Você está na página 1de 8

7.

4 - Os gases
perfeitos

www.aveiros.com.br
O gás como estado da matéria Estudos do Gases Perfeitos
Uma substância, quando aquecida, atinge uma determinada fase chamada fase de vapor.
Continuando o aquecimento do vapor, a partir de determinada temperatura, sob influência
de qualquer pressão, esse vapor não mais se liquefaz ou solidifica. A partir dessa
temperatura, chamada temperatura crítica, a substância passa a ser denominada gás.

Postulado da teoria cinética dos gases – Características do Gás Ideal

As regras do comportamento dos gases ideais foram estabelecidas por Robert


Boyle, Jacques Charles, Joseph Louís Gay-Lussac e Paul Emile Clapeyron, entre os
séculos XVII e XIX.
Basicamente, consideram-se no gás perfeito as seguintes características:

1) Os gases são formados por partículas chamadas moléculas;


2) As moléculas se encontram em movimento desordenado e obedecem aos
princípios fundamentais da mecânica newtoniana;
3) O número total de moléculas é muito grande;
4) O volume de cada molécula é uma fração mínima do volume ocupado pelo gás;
5) Exceto durante as colisões, não agem forças apreciáveis nas moléculas;
6) As colisões são perfeitamente elásticas e de duração desprezível.
Estudos do Gases Perfeitos

Gases Perfeitos
O estado de um gás é definido por apenas três variáveis:

• Volume
• Pressão Relacionadas

• Temperatura
Estudos do Gases Perfeitos

• Isotérmicas – Temperatura constante. “Lei de Boyle-Mariotte”


Consequências da Definição

P 1 Quanto mais afastado, maior a temperatura

2
T1 > T2 > T3
3

P.V Po.Vo P.V  P0 .V0 Ex: Quando alguém agita uma


 garrafa de coca-cola.
T To
Estudos do Gases Perfeitos

• Isobáricas – Pressão Constante. “Lei de Gay-Lussac”


Consequências da Definição

V 1
Quanto maior a inclinação,
2 maior a pressão

3
P1 > P2 > P3

T
P.V Po.Vo V Vo
  
T To T To Ex: leite fervendo a Pressão normal
Estudos do Gases Perfeitos

 Isométrica ou Isocórica – Volume Constante. “Lei de Charles”

Consequências da Definição

P Po
P.V Po.Vo
 
T To T To

Ex: Água dentro de uma panela de pressão.


Equação Geral dos Gases
Ao relacionar as três transformações gasosas obtemos a equação geral dos
gases.
P.V Po.Vo
Sistema termicamente Isolado. 
T To
Podemos estabelecer uma equação mais geral, conhecida como equação de
estado dos gases perfeitos ou ideais:

Equação de Clapeyron
onde:

P.V  n.R.T
P = pressão do gás
V = volume do gás
n = quantidade de mols
T = temperatura absoluta (Kelvin)
R = constante universal dos gases

Essa equação também é conhecida como equação de Clapeyron, onde R é a constante de


proporcionalidade dos gases perfeitos. Os três valores de R mais utilizados são: (2)
R= 0,082 atm . L . mol-1 . K-1
R= 62,3 mmHg . L . mol-1 . K-1
R= 8,31 KPa . L . mol-1 . K-1
7.4 - Estudo dos Gases
01. Na temperatura de 300 K e sob pressão de 1 atm, uma massa de gás perfeito ocupa o volume de 10
litros. Calcule a temperatura do gás quando, sob pressão de 2 atm, ocupa o volume de 20 litros.
02. Dentro de um recipiente de volume variável estão inicialmente 20 litros de gás perfeito à
temperatura de 200 K e pressão de 2 atm. Qual será a nova pressão, se a temperatura aumentar para
250 K e o volume for reduzido para 10 litros?
03. Um balão de borracha continha 3 litros de gás hélio, à temperatura de 27o C, com pressão de 1,1
atm. Esse balão escapuliu e subiu. À medida que o balão foi subindo, a pressão atmosférica foi
diminuindo e, por isso, seu volume foi aumentando. Quando o volume atingiu 4 litros, ele estourou. A
temperatura do ar naquela altura era 7o C. Calcule a pressão do gás em seu interior imediatamente
antes de estourar.
04. Um gás ocupa o volume de 500 ml à pressão de 1 atmosfera. Qual é o volume desse gás à pressão
de 4 atm, na mesma temperatura?
05. Um gás mantido à pressão constante ocupa o volume de 30 litros à temperatura de 300 K. Qual
será o seu volume quando a temperatura for 240 K?
06. Num recipiente de volume constante é colocado um gás à temperatura de 400 K e pressão de 75
cmHg. Qual é a pressão à temperatura de 1200 K?
07. Sob pressão de 5 atm e à temperatura de 0o C, um gás ocupa volume de 45 litros. Determine sob
que pressão o gás ocupará o volume de 30 litros, se for mantida constante a temperatura.
08. Uma certa massa de gás hélio ocupa, a 27o C, o volume de 2 m3 sob pressão de 3 atm. Se
reduzirmos o volume à metade e triplicarmos a pressão, qual será a nova temperatura do gás?
09. Num dia de tempestade, a pressão atmosférica caiu de 760 mmHg para 730 mmHg. Nessas
condições, qual o volume final de uma porção de ar que inicialmente ocupava 1 litro? (Suponha que a
temperatura não tenha variado)