Você está na página 1de 118

Anuário Estatístico de Acidentes de Trabalho de 2007.

Anuário Estatístico de Acidentes de Trabalho de 2007.

EstatísticasEstatísticasEstatísticasEstatísticas dededede AcidenteAcidenteAcidenteAcidente dededede TrabalhoTrabalhoTrabalhoTrabalho nononono BrasilBrasilBrasilBrasil

BLOG DIESAT: Leia notícias atualizadas sobre Acidente de Trabalho: http://diesat.blogspot.com/search/label/Acidente%20de%20Trabalho

Nos últimos anos o número de acidentes de trabalho no Brasil vem crescendo. Enquanto em 2001 foram pouco mais de 340 mil acidentes de trabalho, em 2007 este número subiu para 653 mil ocorrências. Um aumento de 92% no número de acidentes de trabalho. Somente em 2007 foram registrados 2,8 mil mortes por acidentes de trabalho em todo o Brasil, são quase oito mortes diárias. Esse crescimento no número de acidentes de trabalho foi verificado em todos os setores econômicos e, em 2007, sofreu influência dos acidentes sem Comunicações de Acidentes de Trabalho (CAT), registrados por meio do nexo técnico epidemiológico. Segundo dados do governo federal os acidentes e doenças do trabalho custam, anualmente, R$ 10,7 bilhões aos cofres da Previdência Social, através do

pagamento do auxílio-doença, auxílio-acidente e aposentadorias.

É sempre importante lembrar que estas estatísticas de acidentes de trabalho refletem somente os acidentes registrados pela Previdência Social. Estima-se que ainda haja no Brasil uma alta taxa de subnotificação de acidentes de trabalho.

A equipe do DIESAT preparou uma série de tabelas e gráficos contendo as estatísticas de Acidentes e Doenças do Trabalho nos últimos anos, incluindo a

sua distribuição por CNAE (Classificação Nacional de Atividades Econômicas) e por setores com maior incidência.

A fonte de todas as informações é o Ministério da Previdência, através do DATAPREV.

AbaixoAbaixoAbaixoAbaixo umumumum textotextotextotexto explicativoexplicativoexplicativoexplicativo sobresobresobresobre AcidenteAcidenteAcidenteAcidente dededede TrabaTrabaTrabaTrabalho:lho:lho:lho:

(Fonte(Fonte(Fonte(Fonte MinistérioMinistérioMinistérioMinistério dadadada Previdência)Previdência)Previdência)Previdência)

Define-se como acidente do trabalho aquele que ocorre pelo exercício do trabalho a serviço da empresa ou pelo exercício do trabalho dos segurados especiais, provocando lesão corporal ou perturbação funcional, permanente ou temporária, que cause a morte, a perda ou a redução da capacidade para o trabalho. Consideram-se acidente do trabalho a doença profissional e a doença do trabalho. Equiparam-se também ao acidente do trabalho: o acidente ligado ao trabalho que, embora não tenha sido a causa única, haja contribuído diretamente para a ocorrência da lesão; certos acidentes sofridos pelo segurado no local e no horário de trabalho; a doença proveniente de contaminação acidental do empregado no exercício de sua atividade; e o acidente sofrido a serviço da empresa ou no trajeto entre a residência e o local de trabalho do segurado e vice-versa.

AcidentesAcidentesAcidentesAcidentes comcomcomcom CATCATCATCAT RegistradaRegistradaRegistradaRegistrada – corresponde ao número de acidentes cuja Comunicação de Acidentes do Trabalho – CAT foi cadastrada no INSS. Não são contabilizados o reinício de tratamento ou afastamento por agravamento de lesão de acidente do trabalho ou doença do trabalho, já comunicados anteriormente ao INSS.

AcidentesAcidentesAcidentesAcidentes SemSemSemSem CATCATCATCAT RegistradaRegistradaRegistradaRegistrada – corresponde ao número de acidentes cuja Comunicação de Acidentes Trabalho – CAT não foi cadastrada no INSS. O acidente é identificado por meio de um dos possíveis nexos: Nexo Técnico Profissional/Trabalho, Nexo Técnico Epidemiológico Previdenciário – NTEP ou Nexo Técnico por Doença Equiparada a Acidente do Trabalho. Esta identificação é feita pela nova forma de concessão de benefícios acidentários.

AcidentesAcidentesAcidentesAcidentes TípicosTípicosTípicosTípicos – são os acidentes decorrentes da característica da atividade profissional desempenhada pelo acidentado.

AcidentesAcidentesAcidentesAcidentes dededede TrajetoTrajetoTrajetoTrajeto – são os acidentes ocorridos no trajeto entre a residência e o local de trabalho do segurado e vice-versa.

AcidentesAcidentesAcidentesAcidentes DevidosDevidosDevidosDevidos àààà DoençaDoençaDoençaDoença dodododo TrabalhoTrabalhoTrabalhoTrabalho – são os acidentes ocasionados por qualquer tipo de doença profissional peculiar a determinado ramo de atividade constante na tabela da Previdência Social.

AcidentesAcidentesAcidentesAcidentes LiquidadosLiquidadosLiquidadosLiquidados – corresponde ao número de acidentes cujos processos foram encerrados administrativamente pelo INSS, depois de completado o tratamento e indenizadas as seqüelas.

AssistênciaAssistênciaAssistênciaAssistência MédicaMédicaMédicaMédica – corresponde aos segurados que receberam apenas atendimentos médicos para sua recuperação para o exercício da atividade laborativa.

IncapacidadeIncapacidadeIncapacidadeIncapacidade TemporáriaTemporáriaTemporáriaTemporária – compreende os segurados que ficaram temporariamente incapacitados para o exercício de sua atividade laborativa. Durante os primeiros 15 dias consecutivos ao do afastamento da atividade, caberá à empresa pagar ao segurado empregado o seu salário integral. Após este período, o segurado deverá ser encaminhado à perícia médica da Previdência Social para requerimento do auxílio-doença acidentário – espécie 91. No caso de trabalhador avulso e segurado especial, o auxílio-doença acidentário é pago a partir da data do acidente.

IncapacidadeIncapacidadeIncapacidadeIncapacidade PermanentePermanentePermanentePermanente – refere-se aos segurados que ficaram permanentemente incapacitados para o exercício laboral. A incapacidade permanente pode ser de dois tipos: parcial e total. Entende-se por incapacidade permanente parcial o fato do acidentado em exercício laboral, após o devido tratamento psicofísico-social, apresentar seqüela definitiva que implique em redução da capacidade. Esta informação é captada a partir da concessão do benefício auxílio-acidente por acidente do trabalho, espécie 94. O outro tipo ocorre quando o acidentado em exercício laboral apresentar incapacidade permanente e total para o exercício de qualquer atividade laborativa. Esta informação é captada a partir da concessão do benefício aposentadoria por invalidez por acidente do trabalho, espécie 92.

ÓbitosÓbitosÓbitosÓbitos – corresponde a quantidade de segurados que faleceram em função do acidente do trabalho.

EquipeEquipeEquipeEquipe DIESATDIESATDIESATDIESAT www.diesat.org.br

Dados Gerais sobre Acidentes no Brasil e Grandes Regiões e seus Estados 2007.

Dados Gerais sobre Acidentes no Brasil e Grandes Regiões e seus Estados 2007.
Quantidade de Acidentes no Brasil 2007 700000 653090 600000 514135 500000 414785 400000 300000 200000
Quantidade de Acidentes no Brasil 2007
700000
653090
600000
514135
500000
414785
400000
300000
200000
138955
100000
78564
20786
0
Típico
Trajeto
Doença do Trabalho
Total
Motivo
Total
Com CAT Registrada
Sem CAT
Registrada

363953

294813

236704

145203

107915

88913

71615

69140

54086

46757

44775

43006

37288

35626

28686

27544

71615 69140 54086 46757 44775 43006 37288 35626 28686 27544 Quantidades de Acidentes nas Grandes Regiões

Quantidades de Acidentes nas Grandes Regiões 2007

400000

350000

300000

250000

200000

150000

100000

Típico

Trajeto

Motivo SUL
Motivo
SUL

Doença do Trabalho

Total

Total

Com CAT Registrada

Sem CAT

Registrada

NORTENORDESTE SUDESTE CENTRO-OESTE

NORTE NORDESTE SUDESTE CENTRO-OESTE

NORDESTE

SUDESTENORTE NORDESTE CENTRO-OESTE

NORTE NORDESTE SUDESTE CENTRO-OESTE

CENTRO-OESTE

50000

21695

 

17476

 

17529

 
 

2864

15402

7656

5885

1355
3424

11352

3600

1055

5849

9149

 
     

0

11422

9821

8395

8372

6767

5284

3860

2295

2096

1711

1605

1565

1601

1530

1127

1084

802

728

659

643

681

566

504

454

423

403

342

301

142
242

240

220

203

154

130

13
161

82

69

58

20

8

12000

10000

8000

6000

4000

2000

0

130 13 161 82 69 58 20 8 12000 10000 8000 6000 4000 2000 0 Quantidade

Quantidade de Acidentes na Região Norte 2007

Total

Típico

Trajeto

Motivo

Doença do Trabalho

Total

Com CAT Registrada

SemCAT

Registrada

RondôniaAcre Amazonas Roraima Pará Amapá Tocantins

AcreRondônia Amazonas Roraima Pará Amapá Tocantins

AmazonasRondônia Acre Roraima Pará Amapá Tocantins

Rondônia Acre Amazonas Roraima Pará Amapá Tocantins

Roraima

Rondônia Acre Amazonas Roraima Pará Amapá Tocantins

Pará

AmapáRondônia Acre Amazonas Roraima Pará Tocantins

Rondônia Acre Amazonas Roraima Pará Amapá Tocantins

Tocantins

Quantidade de Acidentes na Região Nordeste 2007 25000 20000 15000 10000 5000 0 Típico Trajeto
Quantidade de Acidentes na Região Nordeste 2007
25000
20000
15000
10000
5000
0
Típico
Trajeto
Doença do Trabalho
Total
Motivo
Total
Com CAT Registrada
SemCAT
Registrada
Maranhão
Piauí
Ceará
Rio Grande do Norte
Paraíba
Pernambuco
Alagoas
Sergipe
Bahia
3885
1675
8241
6370
3836
14224
7568
2858
22958
2788
1044
6128
5319
2982
11146
6779
2322
15578
2281
731
4367
4400
2357
8796
6164
1838
12072
384
295
1289
714
383
1804
504
311
1972
123
18
472
205
242
546
111
173
1534
1097
631
2113
1051
854
3078
789
536
7380

16102

13970

11496

11203

9601

8662

7626

7576

7257

6293

5368

3933

2834

2429

2208

2132

1975

1204

1165

1087

7257 6293 5368 3933 2834 2429 2208 2132 1975 1204 1165 1087 Quantidade de Acidentes na

Quantidade de Acidentes na Região Centro-Oeste 2007

18000

16000

14000

12000

10000

8000

6000

4000

Típico

Trajeto

Motivo

Doença do Trabalho

Total

Total

Com CAT Registrada

SemCAT

Registrada

2000

201
338

348

 

168

 
 

0

Mato Grosso do Sul Mato Grosso Goiás Distrito Federal

Mato Grosso do Sul

Mato GrossoMato Grosso do Sul Goiás Distrito Federal

Mato Grosso do Sul Mato Grosso Goiás Distrito Federal

Goiás

Mato Grosso do Sul Mato Grosso Goiás Distrito Federal

Distrito Federal

232364

190865

153249

68273

54869

47598

46076

41499

37097

30878

27369

15718

13404

11982

10010

10501

7430

6805

6738

3736

328
2923

1644

1363

250000

200000

150000

100000

50000

0

3736 328 2923 1644 1363 250000 200000 150000 100000 50000 0 Quantidade de Acidentes na Região

Quantidade de Acidentes na Região Sudeste 2007

Total

Típico

Trajeto

Motivo

Doença do Trabalho

Total

Com CAT Registrada

Sem CAT

Registrada

Minas Gerais Espírito Santo Rio de Janeiro São Paulo

Minas Gerais

Espírito SantoMinas Gerais Rio de Janeiro São Paulo

Minas Gerais Espírito Santo Rio de Janeiro São Paulo

Rio de Janeiro

Minas Gerais Espírito Santo Rio de Janeiro São Paulo

São Paulo

52610

51047

41546

40181

39292

33157

33142

28442

22614

13104

12429

11755

4821
5338

5243

1701

892
1007

60000

50000

40000

30000

20000

10000

0

5243 1701 892 1007 60000 50000 40000 30000 20000 10000 0 Quantidade de Acidentes na Região

Quantidade de Acidentes na Região Sul 2007

20000 10000 0 Quantidade de Acidentes na Região Sul 2007 Total Típico Trajeto Motivo Doença do

Total

Típico

Trajeto

Motivo

Doença do Trabalho

Total

Com CAT Registrada

SemCAT

Registrada

Paraná Santa Catarina Rio Grande do Sul

Paraná

Paraná Santa Catarina Rio Grande do Sul

Santa Catarina

Paraná Santa Catarina Rio Grande do Sul

Rio Grande do Sul

ACIDENTES DO TRABALHO

 
     

Quantidade de acidentes do trabalho, por situação de registro e motivo, segundo as Grandes Regiões e Unidades da Federação - 2007

 
 

QUANTIDADE DE ACIDENTES DO TRABALHO

 

GRANDES REGIÕES

   

Com CAT Registrada

 

E

Total

   

Motivo

 

Sem CAT

UNIDADES DA FEDERAÇÃO

Total

Típico

Trajeto

 

Doença do

Registrada

 

Trabalho

BRASIL

653.090

514.135

414.785

78.564

20.786

138.955

NORTE

27.544

21.695

17.476

2.864

1.355

5.849

Rondônia

3.860

2.295

1.711

454

130

1.565

Acre

643

403

301

82

20

240

Amazonas

8.372

6.767

5.284

802

681

1.605

Roraima

423

220

154

58

8

203

Pará

11.422

9.821

8.395

1.084

342

1.601

Amapá

728

659

504

142

13

69

Tocantins

2.096

1.530

1.127

242

161

566

NORDESTE

71.615

54.086

43.006

7.656

3.424

17.529

Maranhão

3.885

2.788

2.281

384

123

1.097

Piauí

1.675

1.044

731

295

18

631

Ceará

8.241

6.128

4.367

1.289

472

2.113

Rio Grande do Norte

6.370

5.319

4.400

714

205

1.051

Paraíba

3.836

2.982

2.357

383

242

854

Pernambuco

14.224

11.146

8.796

1.804

546

3.078

Alagoas

7.568

6.779

6.164

504

111

789

Sergipe

2.858

2.322

1.838

311

173

536

Bahia

22.958

15.578

12.072

1.972

1.534

7.380

SUDESTE

363.953

294.813

236.704

46.757

11.352

69.140

Minas Gerais

68.273

54.869

46.076

7.430

1.363

13.404

Espírito Santo

15.718

11.982

10.010

1.644

328

3.736

Rio de Janeiro

47.598

37.097

27.369

6.805

2.923

10.501

São Paulo

232.364

190.865

153.249

30.878

6.738

41.499

SUL

145.203

107.915

88.913

15.402

3.600

37.288

Paraná

51.047

39.292

33.157

5.243

892

11.755

Santa Catarina

41.546

28.442

22.614

4.821

1.007

13.104

Rio Grande do Sul

52.610

40.181

33.142

5.338

1.701

12.429

CENTRO-OESTE

44.775

35.626

28.686

5.885

1.055

9.149

Mato Grosso do Sul

9.601

7.626

6.293

1.165

168

1.975

Mato Grosso

11.496

8.662

7.257

1.204

201

2.834

Goiás

16.102

13.970

11.203

2.429

338

2.132

Distrito Federal

7.576

5.368

3.933

1.087

348

2.208

FONTE: DATAPREV, CAT.

Quantidade de Acidentes Liquidados no Brasil 2007 800000 688693 700000 600000 580592 500000 400000 298896
Quantidade de Acidentes Liquidados no Brasil 2007
800000
688693
700000
600000
580592
500000
400000
298896
300000
281696
200000
96793
100000
8504
2804
0
Médica
Total
Menos de 15 dias
Mais de 15 dias
Assistência
Incapacidade Temporária
Incapacidade
Óbito
Permanente
Total
Conseqüência

382.572

319.559

173.046

152.848

146.513

132.240

76.275

72.494

62.711

59.746

57.362

47.831

42.046

32.067

30.644

29.167

24.036

21.397

20.649

18.316

12.640

11.700

11.396

4.829

4.586

4.261
1.792

371
1.475

389
1.390

605

500

174

351

450.000

400.000

350.000

300.000

250.000

200.000

150.000

100.000

50.000

350.000 300.000 250.000 200.000 150.000 100.000 50.000 – Quantidade de Acidentes Liquidados nas Grandes Regiões 2007

Quantidade de Acidentes Liquidados nas Grandes Regiões 2007

Médica

Assistência

Total

Menos de 15 dias

Incapacidade Temporária

Mais de 15 dias

Incapacidade

Permanente

Óbito

Total

Conseqüência

NORTE NORDESTE SUDESTE SUL CENTRO-OESTE

NORTE

NORTE NORDESTE SUDESTE SUL CENTRO-OESTE

NORDESTE

NORTE NORDESTE SUDESTE SUL CENTRO-OESTE

SUDESTE

NORTE NORDESTE SUDESTE SUL CENTRO-OESTE

SUL

NORTE NORDESTE SUDESTE SUL CENTRO-OESTE

CENTRO-OESTE

14.000

12.000

10.000

8.000

6.000

4.000

2.000

Quantidade de Acidentes Liquidados na Região Norte 2007 L Médica Total Menos de 15 dias
Quantidade de Acidentes Liquidados na Região Norte 2007
L
Médica
Total
Menos de 15 dias
Mais de 15 dias
Assistência
Incapacidade Temporária
Incapacidade
Óbito
Permanente
Total
Conseqüência
Rondônia
Acre
Amazonas
Roraima
Pará
Amapá
Tocantins
4.190
672
8.764
443
12.095
778
2.225
171
44
1.191
36
2.490
166
488
3.868
604
7.509
395
9.372
595
1.693
1.269
248
4.660
123
5.272
366
702
2.599
356
2.849
272
4.100
229
991
123
15
41
7
147
11
27
28
9
23
5
86
6
17

25.015

20.204

15.140

13.218

11.919

8.662

8.285

7.846

7.646

7.357

7.100

6.591

5.861

5.382

4.224

4.135

4.093

4.071

3.937

3.709

3.296

3.169

3.024

2.283

2.268

2.242

1.941

1.747

1.718

1.791

1.652

1.612

1.599

1.549

1.517

1.212

1.030

974

805

765

694

731

638

616

606

103
243

33
172

129

17
112

100

101

34
80

83

44

34

17
39

30

16

30.000

25.000

20.000

15.000

10.000

5.000

34 17 39 30 16 30.000 25.000 20.000 15.000 10.000 5.000 – Quantidade de Acidentes Liquidados

Quantidade de Acidentes Liquidados na Região Nordeste 2007

Quantidade de Acidentes Liquidados na Região Nordeste 2007 Total Menos de 15 dias Incapacidade Temporária Mais

Total

Menos de 15 dias

Incapacidade Temporária

Mais de 15 dias

Médica

Assistência

Incapacidade

Permanente

Óbito

Total

Conseqüência

Maranhão Piauí Ceará Rio Grande do Norte Paraíba Pernambuco Alagoas Sergipe Bahia
Maranhão
Piauí
Ceará
Rio Grande do Norte
Paraíba
Pernambuco
Alagoas
Sergipe
Bahia

17.070

14.984

12.459

11.148

10.143

8.495

8.511

8.159

7.419

6.473

5.994

5.154

4.534

3.961

3.771

3.648

1.759

1.446

1.014

610

154
223

143
104

140

88

62

42

18.000

16.000

14.000

12.000

10.000

8.000

6.000

4.000

2.000

16.000 14.000 12.000 10.000 8.000 6.000 4.000 2.000 – Quantidade de Acidentes Liquidados na Região Centro-Oeste

Quantidade de Acidentes Liquidados na Região Centro-Oeste 2007

Médica

Assistência

Total

Menos de 15 dias

Incapacidade Temporária

Mais de 15 dias

Incapacidade

Permanente

Óbito

Total

Conseqüência

Mato Grosso do Sul

Mato Grosso do Sul Mato Grosso Goiás Distrito Federal

Mato Grosso

GoiásMato Grosso do Sul Mato Grosso Distrito Federal

Mato Grosso do Sul Mato Grosso Goiás Distrito Federal

Distrito Federal

244.467

206.853

114.395

92.458

71.444

58.002

49.997

41.006

34.067

31.891

26.111

21.058

19.948

16.664

13.698

12.280

250.000

200.000

150.000

100.000

50.000

16.664 13.698 12.280 250.000 200.000 150.000 100.000 50.000 Quantidade de Acidentes Liquidados na Região Sudeste 2007

Quantidade de Acidentes Liquidados na Região Sudeste 2007

Médica

Assistência

Total

Menos de 15 dias

Incapacidade Temporária

Mais de 15 dias

Incapacidade

Permanente

Óbito

Total

Conseqüência

Minas Gerais Espírito Santo Rio de Janeiro São Paulo

Minas Gerais

Minas Gerais Espírito Santo Rio de Janeiro São Paulo

Espírito Santo

Minas Gerais Espírito Santo Rio de Janeiro São Paulo

Rio de Janeiro

Minas Gerais Espírito Santo Rio de Janeiro São Paulo

São Paulo

– 2.642 8.373 6.812 6.886 817 224 439 2.781 345 100 179 766

2.642

– 2.642 8.373 6.812 6.886 817 224 439 2.781 345 100 179 766

8.373

– 2.642 8.373 6.812 6.886 817 224 439 2.781 345 100 179 766
– 2.642 8.373 6.812 6.886 817 224 439 2.781 345 100 179 766

6.812

– 2.642 8.373 6.812 6.886 817 224 439 2.781 345 100 179 766

6.886

– 2.642 8.373 6.812 6.886 817 224 439 2.781 345 100 179 766
– 2.642 8.373 6.812 6.886 817 224 439 2.781 345 100 179 766

817

224

439
2.781

– 2.642 8.373 6.812 6.886 817 224 439 2.781 345 100 179 766
– 2.642 8.373 6.812 6.886 817 224 439 2.781 345 100 179 766

345

100

179
766

– 2.642 8.373 6.812 6.886 817 224 439 2.781 345 100 179 766
Quantidade de Acidentes Liquidados na Região Sul 2007 60.000 50.000 40.000 30.000 20.000 10.000 –
Quantidade de Acidentes Liquidados na Região Sul 2007
60.000
50.000
40.000
30.000
20.000
10.000
Médica
Total
Menos de 15 dias
Mais de 15 dias
Assistência
Incapacidade Temporária
Incapacidade
Óbito
Permanente
Total
Conseqüência
Paraná
Santa Catarina
Rio Grande do Sul
53.678
43.679
55.491
6.787
3.742
7.787
46.020
39.252
46.968
23.757
15.155
20.834
22.263
24.097
26.134
661
546
585
210
139
151
 

ACIDENTES DO TRABALHO

 
  ACIDENTES DO TRABALHO  

Quantidade de acidentes do trabalho liquidados, por conseqüência, segundo as Grandes Regiões e Unidades da Federação - 2007

 

QUANTIDADE DE ACIDENTES DO TRABALHO LIQUIDADOS

 

GRANDES REGIÕES

   

Conseqüência

 

E

       

UNIDADES DA FEDERAÇÃO

Total

Assistência

Incapacidade Temporária

Incapacidade

Óbito

Médica

 

Menos de

Mais de

Permanente

Total

15 dias

15 dias

 

BRASIL

688.693

96.793

580.592

298.896

281.696

8.504

2.804

NORTE

29.167

4.586

24.036

12.640

11.396

371

174

Rondônia

4.190

171

3.868

1.269

2.599

123

28

Acre

672

44

604

248

356

15

9

Amazonas

8.764

1.191

7.509

4.660

2.849

41

23

Roraima

443

36

395

123

272

7

5

Pará

12.095

2.490

9.372

5.272

4.100

147

86

Amapá

778

166

595

366

229

11

6

Tocantins

2.225

488

1.693

702

991

27

17

NORDESTE

76.275

11.700

62.711

32.067

30.644

1.475

389

Maranhão

4.135

694

3.296

1.549

1.747

101

44

Piauí

1.791

129

1.612

638

974

33

17

Ceará

8.662

805

7.646

3.709

3.937

172

39

Rio Grande do Norte

6.591

2.268

4.224

2.283

1.941

83

16

Paraíba

4.071

765

3.169

1.652

1.517

103

34

Pernambuco

15.140

1.599

13.218

7.357

5.861

243

80

Alagoas

7.846

616

7.100

5.382

1.718

100

30

Sergipe

3.024

731

2.242

1.212

1.030

34

17

Bahia

25.015

4.093

20.204

8.285

11.919

606

112

SUDESTE

382.572

57.362

319.559

173.046

146.513

4.261

1.390

Minas Gerais

71.444

12.280

58.002

31.891

26.111

817

345

Espírito Santo

16.664

2.642

13.698

6.812

6.886

224

100

Rio de Janeiro

49.997

8.373

41.006

19.948

21.058

439

179

São Paulo

244.467

34.067

206.853

114.395

92.458

2.781

766

SUL

152.848

18.316

132.240

59.746

72.494

1.792

500

Paraná

53.678

6.787

46.020

23.757

22.263

661

210

Santa Catarina

43.679

3.742

39.252

15.155

24.097

546

139

Rio Grande do Sul

55.491

7.787

46.968

20.834

26.134

585

151

CENTRO-OESTE

47.831

4.829

42.046

21.397

20.649

605

351

Mato Grosso do Sul

10.143

1.446

8.495

3.961

4.534

140

62

Mato Grosso

12.459

1.014

11.148

5.154

5.994

154

143

Goiás

17.070

1.759

14.984

8.511

6.473

223

104

Distrito Federal

8.159

610

7.419

3.771

3.648

88

42

FONTE: DATAPREV, SUB, CAT.

S92 - Fratura do pé (exceto do tornozelo)

M65 - Sinovite e tenossinovite

das

das

M54 - Dorsalgia

S82 - Fratura da perna, incluindo tornozelo

S52 - Fratura do antebraço

S81 - Ferimento da perna

S01 - Ferimento da cabeça

S91 - Ferimentos do tornozelo e do pé

M75 - Lesões do ombro

nível do punho

S62 - Fratura ao nível do punho e da mão

S51 - Ferimento do antebraço

S42 - Fratura do ombro e do braço

ao nível do

S80 - Traumatismo superficial da perna

do tornozelo

S61 - Ferimento do punho e da mão

do punho e

do joelho

ao nível do

das

e distensão

e e pé distensão

da mão ao e distensão

ligamentos

punho traumática

da superficial

e da mão

ligamentos

superficial

entorse

entorse

mão

tornozelo

e entorse

e ligamentos

S90 - Traumatismo e do

e dos

S60 - Traumatismo

S68 - Amputação

- Luxação,

- Luxação,

e

articulações

S63 - Luxação,

articulações

articulações

S93

S83

80.000

70.000

60.000

50.000

40.000

30.000

20.000

10.000

Total: 20 CID mais Incidentes 2007 75.359 41.530 32.248 50.706 22.882 16.876 22.217 17.207 15.606
Total: 20 CID mais Incidentes 2007
75.359
41.530
32.248
50.706
22.882
16.876
22.217
17.207
15.606
12.893
14.084
11.988
9.973
10.418
8.450
7.493
6.087
8.790
18.896
6.743

ACIDENTES DO TRABALHO

ACIDENTES DO TRABALHO

Quantidade de acidentes do trabalho, por situação de registro e motivo, segundo os 50 códigos da Classificação Internacional de Doenças (CID) mais incidentes - 2007

 
   

QUANTIDADE DE ACIDENTES DO TRABALHO

   

Com CAT Registrada

 

50 CÓDIGOS CID MAIS INCIDENTES

Total

   

Motivo

Sem CAT

Total

Típico

Trajeto

Doença do

Registrada

 

Trabalho

TOTAL

653.090 514.135 414.785

78.564

20.786

138.955

S61 - Ferimento do punho e da mão S62 - Fratura ao nível do punho e da mão S60 - Traumatismo superficial do punho e da mão M54 - Dorsalgia S93 - Luxação, entorse e distensão das articulações e ligamentos ao nível do tornozelo e pé S92 - Fratura do pé (exceto do tornozelo) M65 - Sinovite e tenossinovite S82 - Fratura da perna, incluindo tornozelo S80 - Traumatismo superficial da perna S52 - Fratura do antebraço S90 - Traumatismo superficial do tornozelo e do pé S01 - Ferimento da cabeça S81 - Ferimento da perna

75.359

72.733

71.398

1.262

73

2.626

41.530

35.249

30.272

4.890

87

6.281

32.248

31.485

28.833

2.584

68

763

50.706

14.993

12.318

1.095

1.580

35.713

22.882

21.396

15.353

6.002

41

1.486

16.876

13.778

10.249

3.481

48

3.098

22.217

7.063

2.577

275

4.211

15.154

17.207

13.244

7.078

6.138

28

3.963

15.606

15.061

10.802

4.226

33

545

12.893

10.237

6.619

3.581

37

2.656

14.084

13.673

11.410

2.243

20

411

11.988

11.857

10.603

1.237

17

131

9.973

9.442

7.790

1.635

17

531

S83 - Luxação, entorse e distensão das articulações e dos ligamentos do joelho S91 - Ferimentos do tornozelo e do pé S68 - Amputação traumática ao nível do punho e da mão S63 - Luxação, entorse e distensão das articulações e ligamentos ao nível do punho e da mão S42 - Fratura do ombro e do braço M75 - Lesões do ombro S51 - Ferimento do antebraço

10.418

8.569

6.731

1.756

82

1.849

8.450

7.807

7.086

709

12

643

7.493

6.202

6.075

105

22

1.291

6.087

5.584

4.758

792

34

503

8.790

6.777

3.087

3.666

24

2.013

18.896

5.299

1.590

180

3.529

13.597

6.743

6.588

5.964

615

9

155

S50 - Traumatismo superficial do cotovelo e do antebraço

6.828

6.661

5.282

1.358

21

167

S40 - Traumatismo superficial do ombro e do braço

6.524

6.309

4.643

1.634

32

215

T14 - Traumatismo de região não especificada do corpo

7.328

7.243

5.916

1.314

13

85

T15 - Corpo estranho na parte externa do olho

5.901

5.884

5.766

111

7

17

S00 - Traumatismo superficial da cabeça S43 - Luxação, entorse e distensão das articulações e dos ligamentos da cintura

5.107

5.069

4.230

828

11

38

escapular

5.052

4.180

2.866

1.274

40

872

T23 - Queimadura e corrosão do punho e da mão

4.467

4.338

4.296

34

8

129

S20 - Traumatismo superficial do tórax

3.873

3.689

2.866

811

12

184

S06 - Traumatismo intracraniano

3.945

3.425

1.983

1.425

17

520

S30 - Traumatismo superficial do abdome, do dorso e da pelve

3.605

3.481

2.874

596

11

124

F43 - Reações ao “stress” grave e transtornos de adaptação

5.170

2.871

2.445

161

265

2.299

S70 - Traumatismo superficial do quadril e da coxa

3.175

3.062

2.424

630

8

113

S05 - Traumatismo do olho e da órbita ocular

3.212

3.013

2.909

101

3

199

S22 - Fratura de costela(s), esterno e coluna torácica

2.996

2.307

1.698

607

2

689

S72 - Fratura do fêmur

3.248

2.552

1.218

1.322

12

696

S67 - Lesão por esmagamento do punho e da mão

2.634

2.425

2.364

54

7

209

M25 - Outros transtornos articulares NCOP

4.219

2.073

1.520

401

152

2.146

F32 - Episodios depressivos

3.560

299

79

15

205

3.261

M77 - Outras entesopatias

5.542

1.711

655

56

1.000

3.831

S41 - Ferimento do ombro e do braço

2.847

2.785

2.415

365

5

62

T07 - Traumatismos múltiplos não especificados

3.093

2.954

1.390

1.561

3

139

M51 - Outros transtornos de discos intervertebrais

3.612

1.888

903

62

923

1.724

S69 - Outros traumatismos e os não especificados do punho e da mão

2.656

2.485

2.334

140

11

171

S32 - Fratura da coluna lombar e da pelve

2.693

2.191

1.455

726

10

502

S66 - Traumatismo de músculo e tendão ao nível do punho e da mão

2.714

2.194

2.063

119

12

520

G56 - Mononeuropatias dos membros superiores

7.191

1.625

282

19

1.324

5.566

T22 - Queimadura e corrosão do ombro e membro superior, exceto punho e mão

2.771

2.700

2.671

22

7

71

S02 - Fratura do crânio e dos ossos da face

2.493

2.158

1.373

779

6

335

S09 - Outros traumatismos da cabeça e os não especificados

2.408

2.312

1.682

628

2

96

T00 - Traumatismos superficiais envolvendo múltiplas regiões do corpo

2.920

2.861

1.454

1.404

3

59

Outros

120.775 100.291

80.085

13.527

6.679

20.484

Ignorado

85

62

51

8

3

23

FONTE: DATAPREV, CAT.

Dentes, Língua,

Mandíbula (Inclusive Queixo)

Olho (Inclusive Nervo Ótico e Visão)

Mão (Exceto Punho ou Dedos)

Antebraço (Entre o Punho e o Cotovelo)

Braço (Acima do Cotovelo)

Crânio (Inclusive Encéfalo)

Nasais, Seios da

Braço (Entre o Punho e o Ombro)

Face, Partes Múltiplas

Cabeça, Partes Múltiplas

Médio, Interno, Audição e

Membros Superiores, Partes Múltiplas

Cotovelo

Dedo

Punho

Pescoço

Ombro

Cabeça, Não Informado

Membros Superiores, Não Informado

e Paladar)

e Olfato)

Lábios,

Ouvido (Externo, Equilíbrio)

Fossas

Garganta

Face

Boca (Inclusive

Nariz (Inclusive

140.000

120.000

100.000

80.000

60.000

40.000

20.000

Total: 20 Partes do Corpo Mais Atingidas 1.545 3.731 19.378 1.931 2.491 868 8.039 6.652
Total: 20 Partes do Corpo Mais Atingidas
1.545
3.731
19.378
1.931
2.491
868
8.039
6.652
13.243
18.675
5.708
2.109
4.999
20.129
12.007
40.670
130.548
5.126
6.950
16.718

ACIDENTES DO TRABALHO

ACIDENTES DO TRABALHO

Quantidade de acidentes do trabalho, por situação do registro e motivo, segundo a parte do corpo atingida - 2007

 

QUANTIDADE DE ACIDENTES DO TRABALHO

   

Com CAT Registrada

   

PARTE DO CORPO ATINGIDA

   

Motivo

TOTAL

     

Sem CAT

 

Total

Típico

Trajeto

Doença do

Registrada

Trabalho

TOTAL

653.090

514.135

414.785

78.564

20.786

138.955

Crânio (Inclusive Encéfalo) Ouvido (Externo, Médio, Interno, Audição e Equilíbrio) Olho (Inclusive Nervo Ótico e Visão) Nariz (Inclusive Fossas Nasais, Seios da Face e Olfato) Boca (Inclusive Lábios, Dentes, Língua, Garganta e Paladar) Mandíbula (Inclusive Queixo) Face, Partes Múltiplas Cabeça, Partes Múltiplas Cabeça, Não Informado Braço (Entre o Punho e o Ombro) Braço (Acima do Cotovelo) Pescoço Cotovelo

1.545

1.545

944

573

28

3.731

3.731

1.305

43

2.383

19.378

19.378

18.876

410

92

1.931

1.931

1.603

311

17

2.491

2.491

1.994

370

127

868

868

643

220

5

8.039

8.039

6.663

1.338

38

6.652

6.652

4.526

2.059

67

13.243

13.243

10.830

2.141

272

18.675

18.675

13.160

3.852

1.663

5.708

5.708

4.246

1.237

225

2.109