Você está na página 1de 3

UNIVERSIDADE DO GRANDE RIO – UNIGRANRIO

DISCIPLINA: CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL III

PROFESSOR: FRANCISCO VARGAS


1 LISTA DE EXERCÍCIOS: FUNÇÃO DE N VARIÁVEIS,
LIMITE, CONTINUIDADE, ETC.
Limites
1) Mostre usando a definição de limite que
(sugestão: tome δ=1/5ε)

2) Achar o limite de (Resp: 1)

3) Dado : , ache o limite se existir (Resp.: não existe o limite)


4) Prove que a função f dada não possui limite quando (x,y) tende a (0,0):

5) O preço de custo de um determinado produto,foi definido por um engenheiro com


base na função abaixo. Se o limite existir, tem-se como calcular ou projetar o lucro
do produto; se não existir o limite a função não expressa o preço real de custo.
Verifique se a função atende as condições acima:

6) Prove que o limite de f(x,y), quando (x,y) tende a (0,0) existe:


a) b)

7) Determine o limite, se existir, ou mostre que o limite não existe:


a) (resposta: 2025)
b) (2/7)

c) (não existe)
d) (não existe)
e) (existe, 0)

f) (não existe)
Função:
1) Seja f(x,y)=ln(x+y-1)
a) f(1,1)=? (0)
b) f(e,1) (1)
c) dom(f) {(x,y)/x+y>1)}
d) im(f)=? [0,+∞)
2) Seja f(x,y)=
a) Calcule f(2,0) (4)
b) Domf? (R2)
c) Imf? [0,+∞)
3) Seja
a) Calcule f(2,-1,6) (e)
b) Domf {(x,y,z)/z-x2-y2≥0}
c) Imf [1,+∞)

4) Esboce o gráfico dê o domínio e a imagem das funções:


a) f(x,y)= 6-3x-2y;
b) f(x,y) = 3
c) f(x,y)= y2 + 1
d) f(x,y) = x2 + y2 +z2
e)
5) Uma fábrica de alimentos usa n ingredients diferentes para manufaturar um
determinado alimento, sendo ci o custo por unidade do i-ésimo ingrediente, e se são
necessárias xi unidades do i-ésimo ingrediente, então o Custo total C dos ingredientes é
dado por?

6) Curvas de nível de uma função f de duas variáveis são aquelas com equação f(x,y)=
k, onde k é uma constante (na imagem de f). Ou seja, é o conjunto de todos os pontos do
domínio de f nos quais o valor de f é k. (mostra onde o gráfico tem altura k)

a) esboce as curvas de nível da função f(x,y) = 6-3x-2y, para os valores k=-6, 0, 6, 12


b) esboce as curvas de nível da função: para k=0,1,2,3
c) determine as superfícies de nível da função

Continuidade de Funções
Uma função f de duas variáveis é contínua em (a, b) se

Dizemos que f é contínua em D se for contínua em todo ponto (a, b) de D.


- A superfície que corresponde ao gráfico de uma função contínua não tem buracos
ou rupturas.
De outra forma, uma função é contínua no ponto (a,b), quando existe o limite de
f(x,y) no ponto (a,b), existe f(a,b). Para n variáveis podemos dizer:
Se f é uma função de n variáveis e A um ponto de Rn. Então, dizemos que f será
contínua em um ponto A se e somente se as seguintes condições forem satisfeitas:
(i) f(A) existe; (ii) ; (iii)
Se uma ou mais dessas condições não for satisfeita no ponto A, então f será
descontínua em A
Exercícios:
1) determine se f= x3-5x2y2 +6xy4 -7y + 6 é contínua no ponto (1,2)
2) Onde a função é contínua?
3) Determine se f é contínua em (0,0) se

Resposta: a função é contínua em (0,0)


4) Marque V ou F nas afirmativas abaixo:
a) Se f e g são contínuas em (a,b), então f + g não é ( )
b) Se f e g são contínuas em (a,b), então f – g é contínua no ponto ( )
c) Se f e g são contínuas em um ponto, f.g não é contínua ( )
d) Se f e g são contínuas, nada podemos afirmar sobre f/g ( )
5) Determine se a função é contínua no ponto (1,0)?Mostre todos os pontos em ela
é contínua?