Você está na página 1de 16

FATORES QUE

INFLUENCIAM NO PICO
DA DENSIDADE ÓSSEA
A densidade óssea de um
indivíduo adulto, depende da
diferença entre o pico de massa
óssea alcançado no final do
período de maturação sexual e
esquelética, e as perdas
acumuladas durante a vida.
O conceito de pico de massa
óssea
Desde a fase do nascimento até a formação
completa do esqueleto, em um indivíduo normal,
há um acúmulo de cálcio pelo organismo,
fazendo com que ocorra o processo de
calcificação completa do esqueleto
cartilaginoso. Acredita-se que por volta dos
18/21 anos de idade é que esta calcificação
esteja completa sendo, nesta fase, atingida a
quantidade máxima de cálcio dentro do
organismo, ou seja, o PICO DE MASSA ÓSSEA
Fatores que Influenciam o Pico de Massa Óssea
A enorme variabilidade observada no pico de
massa óssea está relacionada, principalmente:

 Fatores genéticos
• Indivíduos da raça negra tem maior DMO que indivíduos
da raça branca estes, por sua vez, possuem valores
maiores quando comparados aos asiáticos.

 Parâmetros antropométricos (peso e altura)


• Jovens mais obesas e que não se utilizaram de
medicações a base de hormônios tireoidianos para
perda de peso tenham um pico de massa óssea maior
do que meninas magras.
Fatores que Influenciam o Pico de Massa Óssea

 Alimentação
O cálcio é o principal componente mineral do tecido
ósseo, se depositando ao redor de uma malha
protéica. A deficiência nutricional de qualquer
elemento que limite a capacidade do organismo em
sintetizar matriz óssea poderá influenciar no tamanho
dos ossos e/ou a massa óssea, por conseguinte,
limitando o pico de massa óssea.
Fatores que Influenciam o Pico de Massa Óssea

 Influências hormonais
• O ganho de massa óssea durante o crescimento
depende de um funcionamento normal do sistema
glandular composto pelas gônadas (produtoras de
hormônios sexuais), tireóides, para tireóide, hipófise e
supra renal. Inúmeros estudos em mulheres referem-se
à influencia dos níveis de estrógeno no processo normal
de calcificação; são inúmeros os relatos na literatura de
meninas amenorréicas (sem menstruação) que
apresentam osteoporose severa no decorrer da sua
vida.
Fatores que Influenciam o Pico de Massa Óssea

 Atividade física
É bem conhecido por todos o efeito positivo do exercício
físico sobre a densidade mineral óssea. Esportistas
profissionais (tenistas, jogadores de basquete,
saltadores) tendem a possuir quando adultos, maiores
valores de massa óssea.
Sendo que as possíveis alterações detectáveis
deveriam ser prevenidas e tratadas. Elas estão
diretamente relacionadas à baixa ingesta de
cálcio, inatividade física, baixa ingesta
protéica e retardo no desenvolvimento
gonadal. Causando futuras doenças tais
como osteopenia e osteoporose.
Osteopenia, patologia que consiste na
diminuição da densidade mineral dos
ossos, precursora da osteoporose.
Classifica-se osteopenia quando a massa
óssea é de 10 a 25% menor que a
considerada normal, mais do que isso
classifica-se como osteoporose.
OSTEOPOROSE
- Conceito -
ALTERAÇÃO DA
PERDA
MICROARQUITETURA
DE MASSA ÓSSEA
E REMODELAÇÃO
ÓSSEA

FRAGILIDADE
ÓSSEA

Doença caracterizada
PREVENÇÂO por resistência óssea
FRATURA comprometida e risco
aumentado de fratura.
National Institute of Health - Consensus Development Conference Statement. March 27-29, 2000
Veja 04/1996
PRESCRIÇÕES DE EXERCÍCIOS

 AERÓBIAS:
bicicleta, esteira, stepper.
Variação de tempo e intensidade;

 ANAERÓBIAS: ginástica localizada,


musculação e atividades associadas
Ex.(caminhadas+hidro)
Musculação

 ALONGAMENTO ATIVO OU ASSISTIDO COM


POUCA AMPLITUDE;
 ADEQUAÇÃO ALIMENTAR;
 EVITAR CARGAS INTENSAS DE IMPACTAÇÃO;
 EVITAR ROTAÇÃO DO TRONCO;
 EXERCÍCIOS FÍSICOS PROGRAMADOS;
 PREVENIR AS QUEDAS (ergonomia)
 CORREÇÃO CONTÍNUA DA POSTURA;
Exercícios e ação sobre os ossos
Estudos apontam a eficácia do exercício físico na
preservação,na manutenção e/ou no acréscimo
de massa e DO em várias idades. O exercício
físico se destaca por ser o único meio de
intervenção que pode aumentar potencialmente
a força muscular e a massa óssea.
Seus benefícios sobre a DO são mantidos por
longos períodos, mesmo após a redução dos
níveis de atividade física,tanto em mulheres
quanto em homens.