Você está na página 1de 11

ATIVIDADES COMPLEMENTARES - (2º Ano 1º Trimestre)

ESCALAS TERMOMÊTRICAS
1) Uma enfermeira mediu a temperatura de um paciente com um termômetro graduado na escala
Fahrenheit e encontrou 104ºF. A temperatura desse paciente corresponde em ºC, a?

2) Um turista, ao descer no aeroporto de Nova Iorque, viu um termômetro maçando 68ºF. Fazendo
algumas contas, esse turista verificou que essa temperatura era igual à de São Paulo, quando
embarcara. A temperatura de São Paulo, no momento de seu embarque, era de:

3) A temperatura do corpo se elevou de 52 ºC. Quanto vale essa temperatura em º F?

4) Imagine uma nova escala termométrica T, que atribua – 32 ºT ao ponto de fusão e 253 ºT, ao ponto de
vapor da água.Que leitura esta escala fornecera com relação a 28 ºC ?

5) A temperatura de uma maquina na escala Fahrenheit é de 187 ºF. Qual é sua temperatura na escala
Celsius?

6) Na escala P, o ponto de fusão é – 10º P, e o ponto de vapor 20 ºP. Qual a indicação na escala Celsius
quando o ponto médio de P marcar 5 ºP?

7) Quando um termômetro graduado na escala Celsius indica 27 ºC, a leitura em outro termômetro
graduado na escala Kelvin será:

8) Um doente está com febre de 42ºC. Qual sua temperatura expressa na escala Kelvin?

9) Um gás solidifica-se na temperatura de 25 K. Qual o valor desse ponto de solidificação na escala


Celsius?

10) Um liquido esta a uma temperatura de 59 ºF.Qual o valor desta temperatura na escala Kelvin?

11) A temperatura de ebulição de uma substância é 88 K. Quanto vale esta temperatura na escala
Fahrenheit.
Revisão sobre Escalas Termométricas
1) No Rio de Janeiro, a temperatura ambiente chegou a atingir, no verão de 1998, o valor de 49 ºC. Qual
seria o valor dessa temperatura, se lida num termômetro na escala Fahrenheit?
2) A temperatura média do corpo humano é de 36 ºC. Determine o valor dessa temperatura na escala
Fahrenheit.

3) Lê – se no jornal que a temperatura em certa cidade da Rússia atingiu, no inverno, o valor de 14 ºF.
Qual o valor dessa temperatura na escala Celsius?

4) Um termômetro graduado na escala Fahrenheit, acusou, para a temperatura ambiente em um bairro de


Belo Horizonte, 77 ºF. Expresse essa temperatura na escala Celsius?

5) Uma pessoa tirou sua temperatura com um termômetro graduado na escala Kelvin e encontrou 312 K.
Qual o valor de sua temperatura na escala Celsius?

6) Faça as seguintes transformações:


a) 30 ºC para ºF b) 100 ºF para ºC c) 0 ºC para ºF

d) – 30 ºC para º F e) 0 ºC para K f) 1ºC para K

g) – 20 ºC para K h) 300 K para ºC i) 0 K para ºF

j) 0 K para ºC l) – 1 ºC para K m) 100 ºC para K

DILATAÇÃO LINEAR
1) Uma barra de aço mede 50 m quando esta a 10 ºC. Qual o comprimento desta barra quando aquecida
ate 90 ºC? Sendo o coeficiente de dilatação linear do aço igual a 12 x 10 - 6 C- 1 .

2) Um fio metálico tem 100 m de comprimento e coeficiente de dilatação linear igual a 1,2 x 10 - 6 C- 1 . A
variação de comprimento desse fio, quando a temperatura varia 10 ºC, é de:
3) (UFES) Uma barra de metal tem comprimento igual a 10,000 m a uma temperatura de 10 ºC e
comprimento igual a 10,006 m a uma temperatura de 40 ºC. O coeficiente de dilatação linear do material é
:

4) Qual o aumento de comprimento que sofre uma extensão de trilhos de ferro com 1000 m ao passar de
0 ºC para 40 ºC, sabendo que o coeficiente de dilatação do ferro é de 12 x 10 - 6 C- 1 ?

5) Um cano de cobre de 4 m a 20 ºC é aquecido ate 80 ºC. Dado α do cobre igual a 17 x 10 - 6 C- 1 , de


quanto foi o aumento sofrido pelo cano?

6) O comprimento de um fio de alumínio é 30 m, a 20 ºC.Sabendo – se que o fio é aquecido ate 60 ºC e


que o coeficiente de dilatação linear do alumínio é de 24 x 10 - 6 C- 1 , determine a variação de
comprimento do fio.

7) Um tubo de ferro, α 12 x 10 - 6 C- 1 , tem 10 m a – 20 ºC, ele foi aquecido ate 80 ºC. Calcule o
comprimento final do tubo.

8) Uma barra de ferro tem , a 20 ºC um comprimento igual 300 cm, o coeficiente de dilatação linear do
ferro vale 12 x 10 - 6 C- 1 . Determine o comprimento da barra a 120 ºC.

9) Uma barra de determinada substancia é aquecida de 20 º para 220 ºC. Seu comprimento a
temperatura de 20 ºC é de 5,000 cm e a temperatura de 220 ºC é de 5,002 cm. Determine o coeficiente
de dilatação linear da substancia.

10) (Cesgranrio 95) Uma régua de metal mede corretamente os comprimentos de uma barra de alumínio
e de uma de cobre, na temperatura ambiente de 20 °C, sendo os coeficientes de dilatação linear térmica
do metal, do alumínio e do cobre, respectivamente iguais a 2,0.10-5/°C, 2,4.10-5/°C e 1,6.10-5/°C, então é
correto afirmar que, a 60 °C, as medidas fornecidas pela régua para os comprimentos das barras de
alumínio e de cobre, relativamente aos seus comprimentos reais nessa temperatura, serão,
respectivamente:
a) menor e menor.
b) menor e maior.
c) maior e menor.
d) maior e maior.
e) igual e igual.
11) (Fei 97) Duas barras, sendo uma de ferro e outra de alumínio, de mesmo comprimento l = 1m a 20°C,
são unidas e aquecidas até 320°C. Sabe-se que o coeficiente de dilatação linear do ferro é de 12.10-6°C-
1 e do alumínio é 22.10-6°C-1. Qual é o comprimento final após o aquecimento?
a) 2,0108 m
b) 2,0202 m
c) 2,0360 m
d) 2,0120 m
e) 2,0102 m
12) (Fuvest-gv 92) Uma bobina contendo 2000 m de fio de cobre medido num dia em que a temperatura
era de 35 °C, foi utilizada e o fio medido de novo a 10 °C. Esta nova medição indicou:
a)1,0 m a menos
b)1,0 m a mais
c)2000 m
d)20 m a menos
e) 20 m a mais
13) (Ita 95) Você é convidado a projetar uma ponte metálica, cujo comprimento será de 2,0 km.
Considerando os efeitos de contração e expansão térmica para temperaturas no intervalo de - 40 °F a 110
°F e que o coeficiente de dilatação linear do metal é de 12 × 10-6 °C-1, qual a máxima variação esperada
no comprimento da ponte? (O coeficiente de dilatação linear é constante no intervalo de temperatura
considerado).
a) 9,3 m
b) 2,0 m
c) 3,0 m
d) 0,93 m
e) 6,5 m
14) (Puccamp 98) A figura a seguir representa o comprimento de uma barra metálica em função de sua
temperatura.

A análise dos dados permite concluir que o coeficiente de dilatação linear do metal constituinte da barra
é,em°C-1,
a) 4.10 - 5 C- 1
b) 2.10 - 5 C- 1
c) 4.10 - 6 C- 1
d) 2.10- 6 C- 1
e) 1.10- 6 C- 1
15) (Ufes 96) Uma barra de metal tem comprimento igual a 10,000 m a uma temperatura de 10,0 °C e
comprimento igual a 10,006 m a uma temperatura de 40 °C. O coeficiente de dilatação linear do metal é
a) 1,5 × 10 - 4 C- 1
b) 6,0 × 10 - 4 C- 1
c) 2,0 × 10 - 5 C- 1
d) 2,0 × 10 - 6 C- 1
e) 3,0 × 10 - 6 C- 1

# ESTUDO DO CALOR / QUANTIDADE DE CALOR


CALORIMETRIA
1) Qual a capacidade térmica de um corpo de massa m = 200 g e calor específico c = 0,23 cal / g ºC? C =
m•c

2) Que quantidade de calor deve ser fornecida a 500 g de água para que sua temperatura passe de 30 ºC
para 50 ºC? Dado c água = 1 cal / g ºC Q=m•c•∆ T

3) Um corpo de massa 300 g recebeu 6000 cal e sua temperatura variou de 100 ºC, sem mudança de
estado. Determine:
a) o calor específico da substancia que constitui o corpo; Q = m • c • ∆ T
b) a capacidade térmica do corpo. C = m • c
4) Qual será a variação de temperatura sofrida por um bloco de ferro de massa 500 g após receber 24000
cal? Dado c Fe = 0,12 cal / g ºC

5) Em relação ao exercício anterior, se a temperatura inicial do bloco era 20 ºC, qual será sua temperatura
final?

6) Uma barra de ouro de massa 100 g recebe 320 cal e sua temperatura passa de 100 ºC para 110 ºC.
Determine o calor especifico do ouro.

7) Que quantidade de calor deve ser fornecida para aquecer de 800 ºC um bloco de cobre de massa m =
200 g? Dado c Cu = 0,09 cal / g ºC

8) (FGV - SP) O calor especifico de uma substancia é 0,5 cal / g ºC. Se a temperatura de 4 g dessa
substancia se eleva de 10 ºC, pode-se afirmar que ela absorveu uma quantidade de calor, em calorias de:

9) (PUC - RS) Uma garrafa térmica contem água a 60 ºC. O conjunto ( garrafa + água) tem uma
capacidade térmica de 80 cal / ºC. Após um determinado tempo, a temperatura diminui para 55 ºC. A
perda de energia térmica, em cal, para o meio foi de:

10) Uma criança recém nascida de 3,3 kg ao apresentar um quadro febril, tem sua temperatura elevada
de 36,5 ºC para 39,5 ºC. Considerando que o calor especifico do corpo de recém nascido é 1 cal / g ºC, a
variação da energia térmica da criança, devido a essa elevação de temperatura, é da ordem de:

# REVISAO PARA AVALIAÇÃO SOBRE CALORIMETRIA


1) Qual a capacidade térmica de um objeto que, ao receber 5000 cal, tem sua temperatura elevada de 15
ºC para 40ºC?

2) O que significa dizer que um objeto tem capacidade térmica de 500 cal / ºC?

3) O que significa dizer que o ouro tem calor específico de 0,032 cal / g ºC?

4) Um objeto de massa 100 g recebe 91 cal de energia e sua temperatura sobe de 20ºC para 30ºC. Qual
o calor específico da substancia que o constitui?

5) Se você bebe 200 g de água a 20 ºC, qual é a quantidade de energia absorvida pela água se a
temperatura de seu corpo é constante e vale 36,5 ºC?( Dado : c água = 1 cal / g ºC).

6) Em que condições a quantidade de energia transferida, na forma de calor é negativa?


7) Ao receber a quantidade de calor Q = 600 cal, um corpo tem sua temperatura aumentada 20 ºC. Qual e
a capacidade térmica do corpo?

8) Um corpo tem capacidade térmica c = 25 J/ºC está inicialmente a temperatura de 30ºC. Se esse corpo
receber uma quantidade de calor Q = 200 J, qual será a sua temperatura final? ( Suponha que não haja
mudança de estado de agregação ).

9) Adotando 1 cal = 4,2 J, faça as seguintes transformações:


a) 1 J =______cal b) 5 cal = _______ J c) 84 J = _______cal d) 105 J = ______cal

10) Um corpo de capacidade térmica c= 150 cal /º esta inicialmente à temperatura de 60 ºC. Se esse
corpo perder uma quantidade de calor de 1200 cal, qual será sua temperatura final? ( Suponha que não
haja mudança de estado ).

11) Um bloco de alumínio tem massa de 500 g. Sabendo que o calor específico do alumínio é 0,22 cal/g
ºC, calcule a capacidade térmica desse bloco.

12) Um bloco de cobre tem massa de 2000 g e temperatura inicial de 25 ºC. Sabendo que o calor
especifico do cobre é de 0,093 cal / g ºC,calcule a quantidade de calor necessária para elevar a
temperatura do bloco para 65 ºC.

DILATAÇÃO LINEAR
1) Uma barra de aço mede 0,5 m quando esta a 10 ºC. Qual o comprimento desta barra quando aquecida
ate 90 ºC? Sendo o coeficiente de dilatação linear do aço igual a 12 x 10 - 6 C- 1 .

2) Um fio metálico tem 100 m de comprimento e coeficiente de dilatação linear igual a 1,2 x 10 - 5 C- 1 . A
variação de comprimento desse fio, quando a temperatura varia 10 ºC, é de:

3) (UFES) Uma barra de metal tem comprimento igual a 10,000 m a uma temperatura de 10 ºC e
comprimento igual a 10,006 m a uma temperatura de 40 ºC. O coeficiente de dilatação linear do material é
:

4) Qual o aumento de comprimento que sofre uma extensão de trilhos de ferro com 1000 m ao passar de
0 ºC para 40 ºC, sabendo que o coeficiente de dilatação do ferro é de 12 x 10 - 6 C- 1 ?

5) Um cano de cobre de 4 m a 20 ºC é aquecido ate 80 ºC. Dado α do cobre igual a 17 x 10 - 6 C- 1 , de


quanto foi o aumento sofrido pelo cano?

6) O comprimento de um fio de alumínio é 30 m, a 20 ºC.Sabendo – se que o fio é aquecido ate 60 ºC e


que o coeficiente de dilatação linear do alumínio é de 24 x 10 - 6 C- 1 , determine a variação de
comprimento do fio.
7) Um tubo de ferro, α 12 x 10 - 6 C- 1 , tem 10 m a – 20 ºC, ele foi aquecido ate 80 ºC. Calcule o
comprimento final do tubo.

8) Uma barra de ferro tem , a 20 ºC um comprimento igual 300 cm, o coeficiente de dilatação linear do
ferro vale 12 x 10 - 6 C- 1 . Determine o comprimento da barra a 120 ºC.

9) Uma barra de determinada substancia é aquecida de 20 º para 220 ºC. Seu comprimento a
temperatura de 20 ºC é de 5,000 cm e a temperatura de 220 ºC é de 5,002 cm. Determine o coeficiente
de dilatação linear da substancia.
10) (Cesgranrio 95) Uma régua de metal mede corretamente os comprimentos de uma barra de alumínio
e de uma de cobre, na temperatura ambiente de 20 °C, sendo os coeficientes de dilatação linear térmica
do metal, do alumínio e do cobre, respectivamente iguais a 2,0.10-5/°C, 2,4.10-5/°C e 1,6.10-5/°C, então é
correto afirmar que, a 60 °C, as medidas fornecidas pela régua para os comprimentos das barras de
alumínio e de cobre, relativamente aos seus comprimentos reais nessa temperatura, serão,
respectivamente:
a)menoremenor.
b)menoremaior.
c)maioremenor.
d)maioremaior.
e) igual e igual.
11) (Fei 97) Duas barras, sendo uma de ferro e outra de alumínio, de mesmo comprimento l = 1m a 20°C,
são unidas e aquecidas até 320°C. Sabe-se que o coeficiente de dilatação linear do ferro é de 12.10 -6°C-1
e do alumínio é 22.10-6°C-1. Qual é o comprimento final após o aquecimento?
a) 2,0108 m
b) 2,0202 m
c) 2,0360 m
d) 2,0120 m
e) 2,0102 m
12) (Fuvest-gv 92) Uma bobina contendo 2000 m de fio de cobre medido num dia em que a temperatura
era de 35 °C, foi utilizada e o fio medido de novo a 10 °C. Esta nova medição indicou:
a)1,0mamenos
b)1,0mamais
c)2000m
d)20mamenos
e) 20 mm a mais
13) (Ita 95) Você é convidado a projetar uma ponte metálica, cujo comprimento será de 2,0 km.
Considerando os efeitos de contração e expansão térmica para temperaturas no intervalo de - 40 °F a 110
°F e que o coeficiente de dilatação linear do metal é de 12 × 10-6 °C-1, qual a máxima variação esperada
no comprimento da ponte? (O coeficiente de dilatação linear é constante no intervalo de temperatura
considerado).
a) 9,3 m
b) 2,0 m
c) 3,0 m
d) 0,93 m
e) 6,5 m
14) (Puccamp 98) A figura a seguir representa o comprimento de uma barra metálica em função de sua
temperatura.
A análise dos dados permite concluir que o coeficiente de dilatação linear do metal constituinte da barra
é,em°C-1,
a)4.10-5
b)2.10-5
c)4.10-6
d)2.10-6
e) 1.10-6
15) (Ufes 96) Uma barra de metal tem comprimento igual a 10,000 m a uma temperatura de 10,0 °C e
comprimento igual a 10,006 m a uma temperatura de 40 °C. O coeficiente de dilatação linear do metal é
a) 1,5 × 10-4°C-1
b) 6,0 × 10-4°C-1
c) 2,0 × 10-5°C-1
d) 2,0 × 10-6°C-1
e) 3,0 × 10-6°C-1
DILATAÇÃO SUPERFICIAL
1) Uma chapa de zinco tem área de 8 cm² a 20 ºC. Calcule a sua área a 120 ºC. Dado: β zinco = 52 x 10 - 6
C- 1 .
2) Uma chapa de chumbo tem área de 900 cm² a 10 ºC. Determine a área de sua superfície a 60 ºC. O
coeficiente de dilatação superficial do chumbo vale 54 x 10 - 6 C- 1 .
3) Uma chapa de alumínio, β = 12 x 10 - 6 C- 1 , tem área de 2 m² a 10 ºC. Calcule a variação de sua área
entre 10 ºC e 110 ºC.

4) A variação da área de uma chapa é 0,04 cm², quando a temperatura passa de 0 ºC para 200 ºC. Se a
área inicial da chapa era 100 cm², determine o coeficiente de dilatação da chapa.

5) Uma telha de alumínio tem dimensões lineares de 20 cm x 500 cm e seu coeficiente de dilatação linear
é igual a 22 • 10 - 6 C- 1 . A telha, ao ser exposta ao sol durante o dia, experimenta uma variação de
temperatura de 20 ºC. A dilatação superficial máxima da chapa, em cm², durante esse dia será:

6) Uma chapa de chumbo tem área de 900 Cm² a 10 °C. Determine a área de sua superfície a 60 °C. O
coeficiente de dilatação superficial do chumbo vale 54. 10-6 oC-1.

ATIVIDADES AVALIATIVAS
Nome Data / 05/09. Série 2 º ano ____

1) Um recipiente contém 3,0 kg de água inicialmente a temperatura de 60 ºC. Depois de algum


tempo a temperatura diminui para 40 ºC. Sabendo que o calor específico da água é de 1,0 cal /
g ºC, qual é a quantidade de calor perdida pela água nesse intervalo de tempo?
2) ( Mackenzie – SP) Um bloco metálico tem a capacidade térmica igual a 10 cal / ºC. A
quantidade de calor que devemos fornecer para que a temperatura do bloco varie de 20 ºC para
25 ºC é:

3) ( UF – PR ) Para aquecer 500 g de certa substancia de 20 ºC para 70 ºC, foram necessárias


4000 calorias. A capacidade térmica e o calor específico dessa substancia são,
respectivamente:

4) ( Vunesp – SP ) O calor específico de uma substancia é 0,2 cal/gºC. Isso significa que, se 100
g dessa substancia absorvem 600 cal de energia térmica, sem mudança de estado, a sua
temperatura, em ºC, vai se elevar de:

5) ( AFA – SP ) A massa de 1,0 kg de água, ao sofrer uma elevação de temperatura de 5,0 ºC


para 95 ºC, absorve o calor de aproximadamente: Dado: c = 1,0 kcal / kg ºC ( água )

6) Um objeto é feito de duas partes: uma parte de alumínio, cuja massa é 1000 g, e uma parte de
ferro, cuja massa é de 600 g. Sabendo que os calores específicos do alumínio é do ferro são,
respectivamente, cA = 0,22 cal/gºC e cF = 0,11 cal/gºC, calcule a capacidade térmica desse
objeto.

ATIVIDADES COMPLEMENTARES - (2º Ano – Calor latente)


1) Deseja – se fundir totalmente um bloco de gelo de massa 500 g a 0 ºC. Qual a quantidade de calor que
deve ser fornecida ao gelo? Dado calor latente de fusão de gelo: LF = 80 cal/g.

2) determine a temperatura atingida por um bloco de gelo de massa m = 20 g, inicialmente a – 10 ºC,


após ter recebido uma quantidade de calor de Q = 2700 cal.
Dados:
Calor especifico do gelo: cg = 0,5 cal/gºC.
Calor especifico da água: ca = 1,0 cal/gºC.
Calor latente de fusão de gelo: LF = 80 cal/g.

3) Aquece – se 1 kg de gelo a 50 ºC, transformando – o em vapor a 100 ºC. Determine a quantidade de


calor envolvida durante todo o processo.
Dados:
Calor especifico do gelo: cg = 0,5 cal/gºC.
Calor especifico da água: ca = 1,0 cal/gºC.
Calor latente de fusão de gelo: LF = 80 cal/g.
Calor latente de vaporização da água: Lv = 540 cal/g.