Você está na página 1de 11

Gente, esse é meu macete predileto!

è pra saber qtos ministros, desembargadores, juízes, etc,


tem em cada tribunal. vamos lá entao

S.T.F. (Supremo Tribunal Federal) - Somos Time de Futebol - time de futebol tem qtos
jogadores? aeeeeee 11 ministros!

S.T.J (Superior Tribunal de Justiça) - Somos Todos de Jesus - com qtos anos jesus morreu? ae 33
ministros!

T.S.T (Tribunal Superior do Trabalho) - Trinta Sem Tres - esse é matemática, trinta sem 3 é? 27
ministros

T.S.E. (Tribunal Superior Eleitoral) - pega o T e poe depois do E! faz o que? SET isso mesmo, 7
ministros.

S.T.M (Superior Tribunal Militar) - Somos Todas Moças - com qts anos as meninas viram
moçinhas? aeeeeeeee 15!!!

é engraçado mas funciona! isso cai em prova viu!

abraço gente!

LEGITIMIDADE PARA ADIN 09/11/2005 00:44


LEGITIMIDADE PARA PROPOR ADIN

1)Três pessoas
a) Presidente
b) Governador*
c) PGR
2)Três mesas
a) Mesa das Assembléias*
b) Mesa da Câmara
c) Mesa do Senado
3)Três instituições
a) OAB
b) Partido com represent. no CN
c) Confed. Sind./Ent. Classe Nacional*

Observe que de cada grupo eu escolhi o mais “fraquinho”


e coloquei asterisco. É que o constituinte resolveu pegar esses mais
“fraquinhos” e exigir pertinência temática (art. 97/CF)

Outra observação: pode causar alguma confusão com os


legitimados a propor MS coletivo, porque se parecem.
Na verdade, pareciam, pois agora vou diferenciá-los;

PARECIAM = PARESIA1
PARE = PArtido com Representação
E = Entidade de classe
SI = SIndicato
A = Associação constituída há pelo menos 1 ano

PASSEI ESSE MACETE NO ÚLTIMO SEGUNDO ANTES DE NOS ENTREGAREM A PROVA SUBJETIVA
PARA DELEGADO DE GOIÁS E O COLEGA FOI APROVADO NA PENÚLTIMA COLOCAÇÃO EM 2001.

AINDA ACHOU COMPLICADO?? ENFORQUE-SE!

FOI OUTORGADA OU PROMULGADA? AS CONSTITUIÇOES


- Quando surgir esta dúvida, use esse macete:

Promulgadas - 1988-1946-1934-1891 (Só esta última é nr ímpar)

Outorgadas - 1969-1967-1937-1824 (Só esta última é nr par)

Essa dicas foram excelentes...mas vai mais uma para aqueles, como eu, que costumam trocar
as bolas.
Para não confundir o que é par e ímpar é o seguinte:
Promulgada = Par (P=P)
A outorgada é por exclusão.

Já ví concursos colocando a Carta Magna de 1967 como promulgada. A Emenda de 1969 é que
sancionou a ditadura, adaptando a Carta ao AI- 5. Isso pode ser uma pegadinha num
Concurso...

A Constituição de 1967 foi semi-outorgada. Das Constituições promulgadas teve somente a


aparência. Das Constituições outorgadas teve o vício autoritário. Mas como não houve lima
outorga pura e simples talvez o mais exato seja mesmo caracterizá-la sob uma terceira
nomenclatura.

Pessoal, só atentem nos concursos sobre a discussão acerca da existência ou não de uma
Constituição de 1969, pois há divergência sobre o tema! Há quem entenda por 7 Constituições, e
outros, por 8

Improbidade Administrativa 01/02/2006 04:01


Mais um que lembrei agora (Quem quiser me corrigir, fique à vontade. É que eu posto de cabeça
e às vezes erro feio!)

O agente público que incorre em improbidade administrativa é SUPER IRRESponsável

Consequências constitucionais

SU - SUspensão dos direitos políticos


PER - PERda da função pública
I - Indisponibilidade dos bens
RES - RESsarcimento ao erário
ATRIBUTOS DO ATO ADM - PAI
- PAI
- Presunção de legitimidade
- Auto-executoriedade
- Imperatividade
OS ATRIBUTOS DOS ATOS ADMS.
ATRIBUTOS DOS ATOS ADMINISTRATIVOS= "PATI" OU PITA

P. presunção de legitimidade e veracidade


A. auto-executoriedade
T. tipicidade (Maria Silvia Di Pietro)
I. imperatividade.

DIR. ADMINISTRATIVO
Se alguém lhe perguntar os elementos do ato administrativo, diga que são estes cinco que eu...
...COMFFIRMO
- COMpetencia
- Forma
- FInalidade
- Motivo
- Objeto

Requisitos ou Elementos do Ato Administrativo 04/02/2006 12:32


Os requisitos do Ato Administrativo como todos sabem são cincos:
a) Sujeito
b) Finalidade
c) Forma
d) Motivo
e) Objeto

Princípios Constitucionais da Adm. Pública 28/07/2005 20:44


Conforme o art. 37 da Constituição Federal, a administração pública direta e indireta obedecerá
aos princípios de:

Legalidade
Impessoalidade
Moralidade
Publicidade
Eficiência

Nessa ordem temos: L I M P E.

Obs.: Esses são apenas os princípios expressos na constituição. Outros princípios podem ser
encontrados na Lei 9.784/99, art. 2º, Lei 8.666/93...

Princípios da Adm. Publica 09/05/2006 07:25


L - LEGALIDADE
I - IMPESSOALIDADE
M - MORALIDADE
P - PUBLICIDADE
E - EFICIÊNCIA
R - RAZOABILDIADE

Ps.: A princípio da Razoabilidade embora não se encontra no art.37 da CF, é considerado


doutrinariamente... Cai em concursos viu. Caiu no último do TRT

AB-ROGAÇÃO e DERROGAÇÃO
AB-ROGAÇÃO - revoga ABsolutamente toda a lei!!

DERROGAÇÃO - apenas uma parte..


DERROGAÇÃO - apenas uma parte..(um DEtalhe)..
DERROGAÇÃO - substitui PARCIALMENTE a lei.

AB-ROGAÇÃO = ABsolutamente
DERROGAÇÃO = DE parte da lei

Você quer saber o que é prescrição ou Decadencia?

Prescrição ---> Afeta sempre uma das partes, sendo prejudicial, por exemplo: O advogado tem
o prazo de cinco anos para entrar com um Ação para cobrar os Honorarios advocaticios... Neste
caso, ele perderá o direito a prentensão, não necessariamente o Direito, entretanto, por não
exercer o direito desta pretensão o direito se torna algum impossível de ser requerido.
Geralmente, a prescrição está no elenco do artigo 205 e 206, forá deste rol, será provavelmente
Decandencia previsto na lei.

Decadência --> Afeta a todos de forma igual, matéria de ordem pública, gerando a "perda" de se
intentar em juízo, acabando com o próprio direito. Exemplo: O prazo para entrar com Ação
Rescisória, é de 2 anos ápos o trânsito em julgado da Ação. Neste caso, as partes poderiam
entra com a Ação antes que se formasse a coisa julgada soberana. Geralmente a decândencia se
opera em dias, como por exemplo o prazos de consumidor de 180 dias, 90 dias e 30 dias...
sempre previsto em lei.

Ambos, atualmente podem ser decretados de oficio pelo juiz...!

Lembra daqueles programas do Sílvio Santos:

- Na PRESCRIÇÃO, você perde o DIREITO DE AÇÃO;


- Na DECADÊNCIA: PERDEU TUDO!! (até o direito).

Prescriçao = perca do prazo processual


Decadencia= perca do direito da agir.

PLEBISCITO X REFERENDO
Plebiscito - Prévio (P-P);
Referendo - Ratifica ou Rejeita, portanto, é posterior (R - R - R).

EXTRADIÇÃO, EXPULSÃO, DEPORTAÇÃO


Mais um macete legal galera! Esses conceitos costumam cair bastante em prova teste!

EXPULSÃO = "UL" tem as mesmas letras de UniLateral ou "U" de 1, ou seja, é ato de retirada
unilateral(forçada) pelo cometimento de atividade nociva ao Estado. Não há requisição!

EXTRADIÇÃO = "TR" lembra 3 que é mais que 1 e não pode ser trilateral (hehe!) mas com
certeza é bilateral. Bilateral pq alguém pede. É requisição de outro Estado.

DEPORTAÇÃO = "PORT" lembra passaPORTe, ou seja, situação irregular no país. É tb retirada


forçada e ato unilateral.

DESCONCENTRAÇÃOXDESCENTRALIZAÇÃO 23/02/2006 10:10


São institutos muito confundidos por todos nós e que merece um macete para ajudar!
Antes de tudo, para visualizar melhor, pegue uma folha e faça um circulo maior e outro menor
dentro daquele. No círculo do centro (menor), escreva administração direta e no maior escreva
administração indireta. Feito isso, lembre-se que a desconcentração acontece dentro da
administração direta (circulo menor) e a descentralização ocorre da administração direta para a
indireta (faça uma flecha saindo da adm. direta p/ indireta).

Agora o macete:

DESCONCENTRAÇÃO = o próprio nome já diz tudo:

CON=com
CENTRAÇÃO=centro

Ou seja: fica com o centro, não sai dele, tudo acontece nele.

DESCENTRALIZAÇÃO: pelo nome tb já da pra lembrar:

DES = SEM
CENTRALIZAÇÃO = CENTRO

Ou sej: sem o centro, sai do centro para a periferia.

É isso aí! Espero que gostem!

Quero lembrar ainda que os macetes são técnicas para nos ajudar a relembrar um ponto, não
existe nenhuma técnica científica, até porque, quanto mais babaca o macete mais fácil para
assimilarmos!

Por favor DESCULPEM-ME! Escrevi tão apressado que não percebi o erro. Esqueci de acrescentar
a administração indireta na explicação. Por ter cometido esse equívoco, sinto-me na obrigação
de uma breve explicação.

A desconcentração é simples técnica administrativa, e é utilizada, tanto na Administração Direta,


quando na Indireta.

Ocorre a chamada desconcentração quando a entidade da Administração, encarregada de


executar um ou mais serviços, distribui competências, no âmbito de sua própria estrutura, a fim
de tornar mais ágil e eficiente a prestação dos serviços.

A desconcentração pressupõe, obrigatoriamente, a existência de uma só pessoa jurídica. Em


outras palavras, a desconcentração sempre se opera no âmbito interno de uma mesma pessoa
jurídica, constituindo uma simples distribuição interna de competências dessa pessoa.

De outro modo (em resumo):

Desconcentração = distribuição interna de competências. Visa descongestionar. Liga-se à


hierarquia.

Descentralização = distribuição de competências de uma para outra pessoa.

Distinção entre remição e remissão 27/07/2005 23:22


Tal macete é proposto por Alexandre Freitas Câmara. A palavra remissão, como se sabe,
significa perdão, e para pedir perdão as pessoas vão à missa. Missa, assim como
remissão(perdão), escreve-se com dois ésses. Já remição (de bens e de execução), significa
resgate.
Lições de Direito Processual Civil vol. II, 7ª ed.
CARACTERISTICAS DOS DIREITOS FUNDAMENTAIS. 09/11/2005 07:00
É so lembrar que você "HIIIA" estudar para não esquecer quais as características destes direitos.

H - istoricidade.
I - nalienabilidade.
I - mprescritibilidade.
I - rrenunciabilidade.
A - plicabilidade imediata.

Provas Ilícitas x Provas Ilegítimas (Proc. Penal) 11/01/2006 10:14


Provas Ilícitas: são obtidas com violação ao Direito Material

Provas Ilegítimas: são aquelas que violam normas de Direito Processual

Macete:

Ilícitas ( 8 letras ) = Material ( 8 letras )

Ilegítimas ( 10 letras ) = Processual ( 10 letras )

Pessoa Jurídica X Personalidade Jurídica

Conforme o Dicionário Michaelis, pessoa jurídica é a entidade abstrata com existência e


responsabilidade jurídicas como, por exemplo, uma associação, empresa, companhia,
legalmente autorizadas. Podem ser de direito público (União, Unidades Federativas, Autarquias
etc.), ou de direito privado (empresas, sociedades simples, associações etc.). Vale dizer ainda
que as empresas individuais, para os efeitos do imposto de renda, são equiparadas às pessoas
jurídicas.

Pessoa física é a pessoa natural, isto é, todo indivíduo (homem ou mulher), desde o nascimento
até a morte. A personalidade civil da pessoa começa do nascimento com vida. Para efeito de
exercer atividade econômica, a pessoa física pode atuar como autônomo ou como sócio de
empresa ou sociedade simples, conforme o caso.

EX NUNC OU EX TUNC

Eu sempre lembro utilizando o seguinte macete:

Ex tunc: retroage TUDO


Ex nunc: (o contrário) a partir de então...

Ex Tunc = Tudo volta


Ex Nunc = Nada volta

ex nunc = Now (agora) em diante


ex tunc = desde entTão
Elisão fiscal X Evasão fiscal
Quando o contribuinte utiliza meios ilícitos para eliminar ou diminuir o pagamento de tributo
comete:

Elisão fiscal = se tais meios ilícitos são utilizados NO MOMENTO ou ANTES do fato gerador.

Evasão fiscal = se utilizados DEPOIS do fato gerador.

Assim, o que determina uma e outra é o tempo do fato gerador.

Para memorizar:

ELISA GERA EVA

1º Elisa (elisão)
2º GERA (fato gerador)
3º EVA (evasão)

Exceção ao princípio da legalidade tributária:

II,
IE,
IOF,
IPI,
CIDE,
CPMF de combustível.

Exceção ao princípio da anterioridade tributária ANUAL:

II,
IE,
IOF,
IPI,
CIDE combustível,
CPMF Combustível,
IEG (Imposto Extraordinário de Guerra),
ECC e G (Empréstimo compusório de calamidade e Guerra),
Contribuição para a Seguridade Social, que respeita apenas 90 dias.

Exceção ao princípio da anterioridade tributária NONAGESIMAL:

II,
IE,
IOF,
IR,
IEG,
ECC(Empréstimo compulsório de calamidade)
Alterações na base de cálculo do IPVA e do IPTU.

Lembrem-se que o II, IE e IOF estão em todas, não respeitam nada!!!!!


SUSPENDEM O CRÉDITO TRIBUTÁRIO 18/10/2005 04:46
- DEMORE LIMPAR

DE = DEpósito
MO = MOratória
RE = REclamações e REcursos
LIM = LIMinares em MS
PAR = PARcelamento do débito

OBS: É só lembrar que quem é devedor do crédito tributário vai "DEMORAR SE LIMPAR"

Exceções ao Princípio da anterioridade tributária 20/02/2006 07:03


Não é um macete, mas sim um resumo que nos ajuda a lembrar das exceções ao princípio da
anterioridade tributária

I) Tributos de exigência imediata (não respeitam o exercício financeiro e nem os 90


dias):
a)II, IE, IOF;
b)Imposto extraordinário de guerra;
c)Empréstimo compulsório por calamidade pública.

II)Observam apenas os 90 dias:


a)contribuições previdenciárias;
b)IPI;
c)Cide- combustível e ICMS-combustível.

III) Observam apenas a regra do exercício financeiro:


A)empréstimo compulsório para investimento público;
B)IR;
C)Base de cálculo do IPTU e IPVA.

SUSPENDEM O CRÉDITO TRIBUTÁRIO 18/10/2005 04:46


- DEMORE LIMPAR

DE = DEpósito
MO = MOratória
RE = REclamações e REcursos
LIM = LIMinares em MS
PAR = PARcelamento do débito

OBS: É só lembrar que quem é devedor do crédito tributário vai "DEMORAR SE LIMPAR"

MODERECOPA 30/12/2005 08:55


Pessoal, este é um macete dado pelo professor Sabbag do Curso Ielf/Prima.

MODERECOPA
Mo - Moratória
De - Deposito
Re - Reclamaçoes e Recursos
Co - Concessão de liminar ou tutela antec.
Pa – Parcelamento
IMPOSTOS DA UNIÃO 03/11/2005 03:37
Conheci um "cabra", quando eu morava no Mato Grosso (é verdade!), que montou uma
fabriquinha de sabão numa região rural bem na fronteira com o Paraguai, para isso, pegou
empréstimo no banco. Pois bem, o cara comprava matéria-prima no Paraguai, fabricava o sabão
e vendia o produto no Paraguai mesmo. O camarada enricou fazendo essa parada! Mas o
curioso, é que ele paga TODOS OS IMPOSTOS DE COMPETÊNCIA DA UNIÃO, VEJA:

Art. 153. Compete à União instituir impostos sobre:

I - importação de produtos estrangeiros;


(A matéria prima)
II - exportação, para o exterior, de produtos nacionais ou nacionalizados;
(O sabão)
III - renda e proventos de qualquer natureza;
(Imposto de Renda da fabriquinha)
IV - produtos industrializados;
(O sabão)
V - operações de crédito, câmbio e seguro, ou relativas a títulos ou valores mobiliários;
(empréstimo no banco)
VI - propriedade territorial rural;
(a fábrica era na região rural)
VII - grandes fortunas, nos termos de lei complementar.

(o "cabra" ficou rico)

E nós aprendemos a decorar todos os impostos de competência da União!!!

Macete para memorizar números de Leis. 04/05/2006 19:03


Vejo com tristeza operadores do Direito evitando memorizar números de Leis. Professores
chegam a dizer que “não precisa”. Eu nunca tive notícia de um aluno de medicina com medo de
memorizar nomes de remédios, mazelas, etc. É bem verdade que alguns nascem com a
facilidade natural para a memorização de números, outros sequer memorizam o número do CPF
ou CEP. Agora imagine você em uma prova oral de faculdade ou de concurso e a questão
colocada pelo avaliador trata do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Nada melhor que
iniciar seus arrazoados mencionando o número da Lei. Logo de início o avaliador irá perceber
que você conhece a matéria e já passa a respeitá-lo. A boa notícia é que existem técnicas para
memorizar números. Ainda no exemplo do ECA, tente memorizar 8069. Você pode até dizer que
memoriza, afinal são só 4 dígitos. Mas será que depois de 2 anos você seria capaz de lembrar?
Eu acredito que não. Porém se você pensar que foi adolescente nos anos 80 e que adolescente
só pensa em sexo (69) você NUNCA irá esquecer. Parece brincadeira, mas é assim que funciona.
Estudar passa a ser prazeroso e divertido. Qualquer número de lei pode ser memorizado pela
técnica. Alguns números precisam de técnica de memorização que você facilmente encontra na
internet. Nessa técnica trocam-se os números por letras e formam-se palavras.
Em todas as técnicas de memorização de números de leis é extremamente necessária uma
imaginação fértil para fazer a ligação entre a palavra criada com os números (transformados em
letras) e a matéria da Lei. Por exemplo, você pode não saber, mas o Art. 70, para os que
utilizam a técnica, representa a palavra CASA, e por coincidência o Art. 70 do Código Civil trata
do DOMICÍLIO. Assim fica fácil memorizar, não é verdade?
MÉTODO DO ALFABETO FONÉTICO

Trata-se de um poderoso método mnemônico, e consiste em associar números a fonemas.


Primeiro teremos que aprender o alfabeto fonético, que consiste de dez sons consonantais:
Note a aparência do número ou o som, use sua imaginação.

O som correspondente ao n. 1 será o T (note como o 1 parece um T)

O som correspondente ao n. 2 será o N (duas perninhas)ou NH (tb atribuo ao 2 a letra D de


dois)

O som correspondente ao n. 3 será o M (3 perninhas)

O som correspondente ao n. 4 será o R ou RR (quatrrrro )

O som correspondente ao n. 5 será o L ou LH (lembre de 50 dos algarismos romanos, sei que 5


é V, mas V já é o número 8)

O som correspondente ao n.6 será o G, (parece um G mesmo) , X ( 6 parece uma xícara de chá,
lembre-se, são fonemas)

O som correspondente ao n. 7 será o K, (como em cão) (lembra das fitas K7)

O som correspondente ao n. 8 será o V (de ovo, dois ovos)

O som correspondente ao n. 9 será o P

O som correspondente ao n. 0 será o Z (de zero)ou Ç

Com o tempo atribuiremos mais letras aos números.

Para decorar as cláusulas pétreas!!! 10/06/2006 06:55


As cláusulas pétreas constituem o núcleo intangível da Constituição Federal, não podem ser
excluídas do ordenamento constitucional;

FOi VOcê que SEPAROU os DIREITOS???

FO- forma federativa de Estado


VO- voto direto, secreto, universal e periódico
SEPAROU - Separação de poderes
DIREITOS- Direitos e garantias individuais

"FORtunato e FEDErico VOTam em DIUSEPE SEPARAdamente porque é um DIREITO E GARANTIA


INDIVIDUAL

FOR FEDE = Forma Federativa


VOT DIUSEPE = Voto Direto, Universal, Secreto e Periódico
SEPARA = Separação de Poderes
DIREITO E GARANTIA INDIVIDUAL = Direitos e Garanias Individuais