Você está na página 1de 24

SIMULAÇÃO DE UM REGULADOR DE TENSÃO

EM UM NÓ DE UMA REDE ELÉCTRICA

NILTON ANTÓNIO FERREIRA JOÃO

Orientador: Professor, Engenheiro Francísco Nápoles

Março 2019
1
ESTRUTURA

FUNDAMENTAÇÃO
INTRODUÇÃO METODOLOGIA
TEÓRICA

RESULTADOS CONCLUSÃO
INTRODUÇÃO 2

JUSTIFICAÇÃO

Para a operação normal de um sistema


eléctrico de potência temos que manter a
tensão da rede dentro de limites aceitáveis.
3

PROBLEMA

Como regular a tensão em um nó de uma


rede eléctrica frente a variações de cargas
de alta potência?
4

OBJECTIVO GERAL

Projectar e simular um regulador de tensão


para fins didáticos.
5

OBJECTIVOS ESPECIFICOS

 Abordar a necessidade da instalação dos reguladores de


tensão nas redes de transmissão e distribuição.
 Compreender os métodos de controle da tensão em um
sistema.
 Simular o comportamento de uma linha de transmissão
com controle de inductores e com controle de
capacitores
6
METODOLOGIA

Classificação da metodologia de pesquisa:

 Pesquisa bibliográfica

Praba Kundur

Electronics Workbench e NI Multisim


FUNDAMENTAÇÃO
7
TEÓRICA

2. COMPENSAÇÃO DE POTÊNCIA REACTIVA EM LINHAS DE


TRASNMISSÃO

 INTRODUÇÃO

 NECESSIDADE DE UTILIZAÇÃO DE REGULADORES DE


TENSÃO NA REDE DE TRANSMISSÃO E DISTRIBUIÇÃO.

 METODOS DE CONTROLE DE TENSÃO/ COMPENSAÇÃO DA


POTÊNCIA REACTIVA
8
2. COMPENSAÇÃO DE POTÊNCIA REACTIVA EM LINHAS DE
TRASNMISSÃO

 NECESSIDADE DE UTILIZAÇÃO DE REGULADORES DE TENSÃO NA


REDE DE TRANSMISSÃO E DISTRIBUIÇÃO.
Circuito equivalente de Thevenim Diagrama fasorial para carga
inductiva variável

Modelo mátemático da tensão nominal


9
2. COMPENSAÇÃO DE POTÊNCIA REACTIVA EM LINHAS DE
TRASNMISSÃO

 NECESSIDADE DE UTILIZAÇÃO DE REGULADORES DE TENSÃO NA


REDE DE TRANSMISSÃO E DISTRIBUIÇÃO.
Circuito equivalente de Thevenim Diagrama fasorial para carga
Capacitiva variável

Modelo mátemático da tensão nominal


10
2. COMPENSAÇÃO DE POTÊNCIA REACTIVA EM LINHAS DE
TRASNMISSÃO

 NECESSIDADE DE UTILIZAÇÃO DE REGULADORES DE TENSÃO NA


REDE DE TRANSMISSÃO E DISTRIBUIÇÃO.

Característiva V/I Efeito de variar a reactância da carga


11
2. COMPENSAÇÃO DE POTÊNCIA REACTIVA EM LINHAS DE
TRASNMISSÃO

 METODOS DE CONTROLE DE TENSÃO/ COMPENSAÇÃO DA


POTÊNCIA REACTIVA

Compensação shunt (paralela) Compensação série


12
4-PROJECTO E SIMULAÇÃO DE UM REGULADOR DE TENSÃO POR
COMUTAÇÃO DE INDUCTORES E CAPACITORES
1.CONTROLO DA TENSÃO DA LINHA POR COMUTAÇÃO DE INDUCTORES E
CAPACITORES

Controlo da tensão da linha por comutação de inductores e capacitores


13
4-PROJECTO E SIMULAÇÃO DE UM REGULADOR DE TENSÃO POR
COMUTAÇÃO DE INDUCTORES E CAPACITORES

CIRCUITO DE SIMULAÇÃO DO COMPORTAMENTO DAS DERIVAÇÕES

𝑉𝑟𝑒𝑓 =5V

Simulação do comportamento das derivações


14
4-PROJECTO E SIMULAÇÃO DE UM REGULADOR DE TENSÃO POR
COMUTAÇÃO DE INDUCTORES E CAPACITORES

CIRCUITO DE SIMULAÇÃO DO COMPORTAMENTO DAS DERIVAÇÕES

Tabela de verdade do circuito


Circuito combinacional do contador.
combinacional do contador.
15
Analise do comportamento da tensão num nó da linha de transmissão para
obter V2≈V2n

𝑋𝐷𝐷

𝑋𝐶 =-1099,6Ω 𝑋𝐿 = 1221,7Ω

19,5H
RESULTADOS 16

Analise do comportamento da tensão num nó da linha de transmissão para


obter V2≈V2n

219,723 V

Comportamento do sistema para carga nominal.


17
Analise do comportamento da tensão num nó da linha de transmissão para
obter V2≈V2n

180,643 V

Comportamento do sistema para máxima carga.


18
Analise do comportamento da tensão num nó da linha de transmissão para
obter V2≈V2n

224,883 V

Comportamento do sistema para máxima carga.


19
Analise do comportamento da tensão num nó da linha de transmissão para
obter V2≈V2n

275,87 V

Comportamento do sistema para mínima carga.


20
Analise do comportamento da tensão num nó da linha de transmissão para
obter V2≈V2n

220,241 V

Comportamento do sistema para mínima carga.


21
CONCLUSÃO

A regulação de tensão no sistema de transmissão


teve como objectivo compensar a reactância da
linha.

Como resultado final obtemos um sistema de


transmissão de energia eléctrica regulável por
meio de duas redes de comutação, uma de
inductores e outra de capacitores.
23
CONCLUSÃO

Recomendações para trabalhos futuros

Poderá integralmente ser usado outro simulador como o


SPICE.
24

“O QUE SABEMOS É UMA GOTA, O QUE IGNORAMOS É UM


OCEANO”

Sir Issack Newton