PROJETO ELETRICO RESIDÊNCIAL Etapas de elaboração do projeto 1°-Plantas : Situação e Planta Baixa.

Planta de Situação:Local onde vai ser realizado a construção do imóvel. Planta Baixa:E a planta em corte horizontal vista de cima.

ETAPAS DE UM PROJETO ELETRICO
• ART • CARTA DE SOLICITAÇÃO DE APROVAÇÃO À CONCESSIONÁRIA. • MEMORIAL DESCRITIVO. • MEMORIAL DE CÁLCULO. • -Cálculo da demanda • -Dimensionamento dos condutores. • -Dimensionamento dos eletrodutos. • -Dimensionamento das proteções.

QUADROS
• Quadro de distribuição de cargas. • Diagrama unifilares. • Diagrama multifilares(opcional)

DETALHES
• • • • • • • Entrada de serviço. Caixa seccionadora. Centro de medição. Pará-Raios. Caixa de passagem. Aterramento. Lista de material.

FLUXOGRAMA DE ELABORAÇÃO DE UM PROJETO
Inicio Solicitação do Cliente Contatos Preliminares Anteprojeto
Aprovação do Cliente SIM NÃO

FLUXOGRAMA DE ELABORAÇÃO DE UM PROJETO Sim Projeto Revisão Não Aprovação do Cliente Sim Sim Fim Revisão Não Aprovação da concessionária .

PLANTA BAIXA .

.Etapas de elaboração do projeto • 2°-Esquemas: • A) Unifilar • B) Multifilar se necessário. • C)Detalhe de montagem.

ar-condicionado. iluminação. etc) . bombas.3°-levantamento da previsão de cargas • Quantidade e a potência nominal dos pontos de utilização – tomadas. elevadores.

• · Arandelas no banheiro devem ter distância mínima de 60cm do boxe. comandado por interruptor de parede.3°-levantamento da previsão de cargas da iluminação • a)Distribuir os pontos de iluminação conforme a Norma Regulamentadora NBR-5410. • Critérios para a determinação da quantidade mínima de pontos de luz: • · 1 ponto de luz no teto para cada recinto. .

atribuir um mínimo de 100 VA. . acrescidos de 60 VA para cada aumento de 4m² inteiros. atribuir um mínimo de 100 VA para os primeiros 6m². · Para recintos com área > 6m².3°-levantamento da previsão de cargas · Critérios para a determinação da potência mínima de iluminação: Para recintos com área < 6m².

Pontos de utilização da iluminação • • • • • Escolhe o recinto. Fórmula:A=a.62m² 13. . • 1 de 100VA + 1 de 60VA.1 .3. Ou 2 de 100VA.9 pontos de iluminação ou seja: • 1 de 100VA + 2 de 60VA.02 x 4.51=13.62m²/4m²=1.Exemplo: Sala de Estar Calcular a Área do recinto.b(m²) A=3.62m² • 100VA • 7.62m2-6m2=7.

use os símbolos da NBR 5444.1 . • Interligue os pontos de Utilização o mais econômico possível.Retorno. Separar o circuito para cada 1200w. • Distribua os interruptores de cada ponto de utilização. • Distribua também os condutores: Fase. e 50m² em lojas e escritórios.Pontos de utilização da iluminação • Depois de distribuído os pontos de Utilização e as cargas da Iluminação.3. .Proteção(PE) • Obs.Neutro.ou • Para cada 60m² em residência.

levantamento da previsão da quantidade de Tomadas TUGs • Critérios para a determinação da quantidade mínima de TUGs: • · Recintos com área < 6m² – no mínimo 1 tomada.4. • · Cozinhas e copas – 1 tomada para cada 3. espaçadas tão uniformemente quanto possível.5m ou fração de perímetro. • · Recintos com área > 6m² – no mínimo 1 tomada para cada 5m ou fração de perímetro. .

varandas. independente da área. • independentemente da área .1. acima de bancadas com largura >30cm prever no mínimo 1 tomada • · Banheiros – no mínimo 1 tomada junto ao lavatório. independentemente da área. sótãos – no mínimo 1 tomada. • · Subsolos. garagens. a uma distância mínima de 60cm do boxe.4.levantamento da previsão da quantidade de Tomadas TUGs • perímetro.

garagens. Áreas de Serviço.4. • – atribuir 600 VA por tomada. sótãos – atribuir 1000 VA • · Demais recintos – atribuir 100 VA por tomada. varandas. Copas. e 100 VA por tomada excedentes. Cozinhas. • · Subsolos.2. . para as 3 primeiras. Lavanderias e Assemelhados.levantamento da previsão da quantidade de Tomadas TUGs • Critérios para a determinação da potência mínima de TUGs: • Banheiros.

3.a + 2.04 + 9.levantamento da previsão da quantidade de Tomadas TUGs • • • • • • • Escolhe o recinto.02 = 15. Conforme a norma NBR 5410.06m ÷ 5m=3. • EXETO: .4.Exemplo: Sala de Estar Calcular a o Perímetro do recinto. Fórmula: P = 2.51 P = 6.02 + 2x4.b P = 2x3.012 Coloca-se 3 pontos de tomadas ou conforme pedir o cliente.06m 15. • Obs: Repete esse procedimento em todos os cômodos.

34 • P = 5. Áreas de Serviço. • Fórmula: P = 2.04 • 3 ponto de tomadas de 600va.64÷3.levantamento da previsão da quantidade de Tomadas TUGs • Banheiros. • Escolhe o recinto. . Lavanderias e Assemelhados.Exemplo: Cozinha • Calcular a o Perímetro da cozinha.96 + 4.a + 2.4.68 = 10. Copas.b • P = 2x2.conforme a norma NBR 5410. Cozinhas.98+2x2.5=3.4.

5m do local previsto para o equipamento a ser alimentado.5. devendo ser instaladas a no máximo 1. .levantamento da previsão da quantidade de Tomadas TUEs • Critérios para a determinação da quantidade mínima de TUEs: • · A quantidade de TUEs é estabelecida de acordo com o número de aparelhos de utilização.

• No caso de arcodicionado que é vendido em Btu´s. . consultar NDU 01. • A potência do equipamento e deve ser ativa(W).1-levantamento da previsão da Potência de Tomadas TUEs • Critérios para a determinação da potência de TUEs: • · Atribuir para cada TUE a potência nominal do equipamento a ser alimentado.tabela 01 da Energisa para converter Btu em Watts. • Exemplo: 5500W.5.

• No caso de TUE um circuito para cada equipamento. • Fazer interligação do DG ao ponto de entrega. • No caso de TUG um circuito para cada 10 A.6.Neutro e Proteção(PE) utilizando os símbolos da norma NBR 5410. • Distribuir os condutores: Fase. TUG`s e TUE`s • Distribuir todos os pontos de tomadas. .

6. .Chek-list • Desenho dos pontos de utilização • Localização dos Quadros de Distribuição de Luz (QLs). • Localização das Caixas de Passagem dos pavimentos e da prumada. • Divisão das cargas em circuitos terminais.1 Verificar se estas etapas estão concluidas. • Localização dos Quadros de Força (QFs). • Desenho das tubulações de circuitos terminais.

Ramal Alimentador e Ponto de Entrega. • Desenho das tubulações dos circuitos alimentadores.2 Verificar se estas etapas estão concluidas.Chek-list • Localização do Quadro Geral de Baixa Tensão (QGBT). Caixa Seccionadora. • Traçado da fiação dos circuitos alimentadores.6. Centros de Medidores. • Desenho do Esquema Vertical (prumada). .

92 1.62 6.24 2.93 12.21 1.94 9.8 2.5 17.97 9 Potência de Iluminação(VA) 160 100 100 Quarto 2 Corredor Hall Banheiro 1 9.Levantamento de Carga de Iluminação Dependência Sala de Estar Cozinha Quarto 1 Dimensões (m²) 13.64 100 160 100 100 220 .7.07 100 100 100 100 Banheiro /Suíte Suíte Sala de Estudo Banheiro 2 Área de Serviço 3.

6 4.96 5.8.21 1.07 10.08 Quantidade Mínima TUG´s 3 TUE´s Previsão de Carga TUG´s 3x100 VA TUE´s Cozinha Quarto 1 Quarto 2 Corredor Hall Banheiro 1 6.6 12.24 2.92 1.Levantamento de Carga das Tomadas Dimensões Área(m²) Dependência Área(m²) Sala de Estar 13.62 Perímetro(m) 15.44 5.97 9 9.74 12.84 5 2 2 1 1 1 1 1 3x600 VA 2x100 VA 2x100 VA 2x100 VA 1x1400 1x100 VA 1x100 VA 1x100 VA 1x 5500 .

8.97 9.30 Quantidade Mínima TUG´s 3 4 6 2 5 TUE´s 1 1 Previsão de Carga TUG´s 3X600 VA 4x100 VA 6x100 VA 1x600 VA 1x100 VA 3x600 VA 2x100 VA TUE´s 5500 W 1400 W .8 2.84 7.1 Levantamento de Carga das Tomadas.Cont.5 17. Dimensões Área(m²) Dependência Área(m²) Banheiro da Suíte Suite Sala de Estudo Banheiro 2 Área de Serviço 3.64 Perímetro(m) 10.93 14.42 15.48 12.01 19.

550 o 550 12.97 9.8 15.94 9.6 4.6 12.9.24 2.96 5.42 100 100 100 100 100 100 100 5 2000 2 200 2 200 1 100 1 100 1 100 3 1800 Geladeira Ar de 7500Btus 1 o1 Chuveiro Elet.44 5. REUNIR TODOS OS DADOS OBTIDOS DAS TABELAS ANTERIORES Dimensões Área(m²) Área(m²) 13.92 1.84 10.21 1.08 ência Potência de Iluminação(VA) Qt 160 PTUG´s Potência (VA) 3 300 PTUE´s Discriminação Pot star 6.0 9.93 10.62 Perímetro(m) 15.07 3.48 12.74 12.84 160 100 4 400 6 600 Ar de 10000Btus 140 studo . Chuveiro Elet.

80 é igual á 6800 Watts. Nas TUG o fator de potência é igual à 0.10. .80. Então 8500 VA x 0. 1440 VAx1= 1440 Watts. Cálculo da Potência Ativa de Iluminação e TUG • • • • • Para iluminação o fator de potência é igual a 1 Potência Aparente 1440 VA.

Tensão de alimentação e padrão de entrada. • Consulte NDU 01 da energisa .11.o tipo de fornecimento. Cálculo da Potência Ativa total • • • • • • • • Potência Ativa de Iluminação 1440 W + Potência Ativa das TUG 6800 W + Potência Ativa das TUE 13600 W = Potência Totais 21840 W Obs:Em função da potência ativa escolhe-se o tipo de consumidor.

.2 fios. • O fornecimento pode ser Trifásico 380/220volt-4 fios. TENSÃO DE FORNECIMENTO • Em Sergipe – 220 volts Trifásico -4 fios • 127 volts monofásico .12. • Ou bifásico 3 fios.

Tipos de atendimento .13.

13.1 Que categoria o consumidor pertence .

• O fornecimento é 220 volts Trifásico -4 fios. • O consumidor é do tipo T 3. .13.2 DIAGNÓSTICO • Como a Potência Ativa foi 21840 Watts.

• DESENHO 16 DA NDU-01 .3 PADRÃO DE ENTRADA • ENTRADA DE SERVIÇO COM MEDIÇÃO INSTALAÇÃO EM MURO.13.

PADRÃO DE ENTRADA .

14. Divisão de Circuitos Potência Qt x Total Potência( (VA) VA) 1x100 1x160 1x100 1x100 1x100 1x100 1x100 4x100 Corrente (A) N° de Circuitos Agrupados Seção dos Condutores (mm²) Proteção Tipo N° de Pólos Tensão Local (v) 127 Garagem Sala Quarto 1 Corredor Hall Banheiro cozinha Área Externa 1160 9.13 DTM +IDR 1 2 .

Localização do Quadro de Distribuição • Em local de Livre acesso.15. • O mais próximo possível do medidor. .

1 Reservas nos Quadros de Distribuição .15.

Isso significa que as instalações elétricas apresenta anomalias internas.a causa pode ser uma sobrecarga ou um curto circuito.como regra antes de trocar os disjuntores e fusíveis.2 ADVERTÊNCIA • 1-Quando um disjuntor ou fusível atua.nunca toque seus disjuntores ou fusíveis por outros de maiores correntes. A DESATIVAÇÃOOU REMOÇÃO DA CHAVE SIGNIFICA A ELIMINAÇÃO DAS MEDIDAS PROTETORAS CONTRA CHOQUE ELÉTRICAS E RISCOS DE VIDAS PARA USUARIO DAS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS –NR-10. • Desligamentos freqüentes são sinais de sobrecarga.Se os desligamentos forem freqüentes e.mesmo que o desligamento não tenha causa aparente. • 2-Da mesma forma nunca desative ou remova as chaves automáticas de proteção contra choques elétrico(DR).troque os fios e cabos por outros de maior seção(bitola). se as tentativas de religamento não tiverem êxito.15. principalmente.desligando um circuito ou uma instalação inteira. . Por isso. Que só pode ser identificadas e corrigidas por profissionais qualificado.

15.3 DG .

16. Disjuntor Diferencial Residual .

1 Disjuntor Termomagnético .16.

Então : I=P/V → I=1160 VA/127 Volts I=9.I Potência do circuito n°1 é de 1160 VA. Calculo da corrente do circuito • • • • • • Circuito n° 1 Fórmula:P=V.13 A . Tensão 127volts.17.

13 1.17. Calcular a corrente do circuito 1 Tensão Local (v) Potência Qt x Total Potência( (VA) VA) 1x100 1x160 1x100 1x100 1x100 1x100 1x100 4x100 Corrente (A) N° de Circuitos Agrupados Seção dos Condutores (mm²) Proteção Tipo N° de Pólos 127 Garagem Sala Quarto 1 Corredor Hall Banheiro cozinha Área Externa 1160 9.5 DTM +IDR 1 2 .

São aqueles condutores sólidos.São aqueles formados por vários fios(cabos) sendo que o de mais alta classe maior flexibilidade e melhor manuseio. • Fio rígido:aquele que dificulta o seu manuseio. • Classe 2-Rígido com 7 fios. CONDUTORES DE ELETRICIDADE • Existem duas classes de isolação de condutores. • Classe 1 . .5 e 6 .18. • Classe 4.

18.1Dimensionamento dos condutores pela capacidade da corrente .

5mm² suportaria circular a corrente de 9.18. • Na tabela acima grupo A1.13 A.dois condutores carregados.5mm² e 2. • A corrente encontrada no circuito n° 1 foi de 9. .cont.5mm² para instalações de tomadas ou conforme a potência dos equipamentos. • Seção do fio 0.2 Dimensionamento dos condutores pela capacidade da corrente.A2. Mas norma regulamentadora NBR-5410 diz que para iluminação no mínimo um de 1.13A.

FATORES DE CORREÇÃO PARA AGRUPAMENTO DE CIRCUITOS OU CABOS MULTIPLEXADOS .19.

Dimensionamento dos Eletrodutos .20.

20.1 Dimensionamento dos Eletrodutos .

Tabela de Dimensionamento de Eletroduto .

• Potência Ativa de Iluminação 1440 W • Potência das Tomadas de uso Geral 6800 W • 8240 W .21.Cálculo da Potência do circuito de distribuição • Soma-se os valores das potências ativa da iluminação e tomadas de uso geral.

22.Tabela de fator de demanda .

• Pilum+Ptug´s x Fd.22.35=2884 W .1 Fator de demanda da Potência de Iluminação+Potência de Tug • O fator de demanda correspondente a esta potência e de 35%. • 8240W x .

38 .84 N° de circuitos de Tue´s 14 15 FD 0.65 0.00 0.38 0.54 0.40 0.40 0.45 0.40 0.39 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 0.43 0.44 16 17 18 19 20 21 22 0.49 0.57 0.76 0.39 0.00 1.48 0.40 0.60 0.46 23 24 0.70 0.Tabela do fator de demanda Tue´s N° de circuitos de Tue´s 01 02 03 FD 1.52 0.

• Conforme o n° de circuitos das Potência das tomadas de uso especifico. • Chuveiro elétrico 5500 W • Chuveiro elétrico 5500 W • Ar condicionado de 1200 W • Ar condicionado de 1400 W • Geladeira 500 W • Máquina de lavar 1000 W • 15100 W Cálculo da Potência do circuito de distribuição .Soma-se as potências e escolhe o fator de demanda na tabela acima.

65=9815 W .65 conforme a tabela acima.Cálculo da Potência do circuito de distribuição • Visto que o n° de circuito foram 6. • O fator de demanda é 0.Ativa • 15100 x 0. • A potência total das Tue`s é de 15100 W • Formula:Ptue´s x FD=Pot.

Das Tug´s 2884 W • Pot.das Tue´s.95.Cálculo da Potência do circuito de distribuição • Soma-se os valores das Pot. De Iluminação + Pot.95=13367. Tue´s 9815 W • 12699 W • Divide esse valor pelo fator de potência médio 0.3 VA .Iluminação+Pot. • Pot. • 12699÷0.

Cálculo da corrente do circuito de Distribuição • • • • • I=P÷V I=13667.86 A Ic=35.83 A Disjuntor Adotado é de 45 Amp. .3÷√3 x 220volts I=35.25 Ic=44.86 x 1.