Você está na página 1de 13

A geofísica como

método de
geoconservação
Considerações sobre um estudo de caso utilizando o método
GPR na localização de plumas de contaminação
1.A geofísica no contexto da geoconservação

2.Relação com o tema da monografia

3.Explicação GPR

4.Apresentação de um estudo de caso


A geofísica no contexto da geoconservação
“A Geoconservaçã o, em sentido amplo, tem como
objetivo a utilização e gestão sustentável de toda a
geodiversidade, englobando todo o tipo de recursos
geológicos.”

Brilha, 2005
Utilizações possíveis:
• Litologia;
• Estratigrafia;
• Profundidade do nível d’água;
• Presença de materiais como dutos enterrados;
• Presença de falhas ou fraturas nas rochas;
• Localização de sítios arqueológicos, e
• Localização de paleocanais.
Relação com o tema da monografia
Monografia: Aplicação de métodos de geofísica para a
avaliação de plumas de contaminação.

Pluma de contaminação por hidrocarbonetos. Fonte: Reis Júnior, 2009.


Métodos indicados na literatura: GPR, Eletromagnético,
Eletrorresistividade e Polarização Induzida.
Pluma de contaminação:

Adaptado de Geovinie, 2012


Explicação GPR
Ground Penetrating Radar

Altas frequências: 10 a 2500 MHz


Método de geofísica rasa

Leica DS2000.
Leica Geosystems

Reynolds, 1997
Radargrama contendo:
Anomalia em forma de hipérbole
Plano refletor encontrado

Adaptado de Scantech, 2017


Radargrama sendo formado:

Adaptado de L.Geophysicist, 2018


Estudo de caso
Estudo de Pluma de Contaminação por combustível com o
método GPR – Reis Júnior, 2009
Fonte de contaminação: posto de gasolina
Localização: Belém – PA

Posto de gasolina e poços próximos. Fonte: Reis Júnior, 2009.


Esquema da área do posto de gasolina:
13 perfis (P) de GPR
11 poços de monitoramento (PM)

Reis Júnior, 2009.


Biodegradação de hidrocarbonetos
Radargrama =
Atenuação do sinal eletromagnético
Perfil 5

Linhas: brancas= zonas atenuadas, azul= nível hidrostático, pretas pontilhadas=


camadas atenuadas. Reis Júnior, 2009.
Radargrama
Perfil 6

Linhas: brancas= zonas atenuadas, azul= nível hidrostático, pretas pontilhadas=


camadas atenuadas. Reis Júnior, 2009.
Mapas de atenuação do sinal eletromagnético:

Mapas de atenuação em Dez/08 e Mar/09. a) Atenuações para 1 m de profundidade. b)


Atenuações para 2 m de profundidade. c) Atenuações para 3 m de profundidade. Reis Júnior,
2009.