P. 1
ANÁLISE COMBINATÓRIA

ANÁLISE COMBINATÓRIA

|Views: 6.881|Likes:
Publicado porCoimix2

More info:

Published by: Coimix2 on Aug 20, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/02/2013

pdf

text

original

* ATENÇÃO: Copiar é CRIME. Art.

184 do código Penal e Lei n° 5998/73

DICAS DE MATEMÁTICA
PROF. COIMBRA

Aula 02
ANÁLISE COMBINATÓRIA Análise combinatória é a parte da matemática que estuda os diversos tipos de agrupamentos que podemos formar com os elementos de um conjunto e também métodos de contagem indiretos. Por exemplo: analisando os elementos de um conjunto qualquer, podemos agrupálos de dois em dois, de três em três, de vinte em vinte, alternar sua ordem de todas as maneiras possíveis, levar em consideração sua ordem ou não, atribuir alguma restrição específica para um ou mais elementos do conjunto, etc. De imediato, pode-se pensar que realizar os exemplos dados, bem como muitos outros, é uma tarefa fácil e ligeira. Todavia, sem os conhecimentos das propriedades desses agrupamentos ou das fórmulas desenvolvidas para estes fins, você verá que, em muitos casos, é humanamente impossível executar tais procedimentos. Com esta noção inicial de análise combinatória, você já pode notar a importância do estudo dos conjuntos neste tópico. De fato, no decorrer de nosso estudo, trabalharemos com vários tipos de conjuntos: numéricos, não numéricos, finitos e infinitos assim como suas propriedades. Portanto, faça uma boa revisão de conjuntos! É importante você notar que, somente em alguns poucos casos bem salientados, estaremos interessados em “quais” agrupamentos podemos formar. Na maioria esmagadora das vezes o que estudaremos em análise combinatória é o total desses agrupamentos, ou seja, seu número, sua quantidade. A análise combinatória tem seu alicerce fundamentado em apenas um princípio que é, como veremos a seguir, muitíssimo importante: o princípio fundamental da contagem ou princípio multiplicativo (p.f.c.). Princípio Fundamental da Contagem Antes de enunciarmos este princípio, preste bem atenção no tipo de situação em que você deverá usá-lo. Suponha que você irá realizar uma ação qualquer (qualquer coisa). Suponha também que há efetivamente possibilidades distintas para o seu propósito. O princípio fundamental se faz útil lhe mostrando o total de maneiras de concluir sua ação. Para isso você deve decompor a ação em etapas independentes, verificar quantas são as possibilidades de cada etapa e, em seguida, multiplicar os números de possibilidades de todas as etapas. Seja uma experiência que pode ser dividida em “n” etapas sucessivas e independentes entre si (E1, E2, E3, ... , En), sendo p1, p2, p3, ... , pn os números de possibilidades de cada etapa, respectivamente. Então o total de modos de se realizar esta experiência é p1 . p2 . p3 . ... . pn. O princípio fundamental da contagem é necessário em análise combinatória, mas não é suficiente. Há certos tipos de problemas nos quais a simples aplicação direta deste princípio ou é pouco prática (muito demorada e complicada) ou é impossível. Tais problemas exigem uma abordagem mais específica. É aí que entram em ação as fórmulas! Entretanto, como dissemos antes, o princípio fundamental é a base de tudo em análise combinatória, por isso todas as fórmulas que veremos têm suas deduções feitas a partir deste princípio. As fórmulas que estudaremos fazem referência aos três tipos mais importantes de agrupamentos: Arranjos, Permutações e Combinações. Estudaremos com detalhes Arranjos Simples, Arranjos com repetição, Permutações Simples, Permutações com repetição, Permutações circulares, Combinações Simples e combinações com elementos repetidos. Arranjos Simples

"Faça as coisas o mais simples que você puder, porém não se restrinja às mais simples." Albert Einstein

São agrupamentos que podemos formar com os elementos de um conjunto levando em consideração sua ordem e sua natureza sem repetirmos nenhum deles. Portanto, dois arranjos quaisquer se distinguem pela ordem ou pela natureza de seus elementos. Note que a ordem e a natureza SÃO importantes!

A n;p = n.(n − 1).(n − 2). ... .(n − p + 1) =
Lê-se: arranjos simples de n elementos tomados p a p.

n! ( n − p) !

Arranjos com repetição É quando se permite a repetição de elementos no arranjo. Mas lembrese que a ordem e a natureza devem ser consideradas. Eis a formula:

(AR) n;p = n p
Permutações Simples São agrupamentos que podemos formar com os elementos de um conjunto de modo que todos os elementos deste conjunto apenas trocam de lugar entre si. Portanto o que distingue duas permutações é apenas a ordem dos elementos. Note que a ordem é importante!

Pn = n!
Obs.: Permutações simples são na realidade arranjos simples quando “n” é igual a “p”. Permutações com Repetição É quando se permite a repetição de elementos no arranjo. Mas lembrese de que todos os elementos devem apenas trocar de lugar entre si. Eis a fórmula:

Pnn1 ;n 2 ;n 3 ; ... =

n! n1 ! . n 2 ! . n 3 ! .

...

Permutações Circulares Dá-se esse nome às permutações em que os elementos estão dispostos de maneira circular ou aproximadamente circular. Lembre-se novamente que, sendo uma permutação, os elementos envolvidos apenas trocarão de lugar entre si. Eis a fórmula:

Pn = (n − 1)!
Lê-se: Permutações circulares de n elementos. Obs.: Não abordaremos Permutações Circulares com Elementos Repetidos neste material. Combinações Simples Chamamos de combinações simples os agrupamentos que podemos formar com os elementos de um conjunto levando em consideração apenas sua natureza sem repetir elemento algum. Portanto, duas combinações diferem entre si apenas pela natureza e não pela ordem de seus elementos. Então agora, a ordem NÃO é importante!

PRÉ-VESTIBULAR E ESCOLAS MILITARES (IME, ITA, ESCOLA NAVAL, EFOMM, EEAr E AFA) Tv. Castelo Branco, 819 – Fone: 3269-1000 / São Brás

1

o cálculo. Combinações com Repetição É quando se permite que todos os n elementos possam aparecer repetidos em cada agrupamento até p vezes.DA. a análise combinatória usa uma propriedade muito interessante da teoria dos conjuntos que é o cálculo do número de elementos da união de vários conjuntos não-disjuntos. ESCOLA NAVAL. porém não se restrinja às mais simples. Castelo Branco.DC. n = 4 e p = 2.DD}. B e C. As combinações com repetição desses 4 elementos tomados 2 a 2 são 10 grupos que têm todas as repetições possíveis de elementos em grupos de 2 elementos não podendo aparecer o mesmo grupo com a ordem trocada. COIMBRA Aula 02 Cn. Isto é..BC.BB. n i =1 2o lema de Kaplansky Trata-se novamente de um tipo especial de combinação onde os elementos de cada combinação. olhando para as combinações não há números consecutivos lado a lado em ordem alguma considerada.* ATENÇÃO: Copiar é CRIME. pois leva-se em consideração a ordem. ITA.p n n! = = p  p!( n − p ) !  "Faça as coisas o mais simples que você puder. vamos calcular usando a fórmula. n(A ∩ A ∩ A ∩ . é bastante trabalhoso e as vezes penoso. nenhuma delas jamais poderá estar na mesma posição ou lugar. que perfazem um total de 10. BC = CB. EEAr E AFA) Tv. Princípio da Inclusão-Exclusão Muitas vezes. Eis a fórmula: Permutações caóticas (desarranjos) Permutação caótica ou desarranjo é um tipo especial de permutação onde não é permitido que elemento algum considerado ocupe novamente sua posição original.CA.CD. são: {AA.p =  =  p  p!( n − 1) ! Exemplo: Seja S = {A.  n−p  p   n + p − 1  (n + p − 1)! (CR) n. Eis a fórmula: Lê-se: Combinações simples de n elementos tomados p a p.AC. mas é possível adaptá-la para outras situações. toda seqüência ordenada formada por n subconjuntos de A . para dois conjuntos A e B. todos os agrupamentos com 2 elementos formam um conjunto com 16 elementos: {AA.BC.AB.BB.DD}. também estão dispostos de maneira Obs. e se forem “n” conjuntos? Como proceder? Eis a propriedade: n (A ∪ A ∪ A ∪ .p = C n+ p−1. AC = CA.CB. ∪ A ) = 1 2 3 n 1≤ i ≤ n ∑ n(A i) − n +1 ∑ 1≤ i < j≤ n 1 2 n(A ∩ A ) + i j ∑ 1≤ i < j< k ≤ n n(A i ∩ A j ∩ A k ) − .AD. 184 do código Penal e Lei n° 5998/73 DICAS DE MATEMÁTICA PROF.BD. ao resolvermos certos problemas de contagem exatamente como descrito no enunciado... deveremos excluir deste conjunto os 6 grupos que já apareceram antes.: a) Chama-se partição ordenada. apenas a natureza dos elementos interessa! Eis a fórmula: G(n.D}.. PRÉ-VESTIBULAR E ESCOLAS MILITARES (IME." Albert Einstein circular ou aproximadamente circular. pois AB = BA.BA. BD = DB e CD = DC. Por exemplo: se formos permutar caoticamente as letras da palavra NUVEM. mas que são exigidas em exames militares.2 COMPLEMENTOS 5! = =10 2!. sabemos que b) para três conjuntos A. EFOMM. sendo uma combinação. Eis a fórmula: 1 1 1 1 1 1 ( −1) n  (PC) n = n!. 819 – Fone: 3269-1000 / São Brás 1 .p) =  n − p n . Art.DB.p) =  = p  p!(n − 2p + 1)!  ≠ j... Lembre-se novamente que. n ≤ n(P(A)).  − + − + − + .BD.AB.AD. Por exemplo: a) n(A ∪ B) = n(A) + n(B) − n(A ∩ B).C.  n − p + 1 (n − p + 1)! F(n. AD = DA. Para calcularmos o número de permutações caóticas. De um modo geral neste caso. Mas para obter as combinações com repetição.∩ A ) 3 n (CR)4. além de não poderem ser consecutivos estando lado a lado. Para contornar essa situação. + (− 1) . Podemos pensar erroneamente que essa situação só ocorre com números.. sabemos que n(A ∪ B ∪ C) = n(A) + n(B) + n( C) − n(A ∩ B) − n(A∩ C)− − n(B ∩ C) + n(A ∩ B ∩ C). Agora.CD.CC. embora possível. que satisfazem as seguintes condições: (I) Ai ∩A j=∅ para i (II) U Ai = A .3! Veremos a seguir algumas fórmulas especiais em análise combinatória que não são comuns em vestibulares tradicionais.AC. Mas..2 = C 4+ 2− 1. Note que não se trata de um problema de permutação circular! No segundo lema de Kaplansky a ordem dos elementos não é importante caracterizando assim uma combinação.B. Assim as combinações com repetição dos elementos de S tomados 2 a 2. 1o lema de Kaplansky O primeiro lema de Kaplansky é um caso especial de combinações envolvendo números consecutivos onde devemos obedecer uma restrição bem interessante: em cada combinação não podemos ter números consecutivos dispostos lado a lado. +  n!   0! 1! 2! 3! 4! 5! Partições ordenadas Chamamos de partição ordenada de um conjunto não nulo A qualquer.CC. usamos o princípio da inclusão-exclusão visto logo acima.

6 c)106 d) 86 (alternativa a) *Sei que análise combinatória é para muitos alunos (se não todos) a parte mais difícil da matemática. 3. se perder todo seu dinheiro ou se ganhar três reais. Se A e B se recusam a ficar lado a lado e C e D insistem em aparecer uma ao lado da outra.(FGV-SP) Usando-se os algarismos 1. 819 – Fone: 3269-1000 / São Brás 1 . de modo que não figurem algarismos repetidos. EFOMM. Entretanto julgo que uma vasta e bem diversificada bateria de exercícios.k! 6.* ATENÇÃO: Copiar é CRIME. B. O valor de x é: a) 505 b) 427 c) 120 d) 625 e) 384 (alternativa a) 2. sendo um deles restaurante.com. o número possível de telefones. ITA. 184 do código Penal e Lei n° 5998/73 DICAS DE MATEMÁTICA PROF. em cada cruzamento tem opção de direcionar-se no sentido de um dos pontos cardeais: norte.(Cesgranrio-RJ) Em um computador digital. o relógio consome uma unidade de energia.(Mack-SP) Um trem de passageiros é constituído de uma locomotiva e 6 vagões distintos. Art. Soluções inteiras e não negativas de uma equação linear Considerando uma equação linear com n variáveis do tipo x1 + x2 + x3 + + . possibilitam uma melhor assimilação desta matéria por parte do aluno.. um bit é um dos algarismos 0 ou 1 e uma palavra é uma sucessão de bits. a expressão que representa as possibilidades de percurso deste atleta é: a) 4n b) 4n c) n4 d) n 4 12.: {A1.." Albert Einstein Os algarismos são movidos mecanicamente de forma que.(Santa casa-SP) Um banco de sangue catalogou 50 doadores. 7 e 9.br (Coimbra) para obtê-las bem como para tratar de eventuais discussões e dúvidas. A3. Assim para passar de para o minuto seguinte 00 . E e F – ficam em pé uma ao lado da outra para uma fotografia. A11} com n = 4. são 00 23 59 consumidas 4 unidades.(CESUPA 2004) Um atleta. D. Dentre eles. leste. 4. 2. Sempre haverá alguma questão na qual o aluno sentirá dificuldade. oeste. porém não se restrinja às mais simples. Considerando n o número de quarteirões a serem percorridos.(Mack-SP) Em uma sala há 8 cadeiras e 4 pessoas.6 A10. Ex.(Mack-SP) Uma sala tem 8 portas.(UFCE) A quantidade de números inteiros compreendidos entre 30. A5. COIMBRA Aula 02 b) se por acaso a ordem não for considerada.6 b) A10. 5. caro aluno. sul. O número de palavras distintas de 32 bits é: a) 2(232 – 1) b) 232 c) 496 d) 322 e) 64 (alternativa b) 13. os números dos telefones de várias cidades do interior do Pará passaram a ter 8 (oito) dígitos. que podem ser disponibilizados para estas cidades. temos uma partição não ordenada. A B horas C D 14. ESCOLA NAVAL. existem x números de quatro algarismos. 7. O número de unidades de energia consumidas por dia é: a) 40 b) 1440 c) 1608 d) 1611 e) 1632 (alternativa b) 1. Inicia o treino no cruzamento de duas vias e. EEAr E AFA) Tv.84 c) 8. de modo que pelo menos dois algarismos sejam iguais. a quantidade de números divisíveis por 5 é: a) 20 b) 30 c) 60 d) 120 e) 180 (alternativa c) 9. Não desanime! Por experiência própria posso lhe afirmar que resolvendo muitos exercícios você. Pnn+−k −k1 = (n + r − 1)! (n − 1)!. 3.4! d) 8!/4 e) 32 (alternativa a) 5. não terá o que temer. De quantas maneiras pode-se minutos PRÉ-VESTIBULAR E ESCOLAS MILITARES (IME. O aluno mais interessado deve procurar o professor em sala de aula ou entrar em contato pelo e-mail coimix@uol. para cada “leitora”. durante o percurso.94 d) 85 e) 95 (alternativa e) 3. 23 com fator Rh. O número de maneiras que o jogo poderá se desenrolar é: a) 5 b) 3 c) 11 d) 12 e) 10 (alternativa c) 8. então o número de maneiras distintas de se entrar nela e sair da mesma por uma porta diferente é: a) 8 b) 16 c) 40 d) 48 e) 56 (alternativa e) 11.(Fuvest-SP) Quantos são os números inteiros positivos de 5 algarismos que não têm algarismos adjacentes iguais? a) 59 b) 9. o número de solução inteiras e positivas dessa equação. cuidadosamente escolhidos.(Fuvest-SP) Um relógio digital marca horas e minutos. o número de possibilidades distintas para as seis pessoas se disporem é: a) 120 b) 72 c) 144 d) 220 e) 720 (alternativa c) 10. se tiver quatro reais. resolve treinar nas ruas de seu bairro. Sabendo que a locomotiva deve ir à frente e que o vagão restaurante não pode ser colocado imediatamente após a locomotiva.(CESUPA 2002) Desde 30/06/2001. C. Em cada jogada ele ganha ou perde um real. visando participar da corrida do Círio.000 e 65.(UnB-DF) Seis pessoas – A. Isto não significa que não dou importância a elas (muito pelo contrário!). o número de modos diferentes de montar a composição é: a) 120 b) 320 c) 500 d) 600 e) 720 (alternativa d) (alternativa b) 4. não me preocupei com as demonstrações das fórmulas envolvidas. O número de modos distintos das pessoas ocuparem as cadeiras é: a) 1680 b) 8! c) 8. Castelo Branco. é: a) 48 b) 66 c) 96 d) 120 e) 540 (alternativa b) EXERCÍCIOS 1. assim distribuídos: 19 com sangue tipo O. é igual a: a) A 8. Boa sorte! Nesta apostila.(FGV-SP) Um homem tem oportunidade de jogar no máximo 5 vezes na roleta.000 que podemos formar utilizando somente os algarismos 2. é dado por: "Faça as coisas o mais simples que você puder. com dígitos distintos. 6 e 7.(FURRN) Com os algarismos 1. isto é. Começará com um real e parará de jogar antes de cinco vezes.e 11 com tipo diferente de O e com fator Rh+. 4. 3. sendo que todos iniciam por 37. 5 e 6 são formados números inteiros de quatro algarismos distintos. + xn = k.Com esta mudança.

de tal forma que as duas extremidades sejam ocupadas por homens? a) A3. 5 homens não gostaram e 12 mulheres gostaram.600 23. mas com fator Rh-? a) 1140 a) b) 2280 c) 4495 d) 5984 e) 6840 (alternativa a) 8 b) 10 c) 15 d) 25 e) 40 "Faça as coisas o mais simples que você puder. EEAr E AFA) Tv.2 .. porém não se restrinja às mais simples. entre os elementos de A. Art. é dividido em dois grupos de 6 pessoas de modo que fique um paulista em cada grupo. do seguinte modo: um bairro deve ser vermelho.000 d) 700 e) 128 (alternativa A3 300 b) C300.3 c) 3003 d) 300! (alternativa a) e) 3 2 3 C300 . mas. de modo que uma mesma pessoa não receba mais que um PRÉ-VESTIBULAR E ESCOLAS MILITARES (IME. entre as pessoas consultadas. entre os 300 passageiros do navio. dois bairros azuis e os demais verdes. b e c.. Pelo critério da empresa. onde temos somente dois paulistas. dispostas em fila. cinco ingressos para um próximo filme. Se os prêmios forem iguais.(Mack-SP) Um grupo de 12 pessoas. 3.C298 25.a. A soma de todos os números de três algarismos que se obtém permutando os algarismos de n é igual ao: a) produto de 222 por S. deseja-se pintar esse mapa com as cores vermelha.(PUC-SP) O número de anagramas da palavra ALUNO que têm as vogais em ordem alfabética é: a) 20 b) 30 c) 60 d) 80 e) 100 (alternativa a) (alternativa c) 22. não passa pela porta da sala de exposições sem que a senhorita já o tenha feito. P4 e) n.(UFPA) João e Maria vão sentar-se à mesma fila de um cinema. ITA. foram consultadas 40 pessoas sobre o filme a que acabavam de assistir. que eram viagens para 3 diferentes lugares. a distribuição poderá ser feita de k + 20 maneiras. foram sorteados. uma vez a letra B e n – 2 vezes a letra C. se cada pessoa deve receber no máximo um ingresso e exatamente três ingressos devem ser dados a mulheres que não gostaram do filme? a) 1200 b) b) 27. um a um. portanto.2 . 1.. O valor de n é: a) 3 b) 4 c) 5 d) 6 e) 7 (alternativa c) (alternativa a) 20.2 . azul e verde. de quantas maneiras se pode ir do ponto A até a reta BC? 17. todas vazias. o número de maneiras distintas de realização do sorteio é dado por: a) 16.(Santa casa-SP) Dois prêmios devem ser distribuídos entre n pessoas.400 b) 117.(FGV-SP) De quantas maneiras podemos sentar quatro moças e quatro rapazes numa fila de oito assentos. Vamos formar grupos de três números sorteados. e) produto de 404 por S. Dessa forma. Castelo Branco.(UEL-PR) Usando uma vez a letra A. interceptando um outro conjunto de quatro retas paralelas? a) 162 b) 126 c) 106 d) 84 e) 33 (alternativa b) 26.(Fatec-SP) Um grupo formado por quatro rapazes e uma senhorita vão visitar uma exposição de arte.(PUC-SP) Na saída de um cinema.(Vunesp) Seja n um número natural escrito com três algarismos a. de quantas maneiras poderão sentar-se? a) 64 b) 56 c) 48 d) 42 e) 40 (alternativa d) 28. Os resultados obtidos foram os seguintes: 27 pessoas gostaram do filme.d.880 d) 576 e) 1152 (alternativa 29. três brindes. sem reposição.(Consart) De quantas maneiras três casais podem ocupar seis cadeiras.(FEI) Caminhando sempre para direita ou para cima. de modo que nunca haja dois rapazes vizinhos nem duas moças sentadas uma ao lado da outra? a) 5040 e) b) 40.(UFPA) Quantos paralelogramos são determinados por um conjunto de sete retas paralelas. Seja S = a + b + c. A3.776 c) 21. Um dos rapazes é um perfeito cavalheiro e. Quantos desses grupos conterão só números pares? a) 110. a pessoa que ganhasse um brinde era eliminada para o outro sorteio. A3. P4 d) 3 .(UFSE) Seja A um conjunto de números naturais {0. a distribuição poderá ser feita de 4k – 10 maneiras. O número de formas de ocorrer esta divisão é: a) 180 b) 200 c) 252 d) 504 e) 300 (alternativa d) 24. 19. . A gerência desse cinema deseja distribuir. se os prêmios forem distintos. EFOMM. De quantas maneiras distintas isto pode ser feito? a) 6 b) 30 c) 60 d) 120 e) 240 (alternativa c) a) 8 b) 64 c) 256 d) 1024 e) 4096 (alternativa c) 18. b) produto de 202 por S. COIMBRA Aula 02 selecionar três doadores desse grupo que tenham sangue de tipo diferente de O. P4 b) A10.2 c) 2 .3 + A15. A fila tem 8 cadeiras. O número de modos pelos quais eles podem entrar no recinto é: a) 120 b) 60 c) 48 d) 24 e) 6 (alternativa b) 27. ESCOLA NAVAL. sobre a rede da figura.C299 . podemos formar 20 anagramas diferentes com n letras em cada anagrama. 184 do código Penal e Lei n° 5998/73 DICAS DE MATEMÁTICA PROF. d) produto de 444 por S.* ATENÇÃO: Copiar é CRIME. 100}. 819 – Fone: 3269-1000 / São Brás 1 .(UFCE) O mapa de uma cidade é formado por seis bairros distintos. c) produto de 666 por S. Como não querem sentar-se em cadeiras vizinhas." Albert Einstein prêmio. 2. De quantos modos pode ser feita essa distribuição. 21.(PSS 2004) Durante uma viagem.320 c) 2. O valor de n é: (alternativa b) 15.

porém não se restrinja às mais simples.d. b) 48 c) 60 d) 72 e) 90 (alternativa d) (alternativa c) 31. 32 . Art. Sabendo-se que neles não aparecem juntos dois algarismos pares nem dois algarismos ímpares. d) 3 horas e 12 minutos. 3 .* ATENÇÃO: Copiar é CRIME. COIMBRA Aula 02 c) 117. 2. o tempo decorrido desde o início de sua execução é de: a) 2 horas e 16 minutos.200 e) 124. 32 e) n.950 (alternativa e) "Faça as coisas o mais simples que você puder. ESCOLA NAVAL. 184 do código Penal e Lei n° 5998/73 DICAS DE MATEMÁTICA PROF. 75% das senhas possíveis.453 d) 970. 819 – Fone: 3269-1000 / São Brás 1 . b) 1 horas e 40 minutos. 4. Sabendo que o programa testa cada senha uma única vez e que já testou." Albert Einstein 30. utiliza um programa que consegue testar 163 senhas diferentes por minuto. 5 e 6 formam-se números naturais de seis algarismos distintos. Castelo Branco. EEAr E AFA) Tv. sem sucesso. então o número total de naturais assim formados é: a) 36 3738 a) 24 . EFOMM.(Cesgranrio) Com os algarismos 1. c) 3 horas e 48 minutos. 5 b) 24 . para isso. ITA. 33 c) 25 . 3. e) 2 horas e 30 minutos. A senha é composta por cinco caracteres escolhidos entre os algarismos de 0 a 9 e as letras de A a F.(Mack-SP) Um hacker está tentando invadir um site do governo e.a. 7 d) 25 . (alternativa d) PRÉ-VESTIBULAR E ESCOLAS MILITARES (IME.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->