P. 1
PIPA MEGAMIL - V3

PIPA MEGAMIL - V3

|Views: 10.215|Likes:
Publicado porJúlio Tablas
TC 6º Semestre de ADM
TC 6º Semestre de ADM

More info:

Published by: Júlio Tablas on Mar 10, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/11/2013

pdf

text

original

Segundo o código do IBGC (2004, p.16), ―as organizações podem ser

classificadas de acordo com sua natureza jurídica, estruturas de controles e tipos

de controlador‖. Abaixo segue abordagem das categorias e os aspectos mais

importantes de cada uma dessas classificações:

Natureza Jurídica do 3º setor – Organizações sem-fins lucrativos

(associações e fundações) podendo ser:

Cooperativas – Sociedades de pessoas, constituídas para prestar

serviços aos associados, cuja distribuição de resultados esta vinculada as

operações efetuadas pelo sócio com a sociedade e desvinculada da

participação no capital e cujos direitos políticos estão vinculados às

pessoas e desvinculados da participação no capital.

Sociedades Limitadas - Sociedades de pessoas ou de capital com fins

lucrativos, constituídas para fornecer serviços ou mercadorias a terceiros,

cuja distribuição de resultados e direitos políticos estão vinculados à

participação no capital, com reduzida estrutura administrativa, de controles

internos e transparência.

Sociedades Anônimas - Sociedades de capital com fins lucrativos,

constituídas para fornecer serviços ou mercadorias a terceiros, cuja

distribuição de resultado e direitos políticos estão vinculados à participação

no capital, com complexa estrutura administrativa e de controles internos e

ampliada transparência. Permite acesso a recursos através do mercado de

capitais.

Existem três principais formas de controle de uma organização:

Definido – O controle e exercido por um acionista ou grupo de acionistas,

vinculado por acordo de sócios ou sob controle comum, que possui

formalmente mais de 50% das ações ou quotas com direito a voto da

13

organização. Nesta hipótese, o controle só pode ser adquirido mediante

alienação pelo controlador original (aquisição derivada).

Difuso – O controle e exercido por acionista ou grupo de acionistas que

não estejam vinculados por acordo de sócios nem sob controle ou

representando interesse comum, detentor de parcela relevante do capital

votante da organização, porem inferior a 50% do capital social. Nesta

hipótese, o controle pode ser adquirido mediante alienação pelo

controlador original (aquisição derivada) ou aquisição em mercado

(aquisição originaria).

Pulverizado ou disperso – A composição acionaria esta dispersa entre

um grande número de acionistas, de tal forma que não exista um acionista

ou grupo de acionistas capaz de exercer o controle de forma permanente.

Neste caso, o controle só pode ser adquirido mediante aquisição em

mercado (aquisição originaria).

Com relação a caracterização do controlador, as organizações podem ser

classificadas entre os seguintes tipos:

Estatal - Controle definido, onde a maioria de capital votante pertence ao

Estado.

Familiar / Multifamiliar - Controle definido ou difuso, onde uma ou mais

famílias detêm o poder de controle.

Não Familiar - Controle definido ou difuso, onde um ou mais indivíduos

ou grupos empresariais detêm o poder de controle.

Estrangeiro - Controle definido ou difuso, onde o sócio controlador e

estrangeiro.

Institucional - Controle definido ou difuso, onde os controladores são

investidores institucionais (fundos de pensão, fundos de investimento, entre

outros).

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->