Você está na página 1de 61

Estruturas

Organizacionais

1
Teoria da Administração
CON CEI TO DE ES TR UTURA
Auré lio , entr e muitas out r as ,
of er ece es ta definição par a o
te r mo ESTR UTURA :
“A DISPOS IÇÃ O E ORD EM DAS
PAR TE S DE UM TOD O”
Ex emplo nos so: estr utur a
familiar .

2
Teoria da Administração
QUE É ESTRUTURA
ORGANIZACIONAL?
• PI NHO (2007, p. 69) DE FI NE
ESTR UTU RA ORG ANIZAC IONAL COM O
“I NSTR UMEN TO ADMI NISTRA TI VO
RE SULT AN TE DA IDEN TIFI CAÇÃ O,
AN ÁLI SE, ORD EN AÇÃ O E
AG RUPPAM EN TO DAS ATI VI DADES E
DO S REC UR SO S DA S EMP RE SAS” .
• INC LU EM- SE AÍ OS NÍVEI S DE
ALA ÇA DA E PR OCEC ESS OS
DE CI SÓ RIOS , PAR A ALC EN CE DOS
OBJETI VO S EST AB ELEC IDO S PE LOS
PLA NEJA MEN TOS DA E MPR ESA.
3
Teoria da Administração
TIPOS DE ESTRUTURA

• OS TIPOS RESULTAM DA
FORMA DE
DEPARTAMENTALIZAÇÃO
ADOTADA PELA EMPRESA
• EXEMPLOS: FUNCIONAL,
CLIENTES, PRODUTOS,
TERRITORIAL, MATRICIAL ETC.

4
Teoria da Administração
COMPONENTES DA
ESTRUTURA
ORGANIZACIONAL
• SÃO TRÊS:
• 1 – SISTEMA DE
RESPONSABILIDADES
• 2 – SISTEMA DE AUTORIDADES
• 3 – SISTEMA DE
COMUNICAÇÕES

5
Teoria da Administração
1-SISTEMA DE
RESPONSABILIDADES –
• É A A TUA ÇÃO PROF IS SIONA L D E
QUA LID ADE NOS TR ABALHOS E
DE BUSC A DE RESU LTADOS ;
• É O RESULTADO DA ALOCAÇÃO
DAS ATIVIDADES – CONSTITUÍDO
POR:

6
Teoria da Administração
COMPONENTE 1: SISTEMA
DE RESPONSABILIDADES
• A) DEPARTAMEN TALI ZAÇÃO

• B) LI NHA E ASSESSO RI A

• C) ATRI BU IÇÕ ES DAS


UNIDAD ES
ORG AN IZACI ONAI S
7
Teoria da Administração
COMPONENTE 1: SISTEMA
DE RESPONSABILIDADES
• A) DEPARTAMENTALIZAÇÃO
• É O AGRUPAMENTO DE
ATIVIDADES E OS
CORRESPONDENTES
RECURSOS, FINANCEIROS,
TECNOLÓGICOS, MATERIAIS E
EQUIPAMENTOS, EM
UNIDADES ORGANIZACIONAIS,
8
Teoria da Administração
COMPONENTE 1: SISTEMA
DE RESPONSABILIDADES
• B) LINHA E ASSESSORIA
• PINHO(2007) CONSIDERA DUAS
MANEIRAS DE DIFERENCIAR AS
ATIVIADES DE LINHA E DE
ASSESSORIA NAS EMPRESAS.

9
Teoria da Administração
COMPONENTE 1: SISTEMA
DE RESPONSABILIDADES
• B) LINHA E ASSESSORIA
• NA PRIMEIRA, CONSIDERA-SE
QUE AS UNIDADES DE LINHA
TÊM AÇÃO DE COMANDO,
ENQUANTO AS ASSESSORIAS
NÃO TÊM AÇÃO DE COMANDO,
MAS DE ACONSELHAMENTO.

10
Teoria da Administração
COMPONENTE 1: SISTEMA
DE RESPONSABILIDADES
• B) LINHA E ASSESSORIA
• A SEGUNDA FORMA DE
DIFERENCIAÇÃO CONSIDERA QUE
AS UNIDADES ORGANIZACIONAIS
DE LINHA SÃO LIGADAS ÀS
ATIVIDADES-FIM DA EMPRESA,
ENQUANTO AS UNIDADES DE
ASSESSORIA SÃO LIGADAS ÀS
ATIVIDADES-MEIO.
11
Teoria da Administração
COMPONENTE 1: SISTEMA
DE RESPONSABILIDADES
• C) A TRIB UIÇ ÕE S DAS UNID ADES
ORGA NIZA CIO NA IS

• TEM COMO B ASE A


ESPE CIA LIZ AÇÃ O DO
TRABALHO .
• A ES PEC IA LIZA ÇÃO REFER E-SE
AO MA IOR CO NH EC IME NT O DOS
DIF ERENT ES AS PEC TOS QUE
DETE RMIN ADO TR ABALHO
EXIGE PARA SE R EXECUT ADO.
12
Teoria da Administração
COMPONENTE 2:
SISTEMA DE
AUTORIDADES
• (distribuição do poder)
• A) AMPLITUDE
ADMINISTRATIVA (OU DE
AUTORIDADE)
• B) NÍVEIS HIERÁRQUICOS
• C) - DELEGAÇÃO
• D) CENTRALIZAÇÃO OU
DESCENTRALIZAÇÃO
13
Teoria da Administração
COMPONENTE 2:
SISTEMA DE
AUTORIDADES
• A) AMPLITUDE ADMINISTRATIVA
(OU DE AUTORIDADE)
• É O DIREITO ESTABELECIDO DE SE
DESIGNAR O QUE – E, SE
NECESSÁRIO, COMO, POR QUEM,
QUANDO E POR QUANTO - DEVE
SER REALIZADO EM SUA ÁREA DE
RESPONSABILIDADE NA EMPRESA.

14
Teoria da Administração
COMPONENTE 2:
SISTEMA DE
AUTORIDADES
• B) NÍVEIS HIERÁRQUICOS
• TÊM REPRESENTAÇÃO
GRÁFICA DE UMA
PIRÂMIDE; SÃO OS VÁRIOS
NÍVEIS QUE COMPÕEM A
HIERARQUIA DE UMA
ESTRUTURA
ORGANIZACIONAL.

15
Teoria da Administração
COMPONENTE 2:
SISTEMA DE
AUTORIDADES
• B) NÍVEIS
HIERÁRQUICOS
• OBS. ÀS VEZES, SUPRIMIR
NÍVEIS HIERÁRQUICOS
MELHORA O PROCESSO
DECISÓRIO NAS EMPRESAS.

16
Teoria da Administração
COMPONENTE 2:
SISTEMA DE
AUTORIDADES
• C) DELEGAÇÃO
• É O PROCESSO DE TRANSFERÊNCIA
DE DETERMINADO NÍVEL DE
AUTORIDADE DE UM CHEFE PARA
SEU SUBORDINADO, CRIANDO O
CORRESPONDENTE COMPROMISSO
PELA EXECUÇÃO DA TAREFA
DELEGADA.

17
Teoria da Administração
COMPONENTE 2:
SISTEMA DE
AUTORIDADES
• C) DELEGAÇÃO

• ALGUMAS PREMISSAS
IMPORTANTES PARA A
ADEQUADA DELEGAÇÃO:

18
Teoria da Administração
COMPONENTE 2:
SISTEMA DE
AUTORIDADES
• C) DELEGAÇÃO

• A AUTORIDADE DEVE SER


DELEGADA NA MEDIDA
NECESSÁRIA PARA OBTENÇÃO
DOS RESULTADOS ESPERADOS.

19
Teoria da Administração
COMPONENTE 2:
SISTEMA DE
AUTORIDADES
• C) DELEGAÇÃO
• A AUTORIDADE DEVE SER
PROPORCIONAL AO NÍVEL DE
RESPONSABILIDADE ALOCADA
AO CARGO E/OU FUNÇÃO.

20
Teoria da Administração
COMPONENTE 2:
SISTEMA DE
AUTORIDADES
• C) DELEGAÇÃO

• A RESPONSABILIDADE NÃO PODE


SER DELEGADA, POIS NEM O CHEFE
NEM O SUBORDINADO PODEM
LIVRAR-SE TOTALMENTE DE SUAS
OBRIGAÇÕES, DESIGNANDO
OUTROS PARA REALIZÁ-LAS.

21
Teoria da Administração
COMPONENTE 2:
SISTEMA DE
AUTORIDADES
• C) DELEGAÇÃO
• A CLAREZA NA DELEGAÇÃO É
FUNDAMENTAL, COM
DESIGNAÇÃO PRECISA,
ENTENDIDA E ACEITA.

22
Teoria da Administração
COMPONENTE 2:
SISTEMA DE
AUTORIDADES
• D) CENTRALIZAÇÃO OU
DESCENTRALIZAÇÃO
• A CENTRALIZAÇÃO É A MAIOR
CONCENTRAÇÃO DO PODER
DECISÓRIO NA ALTA
ADMINISTRÇAÃO DA EMPRESA.

23
Teoria da Administração
COMPONENTE 2:
SISTEMA DE
AUTORIDADES
• D) CENTRALIZAÇÃO OU
DESCENTRALIZAÇÃO
• A DESCENTRALIZAÇÃO É A MENOR
CONCENTRAÇÃO DO PODER
DECISÓRIO NA ALTA
ADMINISTRÇAÃO DA
EMPRESA,SENDO, PORTANTO, MAIS
BEM DISTRIBUÍDO PELOS DIVERSOS
NÍVEIS HIERÁRQUICOS.
24
Teoria da Administração
COMPONENTE 3: SISTEMA
DE COMUNICAÇÕES
• RESU LTA DO DA I NTERAÇÃO
EN TR E AS UNIDADES
ORG AN IZACI ONAI S,
CO NSTI TU ÍD A PO R:

25
Teoria da Administração
COMPONENTE 3: SISTEMA
DE COMUNICAÇÕES
• O QUE COMUNICAR;
• POR QUE COMUNICAR;
• COMO, QUANDO, QUANTO, DE QUEM
E PARA QUEM COMUNICAR.

26
Teoria da Administração
COMPONENTE 3: SISTEMA
DE COMUNICAÇÕES
• DE MANEIRA GENÉRICA,
EXISTEM DOIS TIPOS DE
ESQUEMA DE COMUNICAÇÃO
NUMA EMPRESA.
• COMUNICAÇÃO FORMAL E
• COMUNICAÇÃO INFORMAL

27
Teoria da Administração
COMPONENTE 3: SISTEMA
DE COMUNICAÇÕES
• O ESQUEMA DE COMUNICAÇÃO
FORMAL É O
CONSCIENTEMENTE
PLANEJADO, FACILITADO E
CONTROLADO; SEGUE A
CORRENTE DE COMANDO
NUMA ESCALA HIERÁRQUICA.

28
Teoria da Administração
COMPONENTE 3: SISTEMA
DE COMUNICAÇÕES
• O ESQUEMA DE COMUNICAÇÃO
INFORMAL SURGE
ESPONTANEAMENTE NA
EMPRESA, EM REAÇÃO ÀS
NECESSIDADES DE SEUS
MEMBROS.

29
Teoria da Administração
COMPONENTE 3: SISTEMA
DE COMUNICAÇÕES
• FLUXOS DA COMUNICAÃO:
• HORIZONTAL (ENTRE UNIDADES DO
MESMO NÍVEL HIERÁRQUICO)
• DIAGONZAL OU TRANSVERSAL
(ENTRE UNIDADES E NÍVEIS
DIFERENTES)
• VERTICAL (ENTRE NÍVEIS
HIERÁRQUICOS DIFERENTES, MAS
DA MESMA ÁREA DE AUTAÇÃO)

30
Teoria da Administração
COMPONENTE 3: SISTEMA
DE COMUNICAÇÕES –
COMUNICADO INTERNO
• Do: P res iden te
• Ao: S up er inten den tes
• Pedimos comunicar aos nossos empregados o seguinte.
• Às dezessete horas da próxima sexta-feira o Cometa de
Halley, cujo nome é uma homenagem ao cientista que o
descobriu, passará por esta região. Esse fenômeno
celeste ocorre somente a cada 76 anos. Dessa forma,
pedimos que faça reunir todos os nossos empregados no
pátio da fábrica quando explicarei o fenômeno para eles.
Todos deverão usar capacete de segurança. Se, por
acaso, estiver chovendo nessa hora não poderemos
apreciar esse belo espetáculo a olho nu. Se isto ocorrer,
todos deverão se dirigir ao refeitório onde será exibido
um filme documentário sobre o Cometa de Halley.
• Atenciosamente,
• Presidente

31
Teoria da Administração
COMPONENTE 3: SISTEMA
DE COMUNICAÇÕES –
COMUNICADO INTERNO
• Do: S uperintendent e
• Ao: Chefes de Depart am ent o
• De ordem do Senhor Presidente, na
próxima sexta-feira às 17 horas, o Cometa
de Halley vai aparecer sobre o pátio da
fábrica. Se chover, por favor, reúna os
funcionários todos de capacete de
segurança e os encaminhe ao refeitório,
onde o raro fenômeno terá lugar, o que
acontece a cada 76 anos a olho nu. Todos
os empregados devem comparecer.
• Atenciosamente,
• Superintendente
32
Teoria da Administração
COMPONENTE 3: SISTEMA
DE COMUNICAÇÕES –
COMUNICADO INTERNO
• Do: Chefe do Depart amento
• Ao: Chefes da Divisã o
• A convite do nosso estimado Presidente, o
grande cientista Halley, de 76 anos, vai
aparecer nu no refeitório da fábrica,
usando capacete, pois vai ser apresentado
um filme sobre os problema da segurança
durante a chuva, às cinco da tarde de
sexta-feira. Se não chover, o mesmo levará
a demonstração para o pátio da fábrica. É
obrigação de todos irem.
• Atenciosamente,
• Chefe do Departamento
33
Teoria da Administração
COMPONENTE 3: SISTEMA
DE COMUNICAÇÕES –
COMUNICADO INTERNO
• Do: Chefe da Divi são
• Ao: Supervi sores
• Na sexta-feira, às cinco horas, o
presidente, pela primeira vez em 76 anos,
vai aparecer no refeitório da fábrica para
filmar o famoso cientista Halley Nu e sua
equipe. Todo mundo deve estar lá de
capacete, pois vai ser apresentado um
show sobre a segurança na chuva. O
presidente levará a banda para o pátio da
fábrica se não chover, por obrigação.
• Atenciosamente,
• Chefe da Divisão
34
Teoria da Administração
COMPONENTE 3: SISTEMA
DE COMUNICAÇÕES –
COMUNICADO INTERNO
• Do: Supervi sor
• Aos Funci onári os
• Todo mundo nu, sem exceção, deve estar
com a segurança no pátio da fábrica na
próxima sexta-feira, às cinco horas, pois o
manda-chuva (Presidente) e o famoso
guitarrista Halley estarão lá para mostrar o
filme "Dançando na chuva", coisa rara.
Caso comece a chover, é para ir pro
refeitório na mesma hora. O Show será lá,
o que acontece a cada 76 anos.
• Supervisor

35
Teoria da Administração
COMPONENTE 3: SISTEMA
DE COMUNICAÇÕES –
COMUNICADO INTERNO
• De um operário p ara o s outr os.
• Olha aí, peãoza da:
• Na sexta-feira, o presidente vai fazer
76 anos e liberou geral para a festa,
às 5 horas, no refeitório. O manda-
chuva contratou Bill Halley e seus
Cometas. Todo mundo deve ir nu e
de capacete porque a banda é muito
louca e o rock vai rolar solto até no
pátio, mesmo com chuva.
• Todo mundo lá.
36
Teoria da Administração
Organizar
4 Condicionantes da
estrutura
• 1. OBJE TIVOS
ES TRA TÉGI COS E
POLÍ TI CAS
ES TAB ELECIDA S PE LA
EMPRES A

37
Teoria da Administração
Organizar
4 Condicionantes da
estrutura
• 2.AMBIENTE DA EMPRESA
• 3.EVOLUÇÃO
TECNOLÓGICA E
TECNOLOGIA APLICADA
NA EMPRESA;

38
Teoria da Administração
Organizar
4 Condicionantes da
estrutura
• 4. RECURSOS HUMANOS
• (HABILIDADES,
CAPACITAÇÕES,
MOTIVAÇÃO,
COMPORTAMENTO PARA
COM OS RESULTADOS DA
EMPRESA)
39
Teoria da Administração
Organizar
4 Condicionantes da
estrutura – DEFININDO...
• 1. OB JET IVO S ESTR ATÉG ICO S E
PO LÍ TI CAS ESTA BELECI DAS PELA
EMPR ES A
• OBJE TI VO - É O ALVO O
RE SU LTAD O QUE SE PR ETE ND E
ALC ANÇA R;
• EST RA TÉG IA - É A DE NIÇÃ O DO
CA MI NHO MA IS ADEQ UADO PA RA
SE ALCA NÇA R O OBJE TI VO ;
• PO LÍ TI CAS – SÃO PA RÂ METR OS OU
O A OR IEN TAÇ ÃO PA RA TO MA DA
DE DEC ISÃ O.
40
Teoria da Administração
Organizar
4 Condicionantes da
estrutura – DEFININDO...
• 2. AMBIEN TE DA EMPR ESA

• ROTE IR O PA RA ANÁ LISE DO


AMB IE NT E EXTE RNO :
• - DET ERMINA R O PÚB LICO
EXTE RNO CUJOS DES EJOS A
EMPR ESA PRECIS A A TE ND ER.

41
Teoria da Administração
Organizar
4 Condicionantes da
estrutura – DEFININDO...
• 2. AMBIEN TE DA EMPR ESA
• ROTE IR O PA RA ANÁ LISE DO
AMB IE NT E EXTE RNO :
• - DET ER MINA R COMO ES SE S
DESE JOS OU NE CES SIDADE S
SÃO COMUN ICA DOS À
EMPR ESA
• - DETE RMINA R DE QUE
MA NEIR A ES SA S
IN FOR MA ÇÕES SÃ O
REGIS TR ADAS
42
TR ANSM ITID AS
Teoria da Administração
Organizar
4 Condicionantes da
estrutura – DEFININDO...
• 3. EVOL UÇ ÃO TEC NOL ÓGIC A

• É O PR OCES SO GR ADATIV O E
CUMUL ATIV O DOS
CONHE CIME NT OS QUE TÊM
IN FLUÊ NC IA DIR ETA OU
IN DIR ET A SOB RE OS
NE GÓ CIOS , PR ODUT OS E
SER VIÇ OS DE UMA EMPR ES A
OU CONJ UNTO DE EM PR ESAS .
43
Teoria da Administração
Organizar
4 Condicionantes da
estrutura – DEFININDO...
• 3. EVOL UÇ ÃO TEC NOL ÓGIC A
• TEC NOL OGIA É O CON JUN TO
DE CONH EC IM ENT OS QUE SÃ O
UT IL IZ ADOS PARA
OP ERACIONA LIZA R, DE
FORMA OT IMIZ ADA, AS
DIV ERSA S ATIV ID ADES DA
EMPR ESA.

44
Teoria da Administração
Organizar
4 Condicionantes da
estrutura – DEFININDO...
• 4. RECUR SOS HU MA NOS

• SÃO PESS OA S QUE REALIZ AM


OS TRABALHOS NEC ESS ÁRIOS
PARA QUE OS OB JET IV OS
OR GA NIZ ACION AIS SEJ AM
ALCANÇADOS .

45
Teoria da Administração
Organizar
4 Condicionantes da
estrutura – DEFININDO...
• 4. RECUR SOS HU MA NOS
• SEG UN DO SIM ER AY (1970), O
COEF IC IE NT E HU MA NO QUE
DETE RMIN A A QU ALID ADE DA
EST RUT UR A
OR GA NIZ ACION AL RE SUL TA
DOS SE GU INT ES F ATO RES :

46
Teoria da Administração
Organizar
4 Condicionantes da
estrutura – DEFININDO...
• 4. RECUR SOS HU MA NOS
• - O VALOR DAS PE SS OAS
• - O CON HE CIMEN TO QUE EL AS
POS SU EM DA ES TR UTU RA
OR GA NIZ ACION AL
• - SUA MOT IV AÇÃO PARA FAZÊ -
LA FUN CIONA R DA ME LHOR
FORMA POSS ÍV EL

47
Teoria da Administração
Organizar
Variáveis Que Influenciam a
Estrutura
Variável Alternativas
Ambiente Estável Instável
Metas eficiência adaptação
enfatizam interna aos
mercados
Tecnolo- Rotineiras não
gias rotineiras
Tamanho Grande Pequeno
48
Teoria da Administração
Organizar
3 são os níveis de influência
da estrutura
• NÍVEL E ST RATÉE GICO
• NÍVEL T ÁTICO
• NÍVEL OP ERA CIONAL

49
Teoria da Administração
Organizar
3 são os níveis de influência
da estrutura
• NÍVEL E ST RATÉG ICO
• O PLA NEJAM EN TO EST RAT ÉG ICO
PO DE SER CONC EI TUA DO CO MO
UM PR OC ESS O AD MI NISTR ATI VO
QUE PO SSI BILI TA AO EXEC UTI VO
DE FI NIR O RUMO A SE R SEG UIDO
PELA EMPR ES A, CO M VISTA S A
ALC ANÇA R A OTI MI ZA ÇÃO NA S
RE LAÇ ÕES DA EMP RESA COM SEU
AM BI ENT E.

50
Teoria da Administração
Organizar
3 são os níveis de influência
da estrutura
• NÍVEL T ÁTICO
• O PLA NE JA MENT O TE M
POR FINALIDA DE
OTI MIZAR
DETE RMINAD A ÁR A DE
RESULT ADO E NÃ O A
EMPRES A COMO UM
TODO.
51
Teoria da Administração
Organizar
3 são os níveis de influência
da estrutura
• NÍVEL T ÁTICO
• UM EX EMP LO DE INF LUÊN CIA
DO NÍV EL TÁTICO É A
DIV IS ÃO DE UMA ÁREA DA
EMPR ESA EM DUAS ÁREA S
ESP EC ÍFIC AS. (PR ODU ÇÃO E
TÉC NIC A) PA RA ADMIN IST RAR
ME LHO R OS REC URSO S DA
EMPR ESA.

52
Teoria da Administração
Organizar
3 são os níveis de influência
da estrutura
• NÍVEL OP ERA CIONAL
• É A FORMA LIZ AÇÃO DAS
ME TO DOL OGIA S DE
DESE NV OLVIME NT O E
IMP LEMEN TA ÇÃO
EST ABEL EC ID AS PE LA
EMPR ESA.

53
Teoria da Administração
Organizar
3 são os níveis de influência
da estrutura
• NÍVEL OP ERA CIONAL

• UM EX EMP LO DE INF LUÊN CIA


DE NÍV EL OP ERACION AL POD E
SER A CRIA ÇÃO DE UMA
UN ID ADE DE O & S,
ALTER AN DO A ES TR UTU RA
OR GA NIZ ACION AL DA ÁREA
DE SIST EMA S.
54
Teoria da Administração
NÍVEIS DE ABRANGÊNCIA
DA ESTRUTURA
ORGANIZACIONAL
• 1 – NÍVEL DA EMPRESA
• 2 – NÍVEL DA UNIDADE
ESTRATÉGICA DE NEGÓCIO
• 3 – NÍVEL DA CORPORAÇÃO

55
Teoria da Administração
NÍVEIS DE ABRANGÊNCIA
DA ESTRUTURA
ORGANIZACIONAL
• 1 – NÍVEL DA EMPRESA
• Os estudos e análises
organizacionais abrangem a
empresa como um todo.

56
Teoria da Administração
NÍVEIS DE ABRANGÊNCIA
DA ESTRUTURA
ORGANIZACIONAL
• 2 – NÍVEL DA UNIDADE
ESTRATÉGICA DE NEGÓCIO

• UNIDADE ESTRATÉGICA DE
NEGÓCIO – UEN – É UMA UNIDADE
DA EMPRESA RESPONSÁVEL POR
DESENVOLVER UMA OU MAIS
ÁREAS ESTRATÉGICAS DE
NEGÓCIO, AEN.
57
Teoria da Administração
NÍVEIS DE ABRANGÊNCIA
DA ESTRUTURA
ORGANIZACIONAL
• 2 – NÍVEL DA UNIDADE
ESTRATÉGICA DE NEGÓCIO
• AEN – É UMA PARTE (OU
SEGMENTO) DO MERCADO COM
QUE A EMPRESA, POR MEIO DE
SUAS UEN, RELACIONA-SE DE
FORMA ESTRATÉGICA OU
OTIMIZADA.
58
Teoria da Administração
NÍVEIS DE ABRANGÊNCIA
DA ESTRUTURA
ORGANIZACIONAL
• AMPLITUDE IDEAL DAS UEN
• CONSIDERA-SE COMO IDEAL
QUE A UEN ENGLOBE AS
SEGUINTES ATIVIDADES:
• P&D – PESQUISA E
DESENVOLVIMENTO;
• PRODUÇÃO
• VENDAS.
59
Teoria da Administração
NÍVEIS DE ABRANGÊNCIA
DA ESTRUTURA
ORGANIZACIONAL
• 3 – NÍVEL DA CORPORAÇÃO
• CONSIDERA-SE A
ADMINISTRAÇÃO
CORPORATIVA AQUELA QUE
CONGREGA MAIS DE UMA
UNIDADE DE NEGÓCIO.

60
Teoria da Administração
NÍVEIS DE ABRANGÊNCIA
DA ESTRUTURA
ORGANIZACIONAL
• TRABALHOS DE PESQUISA
PARA OS GRUPOS SOBRE
GOVERNANÇA CORPORATIVA E
REDE DE INTEGRAÇÃO DE
EMPRESAS - MODERNAS
FORMAS DE ESTRUTURAR
ORGANIZAÇÕES.

61
Teoria da Administração

Interesses relacionados