Você está na página 1de 1

É interessante como o historiador amplia o conceito de leitura ao analisar as

possibilidades do Google . A idéia de que o Google torna-se uma prótese do nosso


corpo e da nossa mente com extensões intermináveis e incontroláveis me lembrou o
autor Arlindo Machado que em seu livro Máquina e Imaginário – o desafio das poéticas
tecnológicas diz: “ A história da arte não é apenas a história das idéias estéticas, mas
também e sobretudo a história dos meios que nos permitem dar expressão a essas
idéias ...... é impensável uma época de avanços tecnológicos sem conseqüências no
plano cultural.”

Maquina e Imaginário
O Desafio Das Poéticas Tecnológicas

Autor: MACHADO, ARLINDO


Editora: EDUSP
Assunto: ARTES - TEORIA E HISTÓRIA

2ª Edição - 2001