Você está na página 1de 4

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL

FACULDADE DE BIBLIOTECONOMIA E COMUNICAÇÃO


DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DA INFORMAÇÃO

PLANO DE ENSINO

CÓDIGO/DISCIPLINA
BIB03087 - INFORMAÇÃO EM REDE

PRÉ-REQUISITOS DOCENTE
BIB03016 e BIB03064
Rafael Port da Rocha
ETAPA CRÉDITOS/CARGA HORÁRIA
ACONSELHADA
03/ 45h/a
Terceira etapa
PERÍODO LETIVO HORÁRIO
2009/2
sexta das 9h30min
NATUREZA
Obrigatória
SÚMULA
Sociedade da Informação e do Conhecimento. Tecnologias da Informação e da Comunicação aplicadas
às unidades e serviços de informação: impactos sociais e culturais. Serviços de provisão e acesso a bases
de dados e a texto integral. Redes de Informação e Comunicação. Hipertexto: histórico e características.
Ferramentas de busca na WEB. Critérios para avaliação da informação disponível em rede.

1 OBJETIVOS

Dominar aspectos sociais, tecnológicos e operacionais no que diz respeito à informação disponível através
das redes.

1 COMPETÊNCIAS E HABILIDADES

Competências: conhecer a internet e seus serviços relacionados à informação; saber explorar as


potencialidades da internet no que diz respeito à informação nela disponível (hipertexto, mecanismos de
busca, etc.); saber identificar tendências e potencialidades futuras da internet (web semântica e social); ter
domínio sobre os diversos tipos de bases de dados e seus serviços; conhecer mecanismos de busca na
internet; ter domínio sobre os diversos tipos de redes de informação e seus serviços; explorar os aspectos
sociais da informação em rede.

Habilidades: identificar, caracterizar e operar em serviços da internet relacionados à informação; identificar,


caracterizar, avaliar e operar em bases de dados; dominar mecanismos de busca da informação; identificar e
caracterizar redes de informação; posicionar-se frente aos aspectos sociais; posicionar-se frente à evolução
da tecnologia.
2 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

- PARTE 1 – Redes de Computadores, Internet e Tecnologia da Informação


- Internet: características, histórico, serviços da Internet
- Groupware, Hipertexto e ambiente World Wide Web
- Mecanismos de Busca para ambiente World Wide Web

- PARTE 2 – Serviços de Bases de Dados na Web


- Arquivos Abertos

- PARTE 3 – Web Coletiva e Social


- Web2.0
- Inteligência Coletiva e Filtragem colaborativa, Folksonomias

- PARTE 4 – Informação, Tecnologia e Sociedade


- Redes de Informação
- Sociedade da Informação

4 METODOLOGIA

Aula expositiva, exercícios individuais e em grupo, leitura e comentário de textos, análise de fontes
disponíveis na web, operação em ambientes colaborativos (www.ufrgs.br/fabrico), apresentações.

5 CRONOGRAMA DE ATIVIDADES

ATIVIDADES MÊS 1 MÊS 2 MÊS 3 MÊS 4


Parte 1 XXXX XXX
Parte 2 X XXX
Parte 3 X XXX
Parte 4 XXX

6 EXPERIÊNCIAS DE APRENDIZAGEM

Explorar a Web no que diz respeito à informação, buscar de informações na web, analisar construção
coletiva na Web.

7 AVALIAÇÃO

7.1 Procedimentos

O conceito da disciplina será formado pelo conceito de uma prova, com peso de 70%, e pelo conceito de
trabalho(s), com peso de 30%, sendo que, na prova, é exigido um conceito mínimo de C.
7.2 Critérios

CONCEITOS OBJETIVOS ALCANÇADOS QUALIDADE DE ATINGIMENTO DOS


OBJETIVOS ALCANÇADOS
A PLENAMENTE, COM AVANÇOS EXCELENTE – 90 a 100%
B PLENAMENTE SUFICIENTE – 75 a 89%
C PARCIALMENTE SUFICIENTE – 60 a 74%
D MUITO PARCIALMENTE INSUFICIENTE -inferior a 60%

7.1 Atividades de Recuperação

Deverão realizar recuperação:


● Alunos que não obtiverem na prova o conceito mínimo C.
● Alunos que não obtiverem o conceito mínimo C no conceito da disciplina (prova 70% e
trabalho 30%)
Para estes alunos, o conceito final será o da prova de recuperação

Alunos que não necessitam realizar recuperação, podem usar a prova de recuperação para substituir
o conceito da prova, quando maior.

8 BIBLIOGRAFIA

ARNAL, DÍAC. Informe API sobre Web Social. Informe API 01, 2008. Disponível em
http://eprints.rclis.org/15106/1/informeapeiwebsocial.pdf
CATARINO, M.; BAPTISTA, A. Folksonomia: um novo conceito para organização
dos recursos digitais na Web. Datagrama Zero, v.8, n.3, jun. 2007
CENDÓN, Beatriz Valadares. Ferramentas de Busca na Web. Ciência da
Informação, Brasília, v.30, n.1, p.39-49, jan./abr. 2001.
LEVY, P. Cibercultura. São Paulo: Editora 34, 1999.
LEVY, P. As Tecnologias da Inteligência. São Paulo: Editora 34, 2004.
O'REILLY, T., What Is Web 2.0 : Design Patterns and Business Models for the
Next Generation of Software. 2005. Disponível
em:http://www.oreillynet.com/lpt/a/6228 . Acesso em 12/2007
ROWLEY, Jennifer. A Biblioteca Eletrônica. Brasília: Briquet de Lemos/Livros,
2002.
TOMAÉL, M. Redes de informação: o ponto de contato dos serviços e unidades de
informação no Brasil, E-LIS, 2005. Disponível em
http://eprints.rclis.org/archive/00009871/
WEINBERGER, D. A nova desordem digital. Rio de Janeiro:Elsevier, 2007.

A NDE RS ON , C. The Lo n g Ta il. W ir ed . I ssu e 1 2. 10 , O ct ob e r 20 04


BERNERS-LEE, T.; HENDLER, J.; LASSILA O. The Semantic Web. Scientific American, May
2001.

DIAS, Cláudia Augusto. Hipertexto: evolução histórica e efeitos sociais. Ciência da Informação, v.28,
n.3, 1999.
FUCK, H.; GEROSA, M.; PIMENTEL, M. Projeto de Comunicação em Groupware: Desenvolvimento,
Interface e Utilização. XXII Jornada de Atualização em Informática, Anais do XIII Congresso da
SBC, v.2, cap.7, 2003
KELLY, K. We are the Web. Wired, issue 12.10, oct. 2004
MANESS, J. Library 2.0 Theory: Web 2.0 and Its Implications for Libraries. Webology, v.3, n.2,
jun.2006
MARCONDES, C.; SAYÃO, L. Documentos digitais e novas formas de cooperação entre sistemas de
informação em C&T. Ciência da Informação, v.31, n.3, set./dez. 2002.
MANOLA, F. MILLER,C. Rdf Primer. W3C, fev. 2005. Disponível em http://www.w3.org/TR/rdf-
primer/
MATHES, A.Folksonomies - Cooperative Classification and Communication Through Shared
Metadata, dec. 2004. disponível em http://www.adammathes.com/academic/computer-mediated-
communication/folksonomies.html
MIRANDA, Antonio. Sociedade da Informação: globalização, identidade cultural e conteúdos. Ciência
da Informação, Brasília, v. 29, n.2, p.78-88, maio/ago. 2000.
MONTEIRO, Silvana Drumond. A forma eletrônica do Hipertexto. Ciência da Informação, v. 29,
n.1,2000.
VILAN, Fo. Jayme. Hipertexto: visão geral de uma nova tecnologia de informação. Ciência da
Informação , Brasília, v.23, n.3, p.295-308, set./dez.1994
VEIRA. Redes de Informação e Comunicação. In:__ Redes de ICT e a Participação
Brasileira. Brasília:IBICT/SEBRAE, 1994