Você está na página 1de 46

IA 118 – PAISAGISMO, FLORICULTURA E PLANTAS ORNAMENTAIS

PAISAGISMO E MEIO AMBIENTE

A paisagem, suas mutações, seus usos e ocupações.

IA 118 – PAISAGISMO, FLORICULTURA E PLANTAS ORNAMENTAIS

Paisagismo e meio ambiente

IA 118 – PAISAGISMO, FLORICULTURA E PLANTAS ORNAMENTAIS

Paisagismo e meio ambiente

FLORICULTURA E PLANTAS ORNAMENTAIS Paisagismo e meio ambiente .IA 118 – PAISAGISMO.

FLORICULTURA E PLANTAS ORNAMENTAIS Paisagismo e meio ambiente .IA 118 – PAISAGISMO.

Paisagismo e meio ambiente .

.IA 118 – PAISAGISMO. FLORICULTURA E PLANTAS ORNAMENTAIS Paisagismo e meio ambiente Em 05/06/1972 – Estocolmo Meio Ambiente Desenvolvimento Sustentável.

.IA 118 – PAISAGISMO. “princípios basilares da aplicação das medidas ambientais na convivência internacional” (Grassi. FLORICULTURA E PLANTAS ORNAMENTAIS Paisagismo e meio ambiente Conferência da ONU com 114 países e 250 ONGs. 1995).

Nessas.IA 118 – PAISAGISMO. a periferia ruro-urbana destaca-se como uma espécie de termômetro de todos os problemas sociais e socioeconômicos dos tempos atuais. sublinhou-se que o enfoque unilateral do desenvolvimento refletia-se diretamente em nossas cidades e nos seus modos de vida. . FLORICULTURA E PLANTAS ORNAMENTAIS Paisagismo e meio ambiente Nesse encontro. E é o local onde emergem as grandes distorções de nossas sociedades.

IA 118 – PAISAGISMO. especialmente os ecossistemas devem ser preservados em benefício das gerações atuais e futuras. prérequisito dentro de um novo conceito de desenvolvimento. FLORICULTURA E PLANTAS ORNAMENTAIS Paisagismo e meio ambiente “Os recursos naturais da Terra (ar. água. solo e a fauna). mediante um cuidadoso planejamento ou administração adequada” Sendo essa atitude. .

IA 118 – PAISAGISMO.  Produção de alimentos e. bens industriais e de  Poluição causada ao Meio Ambiente.  Utilização predatória dos recursos naturais não renováveis. . FLORICULTURA E PLANTAS ORNAMENTAIS Paisagismo e meio ambiente Alertas sobre:  Crescimento populacional.

. FLORICULTURA E PLANTAS ORNAMENTAIS Paisagismo e meio ambiente O CRESCIMENTO POPULACIONAL AUMENTA A DEMANDA POR ENERGIA E GERA POLUIÇÃO.IA 118 – PAISAGISMO.

int/wfa/ > . Disponível em < http://dup.Paisagismo e meio ambiente Imagem de outubro de 2010. Fonte: Agência Espacial Européia.esrin.esa.

bióticas e socioeconômicas. no país.IA 118 – PAISAGISMO. . nos locais de implantação. tanto na área de influência direta quanto indireta. a realização de Estudos de Impactos Ambientais (EIA) e Relatórios de Impacto no Meio Ambiente (RIMA) para projetos de desenvolvimento com modificação relevante das situações físicas. FLORICULTURA E PLANTAS ORNAMENTAIS Paisagismo e meio ambiente Com a Resolução 001 de 1986 do Conselho Nacional de Meio Ambiente – CONAMA – tornava-se obrigatória.

incorporado como instrumento das ações compensatórias ou medidas mitigadoras desses estudos. FLORICULTURA E PLANTAS ORNAMENTAIS Paisagismo e meio ambiente O projeto paisagístico.IA 118 – PAISAGISMO. arquiteto paisagista entre outros no processo do planejamento da paisagem e do seu desenvolvimento para uma melhoria da qualidade de vida. . influenciando suas estimativas e realçando o seu valor. Agrônomo. instituía a presença do eng. biólogo.

FLORICULTURA E PLANTAS ORNAMENTAIS Paisagismo e meio ambiente Planejar a paisagem sempre foi um problema complexo. a ter ampliada a complexidade.IA 118 – PAISAGISMO. . políticos e profissionais das mais diferentes áreas. um processo em que estão envolvidos administradores. Não é mais apenas um gesto de “design” mas. principalmente e antes de tudo. E passou. desde então.

FLORICULTURA E PLANTAS ORNAMENTAIS Paisagismo e meio ambiente Quais os impactos gerados pela urbanização? Como o gesto paisagístico pode. como medida compensatória e mitigadora contribuir para diminuir os efeitos negativos da urbanização? .IA 118 – PAISAGISMO.

FLORICULTURA E PLANTAS ORNAMENTAIS .IA 118 – PAISAGISMO.

IA 118 – PAISAGISMO. FLORICULTURA E PLANTAS ORNAMENTAIS 1958 .

FLORICULTURA E PLANTAS ORNAMENTAIS .IA 118 – PAISAGISMO.

O parque foi inaugurado em 1965.200 000 m2. . com 1.

Paisagismo e meio ambiente .

jpg .http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/8/87/Rio-Aterro-Flamengo-Gloria.

glbimg.jpg (Foto: Pedro Jordano) .com/EH9Pgc9bQEDxCteBaDBk3drZ_rY=/s.com/jo/g1/f/original/2013/05/30/floresta.Espécies de floresta nativas da Mata Atlântica brasileira http://s2.glbimg.

PR. a Mata Atlântica ainda abriga uma parcela significativa da diversidade biológica do Brasil.  100 milhões de brasileiros vivem na sua área de domínio. SC. BA. RN. PB. chuvas. MG. GO. Proporciona qualidade de vida para 70% da população brasileira. RJ.  Mesmo com a devastação acentuada. ES. situados ao longo da costa atlântica. umidade. além de parte dos estados de MS e GO. MS. PE. AL.  Regula o clima. SP. CE. . temperatura.MATA ATLÂNTICA  Antes: 15% do território brasileiro e hoje são 8. do RS ao RN. PI).  Formações florestais que abrangem total ou parcialmente 17 estados brasileiros (RS.5%. SE.  Mantém nascentes e mananciais que abastecem as cidades.

Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Piauí e Paraná são os que têm situação mais crítica. Bahia. FLORICULTURA E PLANTAS ORNAMENTAIS Paisagismo e meio ambiente O desmatamento na Mata Atlântica entre 2011 e 2012 causou a perda de uma área de 235 km² de floresta. .269 km² de vegetação nativa. nos últimos 27 anos. Essa foi a maior taxa anual desde 2008. os estados de Minas Gerais . SOS Mata Atlântica.IA 118 – PAISAGISMO. A Bahia perdeu 45 km² de floresta no período. 2013. a Mata Atlântica perdeu 18. Já o Piauí perdeu 26 km² de área. Ainda de acordo com o Atlas do Inpe. Minas desmatou 107 km² de floresta. Atlas dos Remanescentes Florestais da Mata Atlântica. um aumento 70% maior que no período anterior. Segundo o Atlas. uma área equivalente a 12 cidades de São Paulo.

Pernambuco foi o único estado que perdeu área de manguezal. ecossistema que funciona como berçários marinhos e são áreas importantes para atividades como a pesca. Nos dois casos. 2013. na região de São João da Barra. Atlas dos Remanescentes Florestais da Mata Atlântica. ocorreu no estado do Rio de Janeiro. Já o maior desmatamento na vegetação de restinga. SOS Mata Atlântica. só existem naquela região. FLORICULTURA E PLANTAS ORNAMENTAIS Paisagismo e meio ambiente É o bioma mais ameaçado do país. e até 60% de suas espécies de plantas são endêmicas. Essa paisagem natural é uma das mais ricas em biodiversidade. segundo a SOS Mata Atlântica. o impacto ambiental foi causado por obras de infraestrutura. como a construção dos portos de Suape (em PE) e do Açú (no RJ).IA 118 – PAISAGISMO. ou seja. . Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

IA 118 – PAISAGISMO. FLORICULTURA E PLANTAS ORNAMENTAIS Fonte: Safriel & Adeel. 2005 Paisagismo e meio ambiente .

PAISAGISMO E EDUCAÇÃO AMBIENTAL 11ª SEMANA DE MUSEUS .

PAISAGISMO E EDUCAÇÃO AMBIENTAL 11ª SEMANA DE MUSEUS .

FLORICULTURA E PLANTAS ORNAMENTAIS Paisagismo e meio ambiente .IA 118 – PAISAGISMO.

IA 118 – PAISAGISMO. Foi proposto pela equipe técnica do Museu Nacional e logo ajustou-se a realidade socioambiental do país. embora diferentes dos ecossistemas originais. guardem. FLORICULTURA E PLANTAS ORNAMENTAIS Paisagismo e meio ambiente A noção de que se precisava manter ecossistemas de substituição em relação a ecossistemas degradados ou perdidos por atividades antrópicas. Mello Filho. vem desde 1940. 2001. O essencial é que esses ecossistemas antrópicos de substituição. preservem e transmitam ao futuro os valores que possuíam para que assim continuem presentes na realidade ambiental. .

IA 118 – PAISAGISMO. Glaziou usou pela primeira vez a exuberante flora brasileira em associação com elementos exóticos de marcante presença. como Glaziou e Burle Marx. . Glaziou também já apresentava em seus trabalhos foco na recomposição de áreas. FLORICULTURA E PLANTAS ORNAMENTAIS Paisagismo e meio ambiente As soluções paisagísticas concebidas por Chacel têm influência direta no trabalho e nas concepções de ilustres paisagistas.

como Eng. . Arquitetos. Eng. Nesse sentido profissionais provenientes de diversas categorias de formação. Florestais e outros podem/devem atuar. Fernando Chacel. 2001. Agrônomos.IA 118 – PAISAGISMO. Biólogos. FLORICULTURA E PLANTAS ORNAMENTAIS Paisagismo e meio ambiente O paisagismo ou o planejamento ambiental e paisagístico devem ser centrados nas condições naturais e socioeconômicas.

ou parte dele. FLORICULTURA E PLANTAS ORNAMENTAIS Paisagismo e meio ambiente Chacel tratou mais especificamente da paisagem litorânea carioca. focalizando em especial a sua cobertura vegetal que dominava a fitofisionomia da região.IA 118 – PAISAGISMO. . Chacel tinha uma meta: recriar aquela área através dos princípios da Ecogênese. cujo processo de ocupação levou-a quase a extinção: a Barra da Tijuca. Ecogênese: Processo de restauração de um ecossistema degradado. restituindo-lhe as condições mais próximas das originais.

IA 118 – PAISAGISMO. FLORICULTURA E PLANTAS ORNAMENTAIS Paisagismo e meio ambiente Fitofisionomias do Brasil e suas regiões de ocorrência .

FLORICULTURA E PLANTAS ORNAMENTAIS Paisagismo e meio ambiente .IA 118 – PAISAGISMO.

.

. FLORICULTURA E PLANTAS ORNAMENTAIS Paisagismo e meio ambiente A multiplicidade e diversidade dos ecossistemas que compõe os domínios morfoclimáticos e fitoecológicos da paisagem brasileira devem ser conhecidos.IA 118 – PAISAGISMO.

o Semi-árido do nordeste. . Chacel. o Planalto das Araucárias e as Coxilhas das Pradarias mistas. 2001.IA 118 – PAISAGISMO. FLORICULTURA E PLANTAS ORNAMENTAIS Paisagismo e meio ambiente Existem as terras baixas florestada da Amazônia. o domínio dos “mares de morros” e das matas da fachada Atlântica. o Cerrado penetrado por Florestas de Galeria.

IA 118 – PAISAGISMO. FLORICULTURA E PLANTAS ORNAMENTAIS Paisagismo e meio ambiente Como sintetizar conhecimentos de ordem socioeconômica envolvidas na formação de paisagens culturais tão diferenciadas dos diversos rincões de um país continental como o nosso? .

IA 118 – PAISAGISMO. FLORICULTURA E PLANTAS ORNAMENTAIS Paisagismo e meio ambiente .

IA 118 – PAISAGISMO. FLORICULTURA E PLANTAS ORNAMENTAIS Paisagismo e meio ambiente .