Você está na página 1de 50

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

Decreto – Lei nº235/83, de 31 de Maio

Edifícios e Pontes Decreto – Lei nº235/83, de 31 de Maio RSA – Regulamento de Segurança
Edifícios e Pontes Decreto – Lei nº235/83, de 31 de Maio RSA – Regulamento de Segurança

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

de 31 de Maio RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e

F. Ferreira Nov06

Objecto e Campo de Aplicação

Critérios gerais de segurança

Verificação da segurança Estados limites (últimos) Coeficientes de segurança aplicados em parcelas probabilísticas

de segurança aplicados em parcelas probabilísticas Quantificação das acções Acção = solicitação Peso

Quantificação das acções

Acção = solicitação Peso próprio; temperatura; vento; neve; sismos e acções específicas Valores característicos Valores reduzidos

específicas Valores característicos Valores reduzidos RSA – Regulamento de Segurança e Acções para

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

Valores reduzidos RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes F.

F. Ferreira Nov06

Estados Limites

Estados limites últimos ? prejuízos muito severos - rotura Estados limites de utilização ? prejuízos pouco severos

Estados limites de utilização ? prejuízos pouco severos RSA – Regulamento de Segurança e Acções para
Estados limites de utilização ? prejuízos pouco severos RSA – Regulamento de Segurança e Acções para

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

pouco severos RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes F.

F. Ferreira Nov06

Classificação das Acções Acções permanentes Acções variáveis Acções de acidentes RSA – Regulamento de

Classificação das Acções

Acções permanentes Acções variáveis Acções de acidentes

permanentes Acções variáveis Acções de acidentes RSA – Regulamento de Segurança e Acções para
permanentes Acções variáveis Acções de acidentes RSA – Regulamento de Segurança e Acções para

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

de acidentes RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes F.

F. Ferreira Nov06

Critérios de quantificação das acções

Acções permanentes

Valores característicos

?

Acções variáveis

Valores característicos

Peso próprio

valores extremos da ocorrência no período de 50 anos

o

maior nevão dos últimos 50 anos!

o

maior vendaval dos últimos 50 anos!

Valores reduzidos

valores característicos x probabilidade de ocorrência em

simultâneo

probabilidade do maior nevão ocorrer em simultâneo com o maior vendaval!

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

o maior vendaval! RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

F. Ferreira Nov06

Exemplo de acções mais frequentes que actuam numa estrutura ordinária

Acções permanentes

Peso próprio - G

Acções variáveis

Sobrecarga - Q

Vento -

W

Neve -

S

Sismo -

E

Acções de acidente

- W Neve - S Sismo - E Acções de acidente Força de impacto em acidentes

Força de impacto em acidentes rodoviários - Fa

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

rodoviários - Fa RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

F. Ferreira Nov06

Critérios de combinação das acções

Combinações de acções

Verificar estados limites para diferentes casos de carga.

Verificar estados limites para diferentes casos de carga. Considerar combinações verosímeis e que produzam os

Considerar combinações verosímeis e que produzam os efeitos mais desfavoráveis.

Exemplo: Não se considera verosímil concentração de pessoas em coberturas em simultâneo com acção de vento.

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

acção de vento. RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

F. Ferreira Nov06

Critérios de combinação das acções

Combinações de acções

Verificar estados limites para diferentes casos de carga.

Considerar combinações verosímeis e que produzam os efeitos mais desfavoráveis.

Exemplo: Acção da neve em simultâneo com acção do peso de trabalhadores

da neve em simultâneo com acção do peso de trabalhadores RSA – Regulamento de Segurança e

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

de trabalhadores RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes F.

F. Ferreira Nov06

Critérios de combinação das acções

Combinações de acções

Verosímeis e que produzam os efeitos mais desfavoráveis

Acções permanentes

Devem figurar em todas as combinações Afectadas de um coef. segurança 1,5 se desfavorável Afectadas de um coef. segurança 1,0 se favorável

desfavorável

peso

de um coef. segurança 1,0 se favorável desfavorável peso vento favorável peso vento RSA – Regulamento

vento

favorável peso
favorável
peso

vento

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

peso vento RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes F.

F. Ferreira Nov06

Verificação da segurança

Comparando valores de deformação ou extensão admissíveis com os obtidos por aplicação dos casos de carga resultantes das combinações de acções.

Comparando os valores das acções aplicadas com valores das acções do mesmo tipo e configuração que conduzem à ocorrência dos estados limites.

Comparando valores de esforços ou tensões admissíveis com os obtidos por aplicação dos casos de carga resultantes das combinações de acções

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

de acções RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes F.

F. Ferreira Nov06

Verificação da segurança, em relação aos estados limites últimos que não envolvam perda de equilíbrio ou fadiga

Consiste em respeitar a condição:

S d = R d

S d - valor de cálculo do esforço actuante R d - valor de cálculo do esforço actuante

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

esforço actuante RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes F.

F. Ferreira Nov06

Verificação da segurança, em relação aos estados limites últimos que não envolvam perda de equilíbrio ou fadiga

Combinações fundamentais:

S

d

=

m

Â

i = 1

g

gi

S

Gik

+ g

q

È

Í

Î

S

Q

1

k

+

n

Â

j = 2

Y

0

j

S

Qjk

˘

˙

˚

S Gik - esforço resultante de uma acção permanente, valor característico;

S Q1k - esforço resultante da acção de base variável, valor característico;

S Qjk - esforço resultante de uma acção variável, valor característico; g gi - coeficiente de segurança relativo às acções permanentes; g q - coeficiente de segurança relativo às acções variáveis; y 0j - coeficiente probabilístico da acção variável de ordem j.

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

de ordem j . RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e

F. Ferreira Nov06

Quantificação das acções

Acções permanentes

Peso próprio da estrutura e equipamentos.

permanentes Peso próprio da estrutura e equipamentos. Peso volumétrico do aço Peso de paredes divisórias.

Peso volumétrico do aço

Peso de paredes divisórias. Impulso de terras e cedências de apoios.

77 kN/m 3

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

apoios. 77 kN/m 3 RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e

F. Ferreira Nov06

Quantificação das acções

Acções das variações de temperatura

Dispor as estruturas de dispositivos construtivos adequados para, como juntas de dilatação, para minimizar os esforços resultantes.

de dilatação, para minimizar os esforços resultantes. RSA – Regulamento de Segurança e Acções para
de dilatação, para minimizar os esforços resultantes. RSA – Regulamento de Segurança e Acções para

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

resultantes. RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes F. Ferreira

F. Ferreira Nov06

Quantificação das acções

Acções do vento

Zoneamento do território

Zona A – generalidade do território. Zona B – Ilhas, faixa costeira de 5km e altitudes superiores a 600m.

Rugosidade aerodinâmica do solo.

Rugosidade do tipo I – zonas urbanas. Rugosidade do tipo II – zonas rurais.

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

– zonas rurais. RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

F. Ferreira Nov06

Quantificação das acções

Acções do vento

Pressão dinâmica do vento – w k kN/m 2

Zona B = 1,2 * Zona A

dinâmica do vento – w k kN/m 2 Zona B = 1,2 * Zona A RSA

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

B = 1,2 * Zona A RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de

F. Ferreira Nov06

Quantificação das acções

Acções do vento

Coeficientes de forma e pressão para uma superfície em particular da edificação:

pressão para uma superfície em particular da edificação: RSA – Regulamento de Segurança e Acções para

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

da edificação: RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes F.

F. Ferreira Nov06

Quantificação das acções Acções do vento Coeficientes de forma e pressão para uma superfície exterior

Quantificação das acções

Acções do vento

Coeficientes de forma e pressão para uma superfície exterior em particular da edificação:

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

da edificação: RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes F.

F. Ferreira Nov06

Quantificação das acções Acções do vento Coeficientes de forma e pressão para uma superfície exterior

Quantificação das acções

Acções do vento

Coeficientes de forma e pressão para uma superfície exterior em particular da edificação:

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

da edificação: RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes F.

F. Ferreira Nov06

Quantificação das acções Acções do vento Coeficientes de forma e pressão para uma superfície exterior

Quantificação das acções

Acções do vento

Coeficientes de forma e pressão para uma superfície exterior em particular da edificação:

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

da edificação: RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes F.

F. Ferreira Nov06

Quantificação das acções

Acções do vento

Coeficientes de forma e pressão para uma superfície exterior em particular da edificação (coberturas):

exterior em particular da edificação (coberturas): RSA – Regulamento de Segurança e Acções para

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

(coberturas): RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes F. Ferreira

F. Ferreira Nov06

Quantificação das acções

Acções do vento

Coeficientes de pressão interior para uma superfície em particular da edificação.

Coeficientes de pressão interiores variam consoante a permeabilidade das paredes, frinchas de janelas, portas e portões

Vento normal as fachadas permeáveis Vento normal as fachadas impermeáveis Quatro fachadas com permeabilidade semelhante Fachada com abertura predominante

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

d pi = +0,2 d pi = -0,3 d pi = -0,3 d pi = 0,75 d pe

Edifícios e Pontes d p i = +0,2 d p i = -0,3 d p i

F. Ferreira Nov06

Quantificação das acções

Acções do vento

Coeficientes de pressão exteriores e interiores somam-se para se obter o coeficiente de pressão sobre a fachada.

d

p

= d

pe

+ d

pi

Quantificação da acção pela pressão exercida sobre a superfície

p = d

p

w

k

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

p = d p w k RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de

F. Ferreira Nov06

Quantificação das acções

Acções do vento

Podem ainda ser utilizados coeficientes de força para determinados tipos de estruturas.

F = d

f

w A 1
w A
1

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

F = d f w A 1 RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas

F. Ferreira Nov06

Quantificação das acções

Acções do vento

Podem ainda ser utilizados coeficientes de força para determinados tipos de estruturas.

l =

A

1

A

2

A 2

para determinados tipos de estruturas. l = A 1 A 2 A 2 RSA – Regulamento

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

A 1

1 A 2 A 2 RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios

F. Ferreira Nov06

Quantificação das acções

Acções do vento

Podem ainda ser utilizados coeficientes de força para determinados tipos de estruturas.

F

= d

f

w A

1

força para determinados tipos de estruturas. F = d f w A 1 RSA – Regulamento
força para determinados tipos de estruturas. F = d f w A 1 RSA – Regulamento

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

F = d f w A 1 RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas

F. Ferreira Nov06

Quantificação das acções

Acções do vento

Coeficientes para obter os valores reduzidos da pressão dinâmica do vento

y 0 =0,4; y 1 =0,2; y 2 =0

Quando a acção de base é a sobrecarga

y 0 =0,6

=0 Quando a acção de base é a sobrecarga y 0 =0,6 RSA – Regulamento de

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

y 0 =0,6 RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

F. Ferreira Nov06

Quantificação das acções

Acções da neve

A considerar nos distritos de Viana do Castelo, Braga, Vila Real, Bragança, Porto, Aveiro, Viseu, Guarda, Coimbra, Leiria, Castelo Branco e Portalegre.

S

k

= m

1

400

(

h -

50)

kN / m

2

m coeficente de forma da superfície;

h altitude do local em causa;

de forma da superfície; h – altitude do local em causa; RSA – Regulamento de Segurança

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

do local em causa; RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e

F. Ferreira Nov06

Quantificação das acções

Acções da neve

Coeficiente de forma m da superfície sobre o qual se deposita a neve.

de forma m da superfície sobre o qual se deposita a neve. RSA – Regulamento de

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

se deposita a neve. RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e

F. Ferreira Nov06

Quantificação das acções

Acções da neve

Coeficiente de forma m da superfície sobre o qual se deposita a neve.

de forma m da superfície sobre o qual se deposita a neve. RSA – Regulamento de

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

se deposita a neve. RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e

F. Ferreira Nov06

Quantificação das acções

Acções da neve

Coeficientes para obter os valores reduzidos da acção da neve

y 0 =0,6; y 1 =0,3; y 2 =0

da acção da neve y 0 =0,6; y 1 =0,3; y 2 =0 RSA – Regulamento

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

=0,3; y 2 =0 RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e

F. Ferreira Nov06

Quantificação das acções

Acções específicas de edifícios

das acções Acções específicas de edifícios Acções específicas de pontes rodoviárias Acções

Acções específicas de pontes rodoviárias

Acções específicas de passadiços

Acções específicas de pontes ferroviárias

Outras acções

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

Outras acções RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes F.

F. Ferreira Nov06

Quantificação das acções

Acções específicas de edifícios

Sobrecargas em coberturas, mínimo de 0,3kN/m 2 e 1,0kN. Sobrecargas em pavimentos, de 1,5kN/m 2 a 6,0kN/m 2 . Sobrecargas em varandas, mínimo de 5,0kN/m 2 . Sobrecargas em acessos, mínimo de 3,0kN/m 2 . Acções em guardas e parapeitos, mínimo de 0,5kN/m.

2 . Acções em guardas e parapeitos, mínimo de 0,5kN/m. RSA – Regulamento de Segurança e

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

mínimo de 0,5kN/m. RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

F. Ferreira Nov06

Quantificação das acções

Acções específicas de pontes rodoviárias

Sobrecargas, mínimo de 100kN, 3kN/m 2 e 30kN/m.

Força centrífuga.

Forças de frenagem.

Acções em passeios, guardas e guarda rodas, 3kN/m 2 e 20kN/m.

em passeios, guardas e guarda rodas, 3kN/m 2 e 20kN/m. RSA – Regulamento de Segurança e

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

2 e 20kN/m. RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

F. Ferreira Nov06

Quantificação das acções

Acções específicas de passadiços

Sobrecargas, mínimo de 4kN/m 2 .

Acções em guardas,

1,5kN/m.

mínimo de 4kN/m 2 . Acções em guardas, 1,5kN/m. RSA – Regulamento de Segurança e Acções

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

guardas, 1,5kN/m. RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes F.

F. Ferreira Nov06

Exemplo de aplicação

Acções sobre a cobertura para o parque de motociclos do ISEP

Acções a considerar para combinações:

Peso próprio Sobrecarga Vento Neve Sismos Acções accidentais

próprio Sobrecarga Vento Neve Sismos Acções accidentais RSA – Regulamento de Segurança e Acções para
próprio Sobrecarga Vento Neve Sismos Acções accidentais RSA – Regulamento de Segurança e Acções para

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

accidentais RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes F. Ferreira

F. Ferreira Nov06

Exemplo de aplicação

Acções sobre a cobertura para o parque de motociclos do ISEP

Acções a considerar para combinações:

Peso próprio Telhas 0,06kN/m 2 Madres 0,10kN/m – estimativa – cálculo iterativo Vigas 0,20kN/m – estimativa – cálculo iterativo Pilares

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

iterativo Pilares RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes F.

F. Ferreira Nov06

Exemplo de aplicação

Acções sobre a cobertura para o parque de motociclos do ISEP

Acções a considerar para combinações:

Peso próprio Telhas 0,06kN/m 2 Madres 0,10kN/m Vigas 0,20kN/m Pilares

(0,06 + 0,1/1,8 + 0,25/5) kN/m 2

Vigas 0,20kN/m Pilares (0,06 + 0,1/1,8 + 0,25/5) kN/m 2 RSA – Regulamento de Segurança e

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

+ 0,25/5) kN/m 2 RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e

F. Ferreira Nov06

Exemplo de aplicação

Acções sobre a cobertura para o parque de motociclos do ISEP

Acções a considerar para combinações:

Peso próprio Telhas 0,06kN/m 2 Madres 0,10kN/m Vigas 0,20kN/m

0,166 kN/m 2

0,06kN/m 2 Madres 0,10kN/m Vigas 0,20kN/m 0,166 kN/m 2 RSA – Regulamento de Segurança e Acções

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

0,166 kN/m 2 RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

F. Ferreira Nov06

Exemplo de aplicação

Acções sobre a cobertura para o parque de motociclos do ISEP

Acções a considerar para combinações:

Sobrecarga 0,3kN/m 2

0,3 kN/m 2 ou 1,5 kN/m

Sobrecarga 0,3kN/m 2 0,3 kN/m 2 ou 1,5 kN/m RSA – Regulamento de Segurança e Acções

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

2 ou 1,5 kN/m RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e

F. Ferreira Nov06

Exemplo de aplicação

Acções sobre a cobertura para o parque de motociclos do ISEP

Acções a considerar para combinações:

Vento

Pressão dinâmica do vento

W k = 0,7 kN/m 2

Vento Pressão dinâmica do vento W k = 0,7 kN/m 2 RSA – Regulamento de Segurança

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

k = 0,7 kN/m 2 RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios

F. Ferreira Nov06

Exemplo de aplicação

Acções sobre a cobertura para o parque de motociclos do ISEP

Acções a considerar para combinações:

Vento

d p = +1,5 d p = +0,55
d p = +1,5
d p = +0,55
considerar para combinações: Vento d p = +1,5 d p = +0,55 RSA – Regulamento de

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

= +1,5 d p = +0,55 RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de

F. Ferreira Nov06

Exemplo de aplicação

Acções sobre a cobertura para o parque de motociclos do ISEP

Acções a considerar para combinações:

Vento

d p = -1,5 d p = -0,55
d p = -1,5
d p = -0,55
considerar para combinações: Vento d p = -1,5 d p = -0,55 RSA – Regulamento de

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

= -1,5 d p = -0,55 RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de

F. Ferreira Nov06

Exemplo de aplicação

Acções sobre a cobertura para o parque de motociclos do ISEP

Acções a considerar para combinações:

Vento

p = d

p

w

k

1,05 kN/m 2 0,385 kN/m 2
1,05 kN/m 2
0,385 kN/m 2

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

2 0,385 kN/m 2 RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e

F. Ferreira Nov06

Exemplo de aplicação

Acções sobre a cobertura para o parque de motociclos do ISEP

Combinações:

Acção de base o vento

Sd = 1,5*S G + 1,5*(S W + 0,7*S Q )

0,166 kN/m

2 1,05 kN/m 2 0,385 kN/m 2

0,166 kN/m 2 1 , 0 5 k N / m 2 0,385 kN/m 2 0,3
0,166 kN/m 2 1 , 0 5 k N / m 2 0,385 kN/m 2 0,3

0,3 kN/m

2 ou 1,5 kN/m

k N / m 2 0,385 kN/m 2 0,3 kN/m 2 ou 1,5 kN/m RSA –
k N / m 2 0,385 kN/m 2 0,3 kN/m 2 ou 1,5 kN/m RSA –

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

kN/m 2 ou 1,5 kN/m RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios

F. Ferreira Nov06

Exemplo de aplicação

Acções sobre a cobertura para o parque de motociclos do ISEP

Combinações:

Acção de base o vento

de motociclos do ISEP Combinações: Acção de base o vento Sd = 1,0*S G + 1,5*(S

Sd = 1,0*S G + 1,5*(S W + 0,7*S Q )

0,166 kN/m

2 1,05 kN/m 2 0,385 kN/m 2

0,166 kN/m 2 1 , 0 5 k N / m 2 0,385 kN/m 2 0,3
0,166 kN/m 2 1 , 0 5 k N / m 2 0,385 kN/m 2 0,3

0,3 kN/m

2 ou 1,5 kN/m

k N / m 2 0,385 kN/m 2 0,3 kN/m 2 ou 1,5 kN/m RSA –
k N / m 2 0,385 kN/m 2 0,3 kN/m 2 ou 1,5 kN/m RSA –

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

kN/m 2 ou 1,5 kN/m RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios

F. Ferreira Nov06

Exemplo de aplicação

Acções sobre a cobertura para o parque de motociclos do ISEP

Combinações:

Acção de base a sobrecarga

Sd = 1,5*S G + 1,5*(S Q + 0,6*S W )

0,166 kN/m

2 1,05 kN/m 2 0,385 kN/m 2

0,166 kN/m 2 1 , 0 5 k N / m 2 0,385 kN/m 2 0,3
0,166 kN/m 2 1 , 0 5 k N / m 2 0,385 kN/m 2 0,3

0,3 kN/m

2 ou 1,5 kN/m

k N / m 2 0,385 kN/m 2 0,3 kN/m 2 ou 1,5 kN/m RSA –
k N / m 2 0,385 kN/m 2 0,3 kN/m 2 ou 1,5 kN/m RSA –

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

kN/m 2 ou 1,5 kN/m RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios

F. Ferreira Nov06

Exemplo de aplicação

Acções sobre a cobertura para o parque de motociclos do ISEP

Combinações:

Acção de base a sobrecarga

do ISEP Combinações: Acção de base a sobrecarga Sd = 1,5*S G + 1,5*(S Q +

Sd = 1,5*S G + 1,5*(S Q + 0,6*S W )

0,166 kN/m

2 1,05 kN/m 2 0,385 kN/m 2

0,166 kN/m 2 1 , 0 5 k N / m 2 0,385 kN/m 2 0,3
0,166 kN/m 2 1 , 0 5 k N / m 2 0,385 kN/m 2 0,3

0,3 kN/m

2 ou 1,5 kN/m

k N / m 2 0,385 kN/m 2 0,3 kN/m 2 ou 1,5 kN/m RSA –
k N / m 2 0,385 kN/m 2 0,3 kN/m 2 ou 1,5 kN/m RSA –

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

kN/m 2 ou 1,5 kN/m RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios

F. Ferreira Nov06

Exemplo de aplicação

Acções sobre a cobertura para o parque de motociclos do ISEP

Combinações ou acções locais:

Carga concentrada de umtrabalhador sobre elementos secundários

1,0 kN
1,0 kN

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

secundários 1,0 kN RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

F. Ferreira Nov06

FIM

RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes

FIM RSA – Regulamento de Segurança e Acções para Estruturas de Edifícios e Pontes F. Ferreira

F. Ferreira Nov06