por pretenderem que um povo é determinado por variáveis sobre as quais não há controle humano.  A antropologia discorda dessas idéias.as diferenças de comportamento humano de uma cultura para outra. são totalmente provenientes das características biológicas de um povo (sua carga genética) ou ainda totalmente provenientes do meio ambiente (ecossistema. clima) onde ele se desenvolve. Ou seja. . descartam a possibilidade do comportamento e valores de um povo ser proveniente de sua historia e das características humanas da experiência de mundo. Teorias deterministas .

podemos afirmar que a cultura é produto do humano. não teríamos diferenças anatômicas tão marcantes frente a nossos parentes mais próximos. não estaríamos aqui contando essa história. Não fosse essa extraordinária capacidade de articulação e fabricação de símbolos. Em outras palavras.Silas GUERRIERO afirma na pg. mas o humano é também produto da cultura. provavelmente não teríamos sobrevivido e. se o tivéssemos conseguido. indicado na bibliografia: “Como Geertz.” . 24 do texto “A origem do antropos”.

Esse movimento de populações resultou em aparências distintas para cada grupo populacional. que corresponde à . Cada indivíduo vai resultar de uma combinação genética de seus antepassados. formando um fenótipo próprio. mas também é portador de informações genéticas outras. Somos todos partes de uma mesma família que foi dividida ao longo do tempo por sucessivas migrações.  Um indivíduo com o fenótipo “pele clara e olhos azuis” carrega genes com essa informação. popularmente conhecida como “raças humanas”. Da perspectiva biológica.  Cada indivíduo possui um fenótipo.  Entretanto somos portadores de genótipos. o ser humano é uma única espécie. aparência física. que são os genes que carregamos e podem ser determinantes nos resultados de nossa reprodução.

esses determinismos ainda hoje permeiam a visão de mundo do senso comum.  Mesmo tendo sido totalmente desacreditadas pela ciência. explicariam costumes. ou muito frio teriam sofrido influências que. O determinismo biológico defendia que a herança genética seria a responsável pelo comportamento diferenciado do ser humano dentro de cada cultura. valores e tradições. também seria um fator DETERMINANTE para a cultura ali desenvolvida.  O determinismo geográfico. defendia que a ecologia (o meio ambiente) no qual essa ou aquela população se desenvolveu. mentalidade. . Portanto. somadas ao fator biológico. populações de lugares com clima muito quente.

apesar de terem fenótipos diferentes. cujo material arqueológico foi mais recentemente reforçado pelo conhecimento genético .  Somos uma mesma família.  O que se aceita hoje é que esses são fatores importantes na relação do ser humano com o meio. seja para se relacionarem uns com os outros. Mas não são determinantes. Essa é uma afirmação resultante de um século e meio de pesquisas. seja para sobreviver.Todos os indivíduos carregam genes desses primeiros agrupamentos humanos.  NÃO EXISTE UMA DETERMINAÇÃO BIOLÓGICA / GEOGRÁFICA que sustente a explicação sobre a diversidade cultural. . que foi desenvolvendo aparências distintas como resposta adaptativa ao meio.

 O ser humano é uma espécie moldável e criativa. . as respostas às necessidades e a qualidade dos vínculos sociais resultam de uma história que é única àquele grupo. Em cada grupo social. Portadores das marcas da história. E a cultura é o resultado. Os genes podem ser facilitadores para certas coisas. dessa experiência de vida que não se repete exatamente com os mesmos eventos.  Qualquer coletividade está sujeita a um destino próprio. da mesma forma em todos os lugares. das soluções criadas. cada grupo vai construindo um conjunto absolutamente único que é sua cultura . a cada momento. das experiências coletivamente vividas. os desejos e o investimento social que cada indivíduo pode dispor para desenvolver certas características de seu comportamento. mas acima de tudo está a determinação.

se você for analisar esse grupo e o grupo de origem. quanto mais o tempo passa. Vamos supor que você tome uma parcela da população norteamericana de hoje e os coloque para viver durante um longo período de tempo em um outro local. com características ambientais muitos semelhantes às quais estão acostumados. o resultado será sempre o mesmo: uma cultura própria. poderá ver que existem características que os diferenciam. Daqui a algumas gerações. . Onde quer que se forme um grupo social. E assim se dá.  A diversidade cultural é inerente ao ser humano.

c) A busca de restos humanos pré-históricos nos obrigou a considerar a evolução da espécie humana como outro animal qualquer. Além disso. d) Para os evolucionistas. podemos afirmar que: a) Os evolucionistas e antropólogos encaram a espécie humana como um exemplo especial da evolução uma vez que as outras espécies vivas evoluem muito mais lentamente pelo fato de não terem desenvolvido um cérebro equivalente ao nosso. portanto não existe possibilidade de mudança na quantidade de espécies existente. apenas as espécies superiores evoluem. enquanto as inferiores acabem sofrendo extinção . segundo essa teoria todas as espécies vivas são fruto de uma longa e lenta evolução.A respeito do evolucionismo e dos resultados obtidos por suas pesquisas. Evolução para eles significa que todas as espécies que evoluem se tornam necessariamente melhores. inacabado e sem um objetivo ou plano pré-definido. mais fortes e com organismos superiores aos que tinham há milhares de anos atrás. não apenas o ser humano. Devemos então compreender que o processo da vida é evolutivo. todo organismo EVOLUI. b) Segundo o evolucionismo. todas as espécies conseguem evoluir. e sim na sua condição biológica que sofre alteração a cada passo da evolução. e) Segundo o evolucionismo.

não apenas o ser humano. c) A busca de restos humanos pré-históricos nos obrigou a considerar a evolução da espécie humana como outro animal qualquer. Devemos então compreender que o processo da vida é evolutivo. Além disso. segundo essa teoria todas as espécies vivas são fruto de uma longa e lenta evolução. . inacabado e sem um objetivo ou plano prédefinido.

Um menino e uma menina agem diferentemente em função apenas de seus hormônios. e não em decorrência de uma educação diferenciada. Esse tipo de afirmação está corretamente associado com que se segue: A ) Determinismo biológico B ) Endoculturação (que é a educação dentro de uma cultura) C ) Evolucionismo D ) Determinismo Geográfico E ) Etnocentrismo .

 A) Determinismo biológico. .

O outro e sua subjetividade. Vera S. São Paulo: Contexto. “Biologicamente Cultural”.. Acesso em : 24 fev. 17-24    Complementares: BUSSAB. “O determinismo biológico”.Básicas: GOMES. 2004.br. Ed. “O determinismo geográfico”. “As origens do antropos”.2014. 2005. Ascendino Reis.                             .comciencia. 11-31. SP: Ed.htm. Acesso em : 24 fev. Roque de Barros. texto disponível em: http://www.   LARAIA. Mércio Pereira. pp. 5ª.   Escola Estadual Prof. Rio de Janeiro: JORGE ZAHAR. CANTARINO Carolina.br/puc/vera%20bussab.net/rafaas/biologia-ar/introducao. texto disponível em: http://sti.vet.inter.Um Conceito Antropológico.. Olho D’água. Silas (Org. texto disponível em: http://pet.pdf.br/200407/reportagens/07. cultura e comportamento humano”. “Natureza.. RIBEIRO. “Introdução à evolução”. CULTURA . ANTROPOS E PSIQUE.2014. Pp. R.). 19ª ed. Fernando L. pp. Antropologia – ciência do homem. vários autores. filosofia da cultura.shtml. Acesso em : 24 fev.   GUERRIERO.2014. 2009.. “Abrangência da Antropologia”.