Você está na página 1de 5
MPE Médio – Direito Constitucional I Exercícios – Poder Legislativo Prof.ª Tárcia Helena

MPE Médio – Direito Constitucional I Exercícios – Poder Legislativo Prof.ª Tárcia Helena

PODER LEGISLATIVO

05. (Prova: FCC 2012 TRF 2ª REGIÃO

01.

(FUNDEP - 2010 - TJ-MG - Assistente Social)

Técnico Judiciário Área Administrativa / Direito Constitucional / Poder Legislativo) Ibson é

a)

Considerando o funcionamento do Poder Legislativo,

advogado regularmente inscrito na OABRJ e é eleito

quanto ao número de deputados federais por Estado da federação, é CORRETO afirmar que o limite mínimo e máximo está entre

Deputado Federal. Ibson NÃO perderá o seu cargo, de acordo com a Constituição Federal de 1988, se

a)

04 a 60 deputados.

patrocinar, desde a sua posse, causa em que já seja interessada empresa pública estadual.

c)

08 a 70 deputados

b)

exercer, desde a sua posse, função remunerada em

b)

06 a 70 deputados.

empresa que goze de favor decorrente de contrato

d)

10 a 60 deputados.

com pessoa jurídica de direito público.

 

c)

exercer, desde a expedição do seu diploma, cargo

02.

Senador Brutus questionou a deliberação do Senado

(FCC - 2012 - TJ-PE - Analista Judiciário) O

remunerado, com possibilidade de demissão ad mutum, em sociedade de economia mista.

Federal porque, segundo ele, não teria respeitado o quorum mínimo previsto no artigo 47 da Constituição Federal, prevendo expressamente que, salvo

d)

deixar de comparecer, em cada sessão legislativa, sem autorização, à quarta parte das sessões ordinárias da Casa a que pertencer.

disposição constitucional em contrário, as deliberações de cada Casa e de suas Comissões serão tomadas, presente a maioria absoluta de seus

e)

for titular de mais de um cargo público eletivo, a partir da sua posse.

membros, por

06.

(Prova: FCC 2012 TRF 2ª REGIÃO

a)

maioria qualificada de dois terços de votos.

b)

um terço dos votos.

c)

maioria dos votos.

d)

no mínimo os votos de doze Senadores e de três suplentes.

e)

no mínimo os votos de quinze Senadores e de três suplentes.

03.

(FCC - 2011 - TRE-PE - Analista Judiciário) A

deliberação de cada uma das Casas do Congresso

Nacional sobre o mérito das medidas provisórias dependerá de juízo prévio sobre o atendimento

a)

das determinações do Presidente da República.

b)

de seus pressupostos constitucionais.

c)

do parecer do Ministério da Justiça.

d)

dos requisitos mínimos estabelecidos pelo Supremo Tribunal Federal.

e)

dos requisitos mínimos estabelecidos pelo Superior Tribunal de Justiça.

04.

(TRT 23R (MT) - 2011 - TRT - 23ª REGIÃO

(MT) - Juiz) A respeito do regime constitucional das

medidas provisórias, a Constituição de 1988 traz um rol das matérias que não podem ser objeto destas. Assinale a opção que NÃO corresponde a uma

matéria prevista no rol de vedações constitucionais a respeito da edição de medidas provisórias:

a) Matéria relativa a nacionalidade, cidadania, direitos individuais, políticos e eleitorais.

b) Matéria relativa a direito penal, processual penal e processual civil.

c) Que vise a detenção ou sequestro de bens, de poupança popular ou qualquer outro ativo financeiro.

d) Matéria reservada a lei complementar.

e) Matéria relativa a organização do Poder Judiciário e do Ministério Público, a carreira e a garantia de seus membros.

Analista Judiciário Execução de Mandados / Direito Constitucional / Poder Legislativo) Considere as seguintes assertivas a respeito do Congresso Nacional:

I. O Senado Federal compõese de representantes dos Estados e do Distrito Federal, eleitos segundo o princípio majoritário. Cada Estado e o Distrito Federal elegerão três Senadores, com mandato de oito anos. II. Cabe ao Congresso Nacional, com a sanção do Presidente da República, dispor sobre a transferência temporária da sede do Governo Federal. III. Cabe ao Congresso Nacional, com a sanção do Presidente da República, dispor sobre a fixação e modificação do efetivo das Forças Armadas. IV. Compete privativamente ao Senado Federal autorizar, por um terço de seus membros, a instauração de processo contra os Ministros de Estado.

De acordo com a Constituição Federal brasileira, está correto o que consta APENAS em

a) I, II e IV.

b) II, III e IV.

c) I, II e III.

d) II e III.

e) I e IV.

MPE Médio – Direito Constitucional I Exercícios – Poder Legislativo Prof.ª Tárcia Helena

MPE Médio – Direito Constitucional I Exercícios – Poder Legislativo Prof.ª Tárcia Helena

07.

Analista Judiciário Área Administrativa /

(Prova: FCC 2012 TRF 2ª REGIÃO

 

Territórios ou Estados, ouvidas as respectivas Assembleias Legislativas.

Direito Constitucional / Poder Legislativo) João, Senador da República, em tempo de guerra, foi convocado a se incorporar ao Exército. Segundo a

e)

resolver definitivamente sobre atos internacionais que acarretem compromissos gravosos ao patrimônio nacional.

Constituição Federal brasileira, sua incorporação às Forças Armadas

10.

(Prova: FCC 2012 TRF 2ª REGIÃO

a) será deferida pelo Presidente da República, que o

licenciará do cargo de Senador.

b) é automática em tempo de guerra, bastando a mera

convocação do Exército.

c) depende de prévia licença do Senado Federal.

d) será analisada e deferida pelo VicePresidente da

República, competindo ao Presidente da República concederlhe prévia licença do cargo de Senador. e) depende de prévia análise da Câmara dos Deputados, após autorização do Presidente da República.

08. (Prova: FCC 2012 TRF 2ª REGIÃO

Analista Judiciário Área Administrativa / Direito Constitucional / Poder Legislativo) José é Presidente do Supremo Tribunal Federal, Olavo é

Presidente do Senado Federal, Claudio é ProcuradorGeral da República, Samarco é Presidente do Superior Tribunal de Justiça e Santiago é AdvogadoGeral da União. Nesse sentido, a convocação extraordinária do Congresso Nacional, em regra, farseá pelo

a)

José, em caso de intervenção federal.

b)

Olavo, para o compromisso e a posse do Presidente e do VicePresidente da República.

c)

Claudio, em caso de pedido de autorização para a decretação de estado de sítio.

d)

Santiago, em caso de urgência ou interesse público relevante, com a aprovação da maioria simples de cada uma das Casas do Congresso Nacional.

e)

Samarco, em caso de urgência ou interesse público relevante, com a aprovação da maioria simples de cada uma das Casas do Congresso Nacional.

09.

(Prova: FCC 2012 TRF 2ª REGIÃO

Analista Judiciário Área Judiciária / Direito Constitucional / Poder Legislativo) Cabe exclusivamente ao Congresso Nacional, independentemente de sanção do Presidente da República,

a) resolver sobre plano plurianual, diretrizes orçamentárias, orçamento anual, operações de crédito,

a) dívida pública e emissões de curso forçado.

b) dispor sobre sistema tributário, arrecadação e distribuição de rendas.

c) resolver sobre os limites do território nacional, espaço aéreo e marítimo e bens do domínio da União.

d) dispor definitivamente sobre incorporação, subdivisão ou desmembramento de áreas de

Analista Judiciário Área Judiciária / Direito Constitucional/ Poder Legislativo) Compete privativamente à Câmara dos Deputados

a)

eleger membros do Conselho da República, sendo que dele participam seis cidadãos brasileiros natos, com mais de trinta e cinco anos de idade, sendo dois nomeados pelo Presidente da República, dois eleitos pelo Senado Federal e dois eleitos pela Câmara dos Deputados, todos com mandato de três anos, vedada a recondução.

b)

aprovar previamente, por voto secreto, após arguição pública, a escolha de Magistrados, nos casos estabelecidos na Constituição Federal, Ministros do Tribunal de Contas da União indicados pelo Presidente da República, Presidente e diretores do Banco Central e

ProcuradorGeral da República.

a)

processar e julgar os Ministros do Supremo Tribunal Federal, os membros do Conselho Nacional de Justiça e do Conselho Nacional do Ministério Público, o ProcuradorGeral da

República e o AdvogadoGeral da União nos crimes de responsabilidade.

c)

aprovar previamente, por voto secreto, após arguição em sessão secreta, a escolha dos chefes de missão diplomática de caráter permanente e autorizar operações externas de natureza financeira, de interesse da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios.

d)

fixar, por proposta do Presidente da República, limites globais para o montante da dívida consolidada da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios e dispor sobre limites globais e condições para as operações de crédito externo e interno da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios.

MATEMÁTICA

11. (Prova: FCC 2012 TRF 2ª REGIÃO

Analista Judiciário Área Judiciária / Direito Constitucional / Poder Legislativo) Olimpio perdeu o mandato de Deputado Federal porque exercia cumulativamente função remunerada em pessoa jurídica de direito público, o que lhe era vedado pela Constituição Federal desde

a) a candidatura.

b) a posse.

c) a expedição do diploma.

d) seis meses antes das eleições.

e) doze meses antes das eleições.

MPE Médio – Direito Constitucional I Exercícios – Poder Legislativo Prof.ª Tárcia Helena

MPE Médio – Direito Constitucional I Exercícios – Poder Legislativo Prof.ª Tárcia Helena

12. (Prova: CONSULPLAN 2012 TSE

Técnico Judiciário Área Administrativa / Direito Constitucional / Poder Legislativo) Pedroso Pereira, deputado federal eleito e diplomado, ainda não empossado, é investigado como mandante do crime de homicídio qualificado ocorrido no município onde mantém sua base eleitoral. No espaço de tempo entre a diplomação e a posse do parlamentar, o Ministério Público denuncia o político em face do fato ocorrido. Considerando a situação apresentada, é correto afirmar que a denúncia

a)

não poderá ser recebida, em razão da imunidade processual do deputado.

b)

pode ser recebida e processada pelo Tribunal de Justiça do Estado em que ocorreu o crime.

c)

pode ser recebida e processada pelo Supremo Tribunal Federal.

d)

poderá ser recebida, mas o processo judicial será suspenso até o término do mandato do parlamentar.

13.

(Prova: CONSULPLAN 2012 TSE

Técnico Judiciário Área Administrativa / Direito Constitucional / Poder Legislativo) O Poder Legislativo tem sido alvo de inúmeras críticas por parte dos meios de comunicação e da sociedade civil em geral, no que tange à conduta dos representantes políticos eleitos. Com relação a vedações e autorizações

a)

a

este poder, deputados e senadores, segundo a

Constituição, investidos em cargo de Ministro de

Estado não perderão os respectivos mandatos eletivos.

b)

a

partir da posse, não podem firmar contrato com

pessoa jurídica de direito público, exceto quando

o

contrato obedecer a cláusulas uniformes.

c)

durante a vigência de estado de sítio e do estado de defesa, poderão ter suspensas as imunidades

d)

parlamentares, mediante o voto de dois terços dos membros da Casa a que os deputados e senadores pertencerem.

e)

quaisquer informações recebidas, em razão do exercício do mandato ou não, são protegidas pelo sigilo de fonte.

14. (Prova: FCC 2012 TCE‐‐‐‐AP Analista de Controle Externo Controle Externo Orçamento e Finanças / Direito Constitucional / Poder Legislativo; Competência) É competência exclusiva do Congresso Nacional

a) julgar o Presidente da República em caso de crime de responsabilidade.

b) aprovar, após arguição pública, a escolha de Ministro do Supremo Tribunal Federal.

c) fixar os subsídios do Presidente e do VicePresidente da República e dos Ministros de Estado.

d) dispor sobre limites e condições para a concessão de garantia da União em operações de crédito externo e interno.

e) conceder indultos e comutar penas.

15. (Prova: FCC 2012 TCE‐‐‐‐AP Técnico de

Controle Externo / Direito Constitucional / Poder Legislativo) Os Deputados Federais

a) julgam processo de impeachment contra o Presidente da República.

b) são eleitos por suas bases estaduais, na medida em que devem representar os interesses federativos de seus EstadosMembros no Congresso Nacional.

c) elegemse pelo sistema majoritário com dois suplentes.

d) possuem mandato de quatro anos, podendo ser reeleitos para um único período subsequente.

e) não perderão o mandato se forem investidos no cargo de Ministro do Estado.

16 (Prova: FCC 2012 TCE‐‐‐‐AP Técnico de Controle Externo / Direito Constitucional / Poder Legislativo; Competência) O Senado Federal tem competência privativa para

a)

aprovar previamente, por voto secreto, após arguição pública, a escolha de Ministros do Tribunal de Contas da União indicados pelo Presidente da República.

b)

dispor sobre a transferência temporária da sede do Governo Federal.

c)

nomear os Ministros do Supremo Tribunal Federal, o Procurador Geral da República, o Presidente e os Diretores do Banco Central, após aprovação pelo Presidente da República.

d)

aprovar o estado de defesa, de sítio e a intervenção federal.

e)

permitir, nos casos previstos em lei complementar, que forças estrangeiras transitem pelo território nacional ou nele permaneçam temporariamente.

17.

(Prova: FCC 2012 TRT 11ª Região (AM)

Técnico Judiciário Área Administrativa / Direito Constitucional / Poder Legislativo) José, Deputado Federal, é investido no cargo de Secretário de um determinado Estado da Federação. Nesse caso, de acordo com a Constituição Federal de 1988, José

a) perderá o mandato de Deputado Federal se permanecer no cargo de Secretário de Estado por mais de seis meses.

b) perderá o mandato de Deputado Federal independentemente do prazo que permanecer no cargo de Secretário de Estado.

c) não perderá o mandato de Deputado Federal e poderá optar pela remuneração do mandato.

d) não perderá o mandato de Deputado Federal e receberá a remuneração de Secretário de Estado.

e) poderá cumular os cargos de Deputado Federal e Secretário de Estado, optandose por uma das remunerações estabelecidas.

MPE Médio – Direito Constitucional I Exercícios – Poder Legislativo Prof.ª Tárcia Helena

MPE Médio – Direito Constitucional I Exercícios – Poder Legislativo Prof.ª Tárcia Helena

18. (Prova: FCC 2011 TCE‐‐‐‐PR Analista de Controle Jurídica / Direito Constitucional / Poder Legislativo) Em relação às imunidades parlamentares, a Constituição Federal estabelece que

a) a prerrogativa dos Deputados e Senadores não serem violados civil e penalmente por suas opiniões, palavras e votos, no exercício da função, é denominada imunidade material.

21. (Prova: FCC 2011 TCE‐‐‐‐SP Procurador /

Direito Constitucional / Poder Legislativo) Com

base em lei municipal promulgada em 2004, a Câmara de Vereadores de um Município paulista efetua o pagamento de remuneração aos membros

que compareceram a sessões extraordinárias do órgão legislativo no exercício de 2010. O pagamento efetuado a esse título pela Câmara de Vereadores é

b) as imunidades de Deputados e Senadores são automaticamente restringidas durante a

c) as imunidades formais e materiais de Deputados e

d) a impossibilidade de Deputados e Senadores

a)

compatível com a Constituição da República, que permite sua realização, desde que previsto em lei.

intervenção federal, o estado de defesa e o estado

a)

incompatível com a Constituição da República,

de sítio.

Senadores somente podem ser alegadas no exercício da função e no recinto do Congresso

b)

que veda o pagamento de parcela indenizatória a membro de órgão legislativo, em razão de convocação extraordinária.

Nacional.

possível, uma vez que, à época da promulgação da lei municipal, a Constituição da República autorizava o pagamento em valor equivalente, no

ilícito, uma vez que a Constituição da República

compatível com a Constituição da República, da

serem presos, desde a expedição do diploma, salvo em flagrante de crime inafiançável, é um desmembramento da imunidade

e)

a instauração de processo contra Deputados e

c)

máximo, ao subsídio mensal dos membros do Legislativo.

material.MATEMÁTICA

não contém previsão a esse respeito, de onde se depreende a impossibilidade de sua realização,

Senadores, pelo Supremo Tribunal Federal, depende de autorização prévia da Casa à qual pertence o parlamentar.

d)

em virtude do princípio da legalidade estrita em matéria administrativa.

qual decorre diretamente o direito à percepção

19.

(Prova: FCC 2011 TRE‐‐‐‐PE Analista

deindenização a membro do Legislativo em

Judiciário Área Administrativa / Direito

Constitucional / Poder Legislativo; Organização do Estado – dos Município) A fiscalização do

função de convocação extraordinária, ainda que não previsto em lei específica o pagamento.

Município será exercida

22.

(Prova: PONTUA 2011 TRE‐‐‐‐SC Analista

a)

pelos sistemas de controle interno do Poder Executivo Municipal, na forma da lei.

Judiciário Área Judiciária Prova branca / Direito Constitucional / Poder Legislativo;)

b)

pela Assembleia Legislativa do Estado mediante controle externo.

Considerandose as normas da Constituição da República Federativa do Brasil sobre o Poder

c)

pelo Poder Judiciário do Estado, competindo ao juízo local exercer o controle interno.

Legislativo da União, assinale a alternativa CORRETA:

d)

pela Procuradoria Geral da República mediante controle externo.

a) A partir da diplomação pela Justiça Eleitoral, Deputados Federais e Senadores não poderão ser

b) A proibição de prisão de Deputados Federais e

c) Na hipótese de vacância e não havendo suplente,

d) A prerrogativa de foro em matéria criminal junto

e)

pelo Tribunal de Contas da União mediante controle externo.

titulares de mais de um cargo ou mandato público eletivo.

(Prova: FCC 2011 TRE‐‐‐‐PE Analista

Constitucional / Poder Legislativo) A prerrogativa concedida aos parlamentares para o exercício do ofício congressual, com a mais ampla liberdade de

/ Direito

Judiciário

20.

Área

Judiciária

Senadores, salvo em flagrante de crime inafiançável, é aplicável a partir da expedição do diploma pela Justiça Eleitoral.

será realizada eleição para preencher a vaga, de

manifestação,

por

meio

de palavras, discussão,

Deputado Federal ou Senador, se faltarem mais de

debate e voto no Parlamento ou em uma das suas comissões, se trata da imunidade

a) material.

24 meses para o término do mandato.

ao Supremo Tribunal Federal para Deputados

b) formal.

Federais e Senadores é aplicável a partir da posse

c) lógica.

no respectivo cargo.

d) objetiva.

e) subjetiva.

MPE Médio – Direito Constitucional I Exercícios – Poder Legislativo Prof.ª Tárcia Helena

MPE Médio – Direito Constitucional I Exercícios – Poder Legislativo Prof.ª Tárcia Helena

23. (Prova: FCC 2011 PGE‐‐‐‐MT Procurador /

Direito Constitucional / Poder Legislativo; Fiscalização Contábil, Financeira e Orçamentária (TCU)) O controle externo, a cargo do Congresso

Nacional, será exercido com o auxílio do Tribunal de Contas da União, ao qual a Constituição da República atribui competência originária para

a)

julgar as contas prestadas anualmente pelo Presidente da República, em sessenta dias a contar de seu recebimento.

b)

apreciar, para fins de registro, a legalidade dos atos de admissão de pessoal, a qualquer título, na administração direta e indireta, incluídas as fundações instituídas e mantidas pelo Poder Público, bem como as nomeações para cargo de provimento em comissão.

c)

aplicar aos responsáveis, em caso de ilegalidade de despesa ou irregularidade de contas, as sanções previstas em lei, que estabelecerá, entre outras cominações, multa proporcional ao dano causado ao erário.

d)

sustar a execução de contrato, se verificada ilegalidade, comunicando a decisão à Câmara dos Deputados e ao Senado Federal.

e)

fiscalizar a aplicação de quaisquer recursos repassados à União mediante convênio, acordo, ajuste ou outros instrumentos congêneres.

24.

(Prova: FGV 2011 OAB Exame de Ordem

Unificado 1 Primeira Fase (Jul/2011) / Direito Constitucional / Poder Legislativo) Considere a hipótese de Deputado Federal que cometeu crime (comum) após a diplomação. Nesse caso, é correto afirmar que

a) a Câmara dos Deputados pode sustar o andamento da ação penal.

b) o STF só pode receber a denúncia após a licença da Câmara dos Deputados.

c) o STF só pode receber a denúncia após a licença do Congresso Nacional.

d) o Congresso Nacional pode sustar o andamento da ação penal.

RESPOSTAS

01.

C

02.

C

03.

B

04.

A

05.

D

06.

C

07.

C

08.

B

09.

E

10.

A

11.

C

12.

C

13.

A

14.

C

15. E

16.

A

17.

C

18.

A

19.

A

20.

A

21.

B

22.

B

23.

C

24.

A