Você está na página 1de 112

Noções de Informática

NOÇÕES DE INFORMÁTICA PARA CONCURSOS

 WINDOWS 98
 WINDOWS XP
 WINDOWS EXPLORER
 NOÇÕES DE HARDWARE
 INTERNET
 CORREIO ELETRÔNICO
 WORD 2000/2003
 EXCEL 2000/2003

- TST 2007 – V_RG_S - 1


Noções de Informática

 WINDOWS 98
O Windows 98 é a mais nova versão do Windows 95. Ele traz uma série de novidades
para os usuários - em especial o browser Internet integrado - e o suporte a mais periféricos. Um
micro com Windows 95, com o Internet Explorer 4, com o Power Toys e com o Microsoft Plus
instalados fica bem parecido com o Windows 98.

Apesar do nome, tecnicamente falando o Windows 98 não passa de um Windows 95 "de


luxo", já que o núcleo do sistema operacional é o mesmo, à exceção do WDM (Win32 Driver
Model), um novo modelo de drivers de dispositivo que é usado pelo Windows 98 e que também
será usado pelo Windows NT 5.

Poucos usuários sabem que o próprio Windows 95 já passou por algumas revisões. A
principal foi a OSR 2 ("Windows 95 B"), que trouxe, entre outras coisas, o sistema de arquivos
FAT-32.

Uso do sistema:
A navegação dentro do sistema operacional passa a ser feita no mesmo estilo do browser
Internet, como você pode ver na Figura 1. Um detalhe importante é a presença constante da
ajuda "on-line" no lado esquerdo das janelas, com link para o site de suporte técnico da Microsoft
na Internet. Além disso, o Windows 98 abre as janelas por onde você navega uma dentro da
outra, ao contrário do Windows 95 que abria uma nova janela para cada janela aberta. Se você
quiser, você poderá desabilitar esse estilo de navegação e voltar ao estilo do Windows 95 (isso é
feito no menu "Exibir"). Uma barra de atalhos próximo ao botão "Iniciar" também passa a existir,
como você pode conferir na Figura 2. Além disso, você pode habilitar o Active Desktop, que
permite que páginas Internet sejam configuradas como papel de parede do Windows (o micro da
Figura 2 foi configurado dessa forma). Clicando nos links da página, o Internet Explorer é aberto,
carregando a página correspondente. Embora tudo isso seja muito interessante, não é uma
verdadeira novidade, pois um micro com Windows 95 e Internet Explorer 4 instalados já se
comporta dessa maneira.

- TST 2007 – V_RG_S - 2


Noções de Informática

Figura 1: Navegando pelo Painel de Controle do Windows 98.

Figura 2: Windows 98 configurado com uma página HTML como papel de parede.

Suporte a novos periféricos e novas tecnologias:


Como é de supor em uma nova versão de um sistema operacional, ele traz consigo uma
série de novos drivers de dispositivos, reconhecendo diretamente mais periféricos, especialmente
unidades DVD, o barramento USB, o barramento AGP, o barramento Firewire, Placa aceleradora
3D, câmeras digitais, etc. Além disso, o Windows 98 já vem com o DirextX 5, facilitando a
configuração de programas 3D que utilizam essa interface de programação.

Múltiplos monitores:
Sem dúvida é o recurso do Windows 98 que mais chame a atenção. Em um mesmo micro
você pode instalar mais de uma placa e monitor de vídeo, criando uma área de trabalho gigante,
como mostra a Figura 3. Quando o mouse atinge o limite de um monitor, o cursor passa

- TST 2007 – V_RG_S - 3


Noções de Informática
automaticamente para o próximo monitor. A grande vantagem é você ter mais de um programa
maximizado, um em cada monitor, aumentando a sua produtividade. Você pode ter em um
monitor o processador de textos e, no outro monitor, o browser Internet carregando alguma
página. Enquanto você digita o seu texto, você poderá observar se a página que você requisitou
na Internet já foi carregada, sem a necessidade de ter de ficar minimizando e maximizando os
programas. Em um mesmo micro você pode conectar até 9 monitores de vídeo (isso se a sua
placa-mãe tiver tantos slots assim!).

Figura 3: Windows 98 instalado com dois monitores de vídeo.

Atualização de drivers é mais fácil:


O Windows 98 possui um assistente para instalação e atualização de drivers de periféricos
que é bem mais fácil de usar. Além disso, o sistema permite que você baixe e instale diretamente
da Internet versões mais atualizadas dos drivers. Ao atualizar um driver, a tela da Figura 4é
apresentada. Você pode escolher de onde o driver será copiado (unidade de disquete, CD-ROM
ou definir manualmente). A opção "Microsoft Windows Update" faz com que o seu micro se
conecte com o banco de dados de drivers da Microsoft na Internet, baixando o driver mais
atualizado possível.

Figura 4: Assistente para atualização de driver de dispositivo do Windows 98.


- TST 2007 – V_RG_S - 4
Noções de Informática
Programas:
O Windows 98 já vem com uma porção de programas que você pode instalar com ele,
principalmente programas relativos a Internet, como Netmeeting, Netshow, Outlook express,
Personal Web Server, Real Player, Front Page Express, etc. Apesar desses programas todos já
estarem disponíveis de graça para todos os usuários na Internet, a vantagem de já virem com o
Windows 98 é que você não precisa ficar perdendo tempo baixando da rede.

Utilitários de sistema:

Há diversas novidades de manutenção do sistema. Entre essas novidades, o próprio


Windows 98 realiza a desfragmentação do disco rígido durante a sua instalação. Uma função
chamada "Limpar o disco rígido" permite remover automaticamente todos os arquivos temporários
que estão alojados no disco. Outro utilitário muito importante é o Scanreg, que procura e conserta
automaticamente erros do Registro do Windows 98. O "Agendador de tarefas" foi herdado do
pacote Microsoft Plus e permite que você programe tarefas relativas à manutenção do sistema,
como efetuar automaticamente a desfragmentação do disco rígido e a procura por erros com o
Scandisk de tempos em tempos. Outro utilitário novo extremamente importante é o conversor de
FAT, que converte discos rígidos do sistema FAT-16 para o sistema FAT-32 e vice-e-versa. Antes
isso só era possível com utilitários de outros fabricantes, como o Partition Magic, da Powerquest

Raramente erros de Falha Geral de Proteção ("Este programa executou uma operação
ilegal e será fechado") foram reportados.

Outro ponto importante para os usuários é a facilidade de instalação e configuração do


Windows 98 (sua configuração é muito mais simples e automatizada do que a do Windows 95).
Mesmo usuários iniciantes não deverão encontrar muitos problemas, já que os comandos estão
muito mais bem explicados.

Na simulação de defeitos, o Windows 98 apresentou problemas de registro em uma das


máquinas testadas. O erro de registro é um dos mais comuns do ambiente Windows 95 e, para
resolver este erro, basta recuperar o backup do registro. Um problema comum no Windows 95 é
o backup do registro também estar com defeito! No Windows 98 esse problema foi corrigido de
uma maneira interessante: o sistema faz cinco cópias de backup do registro. A probabilidade do
backup do registro estar com problema agora é cinco vezes menor. Além disso, quando um erro
de registro acontece, um utilitário chamado Scanreg entra em ação automaticamente, corrigindo o
erro e recuperando as cópias de segurança, caso seja necessário.

O grande ponto fraco é a velocidade. Embora o Windows 98 seja mais rápido que o
Windows 95 com Internet Explorer 4 Instalado, ele é mais lento que o Windows 95 "puro". Possui

- TST 2007 – V_RG_S - 5


Noções de Informática
pré-requisito de 16 MB de memória RAM e, mesmo assim, ainda fica um pouco lento. O Windows
98 é ideal para máquinas a partir de 32 MB de RAM.

Características básicas

• RAM, RAM, RAM: O Windows 98 tem como pré-requisito que a máquina possua no
mínimo 16 MB de memória. Mesmo assim, após instalarmos os programas mais
usuais (Photoshop 4, Office 97, etc) o micro ficou um pouco lento. Convém ter 32 MB
de memória RAM ou mais.

• Windows 98 é mais rápido: Sem dúvida alguma, o Windows 98 é bem mais rápido do
que o Windows 95 com o Internet Explorer 4 instalado. Ponto para a Microsoft.

• Windows 98 é mais estável: A maioria dos bugs existentes nas versões anteriores do
Windows foram removidos. A probabilidade de receber uma mensagem de Falha Geral
de Proteção (GPF, aparece como "Este programa executou uma operação ilegal e
será fechado") nesse sistema é bem menor.

• Windows 98 é mais fácil de usar: Adotando uma interface com o usuário parecida com
a da Internet, o Windows 98 ficou mais fácil de usar por usuários iniciantes, pois está
mais intuitivo. A ajuda "on line" é realmente funcional.

• A configuração é mais automatizada: Diversos novos assistentes de instalação e


configuração foram adicionados, facilitando a configuração do micro. Por exemplo, a
resolução de problemas de conflitos de periféricos é resolvida mais facilmente por um
assistente próprio de configuração.

Algumas dicas de instalação e configuração

• Navegando na Internet: Você não é obrigado a usar o Internet Explorer do Windows 98.
Você poderá instalar o Netscape Navigator sem problemas.

• Apesar de o Windows 98 vir com diversos drivers de dispositivos, os drivers específicos


para o Windows 98 escritos pelos próprios fabricantes apresentam desempenho superior
aos drivers fornecidos pela Microsoft, segundo os fabricantes

Conclusão final: Vale a pena instalar o Windows 98?

- TST 2007 – V_RG_S - 6


Noções de Informática
Sem pensar duas vezes, recomendamos o Windows 98 para qualquer usuário que esteja
comprando hoje um micro novo, até porque muito provavelmente a Microsoft deixará de lado o
Windows 95 para dar lugar ao Windows 98. A questão da quantidade de memória RAM não
preocupa muito, já que hoje em dia não há quase tanta diferença de preço entre um micro com 16
MB de RAM ou com 32 MB de RAM.

A grande questão é para os usuários que já possuem o Windows 95 instalado em sua


máquina: Vale a pena migrar?

Aí depende da situação. Já vimos que o Windows 98 precisa de, no mínimo, 16 MB de


RAM e, idealmente, 32 MB. Só aí talvez você já tenha de desembolsar uma grana extra. Além
disso, se você já instalou ou trabalhou com o Internet Explorer 4 e não gostou, talvez seja o caso
de pensar duas vezes antes de instalar o Windows 98. Apesar de ser possível instalar outro
browser (como o Netscape Navigator) na máquina, não existe opção para você desinstalar o
Internet Explorer do Windows 98.

Se a questão da quantidade de memória RAM e espaço em disco não sejam problemas


para você, vale a pena migrar para o Windows 98, principalmente por causa da estabilidade e da
facilidade de instalação de novos periféricos e a configuração do sistema. Mas será que isso vale
os R$ 118,00 que o sistema custa?

 WINDOWS XP
- TST 2007 – V_RG_S - 7
Noções de Informática

O Microsoft Windows XP traz maior estabilidade e segurança com um sistema operacional


que aposentar de vez o velho MS-DOS.
Esta nova versão herda do Windows NT algumas qualidades que fazem do XP a melhor
escolha tanto para o uso doméstico como para uso em empresas.
O XP quer dizer eXPeriência, pois o usuário terá uma nova experiência ao utilizar o
sistema operacional, ficando livre de travamentos, erros fatais ou operações ilegais, além de
contar como uma interface mais bonita.
Com uma melhoria no visual o sistema conta com novidades e alguns aprimoramentos nos
recursos já existentes.
A versão doméstica é mais leve, exigindo menos poder de processamento e memória, por
outro lado, alguns recursos somente são encontrados na versão Professional.
Entre os recursos exclusivos da versão Professional se destacam: Área de trabalho
remoto, suporte a mais de um monitor, criptografia de arquivos e sistema, trabalhar com dois
processadores, conexão em um domínio, discos dinâmicos entre outros.

Inicializando o Windows XP

Para carregar o sistema operacional.


1. Ligue o computador.

2. Após alguns segundos o Windows XP estará completamente carregado e pronto para ser
utilizado.

Encerrar o Windows XP

Antes de desligar o computador, o Windows deve ser desligado corretamente.


Para encerrar o Windows com segurança.
1. Clique em Iniciar, Desligar o computador.

2. A caixa de dialogo “Desligar o computador” será exibida.

- TST 2007 – V_RG_S - 8


Noções de Informática

Figura 1.0

3. Clique em Desativar para desligar o Windows com segurança.

4. O usuário será informado que o sistema já foi desligado corretamente, desligue o


computador pressionando o botão Desligar ou Power em seu gabinete.

Para cancelar o desligamento do sistema, clique em cancelar.


Para reiniciar o sistema, clique em Reiniciar.

Área de trabalho (Desktop)

A área de trabalho ou Desktop está menos poluída, apresentando somente o ícone da lixeira.

Figura 1.1
- TST 2007 – V_RG_S - 9
Noções de Informática

Botão Iniciar
No canto inferior esquerdo, se encontra o botão Iniciar, principal meio de locomoção e navegação
do Windows.
Através do botão “Iniciar” é possível abrir novas opções de navegação do Windows.

Relógio
O relógio do sistema se encontra no canto inferior direito. No qual possível exibir e alterar as
horas, dias, meses e ano do sistema.

Movendo a barra de tarefas

A barra de tarefas pode ser movida para qualquer local conveniente, basta arrastá-la para os
lados, para cima ou para baixo na tela.

Se a barra de tarefa estiver bloqueada, proceda da seguinte maneira.


1. Clique com o botão direito do mouse em qualquer área vazia da barra de tarefas.

Figura 1.6

2. No menu suspenso, clique em Bloquear a barra de tarefas para retirar a marca de


seleção.

3. Arraste e solte a barra de tarefas para um novo local em sua área de trabalho.

Painel de controle

- TST 2007 – V_RG_S - 10


Noções de Informática
O Painel de controle do Windows XP agrupa itens de configuração de dispositivos e opções em
utilização como vídeo, resolução, som, data e hora, entre outros. Estas opções podem ser
controladas e alteradas pelo usuário, daí o nome Painel de controle.

Para acessar o Painel de controle


1. Clique em Iniciar, Painel de controle.

2. Inicialmente o Painel de controle exibe nove categorias distintas.

Figura 2.5

3. Clique na opção desejada.

4. Na próxima tela escolha a tarefa a ser realizada.

Utilize os botões de navegação:

Voltar Para voltar uma tela.

Avançar Para retornar a tarefa.

Acima Para ir ao diretório acima.

Pesquisar Para localizar arquivos, imagens, sons, vídeos, etc.

- TST 2007 – V_RG_S - 11


Noções de Informática

Pastas Para exibir o conteúdo de uma pasta.

Trabalhando com o Microsoft WordPad

O Acessório Word Pad é utilizado no Windows principalmente para o usuário se familiarizar com
os menus dos programas Microsoft Office, entre eles o Word.
O Word Pad não permite, criar tabelas, rodapé nas páginas, cabeçalho e mala direta. Portanto é
um programa criado para um primeiro contato com os produtos para escritório da Microsoft.
Entre suas funcionalidades o WordPad lhe permitirá inserir texto e imagens, trabalhar com texto
formatado com opções de negrito, itálico, sublinhado, com suporte a várias fontes e seus
tamanhos, formatação do parágrafo à direita, à esquerda e centralizado, etc.

Para iniciar o WordPad.


1. Clique em Iniciar, aponte para Todos os Programas.

2. Posicione o cursor do mouse em Acessórios.

3. Clique em WordPad.

Figura 4.5

- TST 2007 – V_RG_S - 12


Noções de Informática

 WINDOWS EXPLORER

O Windows Explorer exibe a estrutura hierárquica de arquivos, pastas e unidades no computador.


Ele também mostra as unidades de rede que foram mapeadas para letras de unidades do
computador. Usando o Windows Explorer, você pode copiar, mover, renomear e procurar por
arquivos e pastas.

Figura 4.9

Criar nova pasta

1. Abra o Windows Explorer.

2. Selecione o diretório ou pasta onde deseja criar uma nova pasta.

3. Clique no menu Arquivo, posicione o cursor do mouse em Novo, clique em Pasta.

- TST 2007 – V_RG_S - 13


Noções de Informática

Figura 5.0 Figura 5.1

4. Digite um nome para a nova pasta e pressione a tecla Enter.

Renomear uma pasta

Através do botão direito do mouse possível realizar diversas operações. Por exemplo, renomear
uma pasta.

Para renomear uma pasta utilizando o Windows Explorer.


1. Abra o Windows Explorer.

2. Clique com o botão direito na pasta que deseja renomear

Figura 5.2 Figura 5.3

3. No menu suspenso selecione Renomear.


- TST 2007 – V_RG_S - 14
Noções de Informática

4. Digite um novo nome para a pasta e pressione a tecla Enter.

Copiar, recortar e colar arquivos

Através do Windows Explorer é possível abrir uma pasta que contenha um arquivo que você
deseja copiar ou mover, recortar e colar em uma outra pasta.

Para copiar ou recortar um arquivo.


1. Abra o Windows Explorer.

2. Caminhe por entre os diretórios e pastas, localize o arquivo que deseja copiar ou recortar.

3. Selecione o arquivo e clique no menu Editar. Para recortar o arquivo, clique em Recortar
ou clique em copiar para criar uma copia em outro diretório ou pasta.

Figura 5.4 Figura 5.5

4. Abra a pasta ou diretório que ira armazenar o arquivo.

5. Clique no menu Editar, clique em Colar.

Periféricos e componentes

A Informática não é um bicho de sete cabeças. Ou é até que conheçamos e desvendemos este
bicho. Tudo o que é desconhecido para nós sempre nos parece algo difícil de ser dominado.
Mas temos que lembrar sempre que o Computador é feito por pessoas e para servir às pessoas.
Portanto, por mais complicado que possa parecer, não é algo indecifrável e indomável.
- TST 2007 – V_RG_S - 15
Noções de Informática
Na verdade, vamos descobrir que é até algo muito simples, bastando conhecermos como ele
funciona.

Informática

A Informática está presente em quase tudo que nos cerca. Está em um forno microondas, por
exemplo, quando programamos o tempo de aquecimento de um alimento, ou ainda em um
aparelho de som ou TV, quando aumentamos o volume ou desligamos com o controle remoto.
Hoje em dia existem até elevadores inteligentes, programados para “decorar” os hábitos das
pessoas no edifício, de modo que possa “antever” quando alguém irá chamá-lo até um andar.

Na verdade, a informática existe para nos servir: reduzir o tempo em que digitamos uma carta,
aumentar a certeza de nossos cálculos, diminuir o consumo de energia nessas operações e
baratear o preço das coisas e serviços. Daí o seu nome, Informática: Informação Automática.

Foi a partir de meados dos anos setenta que os computadores ganharam fama. Nesse período,
avanços tecnológicos e pesquisas científicas foram capazes de produzir circuitos elétricos cada
vez mais aperfeiçoados, possibilitando miniaturizar o computador tornando-o mais barato e
acessível.

A partir desses avanços chegamos ao que é hoje conhecido como o Microcomputador, ou PC


(Personal Computer), uma máquina pequena, capaz de desenvolver os mais sofisticados
trabalhos, e que se aperfeiçoa cada vez mais.

Tipos de Computadores

Os computadores se destinguem pela sua finalidade e porte, se dividindo ao longo desse período
em seis tipos básicos:

Conhecidos dos anos setenta, eram computadores de


MAINFRAME grandes empresas, realizando grandes tarefas e
ocupando espaços formidáveis, como salas inteiras.
São computadores capazes de servir diversas máquinas
COMPUTADORES EM ao mesmo tempo. Possibilitaram empresas difundirem a
REDE, SERVIDORES E utilização do computador entre seus funcionários e
CLIENTES setores.
São muito utilizados por pessoas ou empresas que

WORKSTATION necessitam de um computador veloz e capaz de realizar


muito trabalho ao mesmo tempo. Essa é sua principal
característica.

- TST 2007 – V_RG_S - 16


Noções de Informática
O Computador Pessoal é o responsável pelo sucesso da
informática entre as pessoas e empresas atualmente.

PC Cada vez mais barato e acessível, realiza as principais


tarefas rotineiras e as mais avançadas. É o objeto de
nosso estudo.
São computadores portáteis, cabem em uma pasta e são

NOTEBOOK importantes para o trabalho de campo de um serviço ou


a movimentação dos seus dados, pois podemos levá-lo a
qualquer lugar.
Têm sido o maior sucesso nas recentes Feiras de

PALMTOP Informática. Como o próprio nome diz, cabem na palma


da mão e realizam quase todas as tarefas de um PC.

Exemplo de um Notebook: um computador


portátil, prático de ser carregado, e que
desempenha as mesmas funções de um PC.

Hardware e Software

O termo “Computador” é utilizado hoje em dia para nos referirmos a um conjunto de componentes
que, juntos, formam a “máquina” que conhecemos.

Esses componentes se dividem em duas partes principais: Hardware e Software.

É a parte mecânica e física da máquina, com seus


HARDWARE componentes eletrônicos e peças.
São conjuntos de procedimentos básicos que fazem que

SOFTWARE o computador seja útil executando alguma função. A


essas “ordens” preestabelecidas chamamos também de
programas.

- TST 2007 – V_RG_S - 17


Noções de Informática
É a combinação de Hardware e Software que faz nosso computador funcionar como
conhecemos, tomando forma e fazendo as coisas acontecerem, como se tivesse vida. Sem um
ou outro componente o computador não funciona.

Monitor, ou Vídeo.

Os principais componentes físicos ou de Hardware do Computador.


Gabinete: proteção de metal ou
plástico resistente onde ficam o Disco
Rígido, CPU, Memória e Drives.

Vamos ver agora os principais componentes físicos do computador:


Teclado.

Mouse.
A CPU ou o Processador

O cérebro de um computador é o que chamamos de Processador ou CPU (do inglês, Unidade


Central de Processamento). O Processador nada mais é que um Chip, formado de silício, onde
uma combinação de circuitos controla o fluxo de funcionamento de toda a máquina.

Quando “mandamos” o computador imprimir uma página de algum documento digitado, por
exemplo, é o Processador que irá receber esta ordem, entendê-la, enviar um comando para que a
impressora funcione e imprima.
No chip do Processador estão as instruções de como ele deve se comunicar com os programas
que você estiver usando e a quem e como ele deve enviar as instruções que você executa no
programa.

O Processador principal fica localizado em uma placa denominada Placa-Mãe, junto com os
circuitos elétricos que interligam a placa ao conjunto de componentes do computador.

A placa-mãe de uma CPU. Chips como estes


compõem o Processador, que junto a um
emaranhado de Circuitos Elétricos e outras peças
elétricas, compôem o que chamamos de Placa-
Mãe do Computador.

Marcas e tipos de Processadores

- TST 2007 – V_RG_S - 18


Noções de Informática
Existem diversos tipos de marcas e fabricantes de Processadores no mercado, dentre eles a
Intel, Power PC, Cyrix, AMD, dentre outros. Atualmente a Intel é a principal fabricante de
processadores para PC. Ao mesmo tempo, você já deve ter ouvido falar de números ou nomes
como 8088, 286, 386, 486, Pentium, MMX, etc. São todos modelos dos Processadores da Intel
já fabricados nos últimos anos.

Os Processadores são conhecidos também pela sua Velocidade, ou como os dados são
transmitidos em um computador.

Como em uma Linha-de-Produção, há uma velocidade em que os componentes do computador


comunicam-se entre si. Essa velocidade pode variar em cada modelo. Por exemplo, existe o
Pentium 100 e o Pentium 200. Significa que o processador Pentium da Intel processa dados a
uma freqüência de 100 ou 200 Mhz.

A Memória RAM

Outro componente fundamental do Computador é a Memória RAM (do inglês Random Access
Memory, ou Memória de Acesso Aleatório). Quando falamos em memória de um computador
estamos nos referindo a Àrea de Trabalho do Processador. É na RAM que o Processador
realiza seus trabalhos, definidos nos programas, por exemplo.

A RAM é composta por diversas pequenas Placas, também formadas por chips, que juntos
somam o total de memória existente em um computador.

Quando ligamos nosso computador e executamos um programa, o Processador armazena-o


temporariamente na memória, para melhor lidar com suas instruções. A RAM é também
chamada de memória volátil, porque os dados que são armazenados nela, não permanecem
quando desligamos o computador. A RAM é apenas para trabalho.

Para um bom funcionamento de um computador e de seus programas, quanto mais memória,


melhor. Significa que quantas Placas de Memória a mais nosso Processador tiver à sua
disposição para armazenar nelas seus dados e realizar ali seus trabalhos, melhor.
Basta imaginarmos o seguinte exemplo: se tivermos a tarefa de fazer um desenho em um papel,
poderemos fazer isso em uma mesa pequena, usando apenas um lápis e uma folha. Entretanto,
se tivermos que construir uma cama, usando ferramentas de corte e madeira, não poderemos
fazer isso em uma mesa. Será necessário uma sala. Imagine se precisamos construir um carro,
peça a peça, usando centenas de ferramentas e materiais! Precisaríamos de um pátio de fábrica,
no mínimo. Neste exemplo, você seria o Processador realizando essas tarefas, as ferramentas
que você teria seriam os programas ou softwares, e os lugares para a realização do trabalho e
armazenamento temporário das ferramentas seria a memória. Portanto lembre-se: dependendo
da tarefa e do tamanho do programa, irá variar a memória necessária para isso.

- TST 2007 – V_RG_S - 19


Noções de Informática

Como são medidos os dados

A forma como a arquitetura de um Processador foi elaborada faz com que ele se comunique
apenas através de “chaves” positivas e negativas, assumindo valores 0 (zero) e 1 (um). Isso
significa que para cada ordem que mandamos o Processador executar, ele realiza milhares de
operações apenas usando as “chaves” 0 e 1.

A menor unidade de informação que um computador pode armazenar então, é este binômio 0
(zero) ou 1 (um). À este tipo de informação chamamos Código Binário ou Bit (do inglês Binary
Digit), que é a Linguagem de Máquina usada pelos computadores. Para cada informação, o
computador utiliza diversos 0 e 1 seguidos: 0011010101001011.

Entretanto, utilizar o Bit como padrão para uma medida de tamanho de informação seria um tanto
cansativo, pois as informações seriam medidas em milhares de bits.

Por isso, a unidade padrão de medida na informática é o Byte (Bynary Term, ou Termo Binário),
que é o conjunto de 8 (oito) Bits. A um caractere, como uma letra, associamos um Byte.

Exemplo:

CARACTER OU CÓDIGO BINÁRIO OU


LETRA BIT

1 BYTE

G 01011101

Essa arquitetura não parou aí, pois a medida em que os dados iam ficando maiores, era
necessário aumentar os padrões de medida.

Utilizou-se, então, a base 2 (as possibilidades 0 ou 1) e o expoente 10 para os próximos padrões


métricos de dados no computador. Assim, as grandezas variam sempre a cada 210 ou 1024
bytes:

MEDIDA: REPRESENTA O MESMO QUE:

Bit 0 ou 1 - menor unidade de dado


Byte conjunto de 8 bits ou 1 caractere
Kilobyte (Kb) 210 ou 1024 bytes
Megabyte (Mb) 210 ou 1024 Kilobyte

- TST 2007 – V_RG_S - 20


Noções de Informática
Gigabyte (Gb) 210 ou 1024 Megabyte
Terabyte (Tb) 210 ou 1024 Gigabyte

Para saber mais...

Existem ainda outros tipos de memória em nosso computador, além da RAM.

A ROM-BIOS (Read Only Memory - Basic Input-Output Services - Memória Apenas de


Leitura - Serviço Básico de Entrada e Saída) é um chip de Memória responsável por armazenar
os procedimentos iniciais de checagem da situação de nosso computador e de caminho do Boot
(carregamento do Sistema Operacional)

A ROM-BIOS possui ainda um pequeno chip de memória, permanentemente carregado por uma
Pilha Alimentadora, guardando as características do SETUP, que é onde são armazenadas as
configurações alteráveis da máquina, como data, hora, seqüência de Boot, etc.

Além dessas, existem Placas de Memória de Vídeo, responsáveis por permitir uma boa
resolução em seu monitor, muitas cores e rapidez de apresentação, Placas de Som,
responsável por fazer o mesmo com a edição de sons, dentre outras.

O Disco Rígido ou HD

Se o Processador é quem executa nossas ordens, e é na Memória que ele trabalha, será no
Disco Rígido ou HD (Hard Disk) onde ele armazenará as informações de modo permanente.

O Disco Rígido (podendo haver mais de um no mesmo computador) é onde o computador lê as


informações que serão processadas. Essas informações são guardadas sob a forma de
Arquivos, que são a unidade de armazenamento de informação em discos.

Nossos Arquivos podem ser de Programas, textos, banco de dados, documentos, etc. E seu
tamanho também varia. Quando o processador lê um arquivo, o armazenando na memória, ele
apenas o copia para lá, permanecendo o arquivo sem modificação no HD, a não ser que você
queira alterá-lo.

A operação de inserir um arquivo no HD chama-se Gravar, e a de retirar um arquivo chama-se


Excluir ou Deletar.

- TST 2007 – V_RG_S - 21


Noções de Informática

O HD se localiza dentro do Gabinete do


computador, e além de não estar
visível, é totalmente lacrado,
impedindo que qualquer impureza
penetre no Disco e o danifique.

Quando trabalhamos com o HD gravando arquivos, nosso Disco gira centenas de vezes por
minuto, onde uma cabeça magnética de gravação insere os dados binários na estrutura do disco,
sem sequer tocá-lo.

Para que um Disco possa estar útil é preciso que esteja Formatado, ou seja, tenhamos criado no
Disco os lugares para o armazenamento magnético de nossos dados.

Podemos comparar um HD a uma estante em nossa biblioteca, onde armazenamos nossos livros
para leitura. É no HD onde nossos Arquivos (livros) são armazenados.

O CD-ROM

Compact Disc - Read Only Memory (Disco Compacto - Memória Apenas de Leitura) é uma
unidade de armazenamento de dados, mas, como o próprio nome diz, somente é possível ler o
CD.

Em um CD podemos ter música ou qualquer tipos de arquivos. Podemos ouvir nossas músicas
através de um computador multimídia e ler os arquivos através de nossos programas.

O CD-ROM também fica


guardado dentro do
Gabinete, mas ao contrário do
HD, ele tem uma plataforma
deslizante por onde inserimos
ou retiramos nosso disco.

- TST 2007 – V_RG_S - 22


Noções de Informática

O CD-ROM possui uma tecnologia de leitura ótica, onde o reflexo da vibração de um feixe de luz
no disco produz os números 0 ou 1, transmitindo a informação. Em um CD-ROM podemos ter até
74 minutos de música ou 650 Mb de dados gravados.

Atualmente existe também o CD-R (Compact Disc - Recordable, ou Gravável), uma espécie de
CD onde é possível gravar apenas uma única vez.

As unidades de Disquete

Assim como no HD, o computador possui duas outras unidades de gravação de dados em
formato flexível, e onde podemos transportar os dados gravados. Chama-se Unidade de Discos
Flexíveis, e os discos chamam-se Disquetes, ou Floppy Disk.

Essas unidades são de dois tamanhos: 5 ¼ e 3 ½ , e armazenam, respectivamente, 1,2 Mb e


1,44 Mb. Da mesma forma que o HD, esses disquetes, para serem úteis, precisam ser
Formatados.

Atualmente a unidade 5 ¼ já não é mais vendida com os computadores, pois caiu em desuso,
mas ainda existem muitos computadores e disquetes com este formato.

Apesar do Disquete de 5 ¼ ter um tamanho maior, é o de 3 ½ que tem maior capacidade de


armazenamento.

As Unidades de Disco Flexível localizam-se na frente do Disquetes


gabinete, de
possuíndo um tipo de entrada
5 ¼ e 3 ½.
para cada Disquete, e se chamam Drives.

Além destes, existem outros componentes


Neste deumseu
exemplo, de computador
gabinete que Torre,
em formato são responsáveis pela
ou vertical, as unidades de Disco Flexível são
comunicação entre ele e seu dispostas
usuário. horizontalmente, com uma entrada para
cada Drive de unidade.

Periféricos, Interfaces ou acessórios

Chamamos de Periféricos, Interfaces e Acessórios a todo equipamento utilizado pelo


computador para intercambiar dados ou se comunicar com seu usuário ou com outros

- TST 2007 – V_RG_S - 23


Noções de Informática
computadores. O monitor, teclado, modem, fax, impressora, mouse, dentre outros, são
periféricos de nosso computador, pois é através deles que ele se comunica.

Quando uma mensagem é exibida na tela de seu monitor, por exemplo, o computador está se
comunicando com você. Por outro lado, quando digitamos algo no teclado, estamos nos
comunicando com ele.

Dispositivos de entrada e saída de dados

Esses Periféricos são classificados também de acordo com sua finalidade: se servem para entrar
dados ou enviar dados para o usuário ou para o computador. Chamamos esses periféricos de
Dispositivos de entrada e saída de dados, conforme esta disposição.

Aos periféricos usados para transmitirmos informações ao computador chamamos de


Dispositivos de entrada de dados; aos periféricos usados para o computador se comunicar
conosco enviando dados chamamos de Dispositivos de saída de dados; e aos que servem
tanto para entrada quanto para saída de dados chamamos de Dispositivos de entrada e saída
de dados.

Esses dispositivos de entrada e saída de dados são fundamentais para o correto funcionamento
de nosso computador. Sem eles, de nada serviria nosso computador, pois não haveria meios de
nos comunicarmos com ele.

DISPOSITIVO: TIPO DE COMUNICAÇÃO DE DADOS :


modem / fax entrada e saída de dados
monitor ou vídeo saída de dados
impressora saída de dados
teclado entrada de dados
scanner entrada de dados
mouse, trackball, mousetouch entrada de dados
microfone para multimídia entrada de dados

Modem

O Modem é um acessório responsável por realizar a comunicação de dados entre seu


computador e outro computador ou a Internet através da linha telefônica. Seu nome vem de sua
finalidade: Modulador/Demodulador de sinais.

O Modem conecta-se ao computador e à linha telefõnica, através de


uma placa específica para realizar a modulação. Os modems atuais são
internos ao computador, sendo uma placa adicionada à placa-mãe.

- TST 2007 – V_RG_S - 24


Noções de Informática

Para se comunicar com outros computadores através do telefone, o modem transforma os sinais
digitais de seu computador em sinais de pulso modulares, capazes de trafegar em uma linha
telefônica e chegar até outro modem, que irá demodulá-los novamente para outro computador.

Graças ao Modem é possível nos conectarmos à Internet. Ele foi uma peça fundamental para
que a informática desse esse salto na área de comunicação de dados.

Os modems antigamente eram um aparelho separado do computador. Hoje em dia, a indústria


de informática simplificou o modem e ele é apenas uma placa somada à Placa-mãe.

Monitor

O Monitor é o principal meio de exibição de dados. São formados por tubos de emissão de raios
catódicos, que criam feixes de elétrons que são disparados até a tela revestida de fósforo. A
vibração destes feixes é que faz produzir as centenas de cores existentes em nosso monitor.

O número de cores disponível para exibição em um monitor depende de sua Placa de Vídeo e da
quantidade de memória desta placa. Com ela você poderá ter monitores que exibam 16, 256 ou
16,8 milhões de cores.

O mesmo acontece com a resolução gráfica, ou o número de Pixels existente em seu monitor.
Um Pixel (Picture Elements) é a menor resolução de cor ou ponto de luz que sua tela pode
projetar. A depender de sua Placa de Vídeo, seu monitor pode também ser configurado para
reduzir os pontos de emissão de luz, dando uma maior resolução de tela. Através de seu
Sistema Operacional é possível esta resolução aumentar de 640 x 480 pixels, 800 x 600 e 1024
x 768 por tela.

As Placas de Vídeo com alta resolução são imprescindíveis se você deseja trabalhar com
programas que lidem com cores ou desenhos, e jogos que necessitem exibir muitas telas em
tempo muito rápido.

Existem diversos tipos de monitores hoje em dia, mas o mais utilizado é o de padrão VGA (Vídeo
Graphics Array)

Impressoras

A Impressora é um meio fundamental de exibir seus dados, relatórios, documentos. Existem


basicamente três tipos de impressoras comerciais hoje em dia:

TIPO DE IMPRESSORA COMO É

- TST 2007 – V_RG_S - 25


Noções de Informática
Um cabeçote de impressão se move pressionando

MATRICIAL uma fita com tinta, que ao encostar no papel, o


borra.
Um cabeçote de impressão se move pela página e

JATO DE TINTA em cada pequeno ponto de impressão é formada


uma bolha de calor que estoura no papel,
borrando a tinta.
Imprime borrando em uma matriz de calor formada
LASER a partir da imagem do documento.

Uma impressora Jato de Tinta. O nome “jato


de tinta” não é à toa: uma cabeça de
impressão se aqueçe e faz uma minúscula
bolha de tinta “explodir”, borrando em
pequeníssimos pontos o papel impresso.

Mouse, Trackball, Mousetouch

Um dos inventos mais importantes para o uso do ambiente Windows foi o mouse, que depois
acabou se transformando em outras versões.

Com o mouse arrastamos seu Ponteiro pela tela, ativando comandos e programas.

Mouse e Trackball: duas


versões da mesma idéia:
arrastar na tela um
ponteiro para ativar
funções em programas e
no Sistema Operacional.
Teclado

O Teclado é nossa principal ferramenta de trabalho com o computador, e é com ele que
digitamos documentos, além de muitas teclas servirem de comandos de operações em
programas e no Windows.

Um teclado pode ter de 102 a 114 teclas, sendo divididas da seguinte forma: a maioria delas para
os caracteres (a-z, 0-9 e acentos, etc.); outra parte para comandos e funções, e outra parte para
digitação numérica.
Observe suas teclas com atenção, pois possuem muitas funções.

- TST 2007 – V_RG_S - 26


Noções de Informática

Esta parte central são os caracteres HOME e END são


alfa-numéricos normais e acentos. teclas de
locomoção.

As teclas CTRL, SHIFT e ALT


possuem características de Teclado
controle de funções em muitos Teclado de numérico.
programas e no Windows. locomoção.
Procure sempre por “Teclas de
Atalho” no programa que
estiver usando.

Scanner

O Scanner é um aparelho que digitaliza uma imagem. É como uma máquina de fotocópia, mas
ao invés de copiar, torna cada ponto de cor em uma imagem digitalizada.

Através do Scanner podemos “extrair” imagens de fotos, jornais, desenhos, e colocá-las em


nossos textos. É uma ferramenta muito útil para pessoas que trabalham com Editoração
Eletrônica.

Um Scanner de mesa: colocamos uma


imagem dentro dele e a imagem aparece em
nosso computador. É necessário um
programa de editoração de imagens para
trabalharmos o objeto “escaneado”.
Além disso, existem inúmeros formatos de
imagens para diferentes finalidades.
- TST 2007 – V_RG_S - 27
Noções de Informática

 NOÇÕES BÁSICAS DE WORD 2000/2003

INTRODUÇÃO

O Microsoft Word 2000/2003 para Windows9x/NT é um poderoso processador de textos


integrante do pacote de aplicativos para escritórios Microsoft Office 2000/2003. Ele permite a
criação, edição e manipulação de diversos tipos de textos, permite também o uso de figuras (Clip
Arts), planilhas e gráficos do Excel e pode ainda preparar textos para serem usados no
PowerPoint, também integrante da família Office.

Para iniciar o Word 2000/2003, dê um clique sobre o botão iniciar da barra de tarefas, posicione-
se sobre o item Programas e clique sobre Microsoft Word.

- TST 2007 – V_RG_S - 28


Noções de Informática
INSERIR TEXTO
Ao abrir o Word, você pode começar a inserir texto imediatamente em um documento. Observe
que o Word sempre começa com um documento padrão chamado Documento1, com o cursor
no topo do documento onde o texto que você digita irá aparecer.

Às vezes, você deve deseja mover-se ao longo do documento e posicionar o cursor em diferentes
locais para acrescentar texto. Você pode dar um clique nas barras de rolagem para mover o
documento ba tela; você pode pressionar as teclas no teclado a fim de mover o cursor ao longo
do documento.
Use as seguintes teclas no teclado para navegar em um documento.

Para mover Pressione


Um caractere à direita Seta para direita
Um caractere à esquerda Seta para esquerda
Uma linha acima Seta para cima
Uma linha abaixo Seta para baixo
Palavra anterior Ctrl + seta esquerda
Próxima palavra Ctrl + seta direita
Início de uma linha Home
Fim de uma linha End
- TST 2007 – V_RG_S - 29
Noções de Informática
Fim do documento Ctrl + End

SALVAR UM DOCUMENTO

Para salvar um documento dê um clique no botão ( ) Salvar na barra de ferramentas Padrão.


Escolha a pasta que deseja armazenar o documento (Salvar em:) dê um nome para o documento
(Nome do arquivo:) e clique em Salvar.
Sempre que fizer alguma alteração em um documento já existente e fechar o documento, o Word
lhe perguntará se deseja salvar as alterações.

FECHAR UM DOCUMENTO

Para fechar um documento dê um clique em Arquivo/Fechar. Será fechado somente o documento


atual deixando o Word livre para iniciar um novo documento.

INICIAR UM NOVO DOCUMENTO

Para iniciar um novo documento dê um clique no botão ( ) Novo.


Para iniciar um novo documento de exemplo dê um clique em Arquivo/ Novo...
Escolha um exemplo entre as várias Guias.

- TST 2007 – V_RG_S - 30


Noções de Informática

ABRIR UM DOCUMENTO

Para abrir um documento dê um clique no botão ( ) Abrir.


Escolha o documento clicando em (Examinar:), procure o documento entre suas pastas.

- TST 2007 – V_RG_S - 31


Noções de Informática

Clique em Abrir.

SELECIONAR TEXTO
Para selecionar parte de um texto dê um clique no fim ou início do texto que você deseja
selecionar (dê um clique na margem esquerda se você deseja selecionar a linha interia).
Pressione e mantenha pressionado o botão esquerdo do mouse enquanto arrasta o ponteiro
sobre o texto que deseja selecionar. Depois, solte o botão do mouse.

Use as seguintes teclas para selecionar texto em um documento:

Para Pressione
Selecionar o documento inteiro Ctrl + T
Selecionar um caractere à direita Shift + seta direita
Selecionar um caractere à Shift + seta esquerda
esquerda
Selecionar uma palavra à direita Shift + Ctrl + seta direita
Selecionar uma palavra à esquerda Shift + Ctrl + seta esquerda
Selecionar até o início do parágrafo Shift + Ctrl + seta para
cima
Selecionar até o início do parágrafo Shift + Ctrl + seta para
baixo
- TST 2007 – V_RG_S - 32
Noções de Informática
Selecionar até o fim do documento Shift + Ctrl + End
Selecionar até o início do Shift + Ctrl + Home
documento

RECORTAR, COPIAR E COLAR TEXTO


Selecione o texto que você deseja recortar e colar.

Dê um clique no botão ( ) Recortar na barra de ferramenta Padrão.


Selecione um parágrafo que você deseja copiar e colar.

Dê um clique no botão ( ) Copiar na barra de ferramenta Padrão.


Dê um clique para posicionar o cursor no documento onde você deseja colar o texto.

Dê um clique no botão ( ) Colar.

DESFAZER E REFAZER ALTERAÇÕES


Às vezes, você faz alterações no texto e, depois, decide que não quer a alteração. Em vez de
começar de novo, você pode desfazer e refazer as alterações.
Digite algum texto em um documento (por exemplo, Impacto Negativo).

Dê um clique no botão ( ) Desfazer na barra de ferramentas Padrão e o texto desaparece.

Dê um clique no botão ( ) Refazer na barra de ferramentas Padrão e o texto reaparece.

LOCALIZAR TEXTO
Você pode usar o recurso Localizar do Word para localizar um texto, caracteres, formatação de
parágrafos ou até mesmo caracteres especiais.
Para localizar determinado texto em um documento
Clique em Editar/Localizar...
Digite a palavra a ser localizada no espaço Localizar:
Clique em Localizar “próxima”.

Você pode localizar e substituir texto


Clique em Editar/ Localizar...

- TST 2007 – V_RG_S - 33


Noções de Informática

Na Guia Substituir digite a palavra a ser localizado no espaço Localizar, e digite a palavra qual
deseja substituir em “Substituir por”:
Clique em Substituir.

ORTOGRAFIA E GRAMÁTICA
O Word 2000 exibe linhas onduladas vermelhas abaixo das palavras que ele acha estarem
erradas e linhas onduladas verdes abaixo de sentenças que ele acha estarem com problemas
gramaticais.

Para verificar ortografia e gramática em seu documento clique no botão ( ) Ortografia e


Gramática.

- TST 2007 – V_RG_S - 34


Noções de Informática
DICIONÁRIO DE SINÔNIMOS
O dicionário de sinônimos do Word é uma ferramenta que ajuda a substituir palavras por outras
mais adequadas.

Você deve selecionar a palavra que deseja verificar os sinônimos.


Pressione as teclas [Shift] + [F7] para acessar o dicionário de sinônimos do Word.
Você pode Substituir esta palavra ou Consultar seus sinônimos.

NEGRITO, ITÁLICO E SUBLINHADO


Selecione o texto que você deseja formatar

Dê um clique no botão ( ) Negrito para aplicar a formatação Negrito ao texto

Dê um clique no botão ( ) Itálico para aplicar a formatação Itálico ao texto

Dê um clique no botão ( ) Sublinhado para aplicar a formatação Sublinhado ao texto

Se você decide que não que utilizar a formatação basta selecionar o texto e dar um clique
novamente no botão que aplicou a formatação.

FONTE, TAMANHO E COR


Alterar Fonte
Selecione o texto que deseja formatar.
Dê um clique na seta ( ) Fonte na barra de ferramentas Formatação e dê um
clique na fonte deseja (Ex: Arial).

- TST 2007 – V_RG_S - 35


Noções de Informática

Alterar Tamanho
Para alterar o tamanho da fonte selecione o texto que deseja alterar.
Dê um clique na seta ( ) Tamanho da Fonte na barra de ferramentas Formatação e dê um
clique no tamanho desejado.

Alterar Cor
Selecione o texto desejado.

Dê um clique na seta ( ) Cor da Fonte na barra de ferramentas Formatação e dê um clique


em uma cor de sua escolha.

REALÇAR O TEXTO

Chame a atenção para determinada parte de seu texto usando o botão ( ) Realçar
Selecione o texto desejado e clique no botão Realçar.
Você pode escolher cores diferentes para realçar seu texto.
Ex: Texto realçado 1, Texto realçado 2, Texto Realçado 3

BORDAS
Acrescente linhas ao seu documento
Você acrescenta uma borda a um dos lados (ou a todos) de um parágrafo ou texto selecionando
no Word. As bordas podem acentuar as partes do seu texto, acrescentar um quadro no seu
documento inteiro ou dividir seções do documento.

Dê um clique na linha de um parágrafo no seu documento onde você deseja acrescentar uma
borda.
Dê um clique na seta ( )Borda na barra de Ferramentas Formatação e selecione o tipo de
borda desejado.

NÚMEROS E MARCADORES
Numeração
- TST 2007 – V_RG_S - 36
Noções de Informática
Selecione o texto que você deseja transformar em uma lista numerada.

Dê um clique no botão ( ) Numeração na barra de ferramentas Formatação.


Ex: Vencedores da promoção Apostilas2000
1º César Jr.
2º Rafael Mello
3º Willy Wonka
4º Marcos Pedroso
5º Fernanda C. Dias

Para aumentar sua lista de numeração basta pressionar a tecla Enter no fim da última linha da
numeração.

Marcadores
Selecione o texto que você deseja transformar em uma lista com marcadores.

Dê um clique no botão ( ) Marcadores na barra de ferramentas Formatação.


Ex: Para iniciar o Word 2000/2003
 Dê um clique sobre o botão iniciar da barra de tarefas
 Posicione-se sobre o item Programas
 Clique sobre Microsoft Word.

Para aumentar sua lista de marcadores basta pressionar a tecla Enter no fim da última linha da
lista de marcadores.
Dica: Você pode selecionar uma lista numerada ou de marcadores e clicar com o botão direito do

mouse em Marcadores e numeração e personalizar esta lista.

- TST 2007 – V_RG_S - 37


Noções de Informática
SÍMBOLOS
Para inserir símbolos ao documento
Dê um clique com o cursor no texto onde você deseja acrescentar o símbolo.
Clique em Inserir/ Símbolo para abrir a caixa de diálogo Símbolo.
Dê um clique duplo no símbolo que você deseja inserir no documento.
Clique no botão Fechar.
Ex: , , , ⊗, ⇔, ⇐, ⇑, ⇒, ⇓

ALINHAMENTO
Ao digitar seu texto em um documento, o texto automaticamente se alinha com a margem
esquerda.
Porém você pode alterar o alinhamento do texto da maneira que mais lhe convém.
Selecione o texto que você deseja realinhar.

Dê um clique no botão ( ) Alinhar à Direita na barra de ferramentas para alinha à direita

Dê um clique no botão ( ) Alinha à Esquerda na barra de ferramentas para alinha o texto à


esquerda

Dê um clique no botão ( ) Centralizar na barra de ferramentas para deixar o texto centralizado.


A opção Justificar não funciona em palavras ou sentenças individuais, mas somente em parágrafo
que ocupe mais de uma linha.

RECUAR PARÁGRAFOS
Você pode recuar um parágrafo inteiro para direita da margem esquerda a fim de destaca-lo no
texto.
Dê um clique em algum lugar do parágrafo que você deseja recuar.

Clique no botão ( ) Aumentar Recuo duas vezes na barra de ferramentas e o recuo avança
para direita em duas paradas de tabulação.

Clique no botão ( ) Diminuir Recuo na barra de ferramentas para mover o parágrafo em duas
parada de tabulação para esquerda.

- TST 2007 – V_RG_S - 38


Noções de Informática
TABULAÇÃO
Você pode definir diferentes tipos de paradas de tabulação: à esquerda, à direita, decimal ou
centralizada.

Tabulação alinhada à esquerda

Tabulação centralizada

Tabulação alinhada à direita

Tabulação decimal

Clique no parágrafo em que você deseja definir uma tabulação.

Dê um clique no botão ( ) de alinhamento de tabulação para escolher o tipo de


tabulação que você deseja.

Mova o ponteiro do mouse até o local na régua onde deseja incluir a parada de tabulação e dê um
clique.

Pressione a tecla Tab para alinhar o texto com a parada de tabulação.

ESPAÇAMENTO DA LINHA
Selecione o texto que você deseja alterar.
Clique em Formatar/ Parágrafo para abrir a caixa de diálogo Parágrafo.
Dê um clique no espaçamento desejado na lista suspensa Entre linhas (Ex: Duplo).
- TST 2007 – V_RG_S - 39
Noções de Informática
Dê um clique no botão “OK” e o seu texto selecionado está com o espaçamento de linha
escolhido.

QUEBRA DE PÁGINA
Para inserir uma quebra de página clique com o cursor onde você deseja inserir uma quebra.
Clique em Inserir/ Quebra para abrir a caixa de diálogo Quebra.
Dê um clique no tipo de quebra de seção que mais lhe convém (Ex: Próxima Página).
Clique no botão “OK” e a quebra de seção aparece no documento.

Dica: Você pode pressionar as teclas Ctrl + Enter para inserir uma quebra de página no seu
documento.

INSERIR FIGURAS
Para inserir uma figura em seu documento clique com o cursor no local
onde deseja inserir a figura.
Clique em Inserir/ Figura/ Clip Art para abrir a caixa de diálogo Inserir Clip
Art.
Dê um clique na categoria de clip art na guia Figuras e percorra as opções
Clique na figura deseja e clique no ícone Inserir.
Clique no botão Fechar para fechar a caixa de diálogo Inserir Clip Art.

Dica: Você pode dar um clique duplo na figura para abrir a caixa de diálogo Formatar Figura.

COLUNAS
Você pode exibir um texto em múltiplas colunas (Ex: Jornal) em uma página do documento do
Word
Para isso selecione o texto que deseja transformar em colunas.
Clique no botão ( ) Colunas e selecione a quantidade de colunas desejado.

- TST 2007 – V_RG_S - 40


Noções de Informática
NÚMEROS DE PÁGINAS
O Word pode, automaticamente, inserir os números das páginas nos seus documentos e imprimir
esses números na posição que você determinar.
Para inserir números de páginas em seu documento clique em Inserir/ Números de Páginas...
para abrir a caixa de diálogo Números de Páginas.
Dê um clique na seta Posição para selecionar se você quer o número na parte superior ou inferior
das páginas.
Clique na seta Alinhamento para selecionar se você quer o número à esquerda, ao centro ou no
lado direito, assim como no lado de dentro ou de fora da página.
Dê um clique no botão “OK“ e pronto.

Dica: Você pode alterar o formato dos números das páginas para letras ou numerais romanos,
clique no botão Formatar na caixa de diálogo Números de Páginas.

CABEÇALHO E RODAPÉ
Os cabeçalhos e rodapés são o texto que aprece impresso na parte superior e/ou inferior de cada
página de um documento.
Para inserir um cabeçalho e rodapé em seu documento clique em Exibir/Cabeçalho e rodapé para
abrir a barra de ferramentas Cabeçalho e Rodapé. O cursor será automaticamente posicionado
na área de cabeçalho.
Digite o texto desejado para a parte superior da página
Dê um clique no botão Alterar Entre Cabeçalho e Rodapé.
Digite o texto desejado para parte inferior da página.

Dica: Você pode também inserir números de páginas, horas, data, Autotexto e alinhar tanto o

cabeçalho como o rodapé utilizando os botões ( ) de alinhamento.

COMENTÁRIOS
Você pode deixar informações em um documento para lembrar um leitor de verificar algo em seu
documento.
Para isso selecione o texto onde você deseja inserir um comentário.

- TST 2007 – V_RG_S - 41


Noções de Informática
Clique em Inserir/Comentário para abrir a área de comentários na parte inferior da área de
trabalho.
Digite o texto que você deseja mostrar no comentário.
Clique no botão Fechar para retornar ao documento
Ex: Comentário

IMPRIMIR UM DOCUMENTO
O Word facilita a impressão de um documento e permite selecionar as definições de impressoras
e fontes. Você pode imprimir um documento inteiro, algumas páginas especificar o número de
cópias a imprimir e agrupar as páginas à medida que imprime.
Antes mesmo de imprimir um documento você pode visualizar a impressão, para isso clique no

botão ( ) Visualizar Impressão.

Clique no botão ( ) Imprimir para imprimir o documento usando as definições padrão.

O documento será impresso.

Clique em Arquivo/Imprimir... para abrir a caixa de diálogo Imprimir

- TST 2007 – V_RG_S - 42


Noções de Informática

Em Intervalo de páginas marque:


Todos (imprimir todas páginas)
Página atual (imprimir somente a página atual)
Páginas (imprimir somente algumas páginas)

Em Cópias clique nas setas ( ) para aumentar ou reduzir o número de cópias do documento.
Clique em “OK” para imprimir.

Dica: Na caixa de diálogo Imprimir clique em ( ) para alterar definições de sua


impressora (qualidade de impressão e opções de papel).

TABELA
Em vez de criar longas listas de informações e tentar fazer uma referência cruzada dessas listas
você pode simplesmente incluir uma tabela no seu documento. As tabelas podem ser usadas
para organizar as informações e criar colunas de texto lado a lado para apresentar os dados de
uma maneira fácil de ler.
Para criar uma tabela dê um clique no botão ( ) Inserir Tabela na barra de ferramentas Padrão
e selecione o número de linhas e colunas que deseja.

- TST 2007 – V_RG_S - 43


Noções de Informática

Digite o texto que a primeira célula da tabela deve conter.


Pressione as teclas Tab e seta para cima ou seta para baixo para navegar na tabela e incluir o
texto. As linhas são redimensionadas para encaixar as informações digitadas

Ex: Tabela de Apostilas

APOSTILA TAMANHO EM KB PREÇO


CorelDRAW 125 R$ 35,00 reais
Html 90 R$ 22,00 reais
FrontPage 50 R$ 20,00 reais

Dica: Clique em qualquer célula da tabela.


Clique em Tabela/AutoFormatação da tabela... para abrir a caixa de diálogo AutoFormatação da
Tabela, escolha uma opção na lista Formatos.

CRIANDO CARTAS MODELO, ENVELOPES E ETIQUETAS

Para criar Cartas modelo associadas a um banco de dados, ou seja, criar um modelo (de carta
comercial por exemplo), com o texto que quase nunca é alterado e associar a este documento um
banco de dados com nomes de clientes, devemos seguir estes passos:
• Abro um arquivo novo.
• No menu Ferramentas, escolho o comando Mala Direta.

- TST 2007 – V_RG_S - 44


Noções de Informática

• Na caixa de diálogo Mala Direta, escolho o comando Criar


• Este comando oferece a opção de criar Cartas Modelo, Etiquetas, Envelopes, Catálogo.
• Feita a opção de documento, devemos buscar a fonte de dados existente ou criá-la.
• O último passo é mesclar o documento com a fonte de dados e assim obter o documento com
os dados oriundos de um banco de dados.
Ex: Vamos criar uma Mala Direta para os nossos clientes

Em primeiro lugar, abrimos um arquivo novo, depois escolhemos no menu Ferramentas o


comando Mala Direta, na caixa de diálogo Mala Direta escolhemos Criar – Cartas modelo, Uma
janela de mensagem aparece.

Na caixa de diálogo, dê um clique no botão Alterar o Tipo do Doc...

Esta seleção cria um documento principal na janela do documento atualmente ativa, em vez de
abrir uma nova janela do documento.

Criando um Arquivo de Dados

Na caixa de diálogo Auxiliar de Mala Direta, dê um clique no botão Obter Dados em Origem de
Dados.
- TST 2007 – V_RG_S - 45
Noções de Informática
- Selecione Criar Origem de dados.

O Word exibe a caixa de diálogo Criar Origem de Dados, na qual você pode especificar os nomes
de campos a serem incluídos no arquivo de dados. Você pode começar com os campos
sugeridos já oferecidos, remover os que não quer usar, ou acrescentar os seus próprios campos.

Inserimos os campos desejados, removendo os campos desnecessários.

Tendo escolhido os campos de nossa base de dados, quando dermos OK, aparece uma caixa de
diálogo Como você vai usar quase todos os nomes de campos da lista Nome do campo, pode
remover os que não interessam. Para cada um dos seguintes nomes de campo, primeiro
selecione o campo, depois dê um clique no botão Remover Nome de Campo para remove-lo da
lista.

Posição
Endereço2
País
FoneResidêncial
FoneComercial

Na caixa Nome do campo, digite Produto e depois clique no botão Acrescentar Campo. O novo
campo aparece na base da lista de nomes de campo. Dê um clique no botão OK.

A caixa de diálogo Salvar Como aparece. Salve com um nome fácil para que você possa se
lembrar no futuro, no nosso exemplo iremos salvar como dados.

Será aberta caixa de diálogo e você deverá clicar no botão Editar origem de dados.
A caixa de diálogo Formulário de Dados aparece.

A caixa de diálogo Formulário de Dados contém os campos que você especificou no arquivo de
dados. Você vai introduzir um conjunto de campos para cada pessoa que irá receber sua mala
direta. Você pode introduzir tantos registros de dados quanto quiser.

Após cadastrar todos os seus clientes, clique no botão OK. Você retorna ao documento principal.
Observe a nova barra de ferramentas Mala Direta. Use os botões dessa barra de ferramentas
quando estiver trabalhando com documentos de mesclagem.

- TST 2007 – V_RG_S - 46


Noções de Informática

Barra de ferramentas Mala Direta

Na barra de ferramentas Mala Direta, dê um clique no botão Inserir Campo.


Quando você seleciona esse botão, aparece uma lista de nomes de campos que você pode
inserir em seu documento principal. Você seleciona os nomes de campos na lista.

Agora você terá que ir inserindo os campos dentro da sua Mala Direta, conforme suas
necessidades.
Após inserir todos os campos que você necessita e ter feito o texto que irá aparecer na sua Mala
Direta, você deverá Gravar o Documento Principal.
No menu Arquivo, escolha Salvar, agora escolha um nome para a sua mala direta, em nosso
exemplo iremos dar o nome de Pratica.

O último passo é mesclar o seu banco de dados, para isto, basta você clicar no botão Mesclar, e
sua Mala direta já esta pronta, agora é só imprimir e enviar para os seus clientes.

PÁGINAS WEB
Para usar o seu documento como uma página Web, é preciso salvá-lo no formato Html.
Crie um documento normal usando as formatações desejadas como fonte, tamanho da fonte, cor
da fonte, figuras, alinhamento, tabelas, etc. Após terminar de criar seu documento clique em
Arquivo/ Salvar como...
Em:
Salvar em: (escolha a pasta onde deseja guardar o arquivo)
Nome do arquivo: (dê um nome para o arquivo)
Salvar como tipo: (clique na seta e escolha Páginas da Web)

Clique no botão ( ) Salvar.

- TST 2007 – V_RG_S - 47


Noções de Informática

Hyperlinks
Caso queira criar somente um atalho para uma página Web em seu documento crie então um
Hyperlink.

Clique no botão ( ) Inserir Hyperlink


No espaço Digite o nome do arquivo ou da página Web: você deve digitar o endereço que
deseja que seja visitado pode ser um documento local ou uma página Web.
No espaço reservado para Texto de exibição: digite o texto que indica a página a ser visitada.
Clique no botão “OK” para ver o resultado.

USE AUTO CORREÇÃO PARA INSERIR TEXTO

Suponha que você esteja criando uma lista de produtos em que cada linha começa com o mesmo
nome. Em vez de digitar todas as vezes a parte repetida do nome do produto, você pode digitar a
entrada Auto Correção seguida pelo resto do nome. O Microsoft Word insere o texto repetido
enquanto você estiver digitando.

No menu Ferramentas escolha Auto Correção.


Com o ponto de inserção na caixa Substituir, digite sutai
Na caixa Por – digite Sutairo Estética
Dê um clique no botão Adicionar – A nova entrada é acrescentada à lista de entradas Auto
Correção na caixa de diálogo
Dê um clique no botão OK para retornar ao documento.

Criar uma Capitular Inicial


- Clique no parágrafo que você deseja iniciar com uma capitular grande. O parágrafo deve
conter texto.

- No menu Formatar, clique em Capitular.

- Clique em Capitular ou Na margem

- TST 2007 – V_RG_S - 48


Noções de Informática
Formatando a imagem no documento
Depois de inserir uma imagem no documento temos que ajustar detalhes como: sua posição,
suas dimensões e sua disposição em relação ao texto. Tudo isso pode ser feito na caixa de
diálogo Formatar figura.
Para abrir a caixa de diálogo de formatação de figura, selecione a imagem e no menu Formatar
clique em Formatar figura. As vezes o nome muda para Auto Forma, clipe ou outro, dependendo
da imagem selecionada.

Para alterar as dimensões


com o mouse, selecione a
figura. Em seguida arraste
Para não alterar as as alças de
proporções da dimensionamento que
aparecem em volta da
imagem faça o imagem.
redimensionamento
arrastando as alças
dos cantos.

Figura - Caixa de diálogo Formatar AutoForma

DISPOSIÇÃO

A disposição define como a imagem fica colocada em relação ao texto principal. Os ajustes são
feitos na caixa de diálogo Formatar Figura. Há quatro tipos de disposição:
Atrás do texto. O texto cobre a imagem. É ideal para criar marcas d’água.
Na frente do texto. A imagem cobre o texto que estiver atrás dela.
Alinhada com o texto. Neste caso a imagem se comporta como se fosse um caractere dentro do
texto.

- TST 2007 – V_RG_S - 49


Noções de Informática
Contornada pelo texto. O texto se ajusta em torno da imagem e nem um nem outro ficam
cobertos. Há vários
formas de contornar.

CONFIGURANDO A PÁGINA

Para você definir a margem da folha da folha de impressão, adequando assim o formato de texto
para o trabalho desejado, basta acionar o MENU ARQUIVO, Comando CONFIGURAR PÁGINA.
Será apresentado uma caixa de dialogo que possibilita a configuração das margens da folha, do
tamanho do papel, da orientação de impressão etc.

Clicando na guia tamanho do papel


É possível configurar também
A orientação Retrato e Paisagem

Para fixar esses conceitos siga os seguintes passos


1 – Abra o menu Arquivo e escolha Configurar Página SvOutPlaceObject

2 – Especifique as margens. Direita 3 cm, Esquerda 3 cm


3 – Clicando na guia tamanho do papel escolha A4.
4 – Modifique a Orientação para Paisagem.
5 – Finalize Clicando OK.

DEFININDO PARÁGRAFO

Para definir as margens do trabalho para todo o documento, você deve acionar o menu
FORMATAR comando PARÁGRAFO. As margens podem ser alteradas antes ou depois da
digitação de qualquer texto. Na caixa de dialogo apresentada é possível definir o recuo da
primeira linha (Margem de Parágrafo). Pela opção especial.
A definição das margens do parágrafo pode ser feita global ou parcial, também pela régua
horizontal. Aliás é o processo mais pratico e recomendado.
Indicador de recursos de primeira linha

- TST 2007 – V_RG_S - 50


Noções de Informática
Utilizando a régua:
Selecione os parágrafos que
você deseja recuar na régua
horizontal para o local desejado
Indicador de
Indicador de SvOutPlaceObject

Margem Direita
Margem esquerda

INSERINDO SÍMBOLOS

Objetivando melhorar a apresentação de documentos, o Word oferece a possibilidade de inserir


Símbolos que são caracteres especiais  ☯    que não estão disponíveis no teclado.
Para inserir no documento os símbolos basta:

- Menu Inserir A fonte deve estar


em Wingdings para
- Comando Símbolo oferecer símbolos
tradicionais.
- Escolha o símbolo
- Use botão Inserir
- Depois Fechar
SvOutPlaceObject

Você pode apagar o Símbolo como


se fosse texto e também colorir,
aumentar e diminuir.

TEXTO EM COLUNAS

formatação de um documento em colunas pode formatar tanto antes do documento ser digitado,
como logo após a digitação. Esse procedimento contempla tanto o documento inteiro como
apenas trechos de textos selecionados.
Quando você aciona o Menu FORMATAR, Comando COLUNAS, aparece a caixa de dialogo que
pode observar.
Você pode:

- TST 2007 – V_RG_S - 51


Noções de Informática

- Escolher o Nº de Colunas
- Definir Largura da Coluna

OBS: você deve selecionar o texto antes de


usar o comando formatar – Colunas.
Não.
EX:
1 – Digite o texto Abaixo SvOutPlaceObject

2 – Selecione o texto
3 – Use o comando Colunas
4 – Escolha 3 Colunas e OK

O texto deve ser digitado até o final da linha para dar certo.

O DIA DE HOJE

- TST 2007 – V_RG_S - 52


Noções de Informática
A coisa mais importante que você
BORDAS E SOMBREAMENTO dormir você possa dizer:
possui é o dia de hoje. O dia de
hoje, mesmo que esteja
espremido entre o ontem e o Hoje eu fui capaz de viver!
amanhã, deve merecer sua total
prioridade. Só hoje você pode ser
feliz; o amanhã ainda não chegou
e já é muito tarde para ter sido
feliz ontem. A grande maioria de
nossas dores são frutos dos
restos de ontem ou dos medos de
amanhã. Viva o dia de hoje com
sabedoria: decida como irá
alimentar seus minutos, o seu
trabalho o seu trabalho o seu
descanso e faça tudo que seja
possível para que o dia de hoje
seja seu, já que ele lhe foi dado
tão generosamente. Respeite-o
de tal maneira que, quando for
dormir

O Comando bordas e sombreamento, pode ser usado através do Menu FORMATAR, Comando
BORDAS E SOMBREAMENTO. Que traz tipos de bordas para tabela, cores para as bordas e
largura. Também possível preencher as células da tabela com cores usando o
SOMBREAMENTO. E colocando borda da página.

Tipo de
bordas

Cor da borda

Largura da borda
SvOutPlaceObject

Visualizar Impressão

SvOutPlaceObject

Para exibir cada página como ela ficará quando impressa, clique em Visualizar impressão na
Barra de Ferramentas Padrão, ou Menu Arquivo comando Visualizar Impressão.

Para sair do modo de visualização de impressão e voltar à visualização anterior do documento,


clique em Fechar, ou pressione a tecla ESC no teclado.

- SEDS 2007 – V_RG_S - 53


Noções de Informática

Imprimir

Você pode imprimir o documento ativo clicando em Imprimir na barra de ferramentas padrão. Ou
no Menu ARQUIVO, comando IMPRIMIR.

No comando Imprimir podemos definir números de cópias, páginas ímpares e páginas pares e
intervalos páginas para impressão.

WordArt
O WordArt é ideal para criar textos com efeitos artísticos no documento. Com ele criamos textos
com efeitos 3D, com curvaturas, com efeitos de cor especiais, etc..

Para criar um texto artístico com o WordArt faça assim:

1. Inicie o programa clicando no menu Inserir, em Figura e em Wordart...

2. Selecione um estilo para o texto artístico e clique em OK.

3. Digite o texto na caixa de diálogo. Se quiser, formate a fonte do texto.

4. Clique em OK. O texto artístico será inserido no documento.

- SEDS 2007 – V_RG_S - 54


Noções de Informática

Figura - Caixa de diálogo WordArt Gallery Figura - Caixa de


diálogo Editar texto de WordArt

Formatando o texto artístico


Depois de criar o texto artístico, você pode formata-lo. Enquanto ele estiver selecionado,
veremos a barra do WordArt na tela. Os botões desta barra nos permitem fazer ajustes como:

WordArt Gallery: Você escolhe um estilo pronto na galeria.

Editar o texto: Você digita o texto novamente.

Forma da WordArt: você escolhe a forma do texto artístico.

Girar: você gira a WordArt livremente.

Altura de caracteres: ativo deixa maiúsculas e minúsculas com mesma altura.

Orientação, alinhamento e espaçamento: alteram a distribuição do texto.

Figura - Barra de WordArt

- SEDS 2007 – V_RG_S - 55


Noções de Informática

 UTILIZAÇÃO DA INTERNET – Noções Gerais


Para acessar sites da Internet você necessita de um micro computador com um sistema
operacional (Windows, Linux, etc), um dispositivo chamado modem instalado no computador (
para banda larga ou para conexão discada), uma linha telefônica (por onde trafegarão os dados )
e fazer algumas configurações para acessar as páginas na net.
Alguns portais com IG, UOL, Terra ajudam os internautas a se conectarem á rede, dando
suporte por telefone, ou fornecem um “discador” que, praticamente configura o micro do
internauta automaticamente.
Dentro das várias utilizações da Internet, a navegação on-line é, sem dúvida, a utilização por
excelência.
Navegar na Net em busca de algo ou apenas à deriva é uma atividade diária para milhões
de internautas. A WWW é um universo de páginas repletas de todos os tipos de informação e
conteúdos.
A navegação, neste mundo cibernético, é feita à custa dos hyperlinks (endereços dos
sites, ou páginas ) que nos transportam de página em página. Mas não só, quando conhecemos
os endereços (URL) dos sites que queremos visitar a navegação é direta.
Para navegar na Net necessitamos de um "meio de transporte" que nos leve ao destino. São os
web browsers(Internet Explorer, Mozzila, Eudora) , que se encarregam desta função. Estes
browsers ou navegadores são aplicações informáticas que permitem visualizar as páginas Web,
documentos criados em linguagem HTML (HyperText Markup Language).
As páginas web podem conter texto, imagens, animações, vídeo, áudio e os hyperlinks
que apontam para outras páginas.
Após estas considerações iniciais, surge-nos uma pergunta: Por onde começar a nossa
navegação?

Assim que iniciamos uma sessão na Internet, o nosso navegador apresenta-nos uma
página por defeito que poderá ser aquela que desejamos.
Geralmente escolhe-se para ponto de partida um site com informação variada, organizada
por categorias e que também inclua um pesquisador. Surgem assim os porteiros da Net, que nos
abrem as portas deste imenso universo de informação.
Portais da Net
Os portais são, indubitavelmente, um excelente ponto de partida para as nossas viagens
no ciberespaço.
Atualmente existem no Brasil alguns portais de excelente qualidade que, além de
apresentarem uma organização temática da informação, oferecem notícias, e-mail gratuito,

- SEDS 2007 – V_RG_S - 56


Noções de Informática
acesso grátis a chats e grupos de discussão, seções de humor, astrologia, jogos, esporte, etc., e
ainda inclui uma ferramenta de pesquisa.
Aqui no Brasil destacan-se portais como o UOL ( www.uol.com.br ), IG ( www.ig.com.br ),
o Terra ( www.terra.com.br ) alguns sites de busca e pequisa como o Google (
www.google.com.br ) e o cadê ( www.cade.com.br ) sem falar numa infinidade de lojas, bancos e
instituições que também tem suas home pages ( www.itau.com.br, www.saraiva.com.br,
www.receita.fazenda.gov.br).

Sobre discadores e erros freqüentes de conexão.


1 - O que é o Discador?
O Discador é um programa gratuito que auxilia o usuário a se conectar à Internet.
Cada provedor como UOL, IG, Terra e outros tem seus discadores, mas a função dos discadores
é a mesma seja qual for o provedor de acesso que você esteja uitlizando.
As citações abaixo exemplificam como seria o uso do discador do provedor IG, mas vale lembrar
que o princípio de funcionamento dos discadores é o mesmo.
O Discador Ig por exemplo é atualizado automaticamente, corrigindo eventuais problemas e
mantendo os números telefônicos atualizados.
Alguns antivírus podem apresentar mensagens de tentativas de invasão. Devido a sua
configuração, o Discador iG é um software auto-atualizável devido essa característica o antivírus
deve ser configurado permitindo que o Discador iG tenha acesso a Internet.

Algumas vantagens:
- Com ele você não precisa decorar o número telefônico de acesso discado ao iG e tão pouco se
preocupar com as alterações deste número.
- Disca automaticamente para o(s) número(s) disponível(is) na sua cidade até encontrar uma linha
desocupada.
- Faz autenticação automática. Basta só digitar usuário (e-mail do iG) e senha no Discador.
- Atualiza automaticamente os números telefônicos das cidades e atualiza cidades aonde o iG
chegou.
- Mostra a velocidade de conexão, a quantidade de bytes enviados e recebidos além do tempo de
conexão.
- Seu tamanho é pequeno, tem por volta de 900 Kbytes, cabendo em um disquete.
- Não altera nenhuma configuração do seu computador.
- Pede confirmação quando faz ligação interurbana, desta forma você saberá que estará pagando
mais pela ligação.
- Abre automaticamente seu browser.

- SEDS 2007 – V_RG_S - 57


Noções de Informática
2 - O que é preciso para instalar o Discador iG?
As configurações mínimas que seu micro precisa para que você possa instalar o Discador iG, são
as seguintes:
1. Um modem instalado e conectado a uma linha telefônica.
2. Sistema operacional Windows 95, 98, ME, 2000, XP ou NT 4.
OBS: Para que você possa instalar e usar o Discador iG no sistema operacional Windows 2000,
Windows XP e Windows NT, é necessário que você certifique-se que seja o(a) administrador(a)
da máquina. Caso você esteja conectado a uma rede, verifique com o administrador(a) o seu
nível de privilégios e informe-o(a) que você precisa ser o(a) administrador(a) local da máquina.

3 - Como configuro meu modem para discagem de Tom ou Pulso?


1. Clique em configurações no Discador
2. Em Discagem pode ser selecionado Tom, Pulso ou a opção de “Espera de Tom” que faz com o
que o modem espere o Tom de Discagem.

4 - Erro 680 - Quando não há sinal de linha.


1. Verifique se os cabos estão conectados corretamente na entrada Line de seu modem.
2. Cheque se é linha direta ou ramal. Se for ramal, coloque o número para discagem externa,
com uma vírgula entre o número de conexão e o ramal.
3. Coloque string atx3, na dial-up dentro das propriedades do Discador iG.
4. Desabilite o código de país e cidade.
5. Verifique se a linha é "Tom" ou "Pulso" e configure.
6. Desabilite o "Aguardar sinal antes da discagem".
7. Tente se conectar novamente.

5 - Erro 602 - A porta já está aberta.


1. Pressione as teclas CTRL+ALT+DEL ao mesmo tempo, selecione o item RNAAPP e clique no
botão Finalizar Tarefa.
2. Desligue o computador por completo e ligue novamente.
3. Realize o diagnóstico do modem, verifique se responde. Caso não responda, o modem deve
ser verificado (possivelmente não esteja bem instalado ou esteja queimado)

6 - Erro 629 - Você foi desconectado do computador para qual está discando clique duas
vezes na conexão para tentar novamente.
1. Pode ser resolvido mudando a string de conexão.
2. Coloque uma string de conexão de acordo com o fabricante do modem.
3. Remova a conexão, crie uma nova e faça um teste.

- SEDS 2007 – V_RG_S - 58


Noções de Informática
4. Caso não conclua a discagem, verifique a troca de Tom para Pulso.
5. Caso nenhum dos procedimentos 1, 2, 3 e 4 tenha dado certo, reinstale as comunicações.
Verifique se você possui o CD do sistema operacional utilizado, caso não possua, não prossiga.

7 - Erro 630 - O computador não esta recebendo resposta do modem.


1. O modem pode estar desligado ou o computador não reconhece o modem.Verifique se o
modem instalado está selecionado corretamente na Dial-up.
2. Reinstale o modem. Verifique se você possui o driver de instalação do modem utilizado, caso
não possua, não prossiga.

8 - Erro 631 - O modem foi desconectado pelo usuário.


1. Ocorreu uma perda de conexão, tente conectar novamente.

9 - Erro 645 - Erro de Autenticação Interna.


1. Verifique se a rede está completa com TCP/IP e ADAPTADOR DIAL-UP.
2. Verifique se você esta digitando o nome de usuário e senha corretamente, verificando inclusive
se o CAPS LOCK está ligado.
3. Remova a conexão e crie uma nova.
4. Reinstale Comunicações. Verifique se você possui o CD do sistema operacional utilizado, caso
não possua, não prossiga.

10 - Erro 650 - O computador para qual esta discando não responde ao pedido de rede -
verifique a configuração do seu tipo de servidor nas propriedades da conexão.
1. Remova a conexão e crie uma nova.
2. Em último caso, reinstale as comunicações. Verifique se você possui o CD do sistema
operacional utilizado, caso não possua, não prossiga.

11 - Erro 666 - Seu modem ou outro dispositivo de conexão não está funcionando.
1. Verifique se há outro programa utilizando o modem, como programa de fax ou software de
banco.
2. Verifique se há alguma string não compatível com o modem, remova das configurações
adicionais.
3. Verifique se a instalação do modem esta correta.
4. Desligue o computador e ligue novamente.
5. Caso os procedimento 1,2,3 e 4 não tenham solucionado o problema, reinstale o modem.

12 - Erro 676 - A linha está ocupada - tente novamente mais tarde.

- SEDS 2007 – V_RG_S - 59


Noções de Informática
1. Verifique o n° para qual está discando. Cheque se precisa de código DDD e operadora, caso o
usuário esteja em outra cidade.
2. Verifique se o número de conexão é 1500 XXXX, caso seja, você só vai conectar se estiver
falando da mesma cidade da operadora.
3. Cheque se é PABX. Se for ( 0,, + número de conexão ) string ATX3 e desmarque “aguardar
sinal” antes de discar nas propriedades do modem.
4. Caso não seja PABX, verifique se nas propriedades do modem está marcado “acessar linha
externa disque primeiro” e desmarque.
5. Verifique o tipo de linha se esta marcado TOM ou PULSO e configure para o tipo de discagem
de sua linha.

13 - Erro 678 - O computador para qual está discando não responde - tente novamente
mais tarde.
1. Verifique se o número de conexão está correto, verifique se há necessidade de código DDD e
operadora, caso usuário esteja em outra cidade.
2. Verifique se o número de conexão é 1500 XXXX, caso seja, você só vai conectar se estiver
falando da mesma cidade da operadora.
3. Verifique se o fio da linha telefônica esta na entrada correta, no modem LINE.
4. String para modem.
5. Desmarque aguardar sinal antes de discar e marque “discagem por pulso”. (muito cuidado pois
este procedimento pode causar erro 678, caso ocasione isto, volte com estava antes).
6. Verifique se o modem faz handshake (barulhos parecidos com sinal de fax) e chega a verificar
a senha.
7. Verifique se o fio da linha telefônica esta com mal contato.

14 - Erro 680 - Não há sinal de discagem.


1. Verifique se o cabo da linha telefônica se encontra conectado corretamente no modem.
2. Verifique se a linha esta muda.
3. Verifique se a linha utiliza PABX ou se é necessário discar algo para obter a linha externa.

15 - Erro 691 - O computador para o qual você discou não pode estabelecer uma conexão
com a rede Dial-up.
1. A senha ou o login não foi digitado corretamente. Redigite o login e a senha corretamente e
tente novamente.

16 - Erro 718 - Erro de autenticação interna.


1. Remova e adicione novamente a conexão Dial-up.

- SEDS 2007 – V_RG_S - 60


Noções de Informática
2. Verifique status da operadora local do provedor.
3. Verifique se a rede do Windows está completa, com no mínimo o Adaptador Dial-Up e o
TCP/IP.
4. Reinstale Comunicações. Verifique se você possui o CD do sistema operacional utilizado, caso
não possua, não prossiga.

17 - Erro 720 - O acesso a rede dial-up não consegue negociar um conjunto compatível de
protocolos, especificados no tipo de servidor.

1. Remova a conexão.
2. Reinstale Comunicações. Verifique se você possui o CD do sistema operacional utilizado, caso
não possua, não prossiga.
3. Crie uma nova conexão e tente novamente ou utilize o Discador iG.

18 - Como insiro uma String em meu modem?


1. Clique no botão “configurações”.
2. Clique no botão “configurações adicionais”.
3. Digite a string adequada para o seu modem e clique no botão “confirmar”.

19 - Como realizo o diagnóstico do modem?


1. Clique no menu "Iniciar" do Windows.
2. Clique em "Configurações".
3. Clique em "Painel de Controle".
4. Dê dois cliques no ícone "Modem".
5. Entre na pasta “Diagnóstico”.
6. Selecione a porta que esta instalada seu modem e clique no Botão “Mais informações”.

20 - Como reinstalo as comunicações do Windows?


1. Clique no menu "Iniciar" do Windows.
2. Clique em "Configurações".
3. Clique em "Painel de Controle".
4. Clique no ícone “Adicionar/Remover Programas” e entre na pasta “Instalação do Windows”.
5. Desmarque a opção “Comunicações” e clique em Ok.
6. Clique novamente no ícone “Adicionar/Remover Programas” e entre na pasta “Instalação do
Windows”.
7. Marque a opção “Comunicações” e clique em Ok.

- SEDS 2007 – V_RG_S - 61


Noções de Informática
8. Isso fará com que as Comunicações do Windows sejam instaladas novamente e será solicitado
o CD do Windows para cópia dos arquivos do CD, insira o CD do Windows no CD-ROM e clique
em Ok.
9. Caso apareça uma Caixa perguntando se deseja manter o arquivo existente, clique em SIM, o
Windows mostrará uma caixa dizendo que a Rede Dial-Up foi instalada e depois perguntando se
você quer Reiniciar seu computador, clique em “SIM”.

21 - Como verifico os protocolos da rede?


1. Clique no menu "Iniciar" do Windows.
2. Clique em "Configurações".
3. Clique em "Painel de Controle".
4. Clique em “Rede”.
5. Na pasta “Configuração” deve estar presentes no mínimo o “Adaptador Dial-Up” e o "TCP/IP”.

22 - Como verifico o Tipo do Servidor?


1. Clique no ícone "Meu computador".
2. Clique em "Acesso a Rede Dial-Up".
3. Clique com o botão direito no ícone da conexão do iG e clique em “Propriedades”.
4. Entre na pasta “Tipo do Servidor”.
5. No “Tipo de Servidor de Rede Dial-Up” selecione “PPP: Internet, Windows NT Server, Windows
9x” nas “Opções Avançadas” marque somente “Ativar compactação de software” nos “Protocolos
de Rede permitidos” marque somente o “TCP/IP”.

23 – O que é erro de CRC?


1. Limpe o Cache do Internet Explorer aberto ( Iniciar > Configurações > Painel de Controle, clicar
no ícone Opções Internet > Excluir Cookies > botão ok ).
2. Baixe novamente o Discador iG, feche os browsers abertos e execute a instalação.

24 - Como salvo o Discador em disquete?


Para salvar o Discador em disquete, basta clicar em Discador iG na Central do Cliente. Será
aberta uma janela para você fazer o download.
1. Clique na opção "Salvar";
2. Abrirá uma janela onde você poderá selecionar a unidade de disco que você deseja salvar (na
maioria dos computadores, o driver de disquete é a unidade A);
3. Clique em "Salvar" e aguarde o download do Discador.

25 – Como atualizo o Discador iG?

- SEDS 2007 – V_RG_S - 62


Noções de Informática
O Discador IG é atualizado automaticamente, corrigindo eventuais problemas e mantendo os
números telefônicos atualizados. Alguns antivírus podem apresentar mensagens de tentativas de
invasão, devido a sua configuração. Desta forma, o antivírus deve ser configurado permitindo que
o Discador iG tenha acesso a Internet para futuras atualizações.

 CORREIO ELETRÔNICO

- SEDS 2007 – V_RG_S - 63


Noções de Informática
O conceito de correio eletrônico vem do antigo conceito de correio, onde você recebe ou
envia cartas, mas na Internet esse conceito mudou apenas na forma como essas
correspondências são enviadas ou recebidas.
Há duas maneiras de se enviar / receber e-mails pela net, são através do browser (na
página do provedor) ou programas de e-mails (Outlook Express).

Como configurar seu Outlook Express para receber seus e-mail no computador
Nesses exemplos estamos considerando o provedor de acesso a Internet como o UOL,
mas você deverá substituir o “UOL” pelo nome do seu provedor de acesso.
Siga o procedimento abaixo:
Abra o Outlook Express;
Clique em "Ferramentas" (Tools) e selecione "Contas" (Accounts)
Na nova janela, clique em "Adicionar" (Add), selecione "E-mail" (Mail) e clique em "OK"
Você vai ver a primeira tela da adição de e-mail ao Outlook Express
No campo "Nome" (Name) coloque seu nome
Clique em "Próximo" (Next)

Na tela seguinte basta informar seu e-mail no UOL:


Coloque seu e-mail do UOL nesse campo
Clique em "Próximo" (Next)

- SEDS 2007 – V_RG_S - 64


Noções de Informática

Você vai ver a tela de definição de servidores de e-mail:


No menu superior, selecione POP3.
No primeiro campo, coloque pop3.uol.com.br
No segundo campo, coloque smtps.uol.com.br
Clique em "Próximo" (Next)

- SEDS 2007 – V_RG_S - 65


Noções de Informática

Na próxima tela você informa seu nome de usuário e senha. Para sua comodidade, pode ativar a
opção "Salvar senha", para não ter de informá-la a cada acesso. Ao clicar em "Próximo" (Next)
você verá a tela que confirma o sucesso da configuração.
Clique em "Finalizar" (Finish) e, na janela de Contas, clique duas vezes sobre a conta que você
acabou de configurar:

- SEDS 2007 – V_RG_S - 66


Noções de Informática

Na tela de Propriedades, clique na guia "Servidores" (Servers) e siga as instruções.


Selecione a opção "Meu servidor requer autenticação"
Clique em "Configurações" (Settings)

Uma nova janela vai se abrir. Basta selecionar a primeira alternativa. O programa vai utilizar as
mesmas informações adicionadas nas configurações anteriormente feitas.

Pronto, seu Outlook Express está pronto para enviar e receber mensagens

- SEDS 2007 – V_RG_S - 67


Noções de Informática

Dicas extra de como personalizar seu Outlook Express

Nesses exemplos estamos considerando o provedor de acesso a Internet como o UOL, mas você
deverá substituir o “UOL” pelo nome do “seu provedor de acesso”, que pode ser, UOL, Terra, IG,
etc....

Como configurar meu programa de correio no Outlook


Basicamente, você precisa configurar seu programa para usar pop3.uol.com.br como servidor de
recebimento de e-mails e smtps.uol.com.br como servidor de envio de mensagens (neste caso é
preciso ativar a autenticação para envio de e-mail em seu programa).

1. O que é correio eletrônico?


O correio eletrônico é um dos serviços mais utilizados na Internet. Com ele você pode receber e
enviar mensagens de maneira rápida e eficiente.

2. Como faço para ler meus e-mails pelo UOL?


O Webmail permite que você acesse suas mensagens de qualquer computador, em qualquer
lugar do mundo. Basta acessar a página http://email.uol.com.br/. Caso você tenha um programa
para receber correio eletrônico (e-mail) em seu computador, basta apenas configurá-lo para usar
seu e-mail UOL. No começo desta página há a indicação de como fazer isso no tópico "Como
configurar meu programa de correio". É só escolher o programa de e-mail que você tem instalado
e seguir o manual.

3. Quais são as vantagens do Webmail?


Com o Webmail você não precisa ter um correio eletrônico instalado no seu computador. Basta
ter um navegador e acessar a página http://email.uol.com.br/, não importa onde você estiver.

4. Como faço para entrar no Webmail?


Para acessar o Webmail, também conhecido por Webmail, é muito simples. Clique em Webmail,
na página principal do UOL. Coloque seu e-mail e senha e clique em OK. Pronto. Assim você terá
à sua disposição todos os recursos que o Webmail oferece.

5. Existe limite para envio e recebimento de e-mails no UOL?


Através do UOL você não tem nenhum limite para envio ou recebimento de e-mails.

- SEDS 2007 – V_RG_S - 68


Noções de Informática
6. Para que serve o campo "Para:" na caixa redigir mensagem do Webmail e Outlook
Express?
No campo "Para" você coloca o endereço eletrônico (aquele endereço que tem o @) da pessoa
para quem você deseja enviar a sua mensagem.

7. Para que serve o campo "C/C:" na caixa redigir mensagem do Webmail e Outlook
Express?
No campo "C/C" você acrescenta os endereços eletrônicos para onde deseja enviar cópias das
mensagens.

8. Para que serve o campo "C/O:" na caixa redigir mensagem do Webmail e Outlook
Express?
No campo "C/O" (cópia oculta) você digita endereços eletrônicos que não serão vizualizados
pelos outros destinatários.

9. Como anexar arquivos no correio eletrônico?


Para enviar arquivos anexados ao e-mail -que podem ser imagens, programas etc- faça o
seguinte:
a. Clique o ícone de um clipe ("Inserir arquivo") na barra de botões da janela em que se está
escrevendo o e-mail.
b. Encontre, na caixa de diálogo, o arquivo desejado no disco e dê um duplo clique sobre ele.
c. Você pode anexar quantos arquivos quiser em um único e-mail. Repita o procedimento acima
para cada arquivo a ser anexado.
d. Quando enviar a mensagem, os arquivos irão todos juntos.

10. Como anexar arquivos no Webmail?


a. Clique no menu "Escrever"
b. Em seguida, clique na opção "Anexar", você será redirecionado para uma tela onde, ao clicar a
opção "Procurar", você poderá localizar o arquivo que deseja anexar.
c. Selecione o arquivo que deseja e clique em "Abrir".
d. Então selecione a opção "Incluir" e, finalmente, selecione "Concluir".
e. Você será redirecionado novamente para a caixa "Escrever mensagem", onde será
acrescentado o nome de seu arquivo no campo "Anexos".
f. Termine de redigir sua mensagem e clique em "Enviar".

11. O que são antivírus?

- SEDS 2007 – V_RG_S - 69


Noções de Informática
São as vacinas para os vírus de computador. Essas vacinas são programas antivírus, que podem
ser usados também como um antídoto em máquinas já infectadas. Existem várias alternativas no
mercado, atualizadas constantemente.

12. Como faço para me proteger dos vírus por e-mail?


Não existem vírus de e-mail. O que existem são vírus escondidos em programas anexados ao e-
mail. Você não infecta seu computador apenas por ler uma mensagem de correio eletrônico
escrita em formato texto. Mas evite ler o conteúdo de arquivos anexados, sem antes certificar-se
de que eles estão livres de vírus. Salve-os em um diretório e passe um programa antivírus
atualizado. Só depois abra o arquivo.

13. Por que sempre que abro o Outlook Express sou desconectado do UOL?
O Outlook Express possui uma configuração, que sendo ativada, faz você ser desconectado logo
após ler suas mensagens. Para desativá-la, siga os seguintes passos:
a. Clique no meu "Ferramentas".
b. Clique em "Opções".
c. Clique em "Conexão".
d. Desmarque a opção "Desligar após enviar e receber" e clique em "OK".

14. Como resolvo problemas de envio de mensagens do UOL pelo Outlook?


Para resolver problemas de envio de mensagens, verifique se o protocolo de envio do UOL está
configurado corretamente:
a. Clique no menu ferramentas do Outlook.
b. Clique em "Contas".
c. Selecione a guia "Correio".
d. Dê dois cliques na conta configurada.
e. Clique na caixa de diálogo no menu "Servidores".
f. Acrescente em minúsculo na caixa mensagens enviadas SMTP: smtp.uol.com.br

15. Como resolvo problemas de recebimento de mensagens do UOL pelo Outlook?


Para resolver problemas de recebimento de mensagens, verifique se o protocolo de recebimento
do UOL está configurado corretamente:
a. Clique no menu ferramentas do Outlook.
b. Clique em "Contas".
c. Selecione a guia "Correio".
d. Dê dois cliques na conta configurada.
e. Clique na caixa de dialogo no menu "Servidores".

- SEDS 2007 – V_RG_S - 70


Noções de Informática
f. Acrescente em minúsculo na caixa mensagens recebidas POP3: pop3.uol.com.br

16. Como crio identidades dentro do Outlook para minhas contas do UOL?
As identidades são utilizadas no Outlook Express para que você possa ter caixas de entrada
separadas. Por exemplo, se você e mais alguém na sua casa utiliza uma conta de e-mail, os dois
poderão baixar os e-mails no Outlook Express sem misturar as mensagens. Para isso, basta criar
uma identidade para cada um. Ao iniciar o programa, ele pergunta qual a identidade que deve ser
aberta. Para criar uma identidade faça o seguinte:
a. Clique no botão "Novo", digite o nome do usuário desta nova identidade e depois clique OK.
b. O Outlook perguntará se você deseja alternar para esta nova identidade.
c. Clique "Sim".
d. Quando outro usuário quiser utilizar sua caixa postal própria, basta clicar em "Arquivo" e
"Alternar identidade".
e. Ao entrar em sua identidade, o usuário precisará criar sua conta de e-mail, como na primeira
vez em que utiliza o Outlook Express.
f. Várias identidades podem ser criadas, uma para cada usuário.

17. Como configuro minha senha do meu e-mail do UOL no Outlook?


O Outlook permite que você configure sua senha para que, posteriormente, você não precise
digitá-la novamente. Para configurar sua senha faça assim:
1. Clique no Menu "Ferramentas".
2. Clique em "Contas".
3. Clique no menu "Correio".
4. Clique duas vezes na conta configurada.
5. Na caixa de propriedade de sua conta, clique em "Servidores".
6. No campo senha, acrescente sua senha.
7. Clique em "OK" para gravar sua configuração.

18. O que tenho de verificar quando ocorre erro de destinatário?


O Outlook traz a mensagem de erro quando o endereço eletrônico do destinatário está incorreto.
Basta verificar se o endereço foi digitado corretamente.

19. Como faço para que o Outlook verifique minhas mensagens a cada 1 minuto?
Pelo Outlook Express é possível que você configure o tempo para verificação de mensagens.
Faça a seguinte configuração:
a. Clique em "Ferramentas".
b. Clique em "Opções".

- SEDS 2007 – V_RG_S - 71


Noções de Informática
c. Clique no menu "Geral".
d. Marque a opção:"Verificar se há novas mensagens a cada (x) minutos".
e. Acrescente na caixa disponível o tempo escolhido para verificar as mensagens.
f. Clique em "OK".

20. Como faço para o Outlook desconectar assim que verificar mensagens?
Para que sua conexão não fique ativa, o Outlook permite que você configure o programa para ser
desconectado após a chegada de todas as suas mensagens. Para ativar esta opção siga os
passos abaixo:
a. Clique no menu "Ferramentas".
b. Clique em "Opções".
c. Clique em "Conexão".
d. Marque a opção "Desligar após enviar e receber".
e. Clique em "OK".

21. Quantas contas do UOL podem ser configuradas no Outlook?


Você poderá configurar quantas contas do UOL desejar. Veja como no item 16 .

22. Como configuro meu endereço de e-mail do UOL como padrão pelo Outlook Express?
O Outlook permite que você configure quantas contas de e-mail desejar e ainda que você escolha
qual será a padrão, ou seja a conta principal a ser utilizada. Para configurar sua conta como
padrão siga os passos abaixo:
a. Clique em "Ferramentas".
b. Clique em "Contas".
c. Clique na pasta "Correio".
d. Selecione a conta que deseja que seja a padrão.
e. Clique no botão "Definir padrão".
f. Você notará que ao lado da conta que escolheu será acrescentado a palavra padrão.

23. Como configuro o Outlook para fazer uma cópia de suas mensagens do UOL na pasta
"Itens enviados"?
O Outlook Express permite que você mantenha uma cópia de suas mensagens enviadas. Para
isto faça a seguinte configuração:
a. Clique em "Ferramentas".
b. Clique em "Opções".
c. Clique na pasta "Enviar".
d. Marque a opção "Salvar cópia das mensagens enviadas em itens enviados".

- SEDS 2007 – V_RG_S - 72


Noções de Informática
e. Clique em "OK".

24. Como evito e-mails indesejados e spam pelo UOL?


O UOL permite que você bloqueie mensagens indesejadas. Para isso, basta usar o AntiSpam
UOL -um programa que elimina automaticamente vírus, correntes e pornografia da sua caixa
postal.

25. Como faço para redigir mensagens de minha conta no UOL pelo Outlook Express?
Quando você clicar no botão "Redigir mensagem" abre-se uma janela para composição de uma
nova mensagem. Sempre que você for escrever para alguém, clique neste botão. Preencha os
campos "Para" e "Assunto", escreva sua mensagem e clique em "Enviar".

26. Como faço para "Responder ao autor" pelo Outlook Express?


Ao receber uma mensagem que você deseja responder, basta selecioná-la na caixa de entrada e
clicar no botão "Responder ao autor". Assim você irá preparar uma janela de composição com o
endereço do destinatário já preenchido. Este recurso serve para facilitar o envio da resposta.

27. Como faço para "Responder a todos" pelo Outlook Express?


Se você recebeu uma mensagem de correio e, além de você, várias pessoas também a
receberam, basta clicar o botão "Responder a todos" para que todos recebam sua mensagem de
resposta.

28. Como faço para "Encaminhar mensagem" pelo Outlook Express?


Este botão serve para redirecionar uma mensagem recebida para outro endereço. Basta clicá-lo e
depois clicar em "Enviar".

29. Para que serve o botão "Enviar e receber" no Outlook Express?


Esta opção serve para pedir ao Outlook que verifique no servidor se existe novas mensagens
para sua caixa postal. Ele também irá enviar as mensagens que estão na sua caixa de saída.

30. Para que serve o botão "Excluir" do Outlook Express?


Ele envia a mensagem selecionada para a pasta "Itens excluídos". A mensagem excluída fica
armazenada até que você, se desejar eliminá-la definitivamente, a exclua desta pasta.

31. Para que serve o botão "Catálogo de endereços" no Outlook Express?


Funciona como um caderno de telefones e endereços para que você armazene todos os e-mails
(endereços eletrônicos) que desejar.

- SEDS 2007 – V_RG_S - 73


Noções de Informática

32. O que é a "Caixa de entrada" do Outlook?


A Caixa de entrada de seu Outlook armazena os e-mails que foram recebidos. Por ela você pode
selecionar a mensagem e responder assim que desejar.

33. O que é a "Caixa de saída" do Outlook Express?


É o local onde ficam armazenados os e-mails que serão enviados quando você clicar em "Enviar
e receber".

34. O que é a pasta "Itens enviados" no Outlook Express?


Esta pasta no Outlook armazena uma cópia dos e-mails que já foram enviados.

35. O que é a pasta "Itens excluídos" no Outlook Express?


Esta caixa armazena os e-mails que foram excluídos da "Caixa de entrada".

36. Para que serve a pasta "Rascunhos" no Outlook Express?


Nesta caixa é possível guardar as mensagens que você começou a escrever, mas não terminou.
Você pode guardar uma mensagem que ainda está pela metade clicando em "Arquivo", e depois
em "Salvar".

37. Como faço para redirecionar mensagens pelo UOL para suas outras contas de e-mail?
a. Basta entrar no "Webmail" e selecionar a opção "Redirecionar mensagens". Acrescente seu e-
mail e senha e depois clique em "OK".
b. Clique em "Configurar" e selecione a opção "Redirecionamento".
c. Marque o quadro "Ativar redirecionamento".
d. No campo "Redirecionar para" acrescente o e-mail completo para onde serão redirecionadas
suas mensagens.

 NOÇÕES GERAIS DE OPERAÇÃO DA PLANILHA EXCEL

- SEDS 2007 – V_RG_S - 74


Noções de Informática

Introdução:

Uma planilha é simplesmente um conjunto de linhas e colunas, e cada junção de uma linha
com uma coluna chama-se célula, que é a unidade básica da planilha, onde ficam armazenados
os dados. Cada célula possui um endereço próprio, formado pela letra da coluna e pelo número
de linha.

Exemplo: A1 identifica a célula da coluna A com a linha 1.

Uma planilha é dita eletrônica por permitir a construção e gravação em meios magnéticos, o
que possibilita a recuperação e alteração eficiente, confiável e veloz, além de impressão.

As planilhas ficaram na história como umas das que levaram a microinformática para frente,
Sendo que as planilhas foram um dos motivos que levou o sucesso dos microcomputadores no
início da década de 1980, onde a principal representante foi a Visicalc, depois o Lotus 123, que foi
a planilha mais utilizada nos últimos tempos. E com a criação do ambiente gráfico Windows, foi
lançado o Excel, o qual já dominou o mercado, agora com o lançamento do Windows 95, 98, XP
e atualmente com o Vista, vem sempre uma versão pouca coisa mais atualizada do Excel.

Uma planilha tem como função substituir o processo manual ou mecânico de registrar
contas comerciais e cálculos, sendo mais utilizadas para formulações de projeções tabelas, folhas
de pagamento, etc.

O que o MICROSOFT EXCEL:

Microsoft Excel é uma poderosa planilha eletrônica que pode ser imaginada como uma
grande folha de papel dividida em 256 colunas e 16.384 linhas nas quais podemos armazenar
textos e números. Mas a grande vantagem do Excel está no fato de que os valores e textos
armazenados nele pode ser manipulados da forma que o usuário achar melhor para o seu
propósito, através de um grande número de fórmulas disponíveis para serem usadas a qualquer
momento que se fizer necessário.

A tela do Excel é composta pela barra de título, que contém o nome do programa, o nome
do arquivos e os botões que fecham, maximizam e minimizam a janela. Logo a seguir, estão a
barra de menus, a barra de ferramentas padrão e a barra de formatação.

- SEDS 2007 – V_RG_S - 75


Noções de Informática
Logo abaixo da barra de formatação está a barra de fórmulas que é dividida em três partes:
a primeira parte contém a indicação do endereço atual do ponteiro de células; a segunda parte
contém os botões de entrada e cancelamento que são reconhecidos respectivamente por um
“tique” (√ ) e por um xís (X), que só aparecem no momento da digitação; e a terceira parte está
sempre mostrando o conteúdo da célula atual que também é usada para a digitação ou alteração
de um valor ou texto para um célula.

A baixo da barra de fórmulas está a janela da planilha na qual criamos nossas tabelas. Ela
é composta por barras de rolagem e horizontal, além da indicação do nome de cada uma das
colunas e o número de cada uma das linhas.

Um pouco mais abaixo está a barra de status que exibe informações sobre os estado atual
do programa. A parte esquerda desta barra apresenta mensagens indicando a atividade em
curso, ou o último comando selecionado na barra de menus do Excel. Já o lado direito da bar a de
status contém uma série de quadros que abrigam indicadores de teclas, como por exemplo, Num
Lock, Caps Lock e Scroll Lock, se estão ou não ativas.

Como acessar o Excel:

Estando com o computador ligado e usando o Windows 95, clique Inicar, Programas e
Microsoft Excel.

Como sair do Excel:

Para sair do Excel, você pode fechar a janela, conforme visto no Windows 95, ou selecionar
a opção Sair do menu Arquivo.
- Saia do Excel.
- Entre no Excel novamente.

O que é uma Célula:

Célula é o nome dado ao retângulo que se forma no cruzamento de uma coluna com uma
linha. Cada célula tem o seu endereço particular que é formado pela letra da coluna mais o
número da linha que a originou. Por exemplo, a célula que se forma com o cruzamento da coluna
“A” com a linha 10 é reconhecida pela endereço “A10”.
O ponteiro de célula nada mais é do que aquele retângulo formado por linhas mais grossas
e que está sempre indicando a célula onde estamos trabalhando no momento.

- SEDS 2007 – V_RG_S - 76


Noções de Informática

Como mover o ponteiro de célula da planilha:

Há duas alternativas: ou usa-se o mouse ou usa-se o teclado.


- Com o mouse é possível rolar o texto horizontal ou verticalmente movendo-se os ponteiros
das barras de rolagem e clicando diretamente sobre a célula desejada.
- Com o teclado podemos usar as seguintes teclas:

Tecla Movimentação
Seta para baixo uma célula abaixo
Seta para cima uma célula acima
Seta para direita uma célula à direita
Seta para esquerda uma célula à esquerda
Home célula na coluna A da linha atual
Ctrl + Home primeira célula da planilha (A1)
PgUp uma tela acima na mesma coluna
PgDn uma tela abaixo na mesma coluna
Ctrl + PgUp uma tela à esquerda na mesma linha
Ctrl + PgDn uma tela à direta na mesma linha
Ctrl + → primeira célula ocupada à direita na mesma
linha
Ctrl + ← primeira célula ocupada à esquerda na
mesma linha
Ctrl + ↑ primeira célula ocupara acima na mesma
coluna
Ctrl + ↓ primeira célula ocupada abaixo na mesma
coluna

Para que possamos introduzir informações em uma célula, temos que torná-la ativa. Para
identificar a célula ativa é só observar aquela que tem a sua borda mais grossa. Sendo que esta
também pode ser identificada ao lado esquerdo da barra de fórmulas. A notação A1 representa a
célula ativa. Todas as informações que você introduzir serão apresentadas na Barra de Fórmulas.
Para que uma célula se torne ativa, dê um clique com o botão esquerdo do mouse ou use
as teclas de direção, até que a borda da célula esteja destacada.
É muito simples inserir conteúdo em uma célula. Para isso você precisa torná-la ativa, em
seguida, basta digitar o conteúdo.
O Excel sempre classificará tudo que está sendo digitado dentro de uma célula em quatro
categorias:
1. um número
2. um texto ou um título
3. uma fórmula
4. um comando

- SEDS 2007 – V_RG_S - 77


Noções de Informática
O Excel consegue diferenciar um número de um texto, pelo primeiro caractere que está
sendo digitado. Como padrão, ele alinha um número à direita e um texto à esquerda da célula.
Construa a planilha abaixo:

Para inserir número com valores fracionários, você deve usar a vírgula como separador se o
Windows estiver configurado para o português, ou então, o ponto decimal se o Windows estiver
configurado para inglês. Como o Windows que usamos esta configurado para português, se
tivéssemos, por engano, usado o ponto decimal, o Excel consideraria que estava sendo digitado
um texto e não um número, alinhando-o pelo lado esquerdo da célula.
Obs.: Observe que ao começar a digitar, a Barra de Fórmulas muda e exibir três botões,
sendo que tudo que você digita aparece ao lado destes botões.

Entrada de Texto:

Um texto no Excel é a combinação de letras, números e símbolos que não seja identificados
por ele como outra categoria de dados. Independentemente da largura da célula, se o texto
digitado for maior do que a largura da célula, ele ultrapassará para a célula da direita.
Veja o exemplo abaixo:

Observe que no exemplo acima, o texto “Média dos alunos da 1° série”, está digitado
somente na célula A1, mas o texto é maior que a largura da célula, assim ele se apropria da
célula vizinha para ser totalmente exibido. Se a célula B1 tivesse algum conteúdo, o texto exibido
pela célula A1 seria apenas aquele que cabe na largura da célula. Neste caso, você teria que
aumentar a largura da célula A1 para que seja exibido todo o texto ou usar o recurso Retorno
Automático de Texto.

- SEDS 2007 – V_RG_S - 78


Noções de Informática

Retorno Automático do Texto:

Esse recurso faz com que a célula seja tratada como uma linha de um processador de
textos, ou seja, ao atingir a margem direita da célula, a palavra é deslocada para alinha seguinte,
mudando a altura da célula de forma que acomode mais de uma linha de texto. Para utilizar este
recurso, selecione a célula em que você deseja digitar o texto, e ative o comando
“formatar/células”, como mostra a figura abaixo:

Este comando abre uma caixa de diálogo referente a formatação do conteúdo de uma
célula. Dê um clique sobre a guia Alinhamento, e marque a opção “Retorno automático de texto” e
pressione o botão de Ok.
Veja a figura abaixo:

Digite o mesmo texto do exemplo acima na célula que você selecionou e observe que ,a
medida que o texto é digitado, as palavras são deslocadas, veja o exemplo abaixo:

- SEDS 2007 – V_RG_S - 79


Noções de Informática

Quando for pressionado a tecla Enter, observe que a altura de todas as células daquela
linha serão alteradas, mas elas não possuem o recurso de ajuste automático de texto. Você pode
utilizar este recurso para uma faixa de células. Utilize a ferramenta pincel para copiar o formato
de uma célula, para várias outras células.

Texto de Número:

Muitas vezes você precisa digitar um texto que na verdade é um número. Se o número for
digitado diretamente, ele será alinhado pela direita. Para que o número seja alinhado pela
esquerda diretamente na digitação, você deve pressionar o acento agudo (‘) antes de digitar o
número.

Veja o exemplo abaixo:

Observe que o número que está na célula A1 foi digitado diretamente e foi alinhado pela
direita, e o que foi digitado com o sinal de acento agudo (célula A2), como você pode ver na barra
de fórmulas, foi alinhado pela esquerda. Portanto, quando você precisar alinhar um número pela
esquerda, antes de digitar o número digite o sinal do acento agudo (‘).

Como alterar o conteúdo de uma célula:

- SEDS 2007 – V_RG_S - 80


Noções de Informática
Primeiramente, é preciso posicionar o ponte sobre a célula a ser alterada. Em seguida, ou
você digita o valor/texto novamente, ou você edita a célula em questão para alterar o seu
conteúdo. Caso opte pela edição, pressione a tecla F2, ou clique na barra de fórmulas sobre o
conteúdo da célula que ali está sendo mostrado e altere-o. Para confirmar a alteração, você deve
pressionar a tecla ENTER ou clicar no botão de entrada (√ ) na barra de fórmulas.

Como alterar a largura de uma coluna e a altura de uma linha:

Posicione o ponteiro do mouse na moldura da planilha (onde estão


as letras das colunas), sobre a borda direita da coluna cuja largura você deseja modificar.
Quando o ponteiro assumir o formato de uma seta de duas pontas apontando para a direita e
para a esquerda, clique e arraste a borda direita da coluna até ajustá-la à largura que você
deseja.

Para alterar a largura através da caixa de diálogo, selecione o número da coluna e vá até o
menu formatar, clique na opção coluna e aparecerá outra caixa de diálogo, escolha a opção
“largura”.

Veja afigura abaixo:

Esta opção exibe mais uma caixa de diálogo, onde você deve informar a largura da coluna,
observe a caixa de diálogo abaixo:

- SEDS 2007 – V_RG_S - 81


Noções de Informática
Pressione o botão de Ok e as colunas irão automaticamente para a nova largura.

O recurso Auto Ajuste é a forma mais rápida e prática de ajustar a largura de uma coluna.
Este recurso ajusta a largura da coluna baseando-se na largura do maior elemento contido em
uma célula da coluna. Para utilizar este recurso, selecione a coluna dando um clique sobre a
sobre a sua letra e ative o comando de menu “formatar/coluna/auto ajuste de seleção”.

Obs.: Para voltar à largura padrão, ative o menu “formatar”, comando “Coluna/Largura
Padrão” e a largura da coluna voltará ao normal.
Alterando a Altura da Linha:

Para você alterar a altura da linha, o processo é semelhante com a alteração da largura da
coluna.

Como alterar o tamanho da fonte de letra:

Clique sobre o botão, ao lado do campo que indica o tamanho atual da letra, para abrir a lista
com os tamanhos. Esta lista você deve selecionar um item, conforme o tamanho desejado.

Como alterar o tipo da fonte de letra:

Clique sobre o botão, ao lado do campo que indica o tipo atual da letra,
para abrir a lista com os tipos. Desta lista você deve selecionar um item, conforme o tipo desejado.

Como alterar o estilo da fonte:

Existem quatro estilos de fontes disponíveis para serem usados no Excel:

- SEDS 2007 – V_RG_S - 82


Noções de Informática
NEGRITO, ITÁLICO e SUBLINHADO

Para usar um deste estilos em uma célula, basta posicionar o ponteiro de células desejada
e clicar nos respectivos ícones da barra de formatação.

Como alinhar os dados dentro das células:

Ao digitar uma informação para uma célula, o Excel usa o alinhamento padrão
para aquele tipo de dado. Para alterar o alinhamento, posicione o ponteiro na célula a ser alterada
e clique em um dos botões de alinhamento: ou à esquerda, ou à direita, ou ao centro. Células do
tipo numérico que ainda não tenham sido formatadas também podem ser modificadas no seu
alinhamento.

Como Desfazer e Repetir alterações:

Quando você quiser desfazer a sua última entrada de dados ou o último comando
executado, selecione o comando “Editar/voltar” na barra de menu ou dê um clique sobre o botão
Voltar, que está localizado na Barra de Ferramentas padrão. O comando voltar mostra a última
ação executada, que pode ser desfeita. Para utilizar o comando voltar, você deve ativá-lo logo
após a operação que deseja desfazer.

Se você quiser repetir o último comando executado, selecione o comando “Editar/Repetir”


na barra de menu ou dê um clique sobre o botão Repetir, que está localizado na Barra de
Ferramentas padrão ao lado do botão Voltar.

Excluindo Planilha da Pasta de Trabalho:

Para apagar uma planilha da pasta de trabalho, você deve selecioná-la, dando um clique
sobre a guia que corresponde a planilha que você deseja excluir, e ativar o comando de menu
“Editar/Excluir Planilha”.

Como mostra a próxima figura:

- SEDS 2007 – V_RG_S - 83


Noções de Informática

Após a exclusão de uma planilha, as demais que estavam à sua direita tomam o seu lugar,
sem mudar o nome.

Criando uma nova planilha:

Se você quiser iniciar uma nova planilha, acabou de entrar no Excel e ainda não abriu
nenhuma planilha do disco, pode começar a criar. Se você já iniciou ou abriu uma planilha
existente no disco e quiser começar uma nova, clique no botão Abrir Planilha Nova. Se houver na
planilha atual algo que ainda não tenha sido gravado, o Excel perguntará se deseja salvar as
alterações.

Centralizando o título da planilha:

Certifique-se de que o título foi digitado na primeira coluna da planilha. Depois destaque a
partir da célula onde está digitado o título até a extremidade direita da planilha, mas somente a
linha do título. A seguir, clique no botão de Centralizar.

Centralize o título e o subtítulo da planilha.

Selecionando Intervalos (Grupos) de células:

Muitas vezes você pode precisar realizar uma mesma operação para um agrupamento de
células, ao invés de uma célula, somente. Para evitar ter que aplicar a operação para cada célula

- SEDS 2007 – V_RG_S - 84


Noções de Informática
individualmente, você pode destacar todas as células e fazê-la para o grupo todo. É um processo
bastante simples que, no entanto, poupa muito do seu trabalho.

Para selecionar células utilizando o mouse:


Primeiro, posicione o ponteiro de células na célula mais a esquerda e mais acima do grupo
a ser selecionado. Depois, clique o botão esquerdo do mouse e, mantendo pressionado, arraste-o
na diagonal até chegar à célula mais a direita e mais abaixo do grupo a ser selecionado, e então
solte o botão do mouse. Pronto, está feita a seleção do grupo de células.
Usando o teclado:
Primeiro, usando as teclas de seta, posicione o ponteiro de células na célula mis a esquerda
e mais acima do grupo a ser selecionado. Depois, pressione a tecla Shift e não solte. A seguir,
usando as teclas de seta desloque o ponteiro de células até a célula mais a direita e mais abaixo
do grupo de células a ser selecionado. Então solte a tecla Shift e o grupo estará selecionado.

Obs.: Para cancelar a seleção basta selecionar uma outra célula isolada com o mouse ou
com o teclado.

Movendo células ou faixas de células:

Para movimentação ou cópia de grupos de células, você pode usar tanto os botões da barra
de ferramentas padrão, como as opções do menu Editar e as opções do menu de Atalho, que
pode ser acessado com um clique no botão direito do mouse sobre a área da planilha. Nós
usaremos os botões da barra de ferramentas padrão por ser de fácil assimilação e padrão para
todos os programas do Windows.

Para mover células, ou seja, tirar de onde está e colocar em outro lugar, você deve
primeiramente selecioná-las da maneira que foi vista anteriormente. Em seguida, clique no botão
Recortar, para passar o grupo para a área de transferência. Uma moldura de tracinhos luminosos
envolverá a área selecionada. Depois, clique na célula a partir da qual o grupo terá que ser
movido. Em seguida, clique no botão Colar e o grupo de células será transferido para a nova
posição.

Obs.: Após ter clicado no botão Recortar, pressione Esc, se quiser cancelar o processo.

Copiando células ou faixa de células:

- SEDS 2007 – V_RG_S - 85


Noções de Informática
Para copiar, ou seja, manter onde está mas também colocar em outro lugar, selecione
primeiro o grupo de células a ser copiado. Em seguida clique no botão Copiar para passar para a
área de transferência. Uma moldura com tracinhos luminosos envolverá a área selecionada.
Depois, clique na célula a partir da qual o grupo deverá ser copiado. Em seguida, clique no botão
Colar e o grupo de células será copiado na nova posição.

recortar copiar colar

É possível, também, copiar o conteúdo de apenas uma célula para uma faixa com várias
células, utilizando o mesmo procedimento. A única diferença é que você selecionará apenas uma
célula para copiar e uma faixa com várias células para Colar.

Obs.: Após ter clicado no botão Copiar, pressione Esc, se quiser cancelar o processo.

A alça de preenchimento:

Alça de preenchimento é aquele pequeno pontinho preto que existe no canto inferior direito
da célula selecionada. Ela é bastante útil em muitas tarefas. Dentre elas:
Copiar: Selecione a célula (ou grupo de células) que deseja cópias, clique na alça de
preenchimento e arraste na direção desejada indicando o número de cópias.

Seqüências: Você pode poupar muito trabalho em criação de seqüências de datas,


números, meses, etc. fazendo uso da alça. Para isso, digite os dois primeiros valores da
seqüência (um ao lado do outro ou um sobre o outro) por exemplo: A1 = janeiro A2 = Fevereiro.
Depois selecione as duas células e arraste a alça de preenchimento indicando a direção e a
extensão da seqüência.
Obs.: Caso queira seqüências não consecutivas (1, 2, 4, 6 ou janeiro, abril, julho, outubro)
deve digitar os dois primeiros valores com a diferença desejada entre cada item da seqüência.

Como Programar o Auto Preenchimento:

O Auto Preenchimento nada mais é que uma lista de seqüências pré-programadas que o
Excel possui, sendo que você também pode acrescentar listas ou seqüências próprias que
costuma utilizar no seu dia a dia.

- SEDS 2007 – V_RG_S - 86


Noções de Informática
Par utilizar este recurso oferecido pelo Excel, ative no menu “ferramentas” o comando
“opções”, note a abertura da caixa de diálogo Opções. Dê um clique sobre a guia “listas” para
ativá-la. Veja a figura abaixo:

Na área listas personalizadas você vê as listas que já está incluídas e nota que os dias da
semanas e meses estão lá. No item Nova lista, que já vem selecionado quando você ativa esta
pasta, que é utilizado para você criar uma nova lista, pressionando o botão adicionar. Na caixa
Entradas da Lista, você deve digitar a série de entradas, separando-as com vírgula.
Após terminar de digitar a lista, pressione o botão de Ok e você já poderá utilizar a nova
lista no auto preenchimento.

1) Crie a seguinte tabela, sendo que as seqüências deverão ser criadas pela alça de
preenchimento.
Vendas
Código Nome Janeiro Fevereiro Março Abril
101 João Bertoldo 500 600 700 800
201 Arnoldo Ribafrades 100 200 300 400
301 Osmaralho Felisberto 1 5 9 13
401 Marivaldina Esquinigrena 14 23 32 41
501 Juvenaldo Ostrogofrindo 10 12 14 16
601 Esmerlindo Jubaribi 4 8 12 16
Apagando células ou faixa de células:

Para apagar o conteúdo de células, selecione a célula ou o grupo de células e pressione a


tecla Delete (ou Del). O conteúdo das células é imediatamente apagado.

- SEDS 2007 – V_RG_S - 87


Noções de Informática

EXERCÍCIOS:

1) Crie a Planilha a seguir:

Formatação de Células:

Para que os números sejam mostrados com um ponto a cada três dígitos e a vírgula
decimal, é preciso formatá-los. Você pode aplicar o formato moeda (R$ 950.340,00), percentual
(50,00%) ou o separador de milhares (847.873,88). Para formatar uma célula, clique na célula
mais acima e mais à esquerda e araste até a célula mais abaixo e mais à direita do grupo. Em
seguida, clique no botão do formato desejado.
Formate as células da planilha que contém valores com o Separador de Milhares.
Construindo uma planilha:

Analise a seguinte planilha:

- SEDS 2007 – V_RG_S - 88


Noções de Informática
Para construir acima, siga os passos a seguir:

1) Coloque o ponteiro de células na célula A1 e digite o título todo em maiúsculo;


2) Coloque o ponteiro de células na célula A3 e digite o subtítulo também em maiúsculo;
3) Digite na célula A6 a palavra DEPARTAMENTO 1, e nas células A7, A8, A9, A10 e A11,
os departamentos 2, 3, 4, 5, e 6;
4) Digite nas células B5 a palavra JANEIRO, na célula C5 a palavra FEVEREIRO e na
célula D5 a palavra MARÇO, todas as linhas à direita;
5) Digite os valores nos seus devidos lugares;
6) Altere a largura das colunas até que elas fiquem do tamanho adequado;
7) Posicione o ponteiro de células na célula A1 e aumente o tamanho da fonte para 16;
8) Posicione o ponteiro de células na célula A3 e aumente o tamanho da fonte para 14;
9) Posicione o ponteiro de células na célula A1 e coloque o seu conteúdo em negrito;
10) Posicione o ponteiro de células na célula A3 e coloque o seu conteúdo em itálico.

Correção Ortográfica:

O Excel tem um corretor ortográfico, o funcionamento dele é semelhante ao corretor


ortográfico do Word for Windows.

Para utilizar o corretor ortográfico, selecione uma única célula se você quer verificar a
ortografia da pasta inteira; selecione uma faixa se você quer verificar uma parte da planilha, como
por exemplo um gráfico; ou ainda, selecione uma única palavra ou expressão na barra de
fórmulas para verificar palavras individuais.
Depois de selecionada a planilha, a faixa ou a palavra que você deseja, pressione o botão
Verificar Ortografia ou use no menu Ferramentas o comando Verificar Ortografia.
Se o verificador de ortografia encontrar algum erro, ele, lhe apresentará a seguinte caixa de
diálogo:

- SEDS 2007 – V_RG_S - 89


Noções de Informática

Na caixa de diálogo acima você pode optar pela opção ignorar o erro, usando o botão
Ignorar. Substituí-lo pela ortografia correta mostrada na caixa sugestões, usando o botão alterar,
ou incluir a palavra no dicionário, usando o botão adicionar.
Depois de terminada a correção ortográfica, o verificador ortográfica apresenta a seguinte
caixa de diálogo:

Pressione o botão de Ok, e a ortografia da sua planilha ou célula está pronta.

Salvando a Planilha:

Todo o complexo e delicado trabalho que se realiza em uma planilha permanece sob risco
de ser perdido até o documento ser gravado no disco. Se faltar energia ou se o computador
entrar em pane, adeus. Você terá que recomeçar tudo de novo, desde o princípio. Para se manter
afastado de catástrofes desse tipo, é suficiente adotar uma regra muito simples: salve a sua
planilha imediatamente após ter introduzido nela qualquer informação valiosa.
Para gravar a planilha, clique no botão do disquete ou selecione a opção Salvar do menu
Arquivo. Sempre que você grava uma planilha pela primeira vez, o Excel exibe uma caixa de
diálogo chamada Salvar Como. Selecione o diretório onde deseja salvar e no campo Nome do
Arquivo digite TABELA. Depois é só clicar sobre o botão Ok e a planilha será salva no diretório
selecionado com o nome de TABELA. Depois da primeira vez, o Excel não mais exibe a caixa de

- SEDS 2007 – V_RG_S - 90


Noções de Informática
diálogo Salvar Como. Se desejar salvar a planilha com outro nome, selecione a opção Salvar
Como do menu Arquivo.

Abrindo uma planilha já existente:

Sempre que você desejar fazer alterações em uma planilha criada anteriormente e
armazenada em disco, será necessário primeiro abrí-la, ou seja, trazê-la para a tela do Excel.
Para fazer isto, clique no botão Abrir Planilha Existente ou selecione a opção abrir do menu
Arquivo. A seguir, o Excel exibe a caixa de diálogo Abrir Planilha, muito semelhante à caixa de
diálogo Salvar Como. Nesta caixa você deve selecionar o diretório e informar o nome da planilha
a ser recuperada ou selecioná-la na lista de planilhas mostradas na tela. Em seguida, clique no
botão Ok para que a planilha seja trazida para a tela do Excel.

Abra a planilha de nome TABELA gravada anteriormente.

EXERCÍCIOS:

Construa a planilha a seguir:

- SEDS 2007 – V_RG_S - 91


Noções de Informática

Usando fórmulas no Excel:

As fórmulas constituem a genuína força motriz de uma planilha. Se você definir


adequadamente uma fórmula, ela calculará a resposta correta quando for introduzida em uma
célula, e daí por diante se manterá sempre atualizada, recalculando os resultados sempre que
qualquer um de seus valores for modificado. É como dispor de um batalhão de escravos dóceis,
rápidos e, o que é melhor, inteligente. Sempre que você for digitar uma fórmula em uma célula,
obrigatoriamente ela deve começar com um sinal de igual (=). As fórmulas se constituem de
endereços de células, operadores aritméticos e, ocasionalmente, valores.

Os operadores aritméticos que podem ser usados em uma fórmula são os seguintes:

+ (Sinal de mais) para adição;


- (Sinal de menos ou hífen) para subtração;
* (Asterisco) para multiplicação;
/ (Barra) para divisão ;
^(Acento circunflexo) para potenciação;

Digite para a célula A1 o valor 100, para a célula B1 o valor 150 e para a célula C1 o valor
50. Para criar uma fórmula na célula A3 que some os três valores, digite em A3 o seguinte: = A1
+ B1 + C1.

Outros exemplos de fórmulas:


Para a célula A4 : = A1 * B1 / C1
Para a célula A5 : = (B1 + C1)*A1
Para a célula A6 : = (B1 - A1)^C1
Fórmulas especiais pré-definidas pelo Excel (Funções):

- SEDS 2007 – V_RG_S - 92


Noções de Informática
Uma função nada mais é do que uma fórmula pré-definida que efetua um tipo de cálculo
específico. Tudo o que você precisa para utilizar uma função é fornecer a ela os valores
apropriados para efetuar esses cálculos. Tal como as fórmulas criadas pelo usuário, as funções
devem começar com um sinal de igual (=) para que o Excel saiba interpretá-las como fórmulas e
não como texto. É aconselhável digitar o nome da função e o nome das células em maiúsculo.

= SOMA() : Soma todos os valores do grupo ou células indicadas. Ex.: =SOMA(A1 : C1) ou
=SOMA (A1 ; B1 ; C1)
= MÉDIA() : Calcula o valor médio do grupo ou célula indicadas. Ex.: =MÉDIA(A1 : C1) ou
=MÉDIA (A1 ; B1 ; C1)
= Raiz(): Calcula a raiz quadrada da célula indicada. Ex.: = RAIZ(A1)

EXERCÍCIOS:

Construa a planilha a seguir:

Para a célula F8, digite a seguinte fórmula: =D8 * E8


Copie a fórmula da célula F8 para o grupo F9 : F12
Para a célula F14, digite a seguinte fórmula: =SOMA(F8 : F12)

Embelezando suas planilhas:

- SEDS 2007 – V_RG_S - 93


Noções de Informática
As linhas de grade exibidas na sua planilha são simplesmente referências, que têm por
objetivo auxiliar o usuário a se situar enquanto trabalha na planilha. Mas você pode optar por
imprimi-las ou não junto com os dados da planilha. Para destacar seções específicas da planilha,
você pode acrescentar bordas ou sombreados a suas células. Não confunda as linhas das
bordas, acrescentadas para realçar uma determinada faixa de células, com as linhas de grade
utilizadas para definir as bordas das células na planilha. As bordas acrescentadas com propósitos
estéticos serão impressas mesmo que você decida não imprimir as linhas da grade da planilha.
Para poder visualizar melhor as bordas acrescentadas às células, remova as linhas de
grade da planilha. Para remover as linhas de grade da planilha, basta abrir o menu Ferramentas,
clicar sobre a opção Opções e, na caixa de diálogo que será aberta, desativar a opção Linhas de
Grade. Caso deseje colocar novamente as linhas de grade é só repetir o processo e ativar a
opção linhas de grade.
Para envolver um grupo de células com bordas, destaque o grupo e clique no botão Tipos
de Bordas. Selecione o tipo de borda desejado.

EXERCÍCIOS:
1. Construa a planilha a seguir, mas só desative as linhas de grade quando for inserir as
bordas.

Alteração da Cor do Texto:

Outro recurso usado para melhorar o visual de sua planilha é a utilização de cores. A
alteração da cor do texto de uma célula é feita por meio do botão Cor da Fonte, que está

- SEDS 2007 – V_RG_S - 94


Noções de Informática
localizado na barra de formação. A letra T indica que ele altera a cor do texto e o quadrado
sobreposto ao T mostra a cor atual da fonte, que é preta como padrão. Para selecionar outra cor,
dê um clique sobre a seta que está ao lado do botão para abrir a caixa de seleção de cores.

Alteração da Cor de Fundo da Célula:

Para mudar a cor de fundo de uma célula é preciso usar o botão cor, que possui a figura de
um balde. Selecione a faixa de células B5 até E13 e dê um clique sobre a seta ao lado do botão
Cor.

Saiba que as cores utilizadas na planilha apenas serão impressas se você estiver usando
uma impressora colorida.

Como Centralizar um Texto nas Células:

Com este botão você pode centralizar colunas selecionadas, ou seja, centralizar títulos em
várias células. Para utilizá-lo escreva o título, selecione as células na qual você deseja que o título
seja centralizado e pressione o botão centralizar nas colunas. Pronto! O título da sua planilha já
está centralizado.

Caixa de diálogo Formatar Células:

Alem da barra de ferramentas de formatação que é a forma mais rápida de fazer a


formatação de uma célula ou uma faixa de células, o Excel lhe oferece outro recurso, que por
meio do menu Formatar comando células. Veja a figura seguinte:

Após utilizar este comando, o Excel lhe apresentará uma caixa de diálogo com cinco pastas,
sendo as mais utilizadas a de formatação de números e a de formatação de texto.

- SEDS 2007 – V_RG_S - 95


Noções de Informática
Veja abaixo a pasta fontes que será a primeira que veremos:

Para alterar o formato dos dados contidos em uma célula ou uma faixa de células através
da caixa de diálogo formatar células, selecione a célula ou a faixa de células que você deseja
formatar. Na pasta fontes você pode alterar a apresentação dos caracteres que estejam na área
selecionada. Na lista fontes selecione a fonte que você quer usar, se é normal, itálico, negrito ou
ainda negrito e itálico. Na lista tamanho, você escolhe o tamanho da fonte. Na lista sublinhado,
selecione o tipo de sublinhado, que pode ser nenhum, simples, duplo, contábil simples e contábil
duplo. Na lista cor, selecione uma cor, se a sua impressora é em preto e branco, selecione a
opção automática. No grupo efeitos, ative qualquer combinação, tachado, sobrescrito, subscrito.
E por último, visualize sua opção na área de visualização para verificar se o seu texto “amostra”
está como você deseja, se não estiver, escolha outras opções. Dê um clique sobre o botão de Ok
ou pressione a tecla Enter.

Obs.: O modo mais rápido de se formatar uma célula ou uma faixa de célula é pela barra de
ferramentas formatação.

Veja abaixo a pasta de Alinhamento:

- SEDS 2007 – V_RG_S - 96


Noções de Informática

Esta pasta é ma das mais utilizadas. Para utilizar os recurso que esta pasta possui,
selecione, uma célula ou uma faixa de células e escolha a opção que você deseja aplicar. Na lista
horizontal, você escolhe como você quer que saia o seu texto na horizontal. Na área Vertical
também, você escolhe como você quer que saio o texto na vertical. Na área Orientação, você
escolhe como você quer que o texto seja visualizado.

Agora veremos a pasta número, observe a figura abaixo:

Nesta pasta você escolhe opções para a formatação de números, contidos em uma célula
ou em uma faixa de células. Para utilizar esta pasta, selecione uma célula ou uma faixa de células

- SEDS 2007 – V_RG_S - 97


Noções de Informática
que contenha números. Na lista categorias, selecione o tipo de número que você deseja formatar.
Na lista códigos de formatação escolha um código e observe que irá aparecer um exemplo abaixo
da área código. Na área código você digita, ou modifica um código. Pressione o botão de Ok e
sua formatação de números está concluída.

Obs.: Para formatação de números rápida, utilize os botões que estão na barra de
ferramentas formatação.

Vamos ver agora a pasta padrões:

Nesta pasta você escolhe a cor que você quer aplicar em uma célula ou em uma faixa de
células. Para utilizar este recurso, selecione a célula ou a faixa de células e escolha a cor
desejada.

Obs.: Um modo mais rápido de utilizar este recurso é utilizando os botões Cor e Cor da
fonte na barra de ferramentas formatação.

- SEDS 2007 – V_RG_S - 98


Noções de Informática
Na pasta bordas, escolha o tipo de borda que você deseja introduzir na sua célula ou em
sua planilha.

Para utilizar este recurso, selecione a célula ou a faixa de células que você deseja colocar
uma borda e na área borda escolha qual o lado que a borda será introduzida. A área estilho, o
tipo de borda e na área cor a cor da borda. Pressione o botão de Ok, ou a tecla Enter e a borda
que você escolheu será colocada na céula ou faixa de células que você selecionou.

Obs.: Este recurso você poderá utilizar pelo botão Tipos de Bordas na Barra de ferramentas
formatação.

Imprimindo uma planilha:

Depois de construída a planilha, completada com dados e fórmulas ajustada esteticamente,


é natural que você queira imprimi-la. Antes, porém, de iniciar a impressão, é necessário checar
como que ela sairá no papel. O Excel possui um recurso chamado ajustar as margens e ver na
tela como será a impressão no papel.

- SEDS 2007 – V_RG_S - 99


Noções de Informática

Para imprimir usando todas as definições padrões do Excel, você pode clicar no botão
Imprimir, ou selecionar a opção Imprimir do menu Arquivo e clicar Ok.

Para imprimir mais de uma cópia da planilha, na caixa de diálogo Imprimir, digite a
quantidade desejada. Para imprimir somente algumas páginas, selecione a opção Páginas e
digite a página inicial e final nas caixas de texto de e até. Em seguida, clique no botão Ok.

Para ver na tela como sairá a impressão antes de imprimir a planilha, clique no botão
Visualizar Impressão. Para alterar as margens, clique sobre o botão Margens e arraste as linhas
que aparecem delimitando as margens esquerda, direita, superior e inferior. Para alterar outros
detalhes como cabeçalho e rodapé, por exemplo, devemos clicar sobre o botão Configurar para
abrir a caixa de diálogo Configurar Página, onde poderemos optar por clicar os botões Cabeçalho
ou Rodapé para defini-los ou excluí-los. Para definir se a impressão será no estilo retrato ou
paisagem, se a largura e altura da planilha deverão ser ajustadas para uma página ou se deverá
ser impressa no seu tamanho normal, sendo partida em páginas, basta selecionar os referidos
botões. Depois de tudo alterado, não esqueça de clicar o botão Ok da caixa de diálogo Configurar
Página.

Para visualizar diversas páginas, caso sua planilha seja bastante grande, clique os botões
Anterior ou Próximo da janela da Impressão Prévia.

Depois é só clicar o botão Imprimir e sua planilha será enviada para a impressora.

- SEDS 2007 – V_RG_S - 100


Noções de Informática
Obs. 1: Caso sua planilha seja muito grande e não caiba em uma única folha, o Excel a
dividirá em páginas da seguinte forma: primeiro para baixo e depois para o lado.

Obs. 2: Caso deseje imprimir apenas um pedaço da planilha você terá que clicar no botão
Configurar Página da Janela Imprimir e, na janela Configurar Página, clicar o botão Planilha. Na
caixa de texto área de Impressão informe a área a imprimir no formato célula superior e esquerda:
célula superior direita (por exemplo: B5 : D10). Clique Ok para voltar á janela Imprimir.

Obs. 3: Caso deseje verificar se você não errou nada durante a digitação dos títulos e de
qualquer texto que você tenha digitado, basta posicionar o ponteiro de células no célula A1, abrir
o menu Ferramentas e clicar sobre a opção Verificar Ortografia. O Excel irá parar na primeira
palavra desconhecida que ele encontrar, dando possibilidades para você de trocar a palavra por
uma outra sugerida, ou corrigir à que está errada e colocá-la de volta na planilha, ou ainda ignorá-
la caso esteja correta. Sempre antes de imprimir uma planilha é bom verificar a ortografia.

EXERCÍCIOS:

1. Construa a planilha a seguir:

- SEDS 2007 – V_RG_S - 101


Noções de Informática

Méd. Bim. 1 = Média (N1 : N3)


Méd. Bim. 2 = Média (N1 : N3)
Méd. Final = Média(Bim1;Bim2)

2. Faça a correção ortográfica e depois Imprima esta planilha.


3. Construa mais esta planilha:

Valor Juros = (Dias atrasados *Perc.Juros) * Valor


Valor a pagar = Valor + Valor Juros

4. Faça a correção ortográfica e depois imprima também esta tabela.

Criando um gráfico para uma planilha:

Todos sabemos que nossas mentes registram mais facilmente uma imagem do que texto ou
números. É também muito mais fácil analisar um gráfico do que uma planilha. Através de um
gráfico obtêm-se, rapidamente, uma idéia dos números que ele representa. Numa planilha, ao

- SEDS 2007 – V_RG_S - 102


Noções de Informática
contrário, é preciso comparar cada número com outros para, só depois, saber o que eles
realmente significam.
Acrescentar gráficos às planilhas, ao contrário do que você possa pensar, é relativamente
simples. O Excel oferece diversos tipos de gráficos pré-definidos, o que simplifica o nosso
trabalho a apenas informar alguns detalhes tais como: a faixa de células onde estão as
informações que serão usadas no gráfico, o tipo de gráfico, os títulos principal, do eixo x, do eixo
y e alguns outros.
Construa a pequena planilha a seguir:

Para criarmos um gráfico devemos seguir alguns passos, os quais serão descritos a seguir:

- A primeira coisa a fazer é selecionar a faixa de células que contém as informações que
deverão ser representadas o gráfico. Selecione a faixa A1:D4.
- Clique o ícone Auxiliar Gráfico que irá iniciar a criação do gráfico.
- Pressione o botão esquerdo do mouse para confirmar a faixa selecionada.
- Logo após você ter soltado o botão do mouse o Excel exibirá a caixa de diálogo Auxiliar
Gráfico - Etapa 1 de 5. Neste momento o Excel está pedindo para você conferir a faixa de células
usadas para criar o gráfico. Caso esteja errado arrume-o. Clique o botão Próximo ou pressione
ENTER para confirmar e passar à próxima etapa.
- O Excel passará à etapa 2 de 5, na qual você deverá escolher o tipo de gráfico que deseja
usar. Para isto, basta clicar no quadro referente ao gráfico desejado. Depois de escolhido o tipo
de gráfico não esqueça de clicar o botão Próximo ou pressionar ENTER para seguir adiante.
- Agora o Excel está na etapa 3 de 5, onde você deverá escolher uma das possíveis
variações do tipo de gráfico escolhido no passo anterior. Depois de escolher uma das variações
confirme a operação passando à próxima etapa clicando o botão Próxima.
- Neste momento estamos na etapa 4 de 5, onde o Excel exibe uma prévia do gráfico.
Normalmente o Excel converte cada linha de valores da tabela selecionada em uma série de
dados separada no gráfico. A legenda identifica cada uma das séries de dados do gráfico. Como
o gráfico representa as séries de dados através de colunas, o Excel utiliza os dados da primeira
linha para rotular o eixo X. Os dados da primeira coluna são usados como os itens de legenda. Se

- SEDS 2007 – V_RG_S - 103


Noções de Informática
quiser, você pode trocar as séries de dados selecionando a opção colunas ao invés de linhas, o
que irá inverter a representação no gráfico. Não esqueça de confirmar esta etapa clicando o
botão Próxima.
- Agora o Excel se encontra na etapa 5 de 5. Neste momento você deve introduzir o título
principal, o do eixo X e o do eixo Y. Coloque como título principal a frase “Contas do Trimestre”.
Para título do eixo X, digite “Meses” e, para o título do eixo Y, digite “Contas”. Você pode
pressionar o botão Finalizar ou teclar ENTER para que o gráfico esteja terminado e visível na tela.

Uma vez criado o gráfico, é fácil movê-lo ou dimensioná-lo. Basta dar um clique sobre ele e,
em seguida, aparecerão vários quadrinhos sobre as bordas do gráfico. A partir daí, é só arrastar
um dos quadrinhos para aumentar ou diminuir o seu tamanho. Para movimentar o gráfico, basta
posicionar o ponteiro do mouse sobre ele e arrastá-lo para a nova posição.

Alterando o aspecto do gráfico:

Além de modificar o tipo de gráfico e acrescentar ou remover linhas de grade com os botões
da barra de ferramentas gráficas, você também poderá fazer modificações em partes específicas
do gráfico (tais como selecionar uma nova fonte de letra para os títulos, ou reposicionar a
legenda). Para isso será preciso selecionar o gráfico a modificar dando um duplo clique sobre ele.

Agora o que você tem a fazer é selecionar a parte do gráfico que será alterada. Basta clicar
sobre o local desejado e este ficará cercado com os famosos quadrinhos, o que indica que está
selecionado. Para abrir a janela de formatação, clique duplo sobre a área da gráfico a ser
modificada. Qualquer parte do gráfico você poderá selecionar e alterar, dependerá apenas da sua
criatividade.

- SEDS 2007 – V_RG_S - 104


Noções de Informática

Imprimindo um gráfico:

Para imprimir o gráfico de uma planilha, temos duas formas:

- Imprimir somente o gráfico: para isto é necessário clicar duplo sobre o gráfico para que ele
seja selecionado, abrir o menu arquivo e escolher a opção imprimir. As opções para a impressão
do gráfico são quase iguais às usadas para imprimir a planilha, portanto, você não terá dificuldade
em entendê-las.
- Imprimir o gráfico junto com a planilha: basta imprimir a planilha que o gráfico é impresso
junto, logo abaixo da planilha. Mas se você for imprimir apenas uma faixa de células, para que o
gráfico seja impresso, será necessário selecionar a faixa de células onde o gráfico está
posicionado. Tirando este detalhe usa-se o processo normal de impressão.

Corrija e imprima a planilha.

EXERCÍCIOS:

Construa a planilha abaixo:

- SEDS 2007 – V_RG_S - 105


Noções de Informática

Faça a correção ortográfica e imprima a planilha.

Construa um gráfico para esta planilha seguindo os seguintes passos:

- Destaque a faixa de células A3 : H9.


- Clique sobre o botão Auxiliar Gráfico.
- Na caixa de diálogo Etapa 1 de 5 verifique se a faixa de células está correta. Caso não
esteja, arrume-a e depois clique sobre o botão Próxima.
- Na caixa de diálogo Etapa 2 de 5 selecione o tipo de gráfico de colunas e confirme a
operação pressionando a tecla ENTER.
- Na caixa de diálogo Etapa 3 de 5 selecione uma das variações do gráfico de colunas e
depois confirme a operação pressionando a tecla ENTER.
- Na caixa de diálogo Etapa 4 de 5 apenas clique o botão Próxima para passar à próxima
etapa.
- Na caixa de diálogo Etapa 5 de 5 digite os seguintes títulos para o gráfico: principal -
DEMONSTRATIVO DE VENDAS, eixo X - FILIAIS, eixo Y - VENDAS. Após ter digitado os
títulos, confirme a operação pressionando a tecla ENTER.

- SEDS 2007 – V_RG_S - 106


Noções de Informática

DEMOSTRATIVO DE VENDAS

15.000,00
TUBARÃO

10.000,00 CRICIÚMA
LAGUNA
5.000,00 PALHOÇA IMBITUBA
LAGUNA PALHOÇA
0,00
TUBARÃO SÃO JOSÉ

BIM1

BIM3

Escondendo uma coluna ou uma linha: BIM5

Carregue a planilha da Indústria Construtora Civil Ltda.

Muitas vezes em uma planilha existem informações que são vitais para o cálculo das
fórmulas, mas ou outro lado, você não gostaria que estas informações chegassem ao
conhecimento de qualquer pessoa. Como por exemplo, o valor dos salários dos diversos
funcionários de uma empresa, é vital para o cálculo da folha de pagamento, porém, não seria
ético que os funcionários tomassem conhecimento dos salários de seus colegas.

Felizmente o Excel tem um recursos que resolve este problema. É possível, através dele,
esconder uma ou mais linhas e/ou colunas da planilha.

Para esconder uma coluna ou uma linha, siga os passos abaixo:

- Clique sobre a letra da coluna ou número da linha para selecioná-la. Isto deve ser feito
sobre a borda da área de planilha.
- Clique sobre a linha ou coluna com o botão direito do mouse para chamar o menu de
atalho.
- Clique o botão ocultar e a coluna ou linha desaparecerá.
- Esconda as colunas C e G e as linhas 4 e 8.

Reexibindo uma coluna ou linha escondida:

Para reexibir a coluna ou linha escondida, siga os seguintes passos:

- SEDS 2007 – V_RG_S - 107


Noções de Informática
- Com o ponteiro do mouse sobre a borda selecione duas linhas ou colunas, a que está a
esquerda e a que está à direita da coluna escondida, se for coluna; ou a que está abaixo e
a que está acima da linha escondida, se for linha.
- Clique com o botão direito do mouse sobre as linhas ou colunas selecionadas.
- No menu Atalho, escolha a opção Reexibir e a sua linha ou coluna estará visível
novamente.
- Reexiba as colunas C e G e as linhas 4 e 8.

Inserindo linhas ou colunas inteiras:

Para inserir linhas ou colunas inteiras:

Para inserir uma linha em branco ou uma coluna em branco, clique, na borda da área de
planilha, sobre a linha ou a coluna que deverá se deslocar para dar espaço à nova linha ou
coluna. Então clique no botão direito do mouse e, no menu Atalho, selecione a opção Inserir.
Uma nova linha ou coluna aparecerá em branco na planilha.

- Insira colunas novas em C e F.


- Insira linhas novas em 3 e 7.

Apagando linhas ou colunas inteiras:

Para apagar linhas ou colunas inteiras:

Para apagar uma linha ou coluna, clique, na borda da área de planilha, sobre a linha ou
coluna que deverá ser apagada. Então clique no botão direito do mouse e, no menu Atalho,
selecione a opção Excluir. A linha ou coluna selecionada é apagada, puxando a seguinte para seu
lugar.

- Apague as colunas em branco inseridas;


- Apague as linhas em branco inseridas;

Dividindo a planilha na horizontal ou vertical:

Muitas vezes, ao trabalhar com planilha muito grandes, no sentido horizontal e/ou vertical,
tem-se a necessidade de repartir a tela em duas para poder ver duas partes da mesma planilha
ao mesmo tempo.

- SEDS 2007 – V_RG_S - 108


Noções de Informática

Para repartir a planilha é muito simples, seja na horizontal ou vertical. Basta posicionar o
ponteiro do mouse sobre uma pequena folha visível na extremidade superior da barra de rolagem
vertical ou sobre a extremidade esquerda da barra de rolagem horizontal, quando o mouse estiver
posicionando, ele assumirá a forma de uma cruz dividida ao meio e com flechas em duas
direções. Nesse momento, você deve pressionar o botão esquerdo do mouse e arrastar a linha
que divide a planilha para a posição desejada.

Para voltar a planilha ao normal, basta arrastar a divisão de volta ao seu lugar de origem.

Trabalhando com dados de outras planilhas

O Excel dispõe de até 16 planilhas por arquivo. Isto é, você pode criar uma planilha de
compras, de vendas, de estoque, de preços, etc. em apenas um arquivo. Para tanto, na parte
inferior da tela do Excel, existem guias, cada qual representando uma planilha do arquivo atual
(Plan1, Plan2, Plan3 ...). Para começar uma planilha nova em seu arquivo, clique em um dos
Plans e crie-a.

A parte mais interessante do uso de várias planilhas em um mesmo arquivo, é que você
pode relacioná-las, isto é, trabalhar com valores de planilhas diferentes, bastando para isso, em
suas fórmulas, indicar a planilha a que a célula pertence. Exemplo:

=Plan2!G8 + Plan4!D15

No exemplo acima, a fórmula retornaria o valor da soma entre a célula G8 da Plan2 e a


célula D15 da Plan4.

EXERCÍCIOS:

1) Crie as seguinte tabelas:

Plan1
D4=C4+(C4*C$2)

- SEDS 2007 – V_RG_S - 109


Noções de Informática
Tabela de Preços reajustados
Reajuste para venda: 25%
Códig Descrição Custo Venda
o
15 Beringela R$4,00 R$5,00
20 Goiaba R$3,00 R$3,75
25 Maçã R$8,00 R$10,00
30 Laranja R$6,00 R$7,50
35 Uva R$7,00 R$8,75
40 Manga R$9,00 R$11,25
45 Mamão R$3,00 R$3,75

Plan2
A4=Plan1!A4
B4=Plan1!B4
D4=Plan1!D4*C4

Vendas do Mês
Código Descrição Quantidade Total
15 Beringela 35 R$ 175,00
20 Goiaba 48 R$ 180,00
25 Maçã 93 R$ 930,00
30 Laranja 21 R$ 157,50
35 Uva 63 R$ 551,25
40 Manga 46 R$ 517,50
45 Mamão 87 R$ 326,25

Plan3
A4=Plan1!A4
B4=Plan1!B4
D4=Plan1!D4*C4

Compras do Mês
Código Descrição Quantidade Total
15 Beringela 60 R$ 240,00
20 Goiaba 53 R$ 159,00
25 Maçã 120 R$ 960,00
30 Laranja 35 R$ 210,00
35 Uva 89 R$ 623,00
40 Manga 62 R$ 558,00
45 Mamão 98 R$ 294,00

Plan4
A4=Plan1!A4

- SEDS 2007 – V_RG_S - 110


Noções de Informática
B4=Plan1!B4
C4=Plan3!C4-Plan2!C4
D4=Plan2!D4-(Plan2!C4*Plan1!C4)
E4=SE(C4<=15; “Produto em falta!!!”; “O estoque está em ordem”)

Lucros e Estoque
Códig Descriçã Estoque Lucro Observação
o o
15 Beringela 25 R$ 35,00 O estoque está em
ordem
20 Goiaba 5 R$ 36,00 Produto em falta!!!
25 Maçã 27 R$ 186,00 O estoque está em
ordem
30 Laranja 14 R$ 31,50 Produto em falta!!!
35 Uva 26 R$ 110,25 O estoque está em
ordem
40 Manga 16 R$ 103,50 O estoque está em
ordem
45 Mamão 11 R$ 65,25 Produto em falta!!!

A função SE que você utilizou na última planilha, tem as seguintes opções:

SE (expressão; valor se verdadeiro; valor se falso)

A expressão é qualquer expressão que retorne um valor verdadeiro ou falso. Por exemplo,
numa função “A5=1” se A5 for igual a 1 então a célula possuirá o texto ou valor inserido em Valor
se verdadeiro, pelo contrário retornará o Valor se falso.

- SEDS 2007 – V_RG_S - 111


Noções de Informática
REFERÊNCIA ABSOLUTA E RELATIVA

Uma referência identifica uma célula ou um intervalo de células em uma planilha e informa ao
Microsoft Excel onde procurar valores ou dados que você deseja usar em uma fórmula. Com
as referências, você pode usar os dados contidos em outras partes de uma planilha em uma
fórmula ou usar o valor de uma célula em diversas fórmulas. Você também pode fazer
referência a células em outras planilhas na mesma pasta de trabalho, a outras pastas de
trabalho e a dados em outros programas. As referências às células em outras pastas de
trabalho são denominadas referências externas. As referências aos dados em outros
programas são denominadas referências remotas.
Por padrão, o Microsoft Excel usa o estilo de referência A1, que rotula colunas com letras (A a
IV, para um total de 256 colunas) e rotula linhas com números (1 a 65536). Para fazer
referência a uma célula, insira a letra da coluna seguida do número da linha. Por exemplo, D50
refere-se à célula na interseção da coluna D e linha 50. Para fazer referência a um intervalo de
células, insira a referência da célula no canto superior esquerdo do intervalo, dois-pontos (:) e
depois a referência da célula no canto inferior direito do intervalo. A seguir estão exemplos de
referências.

Para fazer referência Use


À célula na coluna A e linha 10 A10
Ao intervalo de células na coluna A e linhas 10 a 20 A10:A20
Ao intervalo de células na linha 15 e colunas B a E B15:E15
A todas as células na linha 5 5:5
A todas as células nas linhas 5 a 10 5:10
A todas as células na coluna H H:H
A todas as células nas colunas H a J H:J

Uma referência de célula como, por exemplo, A1, que informa ao Microsoft Excel como
encontrar outra célula partindo daquela que contém a fórmula. Usar uma referência relativa é o
mesmo que oferecer orientações de direção que explicam onde ir a partir do ponto onde a pessoa
se encontra ¾ por exemplo “siga duas quadras à frente e depois uma quadra à esquerda” .
BOA PROVA E SUCESSO!!!

- SEDS 2007 – V_RG_S - 112