Você está na página 1de 14

BRASIL NO SÉCULO

XIX
-SEGUNDOREINADO –
1840 - 1889
POLÍTICA INTERNA
 PODER MODERADOR e CONSELHO DE ESTADO

 PARLAMENTARISMO ÀS AVESSAS (1847)


 LIBERAIS E CONSERVADORES NO GABINETE DE
MINISTROS
 PARTIDO LIBERAL - protegia os interesses dos indivíduos que
formavam a classe média da sociedade urbana e comercial, a ambição
dos bacharéis, os ideais políticos e sociais avançados das classes não
comprometidas diretamente com a escravidão, e cuidava também do
que era importante para os donos de terras.

 PARTIDO CONSERVADOR - pregava a conservação do poder político


nas mãos dos grandes donos de terras e de escravos.

 dominaram o cenário político - 36 revezamentos em 49 anos

 1853: “ministério da Conciliação”/ 1858: reinício do revezamento


ECONOMIA
 1826: prazo para o Brasil acabar com o tráfico de escravos
não obedecido;

 1844: governo brasileiro resolveu não renovar tratados de


comércio; estabeleceu TARIFA ALVES BRANCO sobre as
importações ( até 60% ad valorem);

 1845: reação inglesa: BILL ABERDEEN - prender navios com


escravos;

 1850: LEI EUSÉBIO DE QUEIROZ - proibição definitiva do


tráfico de escravos.
 café
 indústria
SOCIEDADE
 fim do tráfico negreiro colocou problema da falta
de mão-de-obra para o setor agrícola

 solução:
 tráfico interprovincial
 imigrantes e o trabalho assalariado
 SISTEMA DE
PARCERIA - senador
Nicolau de Campos
Vergueiro (1847) –

o fazendeiro financiava a
viagem e garantia o
sustento do imigrante e
sua família nos primeiros
tempos de permanência
na propriedade

 IMIGRAÇÃO
SUBVENCIONADA

o Estado pagava as
despesas de viagem do
imigrante, garantia o
salário fixo e a
participação na colheita
LEI DE TERRAS - 1850

 atribuía valor imobiliário à terra

 posse por meio da compra de terras públicas

 obrigava o registro de todas as terras ocupadas

 consolidou a concentração de terras nas


mãos de poucos
POLÍTICA EXTERNA
 BRASIL X INGLATERRA
 Inglaterra e a economia brasileira:
• 1844: governo brasileiro resolveu não renovar tratados de
comércio; estabeleceu Tarifa Alves Branco sobre as
importações ( até 60% ad valorem)

• 1845 - reação inglesa: Bill Aberdeen - prender navios com


escravos

• 1850 - lei Eusébio de Queiroz: proibição definitiva do tráfico


de escravos

 dois episódios:
• navio inglês naufragou nas costas do Rio Grande do Sul (1861)
• prisão de marinheiros ingleses na cidade do Rio de Janeiro (1863)
 Brasil X Oribe (Uruguai) - 1851-1852

 Brasil X Aguirre ( Uruguai) - 1864

 A Guerra do Paraguai
(1865-1870)

 teorias: 1 – conflitos na região da Bacia do Prata


2 – imperialismo britânico

 desde independência (1811): Paraguai em crescente


desenvolvimento

 1862 - Solano Lopes: continuidade de desenvolvimento


dependia do acesso ao oceano Atlântico - criação do
“Paraguai Maior”

 1865: apreensão do navio “Marquês de Olinda” que


navegava pelo rio Paraguai – pretexto para Brasil declarar