Você está na página 1de 24

HEPATITES

VIRAIS
HEPATITES E SEUS
TIPOS
Hepatites no Brasil
No Brasil, as hepatites virais mais comuns são
as causadas pelos vírus A, B e C.

2
Hepatite A
Vírus A (VHA)
Família: Picornaviridae
Gênero: Hepatovírus

3
Hepatite A

▸ A hepatite A é uma doença contagiosa, causada pelo


vírus A (VHA) e também conhecida como "hepatite
infecciosa".

Transmissão
▸ A transmissão do vírus é fecal-oral, através da ingestão
de água e alimentos contaminados ou diretamente de
uma pessoa para outra.

Sintomas
▸ Os mais frequentes são cansaço, tontura, enjoo e/ou
vômitos, febre, dor abdominal, pele e olhos
amarelados, urina escura e fezes claras. 4
Diagnóstico

▸ O diagnóstico da doença é realizado por exame de


sangue, no qual se procura por anticorpos anti-HAV.

Tratamento

▸ Após a confirmação, o profissional de saúde indicará o


tratamento mais adequado, de acordo com a saúde do
paciente. A doença é totalmente curável quando o portador
segue corretamente todas as recomendações médicas. Na
maioria dos casos, a hepatite A é uma doença de caráter
benigno.

5
Prevenção
A melhor forma de se evitar a doença é melhorando as
condições de higiene e de saneamento básico, como por
exemplo:
▸ Lavar as mãos após ir ao banheiro, trocar fraldas e antes de
comer ou preparar alimentos;
▸ Lavar bem, com água tratada, clorada ou fervida, os alimentos
que são consumidos crus, deixando-os de molho por 30
minutos;
▸ Cozinhar bem os alimentos antes de consumi-los,
principalmente mariscos, frutos do mar e carne de porco;
▸ Lavar adequadamente pratos, copos, talheres e mamadeiras;
▸ Não tomar banho ou brincar perto de valões, riachos,
enchentes ou próximo de onde haja esgoto a céu aberto; 6
Hepatite B
Vírus B (VHB)
Família: Hepadnaviridae
Gênero: Orthohepadnavirus

7
Hepatite B
▸ Causada pelo vírus B (HBV), a hepatite do tipo B é uma doença
infecciosa também chamada de soro-homóloga.
▸ A hepatite B pode se desenvolver de duas formas, aguda e crônica. A
aguda é quando a infecção tem curta duração. Os profissionais de
saúde consideram a forma crônica quando a doença dura mais de seis
meses.

Transmissão
▸ Como o VHB está presente no sangue, no esperma e no leite
materno, a hepatite B é considerada uma doença sexualmente
transmissível.
▸ por relações sexuais sem camisinha com uma pessoa infectada;
▸ da mãe infectada para o filho durante a gestação;
▸ por transfusão de sangue contaminado;

8
Sintomas

▸ Os mais frequentes são cansaço, tontura, enjoo e/ou vômitos,


febre, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e
fezes claras.

Diagnóstico

▸ O diagnóstico da hepatite B é feito por meio de exame de


sangue específico.

Tratamento
▸ Após o resultado positivo, o médico indicará o tratamento adequado.
Além dos medicamentos (quando necessários), indica-se corte no
consumo de bebidas alcoólicas pelo período mínimo de seis meses e
remédios para aliviar sintomas como vômito e febre.
9
Prevenção
Evitar a doença é muito fácil.

▸ Tomar as três doses da vacina;


▸ usar camisinha em todas as relações sexuais;
▸ não compartilhar objetos de uso pessoal, como lâminas
de barbear e depilar, escovas de dente, material de
manicure e pedicure e confecção de tatuagem e
colocação de piercings.

10
Hepatite C
Vírus C (VHC)
Família: Flaviviridae
Gênero: Hepacivirus

11
Hepatite C
▸ A hepatite C é causada pelo vírus C (HCV), já tendo sido
chamada de "hepatite não A, não B".
▸ O vírus C, assim como o vírus causador da hepatite B, está
presente no sangue. Apesar disso, não é considerada como
DST, por casos raros de transmissão por essa forma.

Transmissão
▸ Sexo sem camisinha com uma pessoa infectada (mais rara);
▸ da mãe infectada para o filho durante a gestação (mais rara);
▸ por transfusão de sangue contaminado;
▸ Compartilhamento de material para uso de drogas (seringas,
agulhas, cachimbos, entre outros), higiene pessoal (lâminas de
barbear e depilar, escovas de dente, alicates de unha ou outros
objetos que furam ou cortam) ou para confecção de tatuagem e
colocação de piercings;
12
Sintomas

▸ Os mais frequentes são cansaço, tontura, enjoo e/ou vômitos,


febre, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e
fezes claras.

Diagnóstico

▸ O diagnóstico da hepatite B é feito por meio de exame de


sangue específico.

Tratamento
▸ Após o resultado positivo, o médico indicará o tratamento adequado.
Além dos medicamentos (quando necessários), indica-se corte no
consumo de bebidas alcoólicas pelo período mínimo de seis meses e
remédios para aliviar sintomas como vômito e febre.
13
Prevenção
Não existe vacina contra a hepatite C, mas evitar a doença
é muito fácil.
▸ Não compartilhar com outras pessoas nada que possa
ter entrado em contato com sangue, como seringas,
agulhas e objetos cortantes.
▸ Entre as vulnerabilidades individuais e sociais, devem
ser considerados o uso de álcool e outras drogas e a
falta de acesso à informação e aos insumos de
prevenção como preservativos, cachimbos, seringas e
agulhas descartáveis.

14
Hepatite D
Vírus D (VHD)
Família: Deltaviridae
Gênero: ?

15
Hepatite D
▸ A hepatite D, também chamada de Delta, é causada
pelo vírus D (VHD).
▸ Mas esse vírus depende da presença do vírus do tipo B
para infectar uma pessoa.

Transmissão
▸ por relações sexuais sem camisinha com uma pessoa infectada;
▸ da mãe infectada para o filho durante a gestação;
▸ por transfusão de sangue contaminado;
▸ Compartilhamento de material para uso de drogas (seringas,
agulhas, cachimbos, entre outros), higiene pessoal (lâminas de
barbear e depilar, escovas de dente, alicates de unha ou outros
objetos que furam ou cortam) ou para confecção de tatuagem e
colocação de piercings;
16
Sintomas

▸ Os mais frequentes são cansaço, tontura, enjoo e/ou vômitos,


febre, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e
fezes claras.

Diagnóstico

▸ O diagnóstico da hepatite D é feito por meio de exame de


sangue específico.

Tratamento
▸ Após o resultado positivo, o médico indicará o tratamento adequado.
Além dos medicamentos (quando necessários), indica-se corte no
consumo de bebidas alcoólicas pelo período mínimo de seis meses e
remédios para aliviar sintomas como vômito e febre.
17
Prevenção
Evitar a doença é muito fácil.

▸ Tomar as três doses da vacina;


▸ usar camisinha em todas as relações sexuais;
▸ não compartilhar objetos de uso pessoal, como lâminas
de barbear e depilar, escovas de dente, material de
manicure e pedicure e confecção de tatuagem e
colocação de piercings.

18
Hepatite E
Vírus E (VHE)
Família: Caliciviridae
Gênero: Orthohepevirus

19
Hepatite E

▸ De ocorrência rara no Brasil e comum na Ásia e África,


a hepatite do tipo E é uma doença infecciosa viral
causada pelo vírus VHE.

Transmissão
▸ A transmissão do vírus é fecal-oral, através da ingestão
de água e alimentos contaminados ou diretamente de
uma pessoa para outra.

Sintomas
▸ Os mais frequentes são cansaço, tontura, enjoo e/ou
vômitos, febre, dor abdominal, pele e olhos
amarelados, urina escura e fezes claras. 20
Diagnóstico

▸ O diagnóstico da doença é realizado por exame de


sangue, no qual se procura por anticorpos anti-HEV.

Tratamento

▸ Na maioria dos casos, a doença não requer tratamento,


sendo proibido o consumo de bebidas alcoólicas,
recomendado repouso e dieta pobre em gorduras.
▸ A internação só é indicada em pacientes com quadro clínico
mais grave, principalmente mulheres grávidas.

21
Prevenção
A melhor forma de se evitar a doença é melhorando as
condições de higiene e de saneamento básico, como por
exemplo:
▸ Lavar as mãos após ir ao banheiro, trocar fraldas e antes de
comer ou preparar alimentos;
▸ Lavar bem, com água tratada, clorada ou fervida, os alimentos
que são consumidos crus, deixando-os de molho por 30
minutos;
▸ Cozinhar bem os alimentos antes de consumi-los,
principalmente mariscos, frutos do mar e carne de porco;
▸ Lavar adequadamente pratos, copos, talheres e mamadeiras;
▸ Não tomar banho ou brincar perto de valões, riachos,
enchentes ou próximo de onde haja esgoto a céu aberto; 22
QUESTÕES
AVALIATIVAS
A principal via de contágio do vírus da hepatite C (HCV) é
a fecal-oral, de modo que a transmissão ocorre por contato
humano ou pela ingestão de água e(ou) alimentos
contaminados.
A) CORRETO
B) ERRADO

A hepatite viral é uma infecção viral sistêmica, em que a


necrose e a inflamação das células hepáticas produzem
um conjunto característico de alterações clínicas,
bioquímicas e celulares. São exemplos de hepatites virais
com transmissão via fecal-oral:
A) A e B B) C e D C) A e E
D) B e C E) A e D
24