Você está na página 1de 8

Resolução – listas Macro III

Lista 1:
 Capítulo 1:
1. Para se mensurar o nível de desenvolvimento de um país é mais importante analisar o PIB total ou PIB per
capita? Explique. Qual a importância do PIB total?
Para mensurar o nível de desenvolvimento de um país é mais importante analisar o PIB per capita já que ele,
por indicar a distribuição de renda no país, serve como proxy de vários outros fatores como acesso a
melhores serviços de saúde, alimentação mais balanceada etc., o que indica maior desenvolvimento do país.
Já o PIB total serve como medida de comparação da evolução entre países diferentes por representar a
soma de tudo que é produzido por estes. Logo, países com PIB total maior são, em tese, mais desenvolvidos.

Capítulo 2:
1. Quais os problemas que surgem ao se analisar a relação entre duas variáveis? Explique de forma
detalhada.
Surgem os problemas de se determinar a correlação e a causação entre as variáveis. Em relação à
correlação, busca-se determinar o grau ao qual duas variáveis caminham juntas. Já quanto a causação, no
caso de duas variáveis X e Y, busca-se determinar se X determina Y, se Y determina X ou se há correlação
espúria dessas duas variáveis com uma terceira variável omitida Z.
2. Quais as variáveis que determinam o nível de desenvolvimento de um país? Explica de acordo com a
parábola do livro.
O nível de desenvolvimento de um país é determinado pela acumulação dos fatores de produção advinda da
taxa de investimento dentro de um país, que por sua vez pode ser explicada pela taxa de poupança interna;
também, pela produtividade do país, determinada pela tecnologia utilizada e pela eficiência no uso dos
fatores acumulados a partir dos investimentos realizados.

Capítulo 3:
1. Quais as propriedades que definem o fator de produção capital físico? Explique porque esse é o fator mais
importante no modelo de Solow.
O capital deve, por definição, ser produtivo (ao ser usado, aumenta a quantidade de produto que pode ser
produzida), ser produzido (ser construído ou criado; daí a questão de terra não ser considerada capital), de
uso limitado (rival: apenas um número limitado de pessoas pode usar uma quantidade dada de capital por
vez), dar retorno (devido ao fato de ser produtivo e de uso limitado) e depreciável. Este é importante pois o
modelo de Solow, como apresentado, considera o capital por trabalhador, k, como a única fonte de
diferenças de renda por trabalhador entre diferentes países, ignorando diferenças em outros fatores de
produção ou nas funções de produção às quais os diferentes países estão sujeitos.
2. Com base no modelo de Solow, explique a relação apresentada na figura 3.1.
O modelo de Solow, como apresentado, considera que a única causa das diferenças entre a renda por
trabalhador entre países diferentes é a diferença de capital por trabalhador que existe em cada país. Assim,
é previsto pelo modelo que países com mais capital por trabalhador consequentemente terão mais renda
por trabalhador, fato corroborado pela figura 3.1, um gráfico de dispersão relacionando capital por
trabalhador e renda por trabalhador. Pode-se inferir a partir da figura que países com maior quantidade de
capital por trabalhador possuem maior renda por trabalhador, conforme prevê o modelo de Solow.
3. Derive o modelo de Solow e aponte quais são as implicações do modelo.
________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________  Capítulo 4: 1. ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ 2. produto e crescimento populacional de acordo com o modelo de Malthus. Mostre como as alterações no nível de produtividade e na taxa de crescimento populacional afetam a renda per capita no modelo malthusiano. ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ . Explique detalhadamente – inclusive com a utilização de gráficos – as relações entre população. Como a introdução do crescimento populacional afeta o modelo de Solow (mostre algebricamente considerando um modelo com tempo contínuo)? Explique porque uma elevação do crescimento populacional afeta negativamente o nível de renda por trabalho no estado estacionário.

enquanto a Ásia representará aprox. 55% do total. países mais desenvolvidos economicamente apresentam menores taxas de mortalidade e fertilidade. 7% da população mundial. As mudanças nas taxas citadas redesenharão a distribuição populacional no planeta. consequentemente. Defina “tempo effect” e momentum demográfico.. através do qual os países atualmente em desenvolvimento vivenciarão expansões populacionais decorrentes de melhores condições. também apresentando crescimento. fluxo reduzido de recursos dos filhos para os pais quando aqueles são adultos. Já quanto ao desenvolvimento econômico. por fim. crescimento vertiginoso. Assim. o que geraria uma interpretação errônea dos dados). alimentação de melhor qualidade etc. conclui-se. Qual a capacidade de pessoas que o planeta “suporta” de forma sustentável? Explique. e. postergar em um ano a decisão de ter filhos reduziria durante esse ano a TFR a zero. 3. que a redução na fertilidade eleva o PIB per capita. que torna o custo de oportunidade de se ter filhos maior. 141). ao contrário do que acontecia no período pré-industrial. o tradeoff qualidade-quantidade. 4. o que reduz o incentivo de se ter filhos. ocorre a interação da mortalidade (considerada no número de mulheres que chegam à idade reprodutiva em relação ao total de mulheres nascidas) com a natalidade (considerada no número de filhas que uma mulher poderá dar à luz). Assim. o que reduz a mortalidade porém em contrapartida gera índices de fertilidade menores pelas seguintes razões: redução da mortalidade. para o período citado. podendo a taxa líquida de reprodução servir como base para a previsão de como se dará o crescimento populacional no futuro. Percebe-se que isto se dará em decorrência do desenvolvimento econômico. A taxa líquida de reprodução é o número esperado de filhas que cada mulher nascida poderá dar à luz assumindo que ela tenha durante sua vida a mesma mortalidade e fertilidade correntes. garantirá que a população cresça mesmo que a taxa de fertilidade se mantenha constante. que leva pessoas a terem menos filhos já que estes sobreviverão. . Já o momentum demográfico é o aumento do número de mulheres em idade reprodutiva. Uma redução na fertilidade gerará uma menor diluição do capital e. Ainda. É difícil dizer a quantidade que o planeta suportaria de forma sustentável porque deve-se considerar o padrão de vida ao qual a população estaria sujeita (um padrão menor suportaria mais pessoas. 2. 27% da população total. respondendo por aprox. enquanto os países desenvolvidos sofrerão retração populacional em decorrência das baixas taxas de fertilidade. tendo como ferramenta de análise o modelo de Solow (vide livro pg. durante o qual a mortalidade infantil era alta. e o oposto é válido) e a tecnologia disponível. Esse aumento momentâneo da fertilidade. não se pode dizer com qualquer margem de certeza sobre o nível de população que o planeta suportaria de modo sustentável.  Capítulo 5: 1. as Américas responderão por aprox. e consequentemente dos filhos nascidos nessa época.3. Por essas razões. O que é transição demográfica? Como a fertilidade e mortalidade interagem de modo a determinar a taxa líquida de reprodução? Como o processo de desenvolvimento econômico afeta as taxas de mortalidade e fertilidade? Explique de forma detalhada. ao passo que a África responderá por aprox. este proporciona às pessoas melhores condições de vida como maior acesso a serviços de saúde. Transição demográfica é o processo pelo qual as características demográficas (da população) de um país são transformadas conforme este se desenvolve. que aumenta a produtividade para dados fatores de produção. que ocasiona o aumento do número de mulheres em idade fértil. Assim. Como mudanças nas taxas de mortalidade e fertilidade afetarão o mapa mundial? Explique. 12%. A população na Europa diminuirá. Quais os efeitos de uma redução na fertilidade sobre o PIB per capita? Explique. através do qual pais preferem ter filhos mais bem desenvolvidos e preparados em detrimento da quantidade total de filhos. apresentando. efeito substituição. uma menor diluição do PIB total pela população de um país. que acarreta um aumento no número de bebês mesmo que a a taxa de fertilidade se mantenha constante ao longo do tempo. O que este último termo implica em relação ao modo em que mudanças na fertilidade afetam o crescimento populacional futuro? Tempo effect é o efeito que o aumento na idade média de parição (“dar à luz”) gera na taxa total de fertilidade (por exemplo.

através de gráficos de dispersão. o que pode ter sido causado por duas razões: a abertura das economias às negociações internacionais. escrever e realizar operações matemáticas. consequentemente afetando a acumulação de capital humano com o passar do tempo.) . o capital humano é uma parcela remunerada dos fatores de produção. Ainda. dividindo-as por faixas de escolaridade (ex. 3. que tornou os empregados graduados mais produtivos em relação aos profissionais com menor escolaridade. ao propiciarem às pessoas melhores condições de saúde e melhor preparação. que são naturalmente mais abrangentes. a partir de 1950 o salário relativo dos empregados com ensino superior sobe consideravelmente.11. a relação entre nutrição e PIB per capita.: em países da América Latina inferiu-se que pessoas que tiveram a doença nos primeiros anos de vida apresentavam metade da produtividade das pessoas que não tiveram a doença. o que evidencia os efeitos prejudiciais da enfermidade à formação de capital humano. quais sejam: o capital humano refere-se às qualidades produtivas das pessoas. Assim. conforme aumentam os anos de escolaridade. fato este devido à popularização do ensino superior. por exemplo. 2. Explique de forma detalhada como é possível calcular a parcela da participação do capital humano na renda e porque há uma queda no retorno a cada ano de escolaridade quanto maior a escolaridade do indivíduo. tornam-nas mais produtivas por estarem em melhores condições físicas e terem maior capacidade intelectual. Explique as relações apresentadas nas figuras 6. especialmente quando incide em crianças ou em fetos. como por exemplo ler. o capital humano possui semelhanças com o capital físico. como por exemplo as habilidades específicas de uma pessoa. Pode-se concluir que existem quedas de retorno conforme a escolaridade aumenta porque nos primeiros anos de escolaridade que são ensinadas as habilidades mais importantes. essas qualidades também são produzidas. da mesma forma que o capital físico. assim como o capital físico. o capital humano deprecia. tem-se que a acumulação de capital humano é diretamente proporcional a investimentos em saúde e educação. assim as habilidades aprendidas nos últimos anos de escolaridade representam um incremento menor na renda quando comparadas às habilidades aprendidas nos primeiros anos. Explique a evolução da remuneração dos empregados com ensino superior em relação àqueles com ensino médio nos EUA.1 e 6. Já pessoas com maior grau de escolaridade apresentam maior especialização. podese verificar como a remuneração varia de pessoa para pessoa. o que aumentou a oferta de profissionais graduados. a partir da função de produção pode-se verificar a parcela paga ao capital físico. habilidades estas que representam um diferencial maior quando comparadas a alguém sem escolaridade. ou ainda devido ao desenvolvimento tecnológico. prejudicando as condições de saúde e o desenvolvimento cognitivo da criança.Lista 2:  Capítulo 6: 1.1 e 6. ainda. ainda.1 mostram. pretende-se verificar como se dá a relação entre investimentos em saúde e educação e o PIB per capita. e média de anos de estudo e PIB per capita. e a diferença entre o total e essa parcela é a remuneração do capital humano. Qual a relação de investimentos em saúde e educação com o capital humano? Quais as diferenças e semelhanças entre capital humano e capital físico? Capital humano são as qualidades do trabalho. Investimentos em saúde e educação estão relacionados ao capital humano porque estes.: 0 a 4 anos de estudo. percebe-se que esta influencia negativamente a formação de capital humano. o que dá indícios de que maiores investimentos em educação e saúde de fato aumentam a parcela de capital humano. Então. sua experiência etc. Porém. (ex. Assim. o que elevou a demanda por profissionais graduados já que a média mundial de profissionais com ensino superior era menor que a dos EUA. As figuras 6. bem como o capital físico. Quais são os efeitos econômicos da malária? Entre 1940 e 1950 o prêmio de salário atribuído às pessoas com ensino superior caiu quando comparado ao salário pago às pessoas com ensino médio. 4 a 8 anos e assim por diante) e verificando o diferencial de salários entre as diferentes faixas. relações estas que mostram que os investimentos citados e o PIB per capita são diretamente proporcionais. Para verificar a parcela da participação do capital humano na renda. Já em relação à malária. respectivamente. Defina capital humano.

Quanto da variação da renda por trabalho é explicada por variações no nível de escolaridade? ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________  Capítulo 7: 1. Defina produtividade. já que o diferencial de produtividade é o que é exigido para explicar diferenças de produto que não sejam explicadas por acumulação de capital. acredita-se que a diferença de capital físico entra países pobres e ricos seja maior do que o estimado. A partir disso. Como o fato de não se levar em conta o diferencial de qualidade do capital humano afeta a medida de produtividade? Explique. Quando não se leva em conta o diferencial de . Assim. Mostra qual o nível de capital físico por trabalho e da renda por trabalho no estado estacionário. Explique a relação entre fatores de produção. Explique o método de contabilidade do desenvolvimento. é provável que o valor que se acredita existir de capital físico seja inflacionado em relação à quantidade de capital físico que existe de fato. Derive o modelo de Solow com a introdução do capital humano considerando que o tempo é contínuo. e portanto presume-se que a diferença de produtividade entre os países pobres e ricos seja menor do que o estimado atualmente.4. Quais dos seguintes segmentos são mais relevantes para explicar o diferencial no nível de renda entre os países: fatores de produção ou produtividade? Podem existir problemas de medida do capital físico uma vez que os recursos investidos em sua formação podem ser subvertidos para outros fins. como corrupção etc. ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ 2. produtividade e produto por unidade de trabalho utilizando a função de produção com capital humano. Aponte os problemas com a mensuração do capital físico e como eles podem afetar a medida de produtividade.

Já o progresso tecnológico. 2. “destruindo” outros fatores como firmas menos desenvolvidas. já que assim mais recursos são investidos em P&D. tamanho do mercado. Ela difere da acumulação de fatores como fonte de crescimento pois esta possui limitações: há um limite para o crescimento da quantidade de capital humano bem como para a quantidade de capital físico. Quão importantes são os fatores de produção e a produtividade para explicar os diferenciais de crescimento de renda entre os países? ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________  Capítulo 8: 1. porém o desenvolvimento tecnológico permite que os retornos decrescentes impostos por estas limitações sejam transcendidos. O que significa dizer que a tecnologia é não rival e não excludente? Quais fatores influenciam uma firma na alocação de recursos para P&D? Como a criação de patentes afeta essa decisão? Considerando as tecnologias como sendo ideias. tempo de exploração da vantagem e a incerteza inerente ao P&D). nos quais podem estar envolvidas patentes. elas são não rivais porque o uso delas por uma pessoa não impede que outra pessoa as use. a medida de produtividade é superestimada. 56% da variação total. superestimando as diferenças de produtividade. com os processos de transformação de insumos.qualidade do capital humano. O que é contabilidade do crescimento? Mostre como é possível mensurar o crescimento da produtividade de um país no tempo a partir da função de produção com capital humano. quando se considera que a maior parte do P&D é desenvolvido por agentes privados. ela permite que ocorram aumentos na taxa de crescimento da economia ao elevar sua produtividade. A criação e a difusão de novas tecnologias permite que o progresso tecnológico seja positivo. fazendo com que mais tecnologia seja gerada e mais pessoas se envolvam nesse processo. os estímulos advindos dos lucros obtidos com novas tecnologias que as firmas tem para continuar desenvolvendo novas tecnologias. ou seja. segredos industriais etc. já que dessa forma a medida de capital humano por trabalhador será subestimada. Elas também são não excludentes pois não se pode impedir que ideias sejam utilizadas por outras pessoas. é determinado pelas decisões desses agentes. o que reduz a influência da acumulação de fatores na explicação do produto. fazendo com que mais produto consigam ser produzidos para uma dada quantidade de insumos. respondendo por aprox. cabendo o restante à produtividade. Assim. por exemplo. posições de emprego das pessoas pela substituição por máquinas etc. que por sua vez levam em conta os ganhos potenciais advindos do P&D (quanto de retorno será obtido. 3. A firma é . ao contrário do que acontece. A acumulação de fatores figura como segmento mais relevante para explicar o diferencial do nível de renda entre países. e ainda a destruição criativa. Como o progresso tecnológico difere da acumulação de fatores de produção como fonte de crescimento econômico? Qual a importância da criação e da difusão de tecnologia no progresso tecnológico? Quais são os determinantes do progresso tecnológico? A tecnologia permite que novos métodos de produção sejam desenvolvidos. Explique o papel da tecnologia no crescimento.

uma vez que novas tecnologias facilitam o progresso tecnológico. pela evolução histórica da produtividade. e 2. Quais fatores impedem a transferência de tecnologia entre países? Explique. ao passo que o país seguidor sofrerá um aumento transitório. aumentando a capacidade de produção. ainda.. Porém. sendo que depois que este novo estado estacionário é atingido a taxa de crescimento volta ao seu patamar anterior. que vivenciou avanços tecnológicos em diversos setores.. Isso se dá porque o estado estacionário do país seguidor é determinado pelo crescimento tecnológico do país líder. computadores etc. Ainda. tecnologia. aumento de inflação e desemprego etc.influenciada a alocar recursos ao P&D pelas razões citadas na questão acima (considerações sobre lucro e destruição criativa). Quando houver uma maior alocação de recursos ao P&D. Quais foram as velocidades de avanço da produtividade até o século XVIII. O que é a função de produção tecnológica? Qual a relação entre o nível de tecnologia e a taxa de progresso tecnológico? Explique de forma detalhada. entre a revolução industrial e o começo do século XX. o crescimento da produtividade foi de 0. que a tecnologia avança em ondas. espera-se que. No curto prazo a tendência é de que haja uma diminuição da produção já que uma maior parcela do capital humano será alocada ao P&D e não à produção. e após o início do século XX oscilou entre 0. assim surgem empecilhos ao uso de determinadas tecnologias em diferentes países. recessões subsequentes. porém com o passar do tempo essa relação se inverte. o ritmo do avanço tecnológico se mantenha caso seja alocado paulatinamente mais capital humano e recursos a P&D.8% a. é o conhecimento sobre técnicas de produção. 3.a. o país líder sofrerá um aumento permanente na taxa de crescimento do produto. A tecnologia avança de maneira constante ou em ondas? Explique. De 1500 até o século XVIII.a.166% a. por conseguinte. . juntamente ao capital físico utilizado por estes (laboratórios. Inicialmente a relação entre o nível de tecnologia e a taxa de progresso tecnológico é positiva. países mais pobres podem ser incapazes de usar essas tecnologias de forma adequada por falta de conhecimento e/ou experiência. para períodos não muito distantes. o que faz disto uma barreira à transferência de tecnologia. com períodos de grande expansão (como a revolução industrial) e períodos de arrefecimento do crescimento. entre 1972 e 1995 ocorreu o productivity slowdown. Explique os efeitos de curto e longo prazos em uma economia que passa a alocar mais recursos para P&D. Espera-se que no futuro distante o avanço tecnológico diminua já que existem limitações de fatores de produção a serem voltados ao P&D. Qual é a diferença no desempenho econômico de uma maior alocação de recursos para P&D quando o país é seguidor e quando é líder? Explique porque os efeitos são distintos. e após o início do século XX até os dias atuais? Quais foram os determinantes dessas variações da produtividade? Explique a desaceleração da produtividade (productivity slowdown). decorrentes da queda de eficiência da economia norte-americana por causa de elevações nos preços do petróleo. ou seja. entre a revolução industrial e o começo do século XX atingiu picos de até 0. no mínimo. A função de produção tecnológica é a função na qual o produto são novas tecnologias. em especial o têxtil. como o productivity slowdown citado anteriormente. Qual é a diferença entre ciência e tecnologia? Qual é a trajetória esperada no avanço tecnológico no futuro? Explique.6% a. Essas variações de produtividade foram determinadas por avanços tecnológicos ocorridos em cada época bem como pela difusão das tecnologias criadas. o que reduz a taxa de progresso tecnológico (o efeito de tecnologias antigas na descoberta de novas tecnologias é conhecido como fishing out effect). sobre processos físicos e biológicos. período no qual ocorreram grandes avanços em diversos setores da indústria. como por exemplo durante a revolução industrial.a.). sendo as patentes figuras de estímulo ao P&D uma vez que asseguram à firma exclusividade a exploração de uma tecnologia por determinado período de tempo e.  Capítulo 9: 1.72% a. aos lucros advindos dessa tecnologia. em contraste. embora estas limitações não interfiram o avanço tecnológico no momento presente.a. quedas abruptas nas taxas de crescimento da produtividade (de 1. porém no longo prazo a tendência é de que a produção aumente já que um P&D maior implicará em maior desenvolvimento tecnológico. ou o período pós-Segunda Guerra. para 0. 2.). Ciência e tecnologia diferem porque ciência é o entendimento sobre como o mundo funciona. Os fatores que impedem a transferência de tecnologia são as tecnologias apropriadas e o conhecimento tácito: uma tecnologia útil em um país não é necessariamente útil em outro.4% a. Percebe-se. já que fica cada vez mais difícil produzir novas tecnologias (já que as mais fáceis de serem desenvolvidas já foram feitas). e os fatores de produção são o capital humano e força de trabalho de pesquisadores.86% a.a.a.

Como distintas taxas de avanço tecnológico nos diversos setores de uma economia afetam o crescimento médio da tecnologia de uma economia? Utilize os exemplos de pão e queijo e da manteiga e margarina na explicação. como no exemplo da manteiga e da margarina. comparando o avanço no setor de serviços e da indústria. . Em contrapartida. já que os maiores investimentos são feitos no setor de serviços. já que será feita uma alocação mais eficiente de recursos aos setores mais produtivos da economia. que não apresenta grandes avanços tecnológicos. a tecnologia terá seu crescimento médio reduzido. caso os investimentos sejam voltados em sua maioria aos setores com menores taxas de avanços tecnológicos. No mundo real percebe-se que acontece o segundo caso. já que a alocação de recursos não será feita da maneira mais eficiente possível. que apresenta maior potencial de avanço. a tecnologia terá aumento em seu crescimento médio. Assim. como no exemplo do pão e queijo. dada a alocação ineficiente de recursos. no qual não há uma alocação eficiente de recursos. em detrimento dos investimentos na indústria. Caso os setores que apresentam as maiores taxas de avanço tecnológico recebem a maior parte dos investimentos.3. Faça a mesma relação utilizando exemplos do mundo real. espera-se que a taxa média de avanço tecnológico se reduza com o passar do tempo.