Você está na página 1de 25

ORIGEM E NATUREZA DO

ESPÍRITO

• Origem e natureza do Espírito


• Evolução do princípio
inteligente
Há uma Comunidade de Espíritos Puros,
eleitos pelo senhor Supremo do Universo,
em cujas mãos se conservam as rédeas
diretoras da vida de todas as coletividades
planetárias: são os Espíritos Crísticos.
Emmanuel: A Caminho da Luz, cap. 1.
ORIGEM E NATUREZA DO
ESPÍRITO

Jesus é membro dessa Comunidade de seres


angélicos e perfeitos, na categoria de Diretor
Espiritual da Terra.
Essa Comunidade já se reuniu duas vezes,
nas proximidades da Terra, no curso dos
milênios conhecidos, para solucionar
problemas decisivos da organização e da
direção do nosso Planeta:
• quando o orbe terrestre se desprendia
da nebulosa solar: lançamento dos
princípios cosmogênicos e dos
pródromos vida ;
• quando se decidia a vinda de Jesus à
face do Planeta. Emmanuel: A caminho da Luz, cap. 1.
ORIGEM DO ESPÍRITO
• O Espírito tem origem no elemento
inteligente universal (mônada ou
princípio espiritual)

• Espírito é o ser espiritual humano,


individualidade inteligente do
universo
EVOLUÇÃO DO PRINCÍPIO
INTELIGENTE
1. “Semeadura” das sementes da vida
(princípio inteligente), no planeta,
durante a sua formação pelas Entidades
Angélicas

2. Incubação do princípio inteligente,


pelos guardiões, até surgimento de
condições propícias para sua
“germinação” e seu desenvolvimento.
EVOLUÇÃO DO PRINCÍPIO
INTELIGENTE
3. “Semeadura” e “germinação” do princípio
espiritual pelos Espíritos Construtores, sob a
supervisão do Cristo

4. Evolução do princípio inteligente, pela


passagem nos reinos inferiores da Natureza,
nos dois panos da Vida, sob controle dos
Espíritos Superiores
TRABALHO EM GRUPO
FORMAÇÃO DE NOVE GRUPOS
• Leitura dos subsídios, item 2, p. 114-
115, da referência 9 até a 26.
• Explicação do quadro ou tabela
entregues.
• indicação de um ou dois
representantes, por grupo, para
apresentar as conclusões, em plenária.
GRUPO N.º 1
ORIGEM DA VIDA
GRUPO N.º 2
ERA PERÍODO MILHÕES FORMAS
ANOS ATRÁS DE VIDA
Pré- - 4.600 •Origem da Terra
Cambriana 4.600/3.500 •Formação compostos
inorgânicos e orgânicos
3.500/2.500 • surgimento do
2.500/700 primeiro ser vivo (vírus)
700/590 • surgimento da célula
primitiva (procariótica):
bactérias
• Aparecimento de
células evoluidas
(eucarióticas): algas,
protozoários, fungos,
vegetais e
invertebrados
GRUPO N.º 3
ERA PERÍODO MILHÕES FORMAS
ANOS ATRÁS DE VIDA

Paleozóica Cambriano 590/505 •Invertebrados


Ordoviciano 505-438 •Peixes marinhos e
plantas terrestres
Siluriano 438-408 •Peixes ósseos, corais e
plantas vasculares
Devoniano 408-360 •Anfíbios e insetos,
florestas
Carbonífero 360-286
•Tubarões, répteis,
grandes florestas sem
Permiano 286- 248 flores e frutos
•Diversificação das
espécies existentes
animais , vegetais e de
micróbios
GRUPO N.º 4
ERA PERÍODO MILHÕES DE FORMAS DE VIDA
ANOS ATRÁS

Mesozóica Triássico 248-213 •Primeiros dinossauros,


mamíferos e aves Plantas de
folhagens.
Jurássico
Cretáceo 213-144 •Grandes dinossauros
144-65 •Extinção dinossauros.
Mamíferos marsupiais e
placentários
GRUPO N.º 5
ERA PERÍODO MILHÕES DE FORMAS DE VIDA
ANOS ATRÁS

Cenozóica Terciário 55-65 •Primatas e carnívoros.


55-38 •Muitas aves/ mamíferos .
38-25 •Macacos.. Flores. Frutos.
25- 02 •Hominídeos. Campos.

Quaternário 02-0,01 •Espécie humana


0,01-0 •Variedade e dispersão
humana. Plantas
herbáceas.
GRUPO N.º 6
AA EVOLUÇÃO
EVOLUÇÃO DO DO HOMEM:
HOMEM: apósapós aa extinção
extinção dos
dos dinossauros,
dinossauros, na
na Era
Era
Mesozóica,
Mesozóica, surgem
surgem no
no Período
Período Terciário
Terciário (Era
(Era Cenozóica)
Cenozóica) os
os primeiros
primeiros
primatas
primatas e,
e, ao
ao final
final desse
desse Período(Plioceno)
Período(Plioceno) ,, os hominídeos que,
os hominídeos que, por
por sua
sua vez,
vez,
evoluiriam para oo Hom
evoluiriam para Homoo sapiens.
sapiens.
GRUPO N.º 7

CHIPANZÉ
HOMEM GORILA

HOMINÍDEOS

PRIMATAS CARNÍVOROS

MAMÍFEROS PLACENTÁRIOS

MAMÍFEROS PRIMITIVOS
GRUPO N.º 8
O PROCESSO DE HUMANIZAÇÃO

DEUS Criador S upremo da vida

SEMENTES DA VIDA Princípio Espiritual, da vida


ou mônada
MATÉRIA Macromoléculas: origem do
INORGÂNICA
protoplasma
PROTOPLASMA
Proteínas: base das células
VÍRUS
Primeiro ser vivo
BACTÉRIAS E
ALGAS VERDES Primeiros seres vivos com
células.Reprodução assexuada
PROTOZOÁRIOS, S eres celulares evoluidos
FUNGOS E ALGAS (eucariotas).Repr. S exuada.
PLURICELULARES
GRUPO N.º 9
O PROCESSO DE HUMANIZAÇÃO
Funções superiores:
PLANTAS, reprodução, nutrição,
ANIMAIS respiração, excreção,
AQUÁTICOS E secreção glandular,
TERRESTRES circulação (sangue , linfa) e
neurológicas
MAMÍFEROS E Pensamento descontínuo,
PRIMATAS instinto pronunciado, emoções
mais desenvolvidas
HOMEM Faixas inaugurais da razão:
PRIMITIVO E pensamento contínuo, livre
HOMEM arbítrio, memorização
MODERNO aprendizado, sentimentos,
percepção de Deus, de si e do
outro
PROCESSO EVOLUTIVO
ESPÍRITA
DEUS, ESPÍRITO, MATÉRIA +
FLUIDO CÓSMICO UNIVERSAL
O Livro dos Espíritos: questão 27

PRINCÍPIO ESPIRITUAL: ORIGINA O


ESPÍRITO
A Gênese: cap. 11/6

PRINCÍPIO MATERIAL: ORIGINA


CORPOS MATERIAIS SE UNIDO AO
FLUIDO CÓSMICO UNIVERSAL
O Livro dos Espíritos: questão 27.
A Gênese: cap. 6/3-17
FLUIDO CÓSMICO UNIVERSAL
CONTÉM OS ELEMENTOS MATERIAIS, FLUÍDICOS E VITAIS DE
TODOS OS UNIVERSOS. NÃO É O ELEMENTO MATERIAL
PORQUE TEM PROPRIEDADES ESPECIAIS. É AGENTE DE QUE O
ESPÍRITO SE UTILIZA
O Livro dos Espíritos, questão 27. A Gênese: cap. 11/6

FLUIDO/PRINCÍPIO VITAL
SUBPRODUTO DO FLUIDO CÓSMICO UNIVERSAL. DÁ VIDA AOS
CORPOS ORGÂNICOS. ESTÁ AUSENTE NOS MINERAIS E NOS
SERES ORGÂNICOS MORTOS.
A Gênese: cap. 10/16-19. O Livro dos Espíritos, questões 60-67.
O ESPÍRITO, AINDA
QUE PRIMITIVO,
POSSUI PENSAMENTO
CONTÍNUO, LIVRE
ARBÍTRIO E
SENTIMENTOS. A
MEMORIZAÇÃO
FAVORECE O
APRENDIZADO. TEM
PERCEPÇÃO DE DEUS,
DE SI E DO OUTRO.

André Luiz: Evolução em dois


mundos.
Jorge Andréa: Os impulsos criativos
da evolução
A conquista da RAZÃO
faz nascer o princípio
de responsabilidade e
todo o contigente de
elementos éticos e
morais evidenciados
nas manifestações do
livre arbítrio, pela
expressão legítima da
lei de liberdade.

André Luiz: Evolução em dois


mundos.
Jorge Andréa: Os impulsos
criativos da evolução
O desenvovimento do livre arbítrio, associado à melhoria do
senso moral e do senso intelectual, afasta o homem , pouco
a pouco, do individualismo e do personalismo, abrindo
espaço para o surgimento pleno da INTUIÇÃO Luiz: Evolução
em dois mundos.
A INTUIÇÃO, ASSOCIADA À MORALIDADE E AO
CONHECIMENTO PERMITE QUE O HOMEM CAMINHE EM
DIREÇÃO DA ENGELITUDE, AGINDO COM SOLIDARIEDADE
E ABNEGAÇÃO, EM TRABALHO INCESSANTE DE AMOR
AOS SEMELHANTES
“ O Espírito dorme no mineral ...

Agita no vegetal ...

Sonha no Animal ...

Desperta no Homem ! ”

Léon Dennis