a seu critério exclusivo, uma
equipe de FISCALIZAÇÃO constituída por profissionais habilitados que considerar
necessários ao acompanhamento e controle dos trabalhos.

3
SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL
Processo nº. E-14 / 000.547 /2009
Data: 14 / 01 / 2009 Fls. _______
Rubrica: ______________________

PROCURADORIA GERAL DO ESTADO

4.3.3 A CONTRATADA deverá facilitar, por todos os meios ao seu alcance, a ampla
ação da FISCALIZAÇÃO, permitindo o acesso aos serviços em execução, bem como
atendendo prontamente às solicitações que lhe forem efetuadas.

4.3.4 Todos os atos e instruções emanados ou emitidos pela FISCALIZAÇÃO serão


considerados como se fossem praticados pela PGE-RJ.

4.3.5 A atuação ou a eventual omissão da FISCALIZAÇÃO durante a realização dos


trabalhos não poderá ser invocada para eximir a CONTRATADA de responsabilidade
pela execução dos serviços.

4.3.6 A FISCALIZAÇÃO tem autonomia para exercer, dentre outras, as seguintes


atividades:
a) analisar e aprovar o Projeto Executivo a ser apresentado pela CONTRATADA
no início dos trabalhos;
b) solucionar as dúvidas e questões pertinentes à prioridade ou seqüência dos
serviços em execução, bem como às interferências e interfaces dos trabalhos
da CONTRATADA com as atividades de outras empresas ou profissionais
eventualmente contratados pela PGE-RJ;
c) paralisar e/ou solicitar o refazimento de qualquer serviço que não seja
executado em conformidade com plano de manutenção, norma técnica ou
qualquer disposição oficial aplicável ao objeto do contrato;
d) solicitar a substituição de materiais e equipamentos que sejam considerados
defeituosos, inadequados ou inaplicáveis aos serviços;
e) solicitar a realização de testes, exames, ensaios e quaisquer provas
necessárias ao controle de qualidade dos serviços objeto do contrato;
f) exercer rigoroso controle sobre o cronograma de execução dos serviços,
aprovando os eventuais ajustes que ocorrerem durante o desenvolvimento dos
trabalhos;
g) aprovar partes, etapas ou a totalidade dos serviços executados, verificar e
atestar as respectivas medições, bem como conferir, certificar e encaminhar
para pagamento as faturas emitidas pela CONTRATADA;
h) verificar e aprovar os relatórios de execução dos serviços, elaborados de
conformidade com os requisitos estabelecidos;
i) verificar e aprovar eventuais acréscimos de serviços necessários ao perfeito
atendimento do objeto do contrato; e
j) solicitar a substituição de qualquer funcionário da CONTRATADA que
embarace ou dificulte a ação da FISCALIZAÇÃO ou cuja presença no local dos
serviços seja considerada prejudicial ao andamento dos trabalhos.

4
SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL
Processo nº. E-14 / 000.547 /2009
Data: 14 / 01 / 2009 Fls. _______
Rubrica: ______________________

PROCURADORIA GERAL DO ESTADO

4.4 Legislação, Normas e Regulamentos

4.4.1 A CONTRATADA será diretamente responsável pela estrita observância dos


códigos e das leis, decretos, regulamentos, portarias e normas federais, estaduais e
municipais direta e indiretamente aplicáveis ao objeto do contrato, inclusive por suas
subcontratadas, como também normas de Agências Reguladoras, de concessionárias
de serviços públicos e instruções e resoluções dos órgãos do sistema CREA-CONFEA.

4.4.2 As prescrições da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) serão


consideradas como elementos de base para quaisquer serviços ou fornecimento de
materiais e equipamentos.

4.4.3 Na falta desta ou onde a mesma for omissa deverão ser consideradas as
prescrições, indicações e normas das entidades abaixo relacionadas e demais
entidades constantes nesta especificação:

a) ABNT–NB10 – Norma de Ar Condicionado e Ventilação Mecânica da


Associação Brasileira de Normas Técnicas;
b) ASHRAE – American Society of Heating, Refrigeration and Air Conditioning
Engineers;
c) AMCA – Air Moving and Conditioning Associating; e
d) SMACNA – Sheet Metal and Air Conditioning Contractors National Association.

4.4.4 Durante a elaboração dos serviços, a CONTRATADA deverá:


a) providenciar junto ao CREA as Anotações de Responsabilidade Técnica -
ART’s referentes ao objeto do contrato e especialidades pertinentes, nos
termos da Lei nº 6.496/77, encaminhando uma via para a FISCALIZAÇÃO;
b) responsabilizar-se pelo fiel cumprimento de todas as disposições e acordos
relativos à legislação social e trabalhista em vigor, particularmente no que se
refere ao pessoal alocado nos serviços objeto do contrato; e
c) efetuar o pagamento de todos os impostos, taxas e demais obrigações fiscais
incidentes ou que vierem a incidir sobre o objeto do contrato, até o recebimento
definitivo dos serviços.

4.5 Diretrizes de Manutenção

4.5.1 A CONTRATADA deverá implementar um Sistema de Manutenção, de modo a


preservar o desempenho, a segurança e a confiabilidade dos componentes dos

5
SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL
Processo nº. E-14 / 000.547 /2009
Data: 14 / 01 / 2009 Fls. _______
Rubrica: ______________________

PROCURADORIA GERAL DO ESTADO

sistemas de condicionamento de ar, prolongar a sua vida útil e reduzir os custos de


manutenção.

4.5.2 O Sistema de Manutenção será configurado pelos seguintes pontos essenciais:


arquivo técnico dos sistemas, cadastro dos componentes e Plano de Manutenção, assim
distinguidos:

a) o arquivo técnico será constituído por todos os documentos dos equipamentos


dos sistemas de condicionamento de ar, integrado ainda pelos catálogos,
desenhos de fabricação e instruções de montagem, manuais de manutenção e
de operação e termos de garantia fornecidos pelos fabricantes e fornecedores;
e
b) o cadastro dos componentes deverá conter o registro de todos os
componentes e sistemas abrangidos pelo Plano de Manutenção, incluindo
identificação, descrição e localização.

4.5.3 Todos os procedimentos e rotinas de manutenção preventiva constantes do Plano


de Manutenção deverão ser continuamente avaliados, ajustados e complementados
pela CONTRATADA, de modo a permanecerem sempre atualizados ao longo da
evolução tecnológica e consistentes com as necessidades e experiência adquirida na
gestão do Sistema de Manutenção.

4.6 Subcontratação

4.6.1 Os serviços constantes destas especificações não poderão ser sublocados,


devendo ser executados por pessoal próprio da CONTRATADA, que deverá ser a única
responsável por sua boa execução.

4.6.2 A contratação de serviços de terceiros, a expensas da CONTRATADA, será


realizada em função da complexidade e especialidade dos serviços de manutenção, do
pessoal e recursos disponíveis nos casos em que comprovadamente não possa
executá-los, precedido de pedido formal e acompanhado da documentação da empresa
a ser subcontratada, mediante aprovação prévia pela FISCALIZAÇÃO da PGE-RJ.

4.6.3 A FISCALIZAÇÃO reserva-se o direito de exigir a comprovação da regularidade


fiscal e qualificação técnica da empresa a ser subcontratada.

4.6.4 Mesmo que autorizada a subcontratação, a CONTRATADA permanecerá como


única e exclusiva responsável por todos os serviços prestados.

6
SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL
Processo nº. E-14 / 000.547 /2009
Data: 14 / 01 / 2009 Fls. _______
Rubrica: ______________________

PROCURADORIA GERAL DO ESTADO

4.6.5 A subcontratação não produzirá nenhuma relação jurídica direta entre a PGE-RJ
e a empresa subcontratada, não cabendo a esta demandar contra a PGE-RJ por
qualquer questão relativa ao vínculo que mantém com a CONTRATADA.

5. DOS SERVIÇOS – DESCRIÇÃO BÁSICA

5.1 Disposições gerais

5.1.1 A LICITANTE deverá visitar o local onde se encontram os sistemas de


condicionamento de ar, para o perfeito conhecimento, avaliação e dimensionamento das
condições existentes e características da infra-estrutura, das instalações e dos
equipamentos, dispositivos e componentes, obtendo na ocasião a Declaração de
Vistoria fornecida e assinada pelo respectivo representante da PGE-RJ.

5.1.2 A Declaração de Vistoria será obtida, após vistoria das instalações, que deverá
ocorrer até 2 (dois) dias antes da data da licitação, e será formalizado em 2 (duas) vias
de igual teor, ambas assinadas por representante da LICITANTE e da PGE-RJ, sendo
entregue uma delas a LICITANTE para anexar a documentação da licitação, e
permanecendo a outra em poder da PGE-RJ.

5.1.3 Todos os materiais a serem fornecidos pela CONTRATADA são considerados


postos no local de execução dos serviços.

5.1.4 A CONTRATADA será responsável pelo transporte horizontal e vertical de todos


os materiais e equipamentos até o local de sua aplicação definitiva.

5.2 ENCARGOS INICIAIS

5.2.1 Executar os serviços de revisão geral dos equipamentos abaixo listados, com
substituição de peças/componentes decorrentes de desgaste ou avarias:

a) 1 (um) Self Contained Marca Hitachi capacidade de 10 TR;


b) 1 (um) Self Contained Marca Hitachi capacidade de 20 TR;
c) 1 (um) Self Contained Marca Hitachi capacidade de 15 TR;
d) 1 (um) Self Contained Marca Hitachi capacidade de 5 TR;
e) 1 (um) Self Contained Marca Trane capacidade de 10 TR; e
f) 1 (um) torre de resfriamento (estacionária no 14º andar).

7
SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL
Processo nº. E-14 / 000.547 /2009
Data: 14 / 01 / 2009 Fls. _______
Rubrica: ______________________

PROCURADORIA GERAL DO ESTADO

5.2.2 Após o início da eficácia do Contrato, em até 5 (cinco) dias corridos, a


CONTRATADA deverá efetuar um levantamento completo e detalhado do estado atual
de funcionamento e conservação dos equipamentos, dispositivos e seus componentes,
a fim de inventariar as pendências de ordem corretiva e das que podem ser eliminadas
numa rotina de manutenção preventiva, tendo como produto a elaboração de um
Relatório Técnico Inicial (laudo técnico) assinado pelo responsável técnico indicado, a
ser submetido à aprovação da FISCALIZAÇÃO.

5.2.3 O Relatório Técnico Inicial deverá contemplar uma revisão geral e,


obrigatoriamente, com as seguintes especificações de serviços, dentre outras
porventura assinaladas quando da vistoria técnica e do levantamento geral:

a) limpeza geral do equipamento;


b) eliminar focos de ferrugem;
c) lubrificar rolamento e mancais;
d) desobstrução dos trocadores de calor através de hidrojateamento e adição de
produto químico específico;
e) substituição de lâmpadas de sinalização queimadas;
f) substituição das correias;
g) substituição de filtros de ar;
h) alinhamento das polias;
i) regulagem da tensão das correias;
j) verificação e eliminação de vazamentos;
k) fornecimento e instalação de nova placa de comando do equipamento de 20
TR;
l) carga de refrigerante;
m) balanceamento termodinâmico dos equipamentos através de
superaquecimento e subresfriamento;
n) testes operacionais; e
o) adicionalmente quanto a torre de resfriamento: limpeza externa geral; limpeza
da torre externamente; verificar fixação das pás dos ventiladores, limpar e
reapertar; limpar pás e rotor do ventilador, balanceando se necessário; lavar
bacias e enchimento; remover corpos estranhos à água; e inspecionar o
enchimento da torre corrigindo o que for necessário.

5.2.4 A CONTRATADA dará início aos Serviços de Encargos Iniciais em até 5 (cinco)
dias corridos a contar da comunicação de aprovação do Relatório Técnico Inicial pela
FISCALIZAÇÃO.

8
SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL
Processo nº. E-14 / 000.547 /2009
Data: 14 / 01 / 2009 Fls. _______
Rubrica: ______________________

PROCURADORIA GERAL DO ESTADO

5.2.5 O prazo previsto para execução dos Serviços de Encargos Iniciais é de até 10
(dez) dias corridos.

5.2.6 Os Serviços de Encargos Iniciais executados, materiais e equipamentos


instalados deverão ser garantidos por um período mínimo de 1 (um) ano.

5.3 FORNECIMENTO, INSTALAÇÃO E GARANTIA DE EQUIPAMENTOS

5.3.1 A sobreloja da loja suplementar nº 31, acessada pela Rua Sete de Setembro,
teve recolhido o sistema próprio de condicionamento de ar, operado por meio de
equipamentos tipo split. As instalações físicas – elétrica, encanamento de cobre de fluxo
de gás e dreno – encontram-se em estado aparente satisfatório de operação, cabendo a
CONTRATADA efetuar os testes próprios inerentes a cada linha ou circuito e
promovendo as correções, adaptações e substituições técnicas porventura necessárias.

5.3.2 Características, especificações e quantidades:

a) Modelos: Condicionador de ar equivalente a Springer Carrier tipo Split, hight


wall, instalação tipo parede; e condicionador de ar equivalente a Springer
Carrier tipo Split, instalação tipo piso-teto;
b) Especificações mínimas - unidades evaporadoras: Cor branco; operação
eletrônico (microporcessado); ciclo frio; selo Procel classe A em consumo de
energia; timer 24 horas; 3 velocidades de ar; controle remoto sem fio; display
digital na evaporadora; 3 (três) modos de funcionamento: refrigeração,
ventilação e desumidificação; manual técnico de operação e manutenção; e
tensão 220 volts;
c) Especificações mínimas - unidades condensadoras: Instalação em área
externa, sobre calços padronizados; compressor tipo rotativo de baixo
consumo de energia e baixo ruído operacional; selo Procel classe A em
consumo de energia; e tensão 220 volts; e
d) Quantidades e capacidades: 1 (um) Split, capacidade 9.000 Btu/h, Hight wall;
e 7 (sete) Split, capacidade 24.000 Btu/h (mínimo de duas unidades
condensadoras externas).

5.3.3 Especificações dos serviços básicos:


a) apresentação de Projeto Executivo assinado por engenheiro credenciado de
todas as instalações e serviços relacionados;
b) fornecimento dos equipamentos no local da obra e transporte vertical;

9
SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL
Processo nº. E-14 / 000.547 /2009
Data: 14 / 01 / 2009 Fls. _______
Rubrica: ______________________

PROCURADORIA GERAL DO ESTADO

c) fixação das unidades evaporadoras nas paredes e apoio das condensadoras


no lado externo, sobre bases e calços de borracha;
d) fechamento elétrico entre as unidades, no ponto de força instalado a partir do
quadro geral junto aos condensadores com cabeamento e sistema de proteção
adequados;
e) interligação das unidades através de tubulação de cobre e isolamento em
poliuretano, com acabamento em fita de PVC;
f) interligação dos evaporadores ao ponto de dreno existente na sala, instalado
por tubos em PVC soldável;
g) vácuo e carga de gás refrigerante complementar; e
h) ajustes e testes finais.

5.3.4 Os seguintes prazos deverão ser observados pela CONTRATADA, após o início
da eficácia do Contrato, para o fornecimento dos equipamentos e serviços de instalação:

a) encaminhamento do Projeto Executivo: até 7 (sete) dias corridos;


b) fornecimento dos equipamentos: até 15 (quinze) dias após a aprovação do
Projeto Executivo pela FISCALIZAÇÂO; e
c) serviços de instalação: até 10 (dez) dias após a entrega dos equipamentos e
materiais no local da obra.

5.3.5 Os roteiros para execução dos serviços de montagem devem seguir estreita
observância às instruções do fabricante e Normas Técnicas aplicáveis, notadamente em
relação às distâncias máximas horizontais e verticais entre os condensadores e os
evaporadores, conforme especificação do fabricante do equipamento.

5.3.6 No preço proposto deverá ser incluso todos os custos com materiais, mão-de-
obra e equipamentos necessários para a execução dos serviços de instalação dos
equipamentos, como gás refrigerante, óleo, tubos de cobre, andaimes, soldas, fixadores
e suportes para os evaporadores e condensadores, tubos de drenagem e passagem,
eletrodutos, tubos de PVC, drenos, vedação em silicone, demolições, restauração das
áreas demolidas (reboco e pintura), cabos, disjuntores etc., e quaisquer outros materiais
ou insumos que se façam necessários.

5.3.7 Todas as paredes e forros demolidos por ocasião das instalações, inclusive
eventual recomposição de pinturas e revestimentos, deverão ser restaurados pela
CONTRATADA.

10
SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL
Processo nº. E-14 / 000.547 /2009
Data: 14 / 01 / 2009 Fls. _______
Rubrica: ______________________

PROCURADORIA GERAL DO ESTADO

5.3.8 Quando da instalação todos os cuidados deverão ser tomados a fim de evitar
danos à edificação e a terceiros, por ocasião da montagem dos equipamentos, ficando o
ônus dos reparos por conta da CONTRATADA.

5.3.9 Na finalização dos serviços e antes do recebimento dos mesmos, deverão ser
revisados todos os acabamentos, efetuada a limpeza das áreas trabalhadas e
removidos todos os resíduos de materiais e equipamentos utilizados.

5.3.10 Os equipamentos terão garantia mínima pelo período de 3 (três) anos para
defeitos de fabricação e material, sem qualquer ônus para a PGE-RJ com peças, mão-
de-obra e despesa de transporte. Excluem-se da garantia as peças plásticas e filtros de
ar, que deverão ser cobertos com garantia mínima de 90 (noventa) dias.

5.3.11 A CONTRATADA fica obrigada, durante o PERÍODO DE GARANTIA e em caso


de necessidade de substituição do produto que não mais exista no mercado, ou que
estejam fora de linha de fabricação em razão de evolução tecnológica ou que, por
qualquer outro motivo o fabricante não mais o produza, a proceder à substituição por
produto tecnologicamente equivalente ou superior, sem quaisquer ônus para o
CONTRATANTE.

5.3.12 Os serviços de instalação terão garantia mínima pelo período de 1 (um) ano.

5.4 MANUTENÇÃO E OBRIGAÇÕES DE ROTINA

5.4.1 Os sistemas de condicionamento de ar a serem submetidos à manutenção


preventiva e corretiva são aqueles listados no item 5.2.1 e aqueles que forem instalados
e especificados no item 5.3.2.

5.4.2 A CONTRATADA deverá executar serviço de manutenção preventiva e corretiva


integral, de risco total.

5.4.3 Entende-se por risco total a responsabilidade da CONTRATADA pelo custo de


peça, insumos, transporte, impostos e de mão-de-obra de substituição ou reparo de
qualquer item do sistema, estando ou não sob garantia. Assim, a CONTRATADA verá
fornecer os seguintes insumos básicos, sem ônus para a PGE-RJ: correias em geral,
óleo lubrificante, estopa, querosene, tintas, anticorrosivos, material para reforma e
reparos (solda, chapa, fibra), fusíveis, conectores, disjuntores, soquetes, gavetas, filtros
em geral (em conformidade com as leis vigentes), materiais de vedação, retentores,

11
SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL
Processo nº. E-14 / 000.547 /2009
Data: 14 / 01 / 2009 Fls. _______
Rubrica: ______________________

PROCURADORIA GERAL DO ESTADO

condutores de líquido (mangueiras e mangotes), juntas, acoplamentos e luva dos


acoplamentos, braçadeiras para máquinas e mangotes, rolamentos, mancais, gases em
geral, termostatos, manômetros, termômetros, porcas, parafusos, arruelas, fios e
cabinhos para comando, enrolamento de motores da torre, bombas e fan&coil´s;
retíficas e/ou substituição de eixos, tampas de motores, bombas, válvulas, registros em
geral, bem como qualquer outro material necessário a perfeita condução dos serviços.

5.4.4 Na prestação dos serviços deverão ser utilizadas peças originais, visando à
manutenção das características e confiabilidade dos equipamentos.

5.4.5 A CONTRATADA se obriga a utilizar somente materiais novos e de primeira


qualidade, sem defeitos ou deformações e todos os serviços deverão ser executados
com esmero e perfeição. A contratada se obriga também a corrigir, às suas expensas,
os serviços que apresentarem defeitos ou incorreções resultantes de sua execução. É
vedada a reutilização de materiais, assumindo toda e qualquer responsabilidade por
dano e prejuízo causados por si ou seus prepostos, quando no exercício de suas
obrigações.

5.4.6 Todos os serviços deverão ser executados por técnicos capacitados ao


desempenho de suas atividades, sejam elas relativas a sistemas elétricos, eletrônicos,
de refrigeração, de tubulações e instalações correlatas.

5.4.7 Fornecer, às suas expensas, toda mão-de-obra especializada necessária para a


substituição de peças/materiais de reposição/consumo imprescindíveis ao
funcionamento do sistema.

5.4.8 Rotinas básicas mínimas desejáveis de manutenção preventiva:


a) Self contained
i. torre: verificação da existência de sujeira do lado externo, danos e
corrosão; verificação da alimentação de distribuição de água; verificação
do nível de água no tanque; ajuste do controlador do nível de água;
verificação da operação do ladrão e do dreno; verificação da existência de
sujeira no filtro / tela de sucção; limpeza do filtro / tela de sucção;
ii. ventilador: verificação da existência de sujeira, danos e corrosão;
verificação do balanceamento do rotor; verificação do ruído nos mancais;
lubrificação dos mancais; verificação dos redutores de rotação; verificação
da correta operação dos amortecedores de vibração; verificação do
vazamento nas ligações flexíveis; verificação da correta instalação dos
protetores (segurança); verificação da correta operação dos controles de

12
SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL
Processo nº. E-14 / 000.547 /2009
Data: 14 / 01 / 2009 Fls. _______
Rubrica: ______________________

PROCURADORIA GERAL DO ESTADO

vazão; verificação da operação do dreno de água; limpeza adequada para


o correto funcionamento;
iii. filtros de ar (secos): verificação da existência de acúmulo de sujeira, danos
e corrosão; medição do diferencial de pressão; verificação do ajuste da
moldura do filtro na estrutura; limpeza do elemento filtrante (quando
recuperável); substituição do elemento filtrante; limpeza do conjunto;
iv. motores: verificação da existência de sujeira, danos, corrosão e perfeita
fixação; verificação de ruído nos mancais; lubrificação dos mancais;
limpeza adequada para o correto funcionamento; e
v. correias e polias: verificação da existência de sujeira, danos e desgaste;
verificação da tensão e o alinhamento; ajustes; substituição das correias;
verificação da correta instalação e fixação dos protetores; limpeza
adequada para o correto funcionamento.
b) Split:
i. remoção e limpeza da tampa frontal e do gabinete;
ii. remoção, limpeza e lavagem dos filtros (substituição quando necessário);
iii. inspeção do orifício de drenagem e desobstrução, se necessário;
iv. verificação do estado de limpeza da serpentina do evaporador e, se
necessário, lavagem das serpentinas;
v. verificação do estado de limpeza da serpentina do condensador e, se
necessário, lavagem das serpentinas;
vi. medição dos sistemas de ventilação, exaustão e renovação de ar, medindo
temperatura e vazão;
vii. verificação do estado do isolamento das tubulações frigorígenas e, se
necessário, sua reconstituição;
viii. completar a carga de gás, se necessário; e
ix. recuperar as partes oxidadas da estrutura da condensadora, se
necessário.

5.4.9 A CONTRATADA deverá manter a gestão do controle de manutenção, que


deverá ser condensado em relatório mensal e encaminhado à FISCALIZAÇÃO,
assinado por supervisor e pelo Engenheiro (responsável técnico) da CONTRATADA na
qual ficarão registradas as ocorrências e providências adotadas, bem como os materiais
e insumos utilizados.

5.4.10 Os serviços técnicos de manutenção preventiva e corretiva serão executados de


segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 18h, concorde com as necessidades funcionais
da PGE, bem como respeitados os horários fixados pelo sindicato de cada categoria.

13
SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL
Processo nº. E-14 / 000.547 /2009
Data: 14 / 01 / 2009 Fls. _______
Rubrica: ______________________

PROCURADORIA GERAL DO ESTADO

5.4.11 Adotar a utilização de sistema de telefonia móvel para todos os envolvidos na


manutenção dos sistemas, inclusive o plantonista, para que, em caso de emergência,
haja toda a assistência técnica necessária para a solução imediata dos problemas que
venham a ocorrer, como também pelo menos 1 (um) telefone fixo para atendimento 24
(vinte e quatro) horas.

5.4.12 As chamadas visando à execução de manutenção corretiva deverão ser


atendidas em até 24h, contados a partir do horário da abertura de chamado.

5.4.13 Manter adequadamente os quadros elétricos de comando e de alimentação dos


equipamentos fornecendo também mão-de-obra especializada para qualquer
reparo/correção nos mesmos, responsabilizando-se pelo seu perfeito funcionamento.

5.4.14 Comprovar sempre que necessário ou solicitado pela PGE-RJ, a qualificação


técnica dos funcionários e/ou responsáveis pelas atividades de manutenção dos
sistemas.

6. DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA

6.1 Responsabilizar-se por qualquer dano causado por seus empregados ao patrimônio
da PGE-RJ, ou de terceiros, ainda que por omissão involuntária, devendo ser adotadas,
dentro do prazo de 48 (quarenta e oito) horas, as providências necessárias ao
ressarcimento.

6.2 Disponibilizar para os serviços equipe técnica com qualificação e experiência


profissional no segmento de atividade de manutenção de sistemas de refrigeração.

6.3 Assumir todas as responsabilidades e tomar as medidas necessárias ao


atendimento dos seus empregados, acidentados ou com mal súbito.

6.4 Exigir que os empregados se apresentem para os serviços, obrigatoriamente,


uniformizados e com equipamentos de proteção individual – EPI, devidamente limpos e
identificados com crachá fornecido pela CONTRATADA.

6.5 Responder, em relação aos seus empregados, por todas as despesas decorrentes
dos serviços, tais como: salários; seguros de acidentes; taxas, impostos e contribuições;
indenizações; auxílio alimentação/refeição; vales-transporte; e outras que porventura
venham a ser criadas e exigidas.

14
SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL
Processo nº. E-14 / 000.547 /2009
Data: 14 / 01 / 2009 Fls. _______
Rubrica: ______________________

PROCURADORIA GERAL DO ESTADO

6.6 Instruir os seus empregados a tratar os demais funcionários da administração com


urbanidade e respeito.

6.7 Instruir os seus empregados a executar serviços observando os padrões de


qualidade e atendimento as normas técnicas vigentes.
6.8 Respeitar as normas de acesso as dependências da PGE e a Norma de Higiene e
Segurança do Trabalho.

6.9 Responsabilizar-se integralmente pelos serviços contratados nos termos da


legislação vigente.

6.10 Fornecer instrumentos, ferramentas e equipamentos necessários, adequados e


suficientes à boa execução dos serviços.

6.11 Manter todos os equipamentos de medição aferidos pelo INMETRO.

6.12 Observar as leis e regulamentos referentes aos serviços e à segurança pública,


bem como às normas técnicas da ABNT e as exigências do CREA-RJ.

6.13 Executar todos os serviços de acordo com os códigos, normas e especificações


brasileiras pertinentes, sendo a CONTRATADA responsável pela pesquisa, em especial,
das seguintes Normas Regulamentadoras (NR) aprovadas pela Portaria n.º 3.214, de
08/06/78, do Ministério do Trabalho e Emprego, consideradas em suas revisões
atualizadas:

a) NR - 4 - Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina


do Trabalho;
b) NR - 6 - Equipamentos de Proteção Individual – EPI; e
c) NR - 26 - Sinalização de Segurança.

6.14 Manter os equipamentos em bom estado de funcionamento e confiabilidade,


mediante a conservação, manutenção e correção dos defeitos e verificações técnicas
necessárias, efetuando reparos, manutenção preventiva e corretiva, lubrificação,
limpeza, bem como a substituição de peças, quando necessário, utilizando sinalização
quando cabível para cada tipo de serviço, como placas do tipo “EM MANUTENÇÃO”.

6.15 Informar a PGE-RJ os números de telefone (fixo e celular) de recepcionista e


técnico.

15
SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL
Processo nº. E-14 / 000.547 /2009
Data: 14 / 01 / 2009 Fls. _______
Rubrica: ______________________

PROCURADORIA GERAL DO ESTADO

6.16 Solicitar da FISCALIZAÇÃO, sempre que necessário, autorização para trabalhar


em dias não úteis ou fora do horário de expediente, justificando o fato e enviando
listagem constando nome dos profissionais e número das respectivas Carteiras de
Identidade.

6.17 Conceder garantia dos serviços de manutenção de 90 (noventa) dias, a contar da


data da colocação das peças fornecidas ou da conclusão dos serviços.

6.18 Refazer ou reparar, sem quaisquer ônus adicionais e no prazo máximo de 48


(quarenta e oito) horas, os serviços julgados inadequados ou se verificarem vícios,
defeitos ou incorreções resultantes da sua execução, no total ou em parte, pela
FISCALIZAÇÃO, contados da data da rejeição.

6.19 Prestar serviços de assistência técnica visando à melhoria do funcionamento e


segurança dos equipamentos, propondo soluções que venham otimizar o seu uso.
Nestes serviços estão inclusas as realizações de estudos, elaboração de desenhos,
levantamentos de material, e outros considerados necessários, sem ônus à PGE-RJ.

6.20 Tomar as providências cabíveis e de forma tempestiva quanto às reclamações


levadas a conhecimento pela FISCALIZAÇÃO.

6.21 Recolhimento da anotação de responsabilidade técnica dos serviços junto ao


CREA-RJ.

6.22 Deixar os sistemas de condicionamento de ar em perfeitas condições de


funcionamento e segurança, quando do encerramento do prazo contratual.

7. DAS OBRIGAÇÕES DA PROCURADORIA GERAL DO ESTADO

7.1 Fiscalizar como lhe aprouver e no seu exclusivo interesse, o exato cumprimento das
cláusulas e condições estabelecidas no Contrato.

7.2 Acompanhar e fiscalizar a execução do Contrato por um ou mais representantes


especialmente designados, nos termos do art. 67 da lei nº 8.666/93.

7.3 Disponibilizar o local e os meios adequados para execução dos serviços.

7.4 Efetuar os pagamentos nas condições e preços pactuados.

16
SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL
Processo nº. E-14 / 000.547 /2009
Data: 14 / 01 / 2009 Fls. _______
Rubrica: ______________________

PROCURADORIA GERAL DO ESTADO

7.5 Efetuar, com pontualidade, os pagamentos à CONTRATADA, após o cumprimento


das formalidades legais.

7.6 Prestar as informações e esclarecimentos necessários ao desenvolvimento das


tarefas.

7.7 Relacionar-se com a CONTRATADA exclusivamente através de pessoa por Ela


credenciada.

7.8 Notificar, por escrito, à CONTRATADA, ocorrência de eventuais imperfeições no


curso de execução dos serviços, fixando prazo para a sua correção.

7.9 Assegurar o acesso dos empregados da CONTRATADA, quando devidamente


identificados, aos locais em que devam executar as tarefas.

7.10 Permitir aos técnicos encarregados da prestação dos serviços, observadas as


normas de segurança vigentes nas dependências da PGE-RJ, completo e livre acesso
aos equipamentos, possibilitando-os a executar os serviços e as verificações técnicas
necessárias.

7.11 Não permitir que pessoas estranhas à CONTRATADA examinem ou provoquem


qualquer alteração nos serviços do presente objeto.

7.12 Visar à ficha de serviços por ocasião das visitas dos técnicos da CONTRATADA
para a prestação de serviços.

7.13 Somente permitir a retirada de qualquer componente dos sistemas mediante


recibo, em impresso próprio da CONTRATADA, salvo se houver substituição no ato do
serviço.

7.14 Autorizar a colocação de peças ou acessórios exigidos por leis ou determinações


de autoridades competentes.

7.15 Observar e por em prática as recomendações feitas pela CONTRATADA quando


julgar pertinente ou oportuno, no que diz respeito a condições, uso e funcionamento dos
equipamentos.

7.16 Cumprir e fazer cumprir o disposto nas Cláusulas do Contrato.

17
SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL
Processo nº. E-14 / 000.547 /2009
Data: 14 / 01 / 2009 Fls. _______
Rubrica: ______________________

PROCURADORIA GERAL DO ESTADO

8. DA APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA

8.1 Antes de apresentar a proposta a LICITANTE deverá esquadrinhar as


especificações, executando todos os levantamentos essenciais, de modo a não incorrer
em omissões que jamais poderão ser alegadas ao fornecimento e serviços em favor de
eventuais pretensões de acréscimos de preços, alteração de data de entrega e
instalação ou alteração de qualidade.

8.2 A apresentação da proposta deve observar o modelo de planilha de custos e


formação de preços em anexo.

9. DO PAGAMENTO

9.1 O pagamento referente aos itens 5.2 (serviços de encargos iniciais) e 5.3
(fornecimento e instalação de equipamentos) serão efetuados tempestivamente após o
recebimento definitivo do objeto. Quanto ao item 5.4 (serviços de manutenção
preventiva e corretiva) obedecerá a periodicidade mensal, contra apresentação do
documento fiscal e do relatório mensal.

10. DO PRAZO

10.1 O prazo de vigência do contrato, mormente quanto aos serviços de manutenção


preventiva e corretiva, será de 12 (doze) meses, a contar da data da publicação do
extrato no DOERJ, podendo ser estendido mediante termo aditivo, por iguais e
sucessivos períodos, observado o disposto no Inciso II do art. 57 da Lei nº 8.666/93.

18