Você está na página 1de 1

www.fisicaexe.com.

br

Uma barra metlica de seco constante e comprimento L tem sua extremidades mantidas a temperaturas constantes t 1 e t 2. Determine a temperatura do ponto mdio da barra, quando o calor flui atravs da mesma em regime estacionrio. As superfcies laterais da barra esto isoladas termicamente.

Esquema do problema

O problema nos diz que o calor flui em regime estacionrio, isto quer dizer que o fluxo de calor que atravessa uma seco transversal da barra constante.
figura 1

Dados do problema temperatura nos extremos da barra: comprimento da barra: Soluo O fluxo de calor dado por t 1 e t 2; L.

= k .A.

(t 1 t 2 )
d

Como o fluxo () constante, a quantidade de calor que atravessa as extremidades mantidas as temperaturas t 1 e t 2 igual a quantidade de calor que atravessa a extremidade a temperatura t 1 e uma seco qualquer a temperatura t x, pode-se escrever
= k .A.

( t 1 t 2 ) = k .A. ( t 1 t x )
L t1 t 2 L x = t1 t x x

t1 t x

(t1 t 2 ) = x. (
L t1 t 2 L

t x = t 1 x.

Genericamente esta expresso fornece a temperatura em qualquer ponto x da barra, 1 em particular no nosso caso queremos a temperatura no ponto mdio, onde x = L , 2 substituindo este valor
t 1 = t1
2

t1

1 t1 t 2 L. 2 L 1 1 = t1 t1 + t 2 2 2
t1 + t 2 2

t1 =
2

A temperatura no ponto mdio ser a mdia das temperaturas das extremidades.