Você está na página 1de 1

DUAS MANEIRAS DE TRATAR O PECADO

TEXTO: 1 Jo 1.8-10
DATA: 13/01/2007
LOCAL: IBR TESSALÔNICA – Culto de Mocidade
PREGADOR: PR GLEIDSON COELHO BATISTA
INTRODUÇÃO
Podemos ter uma atitude negativa ou positiva para com o pecado, nunca as duas. O
que é o pecado? Como você encara o pecado na vida das pessoas? Como você encara os
seus próprios pecados? O que mais tem atrapalhado sua comunhão com Deus? Se há algo
que tem destruído a comunhão com Deus, eu diria que o pecado é o campeão de audiência.
O famoso puritano John Owen (1616–1683) enfatizou seis princípios a respeito da
contínua realidade do pecado arraigado na vida cristã.
Primeiramente, "há um certo grau de pecaminosidade que reside em nós enquanto estamos
no mundo."
Em segundo lugar, "o pecado não apenas continua habitando em nós, mas está ativo,
atuando continuamente para produzir as obras da carne."
Em terceiro lugar, se nós deixamos o pecado em um canto, sem mortificá-lo prontamente
cada dia, "ele produzirá frutos enormes, malditos, escandalosos, destruidores da alma."
Em quarto lugar, uma das principais razões pelas quais o Espírito e uma nova natureza
foram dados a nós é para que possamos nos opor ao pecado.
Em quinto lugar, a negligência na área da mortificação lança o crente em grande
contradição.
Finalmente, esse é o dever presente do crente – seguir a santidade. Concluindo, Owen
sustenta o princípio de que "o pecado – já completamente vencido na cruz – deve ser
tratado implacavelmente e cortado pela raiz, ou ele reviverá e continuará a saquear seu
coração [do cristão] e a minar seu vigor espiritual."
Podemos tratá-lo de uma forma leviana (sem seriedade), como?
I. AO DIZERMOS QUE NÃO TEMOS PECADO – Vs. 8,10
A. A nós mesmos nos enganamos – Vs. 8a / Rm 3.23; 6.23
B. A verdade não está em nós – Vs. 8b
C. Estamos afirmando que Deus está mentindo – Vs. 10a
D. A Palavra de Deus não está em nós – Vs. 10b
Podemos tratá-lo de uma forma séria, como?
II. AO RECONHECERMOS QUE TEMOS PECADO – Vs. 9
A. Precisamos de arrependimento genuíno – Mt 9.13; Lc 15.7
1. Para produzirmos frutos dignos - Mt 3.8
2. Para remissão de pecados – Lc 3:3; At 2.38.
3. Para alegrarmos o coração de Deus – Lc 15:7
B. Precisamos confessá-los a Deus, pois Ele é fiel e justo.
1. Para nos perdoar os pecados – Vs. 9b
2. Para nos purificar de toda injustiça – Vs. 7c, 9c
3. Para termos comunhão com Ele e com Seu Filho – Vs. 3, 6,7
4. Para temos comunhão uns com os outros em Cristo
CONCLUSÃO (Que atitude você deve tomar diante do pecado?)
I. RECONHEÇA-O EM SUA VIDA – Sl 32:5; 38:3,18; 51:2,3; Dn 9:20
II. CONFESSE-O A DEUS – 1 Jo 1:9
III. ABANDONE-O
IV. FUJA DELE – Gn 39:12
V. CONSIDERE-SE MORTO PARA O PECADO – Rm 6:11