Você está na página 1de 5

Magrão 17/2/2009 Página 1 de 5

Faca voce mesmo Cabos e Solda


Magrão 17/2/2009 Página 2 de 5
Faca voce mesmo Cabos e Solda

FAÇA VOCÊ MESMO


Para quem quer aprender a consertar ou montar seus cabos, aqui vão algumas dicas
e técnicas na "arte" de soldar cabos e plugs (se e que deve chamar isso de arte). Para
isso, é necessário ter-se algumas ferramentas básicas, como um ferro de solda (para
eletrônica), um sugador de solda (não é essencial, mas ajuda bastante), um alicate
de bico fino, um alicate de corte (ou tesoura) e, obviamente, um rolo de solda .

Todas essas ferramentas são facilmente encontradas nas boas lojas de material
eletrônico (como no centro eletrônico , que podemos ate ter um desconto) , e os preços
variam conforme a qualidade do produto.

Uma regra básica para qualquer montagem eletrônica (e isso inclui a montagem de
cabos) é que um serviço mal feito acaba tendo que ser refeito. Deve-se sempre ter em
mente que um trabalho "matado” (mal feito) hoje provavelmente vai ser um problema
(ou um desastre) no futuro . Portanto, atenção e primor são essenciais para um
resultado perfeito .

Quando for consertar um cabo, preste atenção no defeito que ele apresenta. As falhas
mais freqüentes são por causa de interrupção de condução, que pode ser causada por
uma solda solta do condutor (fio) no plug ou mesmo pelo rompimento de um condutor
(fio).

Se o problema é a solda, a solução é simples, e veremos como fazê-la, mais adiante.


Se aparentemente não há qualquer solda solta, verifique se algum condutor (fio) está
encostando no outro. Às vezes um dos pequenos fios de um dos condutores está
tocando o outro, provocando um curto-circuito entre eles.

Se for isso, ou corte devidamente o "fiozinho rebelde", ou refaça a solda do


condutor, juntando bem todos os fios dele antes de soldar.

Se nenhuma das evidências citadas for detectada, então o problema pode ser a ruptura
interna de condutor, em algum ponto ao longo do cabo. A solução para esse problema é
ir cortando pedaços (digamos,no meio) de cada cabo, alternadamente, até voltar a
haver condução.

Calombos, dobras pronunciadas ou falhas sensíveis (ou visíveis) no encapamento


externo são pontos suspeitos: flexione e entorte o cabo seguidamente, em diversos
pontos ao longo do seu comprimento, verificando se a condução é restaurada quando se
mexe em algum trecho. Se isso ocorrer, provavelmente a ruptura está naquela região.

Para se testar a condução no cabo, pode-se usar um multímetro eletrônico , usando-


se a função de teste de resistência (Ω ohms) e aplicando-se as pontas de teste em cada
extremidade do condutor, que deverá acusar resistência igual zero. Há multímetros com
funções específicas para testar condução, indicando com sinal sonoro.
Magrão 17/2/2009 Página 3 de 5
Faca voce mesmo Cabos e Solda

Um dispositivo rudimentar para se testar a integridade dos condutores de um cabo é


sugerido na Figura 3. (Ao testar o cabo, deve-se prestar atenção se as extremidades
testadas são do mesmo condutor !).

Figura 3 - Dispositivo rudimentar para se testar a integridade dos condutores em um cabo

Caso você decida consertar ou montar seus cabos, então aqui vão alguns lembretes e
dicas importantes:

1. Inserir as capas dos plugs no cabo. Após cortar o cabo no tamanho desejado,
insira logo as duas capas dos plugs (uma virada para cada extremidade). Esse é
um lembrete importante, pois será grande sua indignação ao terminar a soldagem
dos plugs e verificar que esqueceu de enfiar as capas no cabo , e quando você
esta fazendo um mult-pino então ai você quer se matar !

2. Observar as posições de soldagem dos condutores. No cabo de áudio mono,


o condutor deve ser soldado sempre no terminal interno (menor) existente no
plug, enquanto a malha de blindagem deve ser soldada no terminal externo
(maior). No cabo de áudio stereo, cada um dos condutores deve ser soldado nos
terminais internos (menores), prestando atenção na cor de cada um (pois no outro
plug, a posição de soldagem deve ser igual), e a malha de blindagem deve ser
soldada no terminal externo (maior), da mesma forma como é no cabo mono. No
cabo MIDI, a malha de blindagem deve ser soldada no terminal central, enquanto
os condutores devem ser soldados, cada um, nos terminais laterais ao terminal
central (os terminais extremos não são usados). Deve-se observar com atenção
qual o terminal usado por cada condutor, para no outro plug adotar a mesma
posição.
Magrão 17/2/2009 Página 4 de 5
Faca voce mesmo Cabos e Solda

3. Não deixar "solda fria". Ao soldar, verificar se houve uma perfeita fusão da
solda, unindo perfeitamente o condutor ao terminal. A solda bem feita tem aspecto
arredondado e brilho homogêneo. Caso a solda não derreta bem, não haverá
perfeita aderência com o metal - a chamada "solda fria" - apresentando um
aspecto irregular e pouco brilho (opaco). Antes de fechar o plug com a sua capa,
verifique se os pontos de solda estão bem presos.

4. Firmar o cabo no plug com a braçadeira. Tanto no plug de áudio como no de


MIDI há internamente duas abas internas que servem para "abraçar" o cabo,
oferecendo maior resistência caso o plug venha a ser puxado pelo cabo, evitando
assim que os pontos de solda sofram esforços. O plug MIDI também tem uma
trava que mantém a capa plástica presa à capa metálica interna, e que deve ser
ligeiramente puxada pelo orifício da capa plástica.

TÉCNICAS BÁSICAS DE SOLDAGEM


Para se obter uma soldagem bem feita, é importante observar alguns requisitos, que
podem evitar futuras dores-de-cabeça.

1: Prenda as partes. Para facilitar o trabalho de soldagem, é conveniente fixar o


plug numa mesa, usando alguma ferramenta adequada, como por exemplo um
"grampo-sargento" (aquela peça usada pelos chaveiros para segurar a chave). Pode-
se montar uma base de fixação para o plug , usando uma tomada fêmea do próprio
plug. Não é recomendável segurar com a mão o plug, pois ele pode aquecer durante
a soldagem (o que o fará soltá-lo...).

2: Deixe o ferro aquecer. A maioria das pessoas realmente não sabe que o
aquecimento é o mais importante numa soldagem. Deixe o ferro de solda aquecer
no mínimo uns cinco minutos antes de iniciar a soldagem.

3: Limpe as partes. É recomendável que as partes a serem soldadas sejam limpas,


de forma a eliminar as impurezas (oxidações, etc...) que podem prejudicar a
soldagem. Raspe os terminais do plug com uma gilete ou faca (Se for preciso).
Verifique também se a ponta do ferro de solda não está com acúmulo de solda , se
estiver deixe-o aquecer e limpe a ponta com um pano ou esponja umedecida (nunca
raspe a ponta).

4: Prepare os fios antes de soldar. Antes de soldar os condutores nos terminais,


enrole seus pequenos fios, formando uma trança espiralada (Formato rosca), e
depois derreta um pouco de solda sobre eles. Isso faz com que os fios não se
separem e ao mesmo tempo os tornam rígidos, o que facilita o manuseio na
soldagem.
Magrão 17/2/2009 Página 5 de 5
Faca voce mesmo Cabos e Solda

5: Use o calor, não a força. O segredo da soldagem é o aquecimento da solda e


das partes. Para soldar um fio no terminal de um plug, posicione o fio no ponto onde
ele deve ser soldado no terminal e encoste a ponta do ferro de solda em ambos (fio
e terminal), de forma a aquecer os dois. Logo em seguida, aplique a solda junto à
ponta do ferro, na região onde ele toca as duas partes, e deixe-a derreter de forma a
cobrir o fio e aderir no terminal. A solda quando bem feita adquire um aspecto
esférico e brilhoso. Não use nem muito nem pouca solda :

Com pouca solda não será possível criar uma película envolvendo toda a região, o
que não garante aderência adequada;

Com muita solda, corre-se o risco de escorrer e fazer contato com outras partes que
devem estar isoladas. Quando a solda fica opaca, sem brilho, é sinal de que não
houve uma boa fusão do material - a chamada "solda fria" - que certamente
acabará soltando.

6: Ao terminar . Desligue o ferro, se ele não for seu devolva !

Como em qualquer outra atividade, também na soldagem de um plug a organização


e a atenção são itens importantes.

(texto publicado na revista Música & Tecnologia - jan/94)


e modificado para um simples entendimento.

Magrão
magrao@m2someluz.com.br
oargam@hotmail.com