Configurações e Comandos Cisco

Comandos para diagnóstico geral Switch# show running-config Switch# show startup-config Switch# show version Switch# dir flash: Switch# show flash Comandos para diagnóstico de interface

Switch# show interface fastethernet 0/4 Comandosparadiagnóstico de VLANs

Switch# show Switch# show Switch# show Switch# show Switch# show

interface vlan 1 ip interface vlan 1 vlan vlan id 2 vlan name VLAN2

Comandosparadiagnóstico de tabela CAM (mac -address)

Switch# show mac-address-table Comandos para diagnóstico de características da interface

Switch# show port-security Comandosparadiagnóstico de STP

Switch# show spanning-tree brief Comandos para configurações gerais de um switch

Switch# copy running-config startup-config Switch# hostname Meu-Cisco Switch# clear mac-address-table dynamic Tarefa - Excluir todas as configurações de um switch e colocá-lo nos padrões de fábrica

Switch# erase startup-config Switch# delete flash:vlan.dat Switch# reload Tarefa - Configurar Usuário e Senha na Console e para Acesso Telnet

Switch(config)# line console 0 Switch(config-line)# password cisco Switch(config-line)# login

1884 vlan 1 interface fastethernet 0/4 Tarefa .Criar vlans em um Switch Switch# vlan database Switch(vlan)# vlan 2 name VLAN2 Switch(vlan)# vlan 3 name VLAN3 Switch(vlan)# exit Tarefa .168.2917.Configurar parâmetros de uma porta ethernet de swich Switch(config)# interface gigabitethernet 0/5 Switch(config-if)# speed 100 Switch(config-if)# duplex full Tarefa .Configurar um endereço MAC estático Switch(config)# mac-address-table static 00e0.255.1.2 255.Configurar senhas para acesso ao modo privilegiado Switch(config)# enable password cisco Switch(config)# enable secret cisco Tarefa .Configurar Acesso Camada 3 do Switch através da VLAN 1 Switch(config)# interface vlan 1 Switch(config-if)# ip address 192.1 Tarefa .0 Switch(config-if)# no shutdown Switch(config-if)# exit Switch(config)# ip default-gateway 192.Configurar aprendizagem fixa de endereços MAC (sticky) Switch# configure terminal Switch(config)# interface fastethernet 0/4 Switch(config-if)# switchport mode access Switch(config-if)# switchport port-security Switch(config-if)# switchport port-security mac-address sticky Switch(config-if)# switchport port-security maximum 1 Switch(config-if)# switchport port-security violation shutdown Switch(config-if)# exit Tarefa .1.Excluir VLANs configuradas em um switch Switch# vlan database Switch(vlan)# no vlan 2 Switch(vlan)# exit Atenção: a VLAN 1 (default) não pode ser excluída. .255.Switch(config)# line vty 0 15 Switch(config-line)# password cisco Switch(config-line)# login Tarefa .168.

Tarefa .Redefinindo o root bridge Switch# configure terminal Switch(config)# spanning-tree priority 1 ou Switch(config)# spanning-tree vlan 1 priority 4096 .Configurar um switch no modo VTP CLIENT Switch# vlan database Switch(vlan)# vtp client Switch(vlan)# vtp domain group1 Switch(vlan)# exit Tarefa .Alocar portas de um switch em uma determinada VLAN Switch# configure terminal Switch(config)# interface fastethernet 0/2 Switch(config-if)# switchport mode access Switch(config-if)# switchport access vlan 2 Switch(config-if)# end Tarefa .Configurar um switch no modo VTP SERVER Switch# vlan database Switch(vlan)# vtp server Switch(vlan)# vtp domain group1 Switch(vlan)# exit Tarefa .1Q padrão) Switch_A# configure terminal Switch_A(config)# interface fastethernet 0/1 Switch_A(config-if)# switchport mode trunk Switch_A(config-if)# exit Switch_B# configure terminal Switch_B(config)# interface fastethernet 0/1 Switch_B(config-if)# switchport mode trunk Switch_B(config-if)# exit Caso seja necessário configurar o tipo de encapsulamento utilizar o comando: Switch(config-if)# switchport trunk encapsulation dot1q Tarefa .Configurar um enlace trunk entre dois switches 2960 (encapsulamento 802.

1(22)EA4 Copyright (c) 1986 -2005 by cisco Systems. Em seguida ficará aberto o prompt abaixo: Switch> Switch é o nome atual do dispositivo e o sinal de maior > significa que um usuário não privilegiado está acessando o equipamento.Guia básico de configuração de Switches Cisco Conectando no switch Geralmente switches vem sem IP de gerenciamento ativo. Inc. Cisco Internetwork Operating System Software IOS Œ C2950 Software (C2950 -I6Q4L2-M). Uma vez conectado você cairá em um prompt parecido com o abaixo. Em qualquer uns dos programas. No Windows a melhor maneira é usando o HyperTerminal. configure a porta serial que será usada para configurar usando os parâmetros abaixo: Ligue o switch. Com esta permissão você não conseguirá fazer muita coisa. Compiled Wed 18-May-05 22:31 by jharirba Press RETURN to get started! Configurando Pressione Enter para continuar. isso vale para quase todos os fabricantes. sendo assim a primeira configuração precisará ser feita via cabo serial. No Linux o Minicom é a melhor alternativa. Para acessar o modo privilegiado digite o comando enable e o sinal de maior dará lugar ao cerquilha # Switch# . Version 12.

r Para mostrar como estão configuradas as portas é necessário sair do modo de configuração (dando exit ou Ctrl + Z) e executando o comando: nome_do_switch#show int O resultado será algo assim: FastEthernet0/1 is up. O prompt ficará assim: Switch(config)# A partir daqui todos os comandos de configuração pode ser executados.168. Portas Gigabit ou 1000 mbps começam com o prefixo Gi.8301 (bia 0090. Note que o comando para habilitar uma porta é no shutdown.Mesmo neste modo você precisará digitar o comando conf t para poder executar os comandos de configuração.1 Note que quando você começou a configurar o ip do switch. reliability 255/255.255. rxload 1/255 Encapsulation ARPA. Para mudar o nome do switch execute o comando hostname nome_do_switch.8301) BW 100000 Kbit. txload 1/255. DLY 1000 usec. execute os comandos: nome_do_switch(config)#int range Fa 0/1-10 nome_do_switch(config-if-range)#no shutdown nome_do_switch(config-if-range)#exit O comando range serve para selecionar mais de uma porta. Outra maneira de sair do modo de configuração é executar o comando Ctrl + Z.200 255. Para habilitar as portas de 1 a 10.168. Todos os comandos são validados imediatamente então o prompt mudará para: nome_do_switch(config)# Para poder gereciar o switch via web você deverá colocar um IP na vlan 1. Isso fez com que o prompt mudasse paranome_do_switch(config-if)#.0. para isso execute os comandos abaixo. considerando que a porta 1 é uma porta Fast Ethernet ou 100 mbps: nome_do_switch(config)#intFa 0/1 nome_do_switch(config-if)#no shutdown nome_do_switch(config-if)#exit Portas Fast Ethernet ou 100 mbps começam com o prefixo Fa.0 nome_do_switch(config-if)#no shutdown Para adicionar o default gateway ou roteador da rede: nome_do_switch(config-if)#ip default-gateway 192. address is 0090. por exemplo. precisou selecionar a Vlan 1. line protocol is up (connected) Hardware is Lance. Então aqui vai mais uma regra: Todo comando que você quer desfazer no Cisco basta coloca um no na frente. Note que o comando completo neste caso é configure terminal.2132. mas todos os comandos podem ser abreviados desde que não haja ambiguidade entre os mesmos.2132.255.0. loopback not set . Para selecionar a Vlan 1 que é a Vlan default do switch: nome_do_switch(config)#interface vlan 1 Para configurar o IP: nome_do_switch(config-if)#ip address 192. Para desabilitar a porta o comando é shutdown. que voltará para o modo privilegiado onde o prompt é assim: nome_do_switch# Para habilitar a porta 1. Quando qualquer configuração de interface terminar você deve executar o comando exit para voltar para o promptnome_do_switch(config)#.

output 00:00:05. 263570 bytes. Se você desligá-lo. ARP Timeout 04:00:00 Last input 00:00:08. basta digitar o comando: nome_do_switch#showintFa 0/11 Neste caso só a interface 11 será exibida. 0 multicast. 0 runts. output flow-control is off ARP type: ARPA. 0 packets/sec 5 minute output rate 0 bits/sec. Por motivos óbvios eu prefiro a segunda opção: nome_do_switch#copy running-config startup-config ou nome_do_switch#write (ou digite somente wr) Como eu não tenho um switch Cisco em casa eu testei os comandos utilizando o software da Cisco Packet Tracer que simula os seus equipamentos. 0 abort 0 watchdog. 0 pause input 0 input packets with dribble condition detected 2357 packets output. 0 frame. todas as alterações serão perdidas. 0 packets/sec 956 packets input. .Keepalive set (10 sec) Full-duplex. 0 ignored. 193351 bytes. 0 no buffer Received 956 broadcasts. 0 overrun. mas se quiser ver só uma interface. Para salvar existem dois comandos. por exemplo a porta 11. 0 CRC. 0 throttles 0 input errors. output hang never Last clearing of ³show interface´ counters never Input queue: 0/75/0/0 (size/max/drops/flushes). 100Mb/s input flow-control is off. 0 giants. Total output drops: 0 Queueing strategy: fifo Output queue :0/40 (size/max) 5 minute input rate 0 bits/sec. 0 underruns ±More± Teclando barra de espaços você verá todas as portas do switch. Logo eu posto a segunda par deste guia te de configuração. Tudo o que foi configurado até agora foi feito na memória do sistema operacional do switch.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful