APRESENTAÇÃO PARA O MICROGERAR

 Projeto energia limpa (EE e ER) em micro e pequenas empresas de cadeias produtivas de alimentos
Foz do Iguaçu, 18/setembro/2013
1

2

  Eficiências em Fornos de casas de farinha   Aproveitamento Energético de efluentes de casas de farinha de mandioca Manipueira   Tratamento de Efluentes de Laticínios

FORNOS A LENHA: Situação usualmente encontrada

10

FORNOS A LENHA: Situação usualmente encontrada

11

14

Vista da parede divisória

Vista da forração com tijolo refratário

  Redução do consumo de lenha em 50%– 1 m3 para produzir 1.000kg;   Melhoria da saúde dos trabalhadores;   Melhoria ambiental   Aumento da receita líquida

COMPOSIÇÃO MÉDIA DE ÁGUAS RESIDUÁRIAS DE INDÚSTRIA DE FARINHA DE MANDIOCA

VARIÁVEIS Coloração Turbidez, mg L-1 pH Sólidos totais, mg L-1 Sólidos em suspensão, mg L-1 Sólidos dissolvidos, mg L-1 Sólidos Sedimentáveis, ml L-1 Oxigênio consumido, mg L-1 DBO, mg L-1 Ácido cianídrico, mg L-1
Fonte: HESS, 1962- p/ Lucas J. 2013

ÁGUA DO LAVADOR Marron claro 1.000 5,0 3.000 1.200 1.800 5 1.000 1.500 10

ÁGUA DA PRENSAGEM Branca, amarela 3.000 4,5 70.000 25.000 45.000 50.000 20.000 30.000 250

20

Disposição atual da manipueira

Disposição atual da manipueira

22

Uso intensivo também de energia elétrica

24

Potencial energético da manipueira
ESTIMATIVA DA PRODUÇÃO DE BIOGÁS Para a estimativa da produção diária de biogás podem ser adotados os seguintes parâmetros: -  - DQO da manipueira de entrada no sistema de biodigestão: 50.000 mg.L-1. -  - Redução de Carga Orgânica no Sistema: 65% -  - Produção de biogás de 0,68 L.g-1 DQO destruída. PRODUÇÃO DE BIOGÁS PARA UMA CARGA DIÁRIA DE 6.000 L/dia.   Produção Esperada de Biogás: 195.000 X 0,68 L.g-1 DQO destruída = 132.600 L/ dia = 132,6 m3/dia = 238 kWh PRODUÇÃO DE BIOGÁS PARA UMA CARGA DIÁRIA DE 15.000 L/dia.   Produção Esperada de Biogás: 487.500 X 0,68 L.g-1 DQO destruída = 331.500 l L/dia = 331,5 m3/dia = 595 kWh

 

Fonte: Jorge de Lucas Junior

25

LATICINIOS

26

Sistemas de tratamento de efluentes de Laticínios sem resíduos adicionais

27

Utilização de biodigestores

28

USO INTENSO DE ENERGIA ELÉTRICA NOS LATICÍNIOS
Motores elétricos nem sempre eficientes Cortes frequentes de energia

29

O projeto “Energia limpa em micro e pequenas empresas na cadeia alimentícia brasileira”

  Título original: “EE and RE in micro and small enterprises in food productive chains”   Um dos 28 projetos selecionados entre as 595 propostas globais submetidas ao REEEP.

30

MOTIVADORES DA NOSSA PROPOSTA PARA O REEEP
  Trabalhos anteriores desenvolvido pela EDS com as duas cadeias produtivas: Laticínios e Mandioca;   Uso intensivo de energia e necessidade de melhoria da rentabilidade nas micro e pequenas empresas de alimentos (laticínios e casas de farinha);   Disponibilidade de resíduos orgânicos com potencial energético;   Oportunidade criada com as resoluções normativas da ANEEL 482 e 512 de 2012;   Iteração com rede importante de parceiros.

31

PARCERIAS
  Secretaria de Estado do Planejamento e do Desenvolvimento Econômico – SEPLANDE-AL;   SEBRAE;   Banco do Brasil;   Sansuy;   Cooperativa de Produção Leiteira de Alagoas – CPLA   Agencia de Desenvolvimento de Pernambuco - AD Diper

32

PRINCIPAIS ATIVIDADES E RESULTADOS
    Mobilizar os parceiros incluídos por meio de reuniões e workshops envolvendo instituições chaves; Levantar a situação atual para elaboração de diagnóstico nas cadeias produtivas de mandioca e de laticínios para verificar os usos atuais de energia e o potencial da EE e ER incluindo resíduos; Projetar possíveis soluções em ER e medidas em EE para as instalações estudadas; Preparar estudo de viabilidade para estimar o valor agregado das medidas em ER / EE e seu impacto ambiental. Implementar no mínimo dois projetos demonstrativos para cada uma das cadeias produtivas com a finalidade de desenvolvimento de mercado; Fornecer assistência técnica para projetos semelhantes para promover o mercado.       Desenvolver o modelo financeiro proposto, identificar fontes de financiamento. Compilar aprendizados do projeto em uma publicação nacional Organizar encontros regionais para apresentar os resultados.

 

 

 

 

33

Impactos esperados
  Consumo de energia reduzido em pelo menos 20% na cadeia produtiva de laticínios.   Redução do consumo de madeira nos fornos de farinha de mandioca em 50% e em 30% no consumo de energia elétrica   Eliminação da água residual dos laticínios e da contaminação por estrume   Redução de custos para as empresas, aumento de lucro e da empregabilidade   Maior consciência sobre as tecnologias a partir da publicação proposta   Possibilidade de replicação do projeto 400 instalações de farinha de mandioca e 300 instalações de laticínios nos estados de Alagoas e Pernambuco   Redução das emissões de carbono nas duas cadeias produtivas

34

Projetos Elaborados

Farinheira A ; 500m3

Laticínio B ; 100m3

35

DADOS DO PROJETO
            Local: Brasil Duração: 2013-2014 Setor: Energia renovável & eficiência energética Foco temático: Energia e alimento Doador REEEP: Noruega Parceiro para implementação: EDS – Sustenergy

36

.

37

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful