Você está na página 1de 38

Antiguidade Oriental: O Egito e a

Mesopotâmia

Profº Renato Brasil


ANTIGUIDADE
A antiguidade oriental trata-se do estudo das civilizações que surgiram na
região do crescente fértil.
AS CIVILIZAÇÕES DA ANTIGUIDADE

MESOPOTÂMIA – Rio Tigre e Eufrates


EGITO – Rio Nilo
PERSAS
FENÍCIOS
HEBREUS
A hidrografia foi um fator fundamental para a
SEDENTARIZAÇÃO e foi nas margens de
rios que se desenvolveram as primeiras
civilizações, isto é, formas de organização
social comandada por um ESTADO. Tais
civilizações são conhecidas como hidráulicas
CARACTERÍSTICAS GERAIS

Localização: Crescente Fértil e Nordeste da África


Sociedades Hidráulicas
Modo de produção asiático
Agropastoris
Artesanato/ ceramista
Comércio
Religião politeísta
EGITO ANTIGO
• Rio Nilo;
• Defesas Naturais: Desertos, Mar Mediterrâneo,
Mar Vermelho;
• Poucas invasões – longevidade;
• Isolamento cultural – estruturas sem
transformações;
• Comunidades primitivas = GENS;
• União de GENS = NOMOS (Nomarca = líder);
DIVISÃO DA HISTÓRIA EGÍPCIA
ANTIGO IMPÉRIO (3000-2300 AC)

 Menés (1º primeiro faraó)


 Tínis e Mênfis;
 Grandes pirâmides e obras de irrigação;
 ESTADO + altos funcionários = controle
administrativo;
 Revoltas no final do período (altos impostos e
trabalho excessivo);

MÉDIO IMPÉRIO (2050-1750 AC)

 Tebas;
 Faraós X Monarcas;
 Entrada de Hebreus no Egito;
 Invasão dos Hicsos (introdução de cavalos e
metalurgia).
NOVO IMPÉRIO (1580-525)

 Tebas;
 Xenofobia e militarismo;
 Escravização de hebreus (ÊXODO – retirada de hebreus do Egito);
 Conquistas territoriais (Palestina, Fenícia e Síria);
 Tentativa monoteísta (Amenófis IV – Aton);
 Decadência cultural e militar;
 Conquistados sucessivamente por persas, macedônios, romanos,
árabes, turcos e ingleses, só voltando a ser independente no século XX
de nossa época.
SOCIEDADE
RELIGIÃO

 POLITEÍSTAS (Vários Deuses)


 ANTROPOMÓRFICOS (Deuses com forma humana)
 ANTROPOZOOMÓRFICOS (Deuses com forma humana e animal)
 Os Deuses eram cheios de virtudes e defeitos.
 Acreditavam na vida pós-morte e retorno ao corpo
Hórus

Osíris
Isís

Anúbis
Seth Neftis
LEGADO CULTURAL

Medicina: desenvolvida em virtude dos egípcios acreditarem na vida


pós-morte e ter que buscar uma solução. Mumificação- processo pelo
qual era feito a conservação do corpo.
A anatomia: também foi desenvolvida em virtude dos conhecimento
oriundos da mumificação.
Astronomia: auxiliando no plantio e na colheita. Possibilitou a criação
de um calendário solar composto por 12 meses com 30 dias.
Matemática: auxiliando na cobrança de tributos.
Engenharia: auxiliando a construção de diques, pirâmides e obras
públicas.
A mumificação: era feita em famílias ricas devido ao alto custo da
mumificação.
FARAÓ TUTANCÂMOM
MESOPOTÂMIA

Estreita faixa de terra entre


os Rios Tigre e Eufrates. Esta
região foi invadida por
diversos povos: sumérios,
acádios, amoritas, assírios e
caldeus.
ASPECTOS GEOGRÁFICOS

 Alta Mesopotâmia – Montanhosa e desértica, menos fértil.


 Média e Baixa Mesopotâmia, eram constituídas de planícies muito
férteis.
 Os rios Tigre e Eufrates correm de noroeste para sudeste, desaguando
no Golfo Pérsico. Suas enchentes eram violentas.
SUMÉRIOS

 Os primeiros a ocupar a região.


 Não possuíam um Estado centralizado.
 Organizavam-se em cidades-estado, cada qual com seu governo
autônomo.
 As cidades-estados eram governadas por um PATESI que exercia
autoridade política e religiosa.
OS SUMÉRIOS CRIARAM:

 A escrita cuneiforme.
 Foram a base da civilização
 Divisão do dia em 24 horas, da hora em 60 minutos e do minuto em
60 segundos.
 Dividiram o círculo em 360 graus e elaboraram o calendário de 12
meses.
 Construíram zigurates.
ACÁDIOS – 2.300 A.C

 Sargão I, Rei de ACAD, conquistou a s cidades


sumerianas e unificou a MESOPOTÂMIA.
AMORITAS – babilônios – 2000/1600 a.c

 Babilônia era capital do Império.


 O apogeu do Primeiro Império
Babilônico ocorreu com Hamurabi que
criou o primeiro código de leis escritas.
 Primeiro código de leis – princípio” olho
por olho , dente por dente”
ASSÍRIOS - 1300/612 A.C -
 Viviam ao norte do território Mesopotâmia e eram constantemente
atacados.
 Época marcada pelo militarismo e expansionismo assírio
estendendo seu domínio até ao Egito.
 Assírios ficaram conhecidos pelos massacres, torturas, mutilações e
deportações praticados com os povos vencidos.
 CALDEUS ALIARAM-SE AOS MEDOS E DESTRUÍRAM
Nínive, capital assíria.
CALDEUS – 612-539 A.C

 Povo de origem semita ocuparam o sul da Mesopotâmia e que, após


a destruição de Nínive, partilhou com os medos as saques do
Império Assírio.
 Nabucodonosor conquistou o reino de Judá, destruiu Jerusalém e
levou os hebreus como escravos para a Babilônia.
 Construiu a Torre de Babel e os Jardins Suspensos da Babilônia
FENÍCIA

 Estreita faixa de terra comprimida entre a Cordilheira do


Líbano e o Mar Mediterrâneo.
 Organizada em Cidades-estados: Tiro, Sidon, Biblos e Ugarit.
 Comerciantes e marinheiros
 Fundaram colônias como entrepostos comerciais – Cartago no
norte de África foi fundada por Tiro;
LOCALIZAÇÃO GEOGRÁFICA
 Regime político das cidades-estados era uma monarquia
teocrática, onde o poder era exercido por um rei,
assessorado por comerciantes da oligarquia comercial
(talassocracia).
 DESCENTRALIZAÇÃO política é a marca desta
civilização.
 A maior realização: ALFABETO – 22 símbolos
convencionais.
HEBREUS

 Terra situada entre o Rio Jordão e o


Mar Mediterrâneo.
PATRIARCAS

 Abraão foi o primeiro patriarca.


 1750 a.C foram ao Egito onde o faraó os tornou escravos por 400 anos.
 O Cativeiro do Egito só terminou quando Moisés libertou os hebreus e
os conduziu `Palestina – Êxodo – durou 40 anos.
JUÍZES

 A necessidade da guerra levaram a gradual centralização da


autoridade nas mãos de líderes políticos e militares, que recebiam o
título de juízes.
 Foi um período de transição.
REIS

 Davi foi sucessor de Saul. Derrotou os filisteus e os cananeus,


conquistando a cidade de JERUSALÉM E TRANSFORMANDO-A NA
CAPITAL DA MONARQUIA.

 Cisma – A morte de Salomão assinalou o declínio da monarquia, gastos


excessivos, aumentos dos impostos provocaram a divisão.
RELIGIÃO HEBRAICA
 Monoteísmo de conteúdo ético.
 Judaísmo
 Torah
 Dez mandamentos
 Pentateuco
 O Judaísmo influenciou o ISLAMISMO E O CRISTIANISMO.
PERSAS

 Ciro dominou os medos e deu origem ao Império Persa, implementou uma


política militarista, conquistando diversos territórios.
 Era o mais extenso do Oriente Antigo habitado por um mosaico de povos,
cuja diversidade de usos e costumes, tradições era preservado pelos
persas.
 Respeitavam a cultura dos povos vencidos.
DARIO
 Organizou o Império em satrápias, governadas por sátrapa, criou
os correios reais, inspetores reais, dárico e construiu estradas.
 Seu reinado assinalou o apogeu e o declínio do império persa,
quando iniciou as Guerras Médicas 500/479 a.C
GUERRAS MÉDICAS 500-479 A.C

 Pérsia X Grécia = Grécia


 Causas: disputas entre gregos e persas por espaços de comércio –
imperialismo grego e persa.
 A Grécia saiu vitoriosa do conflito e iniciou a decadência persa.
 Ocorreram três batlhas: Maratona, Salamina (terrestre – ‘300” e a
naval) e a Plateia.
RELIGIÃO PERSA.
 Fundador ZORASTRO ou ZARATUSTRA
 Religião conhecida como Zoroastrismo ou mazdeísmo.
 Possuía caráter dualista.
 Ormuz, deus do bem X Arimã, deus do mal.
 Crença no juízo final.