Uso Sistêmico: De uso interno, ou seja atua quando atua interiormente no corpo.

Por exemplo antibióticos, antiinflamatórios, relaxantes musculares... Uso Tópico: De uso externo, ou seja atua quando aplicado exteriomente no corpo. Por exemplo pomadas, que sao aplicadas na pele. Substâncias Anorexígenas: Medicamentos controlados, medicamentos que podem causar dependência, por isso, são receitados e controlados pelo médico. Por exemplo anfepramona, fenproporex, mazindol , etc. 

ANALGÉSICO TIPICOS
-BARALGIN (Dipirona sódica) -CONMEL (Dipirona) -DÔRICO (Paracetamol) -NOVALGINA (Dipirona sódica) -TYLENOL (Tylenol) - METAMIZOL OU DIPIRONA (Indicado como analgésico e antitérmico) Analgésico + Relaxante Muscular -DORFLEX - MIOFLEX - PARALON Analgésico com atividade Antiinflamatorio - ASPIRINA - CATAFLAM - PONSTAN - VOLTAREN Analgésico na gravidez - NOVALGINA - DORICO * Ambos tem ação analgesica e em caso de inflamação usar terapia tópica ex.(Aplicar Gelo)

PARENZYME ENZIMAS Antiinflamatorios com atividade Analgésico .DESPACILINA .ESTAFILIN-N Antibiotico de largo espectro .COMPOSTO IODO .MOVATEK .PEN-VE-ORAL . ANTIINFLAMATÓRIOS A dor mais severa ocorre nas primeiras 12h pós intervenção Antiinflamatorios Tipicos .AMOXIL .AZI .A M .CLORETO DE CETILPERIDINIO .TANDREXIN .CICLADOL .VIOXX  ANTI-SÉPTICOS .ARCOXIA .OMCILON.A em ORABASE Antibiotico de pequeno espectro .PIROXENE .BENZETACIL .BENZITRAT .CLOREXIDINA .DECADRON .OMCILON.FENOIS E DERIVADOS  ANTIBIOTICO TERAPIA Antibiotico Tópico .

MINOMAX .DALACIN N .ROVAMICINA .VIBRAMICINA .IPSILON .VIBRAMICINA Antibioticos na Gravidez .ROVAMICINA .PANTOCIMINA .TRANSAMIN .ZITROMAX Antibiotico mais usados em INFECÇÕES PERIODONTAIS .PANTOMICINA .PANTOMICINA .FLAGYL .ZITROMAX Antibiotico mais usados em INFECÇÕES OSSEAS .CLINDAMICINA .BENZETACIL .AMOXIL .DESPACILINA .BACTRIN (sulfa) .Antibiotico para alérgicos a Penicilinas .ZITROMAX Antibiotico HEMOSTATICOS (facilita a formação do coagulo) .KANAKION .FRADEMICINA .

mais estáveis e reações de hipersensibilidade raríssima. pouca penetrância e potência (cadeia intermediária. anestesico instável. Ex. Ex. ANESTESICOS GRUPO ÈSTER Biotransformados (metabolizados) por hidrolise no plasma pela enzima pseudocolinesterase.: PROCAÍNA GRUPO AMIDA Biotrasformado de forma complexa primeiramente no figado pelas enzimas microssomais hepaticas.: LIDOCAINA ÉSTER CLASSIFICAÇÃO: -Cocaína -Benzocaína -Tetracaína de ácido para-aminobenzóico (PARA) -Procaína -Cloroprocaína -Propoxicaína AMIDA CLASSIFICAÇÃO: -Xilidina -Lidocaína -Mepivacaína -Bupivacaína -Ropivacaína -Prilocaína -Articaína  Anestésico de curta duração PROCAINA CLOROPROCAINA  Anestésico de duração média LIDOCAINA  Longa Duração TETRACAINA ROPIVACAINA BUPIVACAINA ETIDOCAINA ARTICAINA . potência da solução anestésia e toxicidade).

MEPIVACAÍNA Não é efetiva topicamente. especialmente em casos em que aminas simpaticomiméticas estão contra-indicadas. Comparada com lidocaína. mas a duração é duas vezes maior. Usada em diversas técnicas anestésicas. O uso odontológico em baixas doses torna essa complicação improvável . especialmente obstétrica. independente da duração da cirurgia. também pode ser administrada por via intravenosa para também tratar de arritmias cardíacas em unidades de cuidados intensivos ou durante cirurgias. foram relatadas casos de parada cardíaca de difícil recuperação.LIDOCAÍNA É o anestésico padrão. BUPIVACAÍNA Está indicada em procedimentos Odontológicos de maior duração ou em que se deseja analgesia pós-operatória mais prolongada (várias horas). com o qual os demais são comparados. Recomenda-se associação com vasoconstritor sempre que as doses previstas sejam maiores. PRILOCAÍNA Tem amplo uso em Odontologia. o início de efeito da bupivacaína é mais tardio. Durante seu uso em anestesia. sendo empregada em anestesias infiltrativas e bloqueios periféricos. pois está contida na única preparação comercialmente disponível no Brasil que tem felipressina como vasoconstritor.