Você está na página 1de 2

Press Release

Hugo Araújo com resultado positivo em Portimão
Ciente das dificuldades que iriam surgir nesta visita ao circuito mais a Sul do país, Hugo Araújo
considerou o 3º e o 4º lugar obtidos como resultados positivos.

“Tendo obtido o 4º lugar na qualificação deu para perceber que o ritmo ia ser diabólico na
frente, com o Nuno Santos a mostrar um andamento uns furos acima da concorrência. Na
primeira manga de Sábado não consegui ir além de um 5º lugar depois de muito batalhar
num pelotão super aguerrido. Já na manga2, estava decidido a atacar desde cedo. O Nuno
Santos aproveitou as nossas lutas e ganhou vantagem, na última volta eu estava colado ao
Ricardo Megre quando tive problemas de embraiagem. Preferi defender o 3º lugar do que
tentar atacar o 2º e não conseguir terminar.”

Esta soma de resultados permitiu a Hugo Araújo subir pela 2ª vez ao pódio do Super Seven by
KIA 2014.

“É um momento sempre importante na nossa carreira e que nos faz esquecer toda a luta e
sofrimento que empregamos para continuar a fazer aquilo que mais gostamos”.

No 2º dia do Racing Weekend, Hugo Araújo partiu do 3º lugar da grelha e esteve novamente
envolvido no pelotão que lutava pelo 2º lugar, até que começou a chover e Hugo Araújo
começou a recuperar terreno para Nuno Santos.

“Vi que o Nuno estava mais cauteloso na chuva e decidi atacar. Chegamos a estar próximos
mas entretanto também se aproximou o Lobo do Vale. Um slide na penúltima curva anula-
me a hipótese de lutar pela vitória.”

Na quarta manga, Hugo Araújo liderava a corrida na última volta mas acabou por terminar
apenas em quinto.

“Passei na última volta em 1º mas ao chegar à curva 1 já tinha o Nuno Santos, o Lobo do Vale
e o Luís Lisboa ao ataque. O Luís Lisboa, pela 3ª ou 4ª vez na manga usou e abusou dos
limites de pista e acabou por ganhar vantagem… Eu fui advertido durante a qualificação por
colocar 2 rodas fora de pista, portanto julguei que as penalizações iam sair… Ainda assim
ataquei e parecia que pelo menos o 3º lugar estaria garantido, não fosse novamente ter




saído mal da penúltima curva e ter sido ultrapassado pelo Lobo do Vale e também pelo Nuno
Carvalho, apesar deste último fora dos limites legais do traçado…”

Este resultado acabou por dar a Hugo Araújo o 4º lugar no resultado acumulado.

“Neste campeonato qualquer fracção de segundo decide um vencedor… Os 6 primeiros
separados por 1,4 segundos e os 2 primeiros separados pela margem histórica de 0,001s
mostra a competitividade daquele que é, na minha opinião, o melhor troféu nacional.
A organização do Super Seven está de parabéns e o lote de pilotos também. Fico satisfeito
pelo 3º e 4º lugar apesar de ter sabido a pouco, no entanto, mantenho-me dentro do
objectivo de lutar pelo top5 e de aprender com os melhores!

Hugo Araújo, que defende as cores do Grupo COPEFI, Seegno, OPT e Btennis, quis também
parabenizar “…os diversos pilotos do troféu pelas fantásticas lutas e espectáculo que deram,
a minha equipa pelo trabalho sempre profissional e imaculado, a organização por montar
este belo evento e a todos aqueles que de uma forma ou de outra me continuam a apoiar!.

Já a pensar na próxima prova do troféu, no Estoril de 4 a 5 de Outubro, Hugo Araújo continua a
sua evolução no panorama da velocidade nacional.


www.hugoaraujoracing.com
www.facebook.com/hugoaraujoracingpage

Interesses relacionados