Você está na página 1de 16

- Osso temporal:

ROTEIRO DE AULA - Porção escamosa;


- Processo mastóideo;
PRÁTICA - Meato acústico externo;
- Processo Espinhoso
- OSSOS DO ESQUELETO - Fossa Mandibular
AXIAL-

ATENÇÃO:
Este roteiro é um auxílio para seu estudo em
aulas práticas e teóricas. Ele de modo algum é
uma lista de assuntos que possam ser cobrados
em provas teóricas ou práticas. Desta forma, o
aluno não deve limitar seu estudo a este roteiro
ou aos assuntos nele tratados. É indispensável
consulta à bibliografia recomendada e a
freqüência às aulas.

I- OSSOS DO CRÂNIO

- Definir quais são os ossos componentes;


- Conceituar neurocrânio e viscerocrânio;
- Localizar alguns pontos craniométricos:
bregma, lambda, ptério, astério, glabela;
- Localizar as suturas cranianas e as
fontanelas.

VISTA ANTERIOR
- Osso frontal:
- Forame (ou fissura) supra-
orbital;
- Arco superciliar;
- Glabela;
- Sutura metópica (inconstante).
- Ossos nasais
- Osso maxilar (Maxila):
- Processo alveolar;
- Forame infra-orbital;
- Identificar a abertura
piriforme;
- Espinha nasal anterior;
- Seio maxilar.
- Osso zigomático
- Órbita: visualizar em seu interior:
- Partes orbitais do frontal,
zigomático e maxilar;
- Asa maior do esfenóide;
- Osso lacrimal;
- Fissuras orbitais superior e
inferior;
- Canal óptico;
- Canal nasolacrimal;

VISTA LATERAL
- Identificar o arco zigomático e sua
composição.
- Osso parietal e suas relações;
- Osso esfenóide:
- Asa maior.
VISTA VERTICAL (CALOTA VISTA INFERIOR DA BASE DO
CRANIANA) CRÂNIO

- Forames parietais; - Definir quais os ossos identificados


- Bregma e lâmbda; nesta posição.
- Suturas sagital, coronal e lambdóide; - Visualizar as seguintes estruturas:
- Ossos: Frontal, Parietais e Occipital; - Palato ósseo: Maxilas e
Palatinos
- Processo palatino da maxila;
- Forame incisivo.
- Lâmina horizontal do osso
palatino;
- Espinha nasal posterior.
- Osso vômer;
- Osso esfenóide:
- Asa maior;
- Processo pterigóide do osso
esfenóide (lâminas medial e
lateral);
- Processo espinhoso;
- Osso temporal:
- Fossa mandibular;
- Processo estilóide;
- Osso occipital:
- Porção basilar;
- Côndilos occipitais.
- Canal do Hipoglosso

VISTA POSTERIOR

- Sutura lambdóide;
- Osso occipital:
- Protuberância occipital
externa.
VISTA SUPERIOR DA BASE DO
CRANIO

- Identificar as fossas cranianas anterior,


média e posterior.

A- FOSSA CRANIANA ANTERIOR:


- Osso frontal:
- Seio frontal;
- Osso etmóide:
- Crista galli;
- Lâmina e forames crivosos;
- Osso esfenóide:
- Asa menor do esfenóide;
- Processos clinóides anteriores.

B- FOSSA CRANIANA MÉDIA:


- Osso esfenóide:
- Asa menor do esfenóide;
- Asa maior do esfenóide;
- Forames redondo, oval e
espinhoso;
- Canal óptico;
- Fissura orbital superior;
- Sela túrcica:
- Tubérculo e dorso da
sela;
- Processos clinóides
posteriores
- Fossa hipofisária;
- Osso temporal:
- Porção escamosa e petrosa do
osso temporal;
- Canal carótico;
- Forame lácero.

C- FOSSA CRANIANA POSTERIOR:


- Osso temporal:
- Parte petrosa;
- Meato acústico interno;
- Forame jugular;
- Osso occipital:
- Porção basilar do osso
occipital;
- Forame magno;
- Canal do hipoglosso.

VISUALIZAR OS SEGUINTES
ORIFÍCIOS (FORAMES OU CANAIS)
- Forame oval;
- Forame Redondo
- Forame espinhoso;
- Forame lácero;
- Canal carótico;
- Fossa e forame jugular;
- Forame estilomastóide;
- Fossa e canal condilar;
- Canal do hipoglosso;
- Forame magno
CORTE SAGITAL
- Sulcos dos vasos meníngeos;
- Septo nasal:
- Lâmina perpendicular do
etmóide;
- Vômer;
- Cavidade nasal:
- Concha nasal superior e média
(etmóide);
- Concha nasal inferior;
- Osso esfenóide:
- Seio esfenoidal;
- Sela túrcica

ESTUDO DA MANDÍBULA

- Ramo, ângulo e corpo da mandíbula;


- Processos condilar e coronóide;
- Incisura mandibular;
- Processo alveolar;
- Forame Mentoniano (ou Mentual);
- Forame, Canal e Língula Mandibulares;
- Tuberosidade massetérica;
- Fossa Submandibular e sublingual;
- Linha milo-hióidea
II- COLUNA VERTEBRAL

- Definir seus Segmentos:

 Cervicais (7)
 Torácicas (12)
 Lombares (5)
 Sacrais (5)
 Coccígeas (4)

- Identificar os aspectos gerais de uma


Vértebra Típica:

 Corpo: na porção anterior,


espessa e discóide.
 Processos Transversos
 Processo Espinhoso
 Forame Vertebral
 Processos articulares: dois
superiores e dois inferiores
 Forames intervertebrais:
para a passagem de nervos
que entram e saem da
medula espinhal.
 Pedículo e Lâmina

- Identificar as diferenças entre as - Torácicas (12)


Vértebras Típicas: o Processo espinhoso e
alongado em algumas
- Cervicais (7) verticalizado;
o Processo espinhoso o Fóveas costais para
bífido entre C2 e C6; articular com as
o Forames transversos costelas
(Todas inclusive as o Corpo e forame
atípicas) vertebral arredondado
o Corpo pequeno
o Forame vertebral
grande e ligeiramente
triangular

- Lombares (5)
o Processo espinhoso
quadrangular e
volumoso;
o Corpo vertebral grande
- Identificar as Vértebras Atípicas:

-Atlas (C1)

 Ausência de Corpo e
Processo Espinhoso

- Áxis (C2)

 Presença do Processo
Odontóide (Dente do
Áxis)

- Proeminente (C7)

- Vértebras Sacrais (5) e


Coccígeas (4)

 forames sacrais
 promontório
 canal sacral
 cristas sacrais
 hiato sacral
 processo articular
superior
III- ESTERNO
IV- COSTELAS
- Identificar:
- Identificar no esqueleto as costelas
(a) Manúbrio
Verdadeiras, Falsas e Flutuantes;
(b) Incisura jugular
- Questionar esta classificação;
(c) Incisura clavicular
- Identificar numa costela típica:
(d) Ângulo esternal
(e) Gladíolo (ou corpo)
o Extremidade vertebral ou
(f) Incisuras costais
posterior:
(g) Processo xifóide

uma cabeça,

um colo

um tubérculo articular.

o Extremidade anterior ou
esternal:

diáfise ou corpo.

Ângulo
EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO
Esqueleto Axial
ATENÇÃO:

O exercício de fixação é mais um instrumento de estudo, não substituindo os livros didáticos e nem a
dedicação ao anatômico. Um acadêmico tem que se dedicar à leitura de artigos científicos e outros títulos
relevantes. As questões relacionadas abaixo não serão necessariamente indicadas nas avaliações regulares.

1. Indique as funções do sistema esquelético.


2. Descreva a classificação morfológica dos ossos e exemplifique.
3. O que são acidentes ósseos?
4. Defina os seguintes acidentes ósseos: cabeça, colo, forame, fossa, processo e côndilo.
5. Como é dividido o esqueleto?
6. Indique os ossos situados em cada segmento do esqueleto.
7. Cite os ossos do neurocrânio e do viscerocrânio.
8. Descreva anatomicamente (porções e acidentes) o temporal, esfenóide e a mandíbula.
9. Qual a localização dos seios paranasais?
10. Quais os ossos que formam o septo nasal ósseo?
11. Identifique as “principais” articulações fibrosas do neurocrânio, indicando os ossos articulados pelas
mesmas.
12. Quais os ossos que formam o palato duro, a órbita ocular e o arco zigomático?
13. Quais os acidentes ósseos que formam a A.T.M.?
14. Indique os componentes anatômicos das figuras abaixo:

Figura 1: Vista lateral do crânio (Original:


Sobotta. Atlas de Anatomia Humana, Ed.
Guanabara Koogan).

(a) Suturas: coronal, escamosa,


lambdóide.
(b) Arco zigomático.
(c) Processos: mastóideo, condilar,
estilóide e alveolar.
(d) Ossos: lacrimal, zigomático, nasal,
maxila, esfenóide e occipital.
(e) Porções da mandíbula: corpo, ângulo
e ramo.
(f) Incisura da Mandíbula
Figura 2: Vista anterior do crânio (Original:
Sobotta. Atlas de Anatomia Humana, Ed.
Guanabara Koogan).

(a) Suturas: internasais e intermaxilares.


(b) Ossos: frontal, vômer, etmóide,
mandíbula e conchas nasais inferiores.
(c) Processos alveolares das maxilas.
(d) Borda alveolar da mandíbula.
(e) Lâmina perpendicular do etmóide.
(f) Forames infra e supra-orbital.
(g) Fissura orbital superior.
(h) Forame mental.

Figura 3: Vista superior da base do crânio


(Original: Sobotta. Atlas de Anatomia
Humana, Ed. Guanabara Koogan).

(g) Ossos: frontal, etmóide, esfenóide,


parietais, temporais e occipital.
(h) Lâmina crivosa (ou Lâmina
cribriforme).
(i) Asa maior e asa menor do
esfenóide.
(j) Canal óptico.
(k) Fossa hipofisária.
(l) Forames: magno, redondo, lacero,
espinhoso e oval.
(m) Porção petrosa do temporal.
Figura 4: Vista inferior da base do crânio
(Original: Sobotta. Atlas de Anatomia
Humana, Ed. Guanabara Koogan).

(a) Ossos: palatinos, vômer, esfenóide,


zigomáticos, temporais e occipital.
(b) Côndilos occipitais.
(c) Forame jugular e magno.
(d) Canal carótico e do hipoglosso.
(e) Fossa mandibular.
(f) Lâminas e processos pterigóides.
(g) Protuberância occipital externa
(Inio).
(h) Processos: mastóideo e estilóide.
(i) Arco zigomático.
(j) Borda alveolar das maxilas.

15. Identifique os ossos e seus acidentes ósseos.


16. Cite os ossos do tronco.
17. Qual a importância do osso Hióide?
18. Indique as porções do Esterno.
19. Disserte sobre a classificação “articular” das costelas.
20. Descreva a coluna vertebral, indicando o número de vértebras por região e seus principais caracteres
diferenciais (quadro comparativo).
21. Diferencie a coluna vertebral de um neonato com um jovem adulto
22. Indique os componentes anatômicos das figuras abaixo:

Figura 1: Vista anterior do Esterno (Original: Sobotta. Atlas de Anatomia Humana, Ed. Guanabara Koogan).

(A) Manúbrio;
(B) Incisura jugular;
(C) Incisura clavicular;
(D) Ângulo esternal;
(E) Gladíolo (ou corpo);
(F) Incisuras costais;
(G) Processo xifóide.

Figura 2: Vista inferior das Costelas (Original: Sobotta. Atlas de Anatomia Humana, Ed. Guanabara Koogan).

(h) Cabeça;
(i) Colo;
(j) Tubérculo articular;
(k) Corpo;
Figura 3: Identifique as vértebras e indique seus principais caracteres diferenciais (Original:
Sobotta. Atlas de Anatomia Humana, Ed. Guanabara Koogan).
Figura 4: Vista posterior do Sacro (Original: Sobotta. Atlas de Anatomia Humana, Ed. Guanabara
Koogan).

(l) Processo articular superior;


(m) Crista sacral mediana;
(n) Crista sacral intermédia;
(o) Crista sacral lateral;
(p) Face auricular;
(q) Forame sacral;
(r) Hiato sacral.
(s) Canal Sacral

23. Identifique os ossos do neurocrânio e do viscerocrânio observando as peças cadavéricas.

NEUROCRÂNIO VISCEROCRÂNIO
* *
* *
* *
* *
* *
* *
* *

24. Indique a localização dos seguintes acidentes ósseos:

ACIDENTE ÓSSEO LOCALIZAÇÃO


A – Arco superciliar.
B – Forame magno.
C – Côndilos occipitais.
D – Processo mastóideo.
E – Fossa mandibular.
F – Fossa hipofisária.
G – Canal óptico.
H – Lâmina perpendicular.
I – Processo alveolar
J – Arco zigomático.
K – Concha nasal superior.
25. Identifique os ossos articulados pelas seguintes suturas:

SUTURAS OSSOS ARTICULADOS


A – Coronal (Fronto-parietais).
B – Sagital (Interparietais).
C – Lambdóide (Occipito-parietais).
D – Escamosa (Temporo-parietal).
E – Internasais.
F – Temporo-zigomática.
G – Intermaxilares.
H – Palatina mediana.

26.Diferencie morfologicamente as vértebras indicadas na tabela.

Atlas Áxis Proeminente VC típica VT VL


(C1) (C2) (C7) (C3 - C6) (T1 - T12) (L1 – L5)

CORPO

FORAME
VERTEBRAL

PROCESSO
TRANSVERSO

PROCESSO
ESPINHOSO

27. Identifique os acidentes ossos da vértebra torácica e da proeminente (C7).


28.Identifique os acidentes ósseos e as porções da mandíbula e do esterno.

29. Descreva as costelas verdadeiras, falsas e as flutuantes.

30. Indique na figura os acidentes ósseos e suas porções.


BIBLIOGRAFIA RECOMENDADA
DÂNGELO, Jose Geraldo; FATTINI, Carlo Américo. Anatomia humana sistêmica e segmentar: para o estudante
de medicina. 2. ed. São Paulo: Atheneu, 2005. 671 p

DÂNGELO, José Geraldo. Anatomia humana básica. 2. ed. São Paulo: Atheneu, 1988. 184 p.

GARDNER, Ernest Dean; GRAY, Donald J; O'RAHILLY, Roman. Anatomia: estudo regional do corpo humano. 4. ed.
Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1988. 815 p.

GARDNER, Weston D. Anatomia do corpo humano. Tradução Orlando J. Aidar. 2. ed. São Paulo: Atheneu, 1980.
571 p.

JACOB, Stanley W.; FRANCONE, Clarice Ashworth; LOSSOW, Walter J. Anatomia e fisiologia humana.
Tradução Carlos Miguel Gomes Sequeira. Rio de Janeiro: Interamericana, 1980. 619 p.

JACOB, Stanley W.; FRANCONE, Clarice Ashworth; LOSSOW, Walter J. Anatomia e fisiologia humana. 5. ed.
Rio de Janeiro: Guanabara, 1990. 569 p.

MCMINN, R. M. H; HUTCHINGS, R. T; LOGAN, B. M. Atlas colorido de anatomia da cabeça e do pescoço.


Tradução Flavio Vellini Ferreira. [S.l.]: ARTMED, 1991. 240 p.

MCMINN, R. M. H; HUTCHINGS, R. T; LOGAN, B. M. Perguntas e respostas ilustradas de anatomia humana.


São Paulo: Manole, 1987. 128 p.

MOORE, Keith L.; DALLEY, Arthur F. Anatomia orientada para a clínica. Tradução Alexandre Lins Werneck. Rio
de Janeiro: Guanabara Koogan, 2001. 1023 p.

MOORE, Keith L.; AGUR, Anne M. R. Fundamentos de anatomia clínica. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2004.
562 p.

NETTER, Frank H. Atlas de anatomia humana. Tradução Jacques Vissoky. 2. ed. Porto Alegre: ARTMED, 2000.
525 p.

OLSON, Todd R. A.D.A.M.: atlas de anatomia. Tradução Alexandre Lins Werneck. Rio de Janeiro: Guanabara
Koogan, c1998. 489 p.

SNELL, Richard S. Anatomia clínica para estudantes de medicina. Tradução Alexandre Werneck. Rio de Janeiro:
Guanabara Koogan, c1999. 857 p.

SPENCE, Alexander P. Anatomia humana básica. Tradução Mario de Francisco. São Paulo: Manole, 1991. 713 p.

SOBOTTA, Johannes. Atlas de anatomia humana. Tradução Wilma Lins Werneck. Rio de Janeiro: Guanabara
Koogan, 2000. 2 v.,

YOKOCHI, Chihiro. Anatomia fotográfica do corpo humano. 3. ed. São Paulo: Manole, 1992. 140 p.

TORTORA, Gerard J. Corpo humano: fundamentos de anatomia e fisiologia. Tradução Cláudia L. Zimmer. 4. ed.
Porto Alegre: ARTMED, 2004. 574 p.